Classivendas
Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 29/10/2014


    29.10.2014 17h14m
    Recomendar

    Servidor Público
    No dia do Servidor Público, o também servidor, vereador Roque Pereira (PTN) parabenizou os trabalhadores pela data e aproveitou o momento para fazer um apelo. “Espero que a tão sonhada URV seja paga pelo governador eleito Rui Costa, assim como prometido. Já entrou governo e saiu governo a até hoje os servidores não receberam”, pediu.

    Emenda
    Depois de dar entrada em uma emenda parlamentar que solicitava a permissão da reeleição para o presidente da Câmara, o vereador David Neto (PTN) pediu na manhã de ontem (28) que a emenda fosse retirada. “Para evitar desgaste, peço que a Casa retire a emenda parlamentar 88/214. Ouvi em programas de rádio que o presidente Justiniano já reafirmou o compromisso que tem com Ronny. Então, retiro a emenda e no futuro pensamos nela”, disse.

    Aniversário
    O vereador petista Beldes Ramos completou idade nova ontem (28). O edil recebeu os parabéns dos colegas da Casa da Cidadania. Parabéns a Beldes pela passagem do seu dia.

    Transporte
    O jornalista Jair Cesarinho, usou a tribuna livre na manhã de ontem (28) para falar sobre o serviço de transporte público coletivo oferecido na cidade. Segundo ele, em passagem por várias cidades do país, concluiu que o de Feira de Santana está muito aquém. “Sem medo de errar, o transpor de Feira de Santana é o pior do Brasil”, avaliou.

    Reforma política
    O vice-presidente da República, Michel Temer, se reuniu, ontem (28), com a presidenta Dilma Rousseff para conversar sobre a realização do plebiscito sobre a reforma política, proposta anunciada como prioritária pela presidenta em seu discurso após a reeleição, na noite do último domingo (26). “Ela está em busca da união nacional em todos os setores brasileiros, vamos trocando ideias sobre isso. O objetivo é exatamente esse: passado o calor e a paixão eleitoral, fazer uma unidade em todo o país. Isso significa diálogo, como ela tem repetidamente dito, com todos os setores”, disse Temer na saída do Palácio da Alvorada. Ele acrescentou que pretende “colaborar muito” com a proposta.

    Sem revanchismo
    Mesmo derrotado nas urnas na disputa pelo governo do Rio Grande do Norte e magoado com o PT, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), afirmou que não agirá por “revanchismo” nesses dois meses que lhe restam na condução da pauta de votação dos deputados. Ao contrário, dá todos os sinais de que deseja recompor com o partido. Ele negou que esteja armando uma “pauta-bomba” que pressione os gastos do Executivo e comprometa ainda mais o equilíbrio fiscal do País. “Há demandas importantes que a Casa quer votar, mas nada farei que venha colocar em risco o ajuste fiscal”, afirmou Alves.

    Extradição
     A Justiça da Itália rejeitou ontem, 28, o pedido do governo brasileiro para extraditar o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado por envolvimento no mensalão e atualmente preso em Modena. A Corte de Apelação de Bolonha julgou o pedido feito pelo governo brasileiro e decidiu que, diante da situação das prisões no Brasil, de sua condição de saúde e por ter cidadania italiana, ele não pode ser devolvido ao Brasil para que cumpra pena no País. O Brasil vai recorrer da decisão, o que significa que o caso se arrastará por 2015, em uma Corte em Roma.

    Marina X PSB
    Em nota divulgada ontem, 28, em seu perfil nas redes sociais, a candidata derrotada do PSB à Presidência da República, Marina Silva, afirma que não pretende abandonar os planos de criar a Rede Sustentabilidade. “A ex-senadora Marina Silva reafirma seu compromisso e disposição de, ao lado de dirigentes e militantes da Rede Sustentabilidade, buscar os meios efetivos para obter o registro do partido”, diz a mensagem. A Rede está em fase de formalização junto à Justiça Eleitoral e seus articuladores devem retomar a coleta de assinaturas de apoio nos próximos dias. Aliados e dirigentes do PSB, no entanto, especularam a possibilidade da ex-senadora continuar na sigla.



  • 28/10/2014


    28.10.2014 17h25m
    Recomendar


    Barbas de molho
    Entrevistado por Dilson Barbosa, Colbert Filho tornou público sua intenção para disputa nas eleições municipais de 2016. “Serei candidato a vereador, vice-prefeito ou prefeito”. Essa posição deixa com as barbas de molho Marcos Lima (PRP) e Isaias de Diogo (PPS), que apoiaram Colbert na última eleição; o vice-prefeito Luciano Ribeiro e os que pretendem ser candidatos a prefeito.

    Adesismo
    Dois deputados eleitos pelo PTN já definiram que não são mais oposição. Abandonaram o apoio que deram a Paulo Souto e já quedaram para o apoio a Rui Costa (PT). Foram eles: Alan Castro e Alex Lima. Geilson não se pronunciou. No governo passado, Geilson só não aderiu porque não houve acordo na composição de cargos na Embasa.

    Alegria, alegria
    Beldes ausente e Pablo calado não se pronunciaram pela vitória de Dilma, coube a Nery (PT), Eremita Mota (PDT) e Eli Ribeiro (PRB), que inclusive participaram da carreata da vitória no domingo à noite, exultantes cantavam a vitória de Dilma Rousseff. Outros tinham até vontade, mas preferiram o silêncio.

    Vitória
    Dando continuidade ao discurso comemorativo, o líder do PT na Casa, vereador Alberto Nery lembrou que ele foi vitorioso por eleger o governador, o Presidente da República e para completar a satisfação, irá eleger o presidente da Câmara. “Independente de sigla partidária teremos um presidente do PSDB nesta Casa. Antecipadamente, declarei meu apoio a Ronny e acredito que com ele na presidência desta Casa, Feira de Santana terá grandes avanços”, disse.

    Ajuda

    Em discurso, o vereador David Neto (PTN) disse que agora Feira de Santana precisa de ajuda e que a Casa da Cidadania tem muito a colaborar com o desenvolvimento da cidade e com o trabalho do prefeito. “O PT tem que pensar que as diferenças ficam em cima do palanque. Tem que trazer benefícios para a cidade e que os investimentos também venham através dos governos federal e estadual”, pediu.

    Bolsa
    Na próxima quarta-feira (29), a Casa da Cidadania receberá a visita da jovem Georgia Gabriela Sampaio que, de origem humilde, conseguiu concluir os estudos em uma escola particular da cidade e agora foi aprovada e ganhou bolsa de estudos na Universidade Harvard. “Ela me disse estar muito feliz, porque dentre os filhos de muitos doutores teve seu projeto aprovado e ganhou esta bolsa, mas por ser de família humilde precisa da ajuda e incentivos dos vereadores. Na quarta-feira vou trazê-la aqui para que conheçam”, informou.

    Impugnação
    Três eleitores que foram às urnas neste domingo, em Salvador, foram surpreendidos ao verem que alguém já tinha votado por eles. Os casos aconteceram na 8ª, 9ª e 14ª (sessão 160) zonas. Antes de irem à cabine de votação, eles assinaram a ficha de comprovação, mas foram impedidos de votar porque já havia registro na urna, e se tentassem nova votação poderia adulterar o sistema e colocar em situaçao irregular a pessoa que votou em seu lugar. De acordo com o analista Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, Jaime Barreiros, "o presidente da mesa e do juizado não poderiam ter deixado isso acontecer". A recomendação é que os eleitores encaminhem a denúncia à ouvidoria do TRE.

    Equipe técnica
    O governador recentemente eleito Rui Costa (PT), adiantou que hoje (27), deve anunciar uma equipe técnica que irá trabalhar durante o mês de novembro pra levantar dados e fazer sugestões de alterações da estrutura do Estado. “Eu vou ficar duas semanas descansando, e quando voltar ao trabalho, eu já farei essas escolhas. Sentarei com o governador Jaques Wagner até o final de novembro, e ele envia para a Assembleia os projetos de lei, alterando as estruturas administrativas do Estado que irei modificar”, colocou. Ele espera que em dezembro o Poder Legislativo já possa votar o projeto, para que em janeiro o novo governo do Estado já possa ser iniciado com a nova estrutura.



  • 27/10/2014


    27.10.2014 17h20m
    Recomendar

     

    Queda
    Adeil Figueredo, prefeito de Serra Preta, se elegeu na oposição a Wagner, depois aderiu ao governo pelas mãos de Otto Alencar. Se baseando nas pesquisas, até o início de setembro caiu nos braços da candidatura Paulo Souto. Errou ao confiar nos institutos. Lá em Serra Preta Rui Costa e Dilma “bateram” em votos nos candidatos que foram apoiados pelo atual prefeito e pelo ex, Antônio Careiro. Em suma, Carneiro e Adeil perderam também para Mário e o pai, Benedito Gonçalves, atual vereador e ex-prefeito, respectivamente. Um deles será o candidato a prefeito em 2016 com apoio do Governo do Estado.

    Resultado atrasado
    A diferença entre os fusos horários de Brasília e do estado do Acre e a implantação do horário de verão devem atrasar em cerca de meia hora a divulgação do novo presidente da República neste domingo (26). Mesmo com a estimativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de encerrar a apuração por volta das 19h30, o resultado final só será divulgado após as 20h, quando terminar a votação acreana. O Acre tem duas horas a menos em relação à capital do país e a diferença aumentou para três horas com o horário de verão. Assim, os locais de votação do estado serão fechados às 17h no horário local, 20h em Brasília. No primeiro turno, às 19h56 do dia 5, o TSE já havia apurado 91% das urnas do país.

    Pesquisa
    A rejeição do presidenciável Aécio Neves (PSDB) aumentou entre os eleitores tanto na pesquisa do Datafolha quanto na do Ibope, divulgadas na última quinta-feira (23). No Datafolha, 41% dos eleitores afirmam que não votam em Aécio "de jeito nenhum", enquanto que a taxa de rejeição de Dilma está em 37%. Em duas semanas, a rejeição do tucano subiu sete pontos (era de 34%), enquanto que a da petista está seis pontos menor - era 43%. No Ibope, a rejeição a Aécio, subiu de 35% para 42% do eleitorado, enquanto que a de Dilma se manteve em 36%, também em relação ao início do segundo turno.

    Pesquisa I
    Pesquisa IstoÉ Sensus divulgada ontem (24) mostra o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, nove pontos à frente da adversária Dilma Rousseff (PT). O tucano aparece com 54,6% das intenções de votos válidos, contra 45,4% de Dilma. A pesquisa também mostra que, a dois dias da eleição, 11,9% do eleitorado ainda não sabe em quem votar. Se for considerado o número total de votos, a pesquisa indica que Aécio tem 48,1% e Dilma, 40%. O instituto Sensus mediu também a rejeição dos candidatos e aponta que 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam de forma alguma em Dilma, enquanto 33,7% disseram o mesmo de Aécio.

    Propina
    Laudo pericial do Ministério Público Federal revela que, por mais de uma vez, valores repassados pela Petrobras para o Consórcio CNCC - controlado pela construtora Camargo Corrêa - nas obras da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, em apenas 24 horas iam parar nas contas das empresas do doleiro Alberto Youssef. Preso na Operação Lava Jato, Youssef é acusado de pagar propinas a políticos e a partidos e está fazendo delação premiada. Já apontou pelo menos 28 parlamentares como supostos beneficiários de propinas. O laudo não imputa ilícitos às partes envolvidas na transação. Para a Justiça, a Petrobras é vítima da organização criminosa da Lava Jato. O documento indica o trajeto das transferências bancárias que iam aportar nas empresas de fachada do doleiro.

    Sem partido
    A campanha eleitoral de 2014 chega ao fim com a maior taxa já registrada de brasileiros sem preferência por nenhum partido político. São, hoje, 73% do eleitorado, a maior proporção desde 1988, quando começa a série histórica do Ibope. Em agosto de 2013, logo após os protestos, 62% não tinham preferência partidária. Desde então, os sem-partido cresceram 11 pontos. Há hoje 16% de eleitores que se declaram simpatizantes do PT e outros 4%, do PSDB. Além deles, só o PMDB é lembrado: 2% de citações. Para piorar, os dois partidos com maior taxa de preferência provocam mais sentimentos negativos do que positivos.

    Especulação
    Especulado como um dos candidatos para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Rosemberg Pinto (PT) se esquivou da possibilidade de concorrer – pelo menos por enquanto. “Qualquer discussão sobre esse assunto, só farei depois do segundo turno e discutindo com o governador Jaques Wagner e com o governador eleito Rui Costa, além dos meus pares do partido”, disse o deputado estadual. O parlamentar, que atualmente é líder do PT na AL-BA, foi político para falar da única candidatura declarada até o momento, do Pastor Sargento Isidório (PSC), segundo mais votado da Bahia. “Todos os 63 têm direito de apresentar postulação. Não vou julgar porque é um direito de todos, até do Marcelo”, afirmou.
     



  • 23/10/2014


    23.10.2014 17h21m
    Recomendar

     

    Esclarecimento
    O petista Pablo Roberto cobrou da Secretaria Municipal de Saúde maiores esclarecimentos da secretária Denise Mascarenhas para a população no tocante aos crescentes casos de chinkunguya. “Já passou da hora da secretária de Saúde colocar a cara na tela, chamar a população e dizer que a situação é grave, além de adotar procedimentos para que não se alastre”, sugeriu. Em defesa do município, a vereador Cintia Machado (PSC) garantiu ao colega que a pasta está empenhada em combater o mosquito. “Estou acompanhado de perto o trabalho da Secretaria, o vereador não pode dizer que nada está sendo feito”, defendeu.

    Parecer
    Propondo por um fim na “queda de braço” entre os vereadores Edvaldo Lima (PP) e Justiniano França (DEM), a corregedora da Casa, vereadora Cintia Machado (PSL) leu um relatório que fez sobre o caso. “Tá feio, muito feio. Aqui temos que discutir assuntos de relevância e interesse da sociedade. Espero que os vereadores se respeitam e peçam desculpas à comunidade. Não estamos aqui para picuinhas e briguinhas pessoais, chegamos à conclusão que foi uma queda de braço”, avaliou a corregedora após a leitura do documento.

    Mágoa
    Após ouvir atentamente a leitura do relatório da Corregedoria da Casa, o vereador Edvaldo Lima(PP) prometeu não fazer render mais o assunto, mas fez uma breve avaliação dos fatos. “Eu não tenho mágoa do vereador Justiniano França. O que acontece aqui fica aqui dentro, não levo lá para fora. Respeito o relatório, onde passa orientações de como devemos proceder de agora em diante e quero dizer que não vamos mais discutir o ocorrido”, prometeu.

    Redes sociais
    Na capital baiana, enquanto a oposição tem investido em placas nas ruas, plotagens em veículos e adesivaços, a estratégia do PT, segundo o presidente da legenda na Bahia Everaldo Anunciação, tem sido a atuação forte nas redes sociais conclamando a militância e os “dilmistas” para ocupar as ruas, praias e espaços públicos com caminhadas e intervenções artísticas. “Nessa campanha agregamos as questões das redes sociais no partido como uma ação estratégica. Tanto que criamos o Comunique13, um espaço com olhar mais amplo, que traz militância aliada à informação”, explicou. Ontem, foi por intermédio do Facebook que um movimento reuniu cerca de 200 pessoas em passeata do Campo Grande à Ladeira dos Aflitos.

    Intensidade
    Um dos mais próximos aliados do presidenciável tucano Aécio Neves na campanha, o deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) avalia que a intensa mobilização em torno da disputa criou, pela primeira vez para a oposição, uma frente espontânea de militância com dimensão nacional. “Essa era uma arma importante que o PT deteve quase que exclusivamente nas sucessões passadas. Isso mudou agora, o que é muito positivo para os princípios democráticos”, salienta. Para o líder tucano na Câmara, as tropas petistas que costumam ocupar as ruas às vésperas das eleições vão se deparar, de maneira inédita, com uma corrente contrária disposta a defender suas posições.

    CPI
    Na abertura do trabalho desta tarde de ontem, 22, o presidente da CPI mista da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), informou que o depoimento do doleiro Alberto Youssef ao colegiado será realizado na próxima quarta-feira, 29, após o segundo turno eleitoral. Vital também informou aos presentes da ausência do atual diretor de Abastecimento da estatal, José Carlos Cosenza, que prestaria depoimento esta tarde. Vital leu aos presentes ofício da Petrobras recebido na manhã da última segunda-feira, 20. A estatal encaminhou um ofício para a comissão em que afirmava que Cosenza não poderia comparecer.

    Prisco
    Previsto para acontecer esta semana no Supremo Tribunal federal (STF), o julgamento do pedido de habeas corpus feito pelo vereador Marcos Prisco (PSDB), eleito o terceiro deputado estadual mais votado na Bahia, foi adiado por não ter entrado na pauta do STF. O soldado Prisco, que esteve à frente da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares (Aspra), permanece em prisão domiciliar desde o dia 03 de junho deste ano, conforme decisão da Justiça Federal no final de maio. Ele não pode estar fora de sua residência após as 20 horas de segunda-feira à sexta-feira, e em qualquer horário do dia aos sábados, domingos e feriados.Antes da prisão domiciliar, Prisco cumpriu 47 dias de prisão preventiva na Penitenciária de Papuda, no Distrito Federal.
     



  • 21/10/2014


    21.10.2014 16h38m
    Recomendar

     

    Escola
    Preocupado com o futuro de algumas escolas estaduais da cidade, o vereador Eli Ribeiro (PRB) usou a tribuna para dizer que o deputado Zé Neto e o governador eleito, Rui Costa, (petistas) se comprometeram em melhorar as condições das escolas, principalmente aquelas que não têm água e luz. “O deputado e o governador, este final de semana, se comprometeram em melhorar essas escolas”. Atendo ao discurso, o presidente Justiniano (DEM) fez uma observação: Rui prometeu melhorar? Então isso só vai acontecer ano que vem? Meu Deus!”, espantou-se o presidente.

    Transporte
     O vereador Edvaldo Lima (PP) comemorou a volta do transporte alternativos nos bairros da cidade. “O prefeito entendeu que estas empresas que ai estão, não prestam um serviço de qualidade para a cidade e decidiu buscar alternativas para melhorar o transporte em nossa cidade”, comemorou.

    Transporte I
    Para o líder do PT na Casa, vereador Alberto Nery, caso haja realmente a volta do transporte alternativo nos bairros, Feira de Santana estará vivendo um retrocesso. “Se o prefeito fizer isto ele estará cometendo uma barbárie. A idéia do sistema alimentador é com vans, mas este alternativo será com Kombis, o que considero um retrocesso”, avaliou Nery.

    Estrela
    Avistando um adesivo do PT em formato de estrela no peito do vereador petista Beldes Ramos, o vereador José Carneiro (PSL) logo pausa sua fala e observa: “Antes os petistas tinham vergonha de usar a estrela do PT, agora usam porque têm o que comemorar”. Carneiro trouxe à memória as muitas vezes que os vereadores da situação criticaram a falta da estrela do PT e até o vermelho usado pelo partido nas placas e cavaletes durante a campanha eleitoral.

    Biometria
    Para evitar os mesmos problemas ocorridos com a identificação biométrica de eleitores durante o primeiro turno das eleições, a Justiça Eleitoral adotará algumas medidas para o próximo domingo (26). Uma delas é o reparo de cerca de mil leitores biométricos em urnas utilizadas no Distrito Federal, Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Paraná. “Em torno de 7% do modelo 2013 de urnas apresentaram uma não conformidade com o leitor que faz a análise da digital. Essas urnas já foram identificadas e nós já estamos trabalhando na sua reparação. Elas [as urnas] têm que ficar prontas até, no máximo, nesta semana”, afirmou o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral, Giuseppe Janino.

    LGBT com Aécio
    Representações partidárias ligadas ao movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) divulgaram uma carta de apoio ao candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves. As representações são de partidos da base do tucano e do próprio PSDB. No documento, são ressaltados pontos do programa de Aécio considerados como avanços pela comunidade LGBT, além de retrocessos recentes na pauta de igualdade para pessoas com diferentes orientações sexuais. Apesar do apoio, as representações criticam a aproximação do candidato de figuras políticas consideradas conservadoras e homofóbicas.

    Regime aberto
    A defesa do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu pediu ontem, 20, ao ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que autorize a transferência dele do regime semiaberto para o aberto. Dirceu cumpre pena de 7 anos e 11 meses de prisão por envolvimento com o esquema do mensalão. Mas, de acordo com a defesa, já conquistou o direito de ir para o regime aberto que, em Brasília, é cumprido em prisão domiciliar.

    Investigação
    Após a divulgação de que a Petrobras pagou cerca de R$ 1 bilhão a mais pelo gás fornecido ao Brasil pela Bolívia, o líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy (BA), decidiu entrar com representação junto ao Ministério Público solicitando a investigação dos possíveis crimes contra a Administração Pública, improbidade e violação dos direitos dos sócios minoritários da estatal, além de requerimento de informações para saber do Ministério de Minas e Energia como se deu o acordo e quem o autorizou.

    Ministro de Esportes
    O ex-jogador Ronaldo Fenômeno poderá ser o novo ministro de Esportes durante a gestão Aécio Neves. Segundo o colunista da revista Época, Felipe Patury, ele é um dos nomes cotados para assumir o ministério caso o candidato do PSDB seja eleito. Com a mais disputada eleição presidencial desde 1989, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves receberam adesão em massa de celebridades dos mais variados naipes.


     



  • 18/10/2014


    20.10.2014 16h27m
    Recomendar

     

    A Bíblia e o bote
    Lázaro, eleito deputado federal na chapa de apoio a Pulo Souto e Aécio, esqueceu a caminhada que encerrou no último dia 05 e já é Rui e Dilma desde criancinha. Esqueceu o compromisso político que fez no primeiro turno. Eleito sem qualquer experiência política, mas cheio de boa vontade, o neo evangélico pode utilizar textos bíblicos para justificar o novo rumo. Primeiro: a caminhada programada no início pode ter outro final. Foi assim com Deus, Abraão e Izaque. Segundo: “Tudo posso naquele que me fortalece”. Tem justificativa mais forte que essa?

    Programa
    O apresentador Dilton Coutinho, convidado pelo grupo Lomes de Rádio, começou atividades na última terça-feira (14) nas rádios Jovem Pan e Transamérica. Os programas já começaram com grande audiência. O comendador continua no seu programa na Rádio Sociedade, líder de audiência o horário.

    Delação premiada
    O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou ao Ministério Público Federal que repassou propina ao ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra para que ajudasse a esvaziar uma Comissão Parlamentar de Inquérito criada para investigar a Petrobras em 2009. À época, Guerra era senador por Pernambuco e um dos três membros da oposição que participaram da CPI, juntamente com o senador paranaense Álvaro Dias, também do PSDB, e Antonio Carlos Magalhães Filho (DEM-BA). Segundo o delator, empresas que prestam serviços à Petrobras tinham como objetivo nessa época encerrar logo as investigações da CPI, porque ela ameaçava prejudicar seus negócios com a estatal.

    Debate
    Segurança Pública é um dos temas que mais afligem os brasileiros, porém nestas eleições o tema não foi o mais discutido entre os candidatos à presidência da República. No debate do SBT, na noite da última quinta-feira (16), mais uma vez, o tema ficou sem ações concretas. De acordo com a presidente Dilma Rousseff (PT), “só com as polícias articuladas nós venceremos o crime". A petista citou a ação realizada na Copa do não garantiu a possibilidade nos estados. Já Aécio Neves (PSDB) afirmou que “se for eleito presidente da república, eu vou liderar pessoalmente uma nova política de segurança".

    Comunhão
    Na manhã de ontem (17), o governador Jaques Wagner contou que está se dividindo entre a administração estadual e a campanha para a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). "Hoje vou entregar 1500 unidades do Minha Casa Minha Vida e pela noite vou para São Paulo trabalhar na campanha da presidente. Estou me dividindo entre governar e me dedicar à campanha da Dilma", afirmou em conversa com o apresentador Mário Kertész.

    Evento
    O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, e a ex-senadora Marina Silva (PSB), derrotada no primeiro turno dessas eleições, já chegaram ao centro de eventos na capital paulista onde aparecerão juntos pela primeira vez desde que Marina declarou apoio ao presidenciável. Correligionários e apoiadores do PSDB, PSB, Rede e outras siglas, como PPS, já chegaram ao local onde Marina e Aécio fizeram um pronunciamento conjunto. O deputado licenciado Walter Feldman, que foi coordenador geral da campanha de Marina se empenhou para trazer o maior número de apoiadores.

    Convite
    O presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), disse desconhecer qualquer tipo de convite para que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa tenha sido convidado a assumir em março o Ministério das Cidades, uma semana antes de ser preso pela Polícia Federal, na Operação Lava Jato. “Nunca soube deste convite e acho difícil, para não dizer impossível, que tenha acontecido”, disse Nogueira. De acordo com o jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, Paulo Roberto Costa, que fez um acordo de delação premiada com o Ministério Público para expor a corrupção na Petrobras, teria sido convidado a assumir as Cidades no lugar do então ministro Aguinaldo Ribeiro, que estava se desincompatibilizando do cargo para disputar um novo mandato de deputado pela Paraíba.

    Dias melhores
    Um conjunto habitacional com 120 apartamentos, distribuídos em três prédios, com 40 unidades cada um, foi entregue aos moradores do bairro de Sussuarana, em Salvador, na manhã de ontem (17), por meio do programa estadual Dias Melhores, beneficiando principalmente famílias da localidade conhecida como Baixa da Paz. Para a construção das habitações, foram investidos cerca de R$ 26 milhões, com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza e operações de crédito do Banco Mundial. Presente na cerimônia de inauguração do empreendimento, o governador Jaques Wagner destacou que essas unidades se somam às casas do programa do governo federal Minha Casa Minha Vida, inauguradas em todo o estado.
     



  • 17-10-2014


    17.10.2014 11h37m
    Recomendar

    Sobe- Câmara Municipal por homenagear escolas que apresentaram crescimento no IDEB.
    Desce- Empresas que infrigem a legislação ambiental em Feira de Santana.

    Preguiça
    O deputado federal Maurício Trindade (PROS) pediu licença do mandato em no início do ano passado para assumir a Secretaria de Ação Social em Salvador. Assumiu no seu lugar o feirense Colbert Filho. Maurício teve que se desincompatibilizar do cargo para candidatar-se à reeleição e voltar ao trabalho como deputado federal. Isso não aconteceu. Possivelmente acometido da falta de vontade de trabalhar, deixou Colbert no mandato porém, não abriu mão de todas as vantagens que um deputado tem, tipo manter todos os cargos do gabinete, menos um que foi indicação de Colbert, e só Deus e ele sabem como foi distribuída a verba indenizatória. O óssio custou caro a Maurício: teve pouca mais da metade dos votos da última eleição e ficou sem o novo mandato e ainda só Deus sabe se ACM Neto vai lhe restitui a Secretaria. 

    Na espera
    Os candidatos a deputado federal e estadual da coligação liderada pelo DEM estão acendendo velas e fazendo visitas a meia noite nas encruzilhadas. A torcida é para que Aécio ganhe a eleição para receberem como “mimo” cargo federal aqui na Bahia. Estão esquecidos que a turma do PT está visitando constantemente as cidades de Cachoeira e São Félix. E tome-lhe pó de pemba. Mamãe África, Mamãe África.

    Corregedor
    O ex-vereador Marialvo Barreto visitou na última quarta-feira (15) a Câmara de Vereadores. Com espirito de corregedor, reclamou com veemência dos ex-colegas que, em pleno período eleitoral, terminou a sessão cedo, como tem acontecido. Marialvo resmungou: “assim não pode. Assim não dá”. Alguns frequentadores das galerias gritaram: “volta Marialvo!”. Envolvida, a vereadora Eremita arrematou: “você tem que voltar para cá, bicho”.

    Entrevistas canceladas
    As entrevistas da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e do candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) ao Jornal Nacional foram canceladas porque "não foi possível se chegar a um acordo" sobre a duração do encontro, anunciou na última quarta-feira (15) a Rede Globo de Televisão. A previsão era de que as entrevistas ocorressem na segunda (20) e terça-feira (21). De acordo com a assessoria de comunicação da Rede Globo, apesar de Dilma e Aécio terem aceitado serem entrevistados pelo jornal nessas datas, foram feitos por eles pedidos à emissora quanto ao tempo e ao formato da apresentação. "Postulava-se que a duração da entrevista excluísse o tempo das perguntas", afirmou a Globo.

    Fora do ar
    Relatórios técnicos do Tribunal de Contas de Minas Gerais sobre as contas do Estado foram retirados do ar na última quarta-feira (15), após serem citados pela presidente Dilma Rousseff (PT) durante debate da TV Bandeirantes na última terça-feira (14). A petista apontou, durante o debate, que o governo de Minas Gerais não cumpriu o mínimo constitucional de investimento na saúde, o que significa 12% do orçamento, durante as gestões do seu adversário Aécio Neves (PSDB). Segundo Dilma, ele teria “desviado” R$7,8 bilhões da área durante 2003 e 2010. Dilma disse que os eleitores poderiam consultar o site do tribunal e constatar que o “governo foi obrigado a assinar um termo de ajustamento de gestão” para cumprir a legislação. Os internautas que tentaram entrar na página após a afirmação da presidente não conseguiram acesso.

    Recessão
    A economia brasileira começou a se recuperar no segundo semestre, mas um novo ciclo de expansão depende da reeleição da presidente Dilma Rousseff, acredita o ministro da Fazenda, Guido Mantega. No caso de vitória do candidato do PSDB, Aécio Neves, Mantega vê risco de recessão. Ele acha que os tucanos eliminarão empréstimos subsidiados para investimento, desmontarão a política industrial, farão um forte ajuste de preços administrados e a inflação só poderá ser controlada com grande elevação de juros, recessão e desemprego. Se Dilma for reeleita e a atual política econômica, mantida, o País poderá ver o PIB crescer de 2% a 3% no próximo ano.

    Delação
    Para o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Gilson Dipp, em entrevista, somente juízes e autoridades ligadas aos processos em que o réu recebeu o benefício da delação premiada podem ter acesso às informações obtidas desta forma. Para ele, comissões parlamentares de inquérito (CPIs) não poderiam ter acesso a essas informações. “Qualquer outra instituição, mesmo que tenha poder investigatório, não pode ter acesso a algo que só diz respeito ao juiz penal”, disse o ministro. Para Dipp, sob nenhuma hipótese, caso exista o benifício da delação premiada, as condições em que ela se deu devem ser divulgadas. Ele evitou comentar o caso Comissão Parlamentar Misa de Inquérito (CPMI) da Petrobras.

    Imunidade
    Por sete votos a dois, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a imunidade tributária aos Correios por serem obrigados a prestar serviços postais no país inteiro. A decisão foi tomada na sessão plenária desta última quarta-feira (15), diante de um questionamento apresentado pela Prefeitura Municipal de Salvador para que os prédios de propriedades da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) pagassem IPTU. O relator da matéria, ministro Dias Toffoli afirmou que os Correios prestam serviço de natureza pública de responsabilidade da União, sob o regime de monopólio em relação à entrega de cartas, por determinação constitucional.



  • 16/10/2014


    16.10.2014 11h27m
    Recomendar

    Por Humberto Cedraz
    Sobe- As múltiplas comemorações e homenagens aos guerreiros da educação, os professores pela passagem do seu dia.
    Desce- A retroalimentação da violência que parece desenfreada em Feira de Santana.


    Dia dos Professores
    A vereadora e professora Eremita Mota (PDT) usou a tribuna na manhã de ontem (15) para parabenizar os professores pela passagem do dia. Para a edil, professor é uma das profissões mais importantes para o desenvolvimento da sociedade e ao mesmo tempo é colocada à margem, pela falta de reconhecimento. “Eu fiz parte do massacre que muitos professores sofreram. A Presidenta Dilma tem dado uma melhorada na educação do nosso país, foi pequena, mas não deixou de ser um incentivo ao estudo. O ensino básico deve ser protegido, porque ele é o alicerce para vida do cidadão. O professor é uma profissão primordial, mas é coloca à margem”, avaliou a parlamentar.

    Dia do Médico
    Sábado (18) se comemora o Dia do Médico e lembrando da data, o vereador José Carneiro Rocha (PSL) parabenizou os profissionais e fez ressalvas importantes sobre o trabalho dos médicos na cidade. “Gostaria de parabenizar os médicos, mas não sei se há o que comemorar. Estes profissionais são contratados para atender de 50 a 60 pessoas em uma tarde, mas não há como isso acontecer de forma humanizada. É impossível de atender esta quantidade de pessoas de forma humanizada”, avaliou.

    Cartórios
    Os serviços prestados pelos cartórios da cidade foi avaliada de forma negativa pelo vereador Marcos Lima (PRP),que teceu críticas na manhã de ontem (15). O edil pediu a interferência do Ministério Pública na busca de solucionar alguns problemas. “Os cartórios não estão prestando um serviço de qualidade à população. As pessoas pegam grandes filas, pagam altas taxas e quando recebem seus documento encontram erros. Esta não é a primeira vez que utilizo a tribuna para criticar os cartórios e a imprensa também já denunciou o péssimo serviço prestado. Gostaria de pedir ao Ministério Público visite estes cartórios e busque solucionar este problemas e eu, não vou me calar enquanto isto não for resolvido”, garantiu.

    Visita
    A Casa da Cidadania recebeu ontem (15) na sessão a visita do suplente de deputado Ângelo Almeida (PT). Ângelo, que já foi vereador em Feira de Santana e está na eminência de assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa, chegou ao final da sessão,mas ainda em tempo de rever os colegas.

    Secretarias
    Estão previstos para a primeira semana de dezembro os primeiros anúncios sobre o secretariado do futuro governo do estado. Até lá, o eleito Rui Costa (PT) se dedicará a duas missões. A primeira, já divulgada, é a batalha pelos votos dos baianos na eleição presidencial. A segunda, de foro íntimo, começa após a cruzada em favor da presidente Dilma Rousseff. Seja lá qual for o resultado das urnas, Rui parte em viagem de dez dias com a família. No retorno, vai amarrar nomeações e se dedicar à costura com partidos da base para compor o alto escalão do Palácio de Ondina.

    Repasse desconhecido
    O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, disse que “não tem ciência” dos números sobre investimento publicitário do governo de Minas Gerais em rádios e um jornal que são controlados por sua família. Ao ser questionado sobre os repasses, o candidato do PSDB demonstrou irritação e respondeu apenas que a pergunta devia ser feita ao governador de Minas – Alberto Pinto Coelho, do PP, seu aliado. Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o governo de Minas recusou-se nos últimos anos a informar sobre despesas com publicidade em três rádios e um jornal controlados pela família do candidato, que foi governador do Estado entre 2003 e 2010 e fez o sucessor, Antonio Anastasia.

    Ônus da prova
    A grande novidade que surgiu do debate na noite da última terça-feira, 14, entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) foi que a presidente conseguiu inverter o ônus da prova e colocar o tucano na defensiva, segundo avalia Mário Marconini, diretor-presidente da consultoria Teneo. “Havia uma expectativa de que Aécio seria mais agressivo, de que Dilma teria mais dificuldades. Mas houve um efeito surpresa, ela conseguiu inverter o ônus da prova e os mercados financeiros hoje estão reagindo a isso”, diz.Para Marconini, ao listar uma série de escândalos de corrupção envolvendo o PSDB, mesmo que sem nenhum fato novo, Dilma conseguiu relativizar os ataques contra as irregularidades na Petrobras, que é o seu maior “teto de vidro”.



  • 15/10/2014


    15.10.2014 15h58m
    Recomendar

     

    Homenagem
    A Câmara realiza hoje (15) uma sessão solene em homenagem ao Dia do Professor. E amanhã (16) a Casa realiza uma sessão em homenagem ao Dia do Médico. As sessões irão homenagear e apresentar nomes importantes para a cidade.

    Campanha
    Preocupado com as eleições para a Presidência da República, o vereador Correia Zezito diz não saber como convencer a população a não votar na presidente Dilma Rousseff. “O PT ganhou de novo na Bahia, as coisas podem ficar mais difícil para gente, principalmente no Clériston Andrade. Não sei como convencer as pessoas a não votarem no PT e não reeleger a presidenta Dilma”, desabafou.

    Apoio
    O evento Pró- Aécio ocorrido na noite da última segunda-feira (13) serviu de munição para o petista Beldes Ramos criticar o prefeito José Ronaldo. “Deve ter chegado à Brasília a informação de que o prefeito José Ronaldo não fez, em Feira de Santana, campanha para Paulo Souto nem Aécio. Para disfarçar, o prefeito fez este evento ontem (segunda) e usou a desculpa de que não fez a campanha antes para não atrapalhar a dos deputados”, disparou Beldes.

    Falcatrua
    “No futuro, eu quero me orgulhar de não ter contribuído com essa falcatrua que está destruindo o País”, disse a ministra Eliana Calmon ao afirmar que estava com “as mangas arregaçadas para ir às ruas defender o nome de Aécio Neves à Presidência da República”. “Falo isto como cidadã e avó de dois netos que quer vê-los vivendo no Brasil”. Ao fim do discurso, a magistrada baiana foi aplaudida pela plateia, que lotou o Teatro da CDL, na noite da última segunda-feira (14), durante o lançamento do movimento “Feira com Aécio”, promovido por um grupo de profissionais da área de saúde de Feira de Santana.

    Modelo governança
    O Tribunal de Contas da União, com o apoio das cortes de contas dos estados e municípios, está realizando em todo o Brasil um levantamento junto aos gestores públicos para a elaboração de um novo modelo de governança, de modo a tornar mais eficiente a gestão dos gastos públicos tanto nos investimentos quanto na prestação de serviço. “O objetivo é utilizar a expertise dos técnicos das cortes de contas na elaboração deste novo modelo, de modo a melhorar a qualidade da administração pública. Os municípios estão caminhando para a falência devido à queda sistemática das receitas e o aumento de atribuições”, explicou o presidente do TCU, ministro Augusto Nardes.

    Delação
    O presidente da CPI mista da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), decidiu que vai entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) a fim de ter acesso às delações premiadas que estão sendo feitas no curso da Operação Lava Jato, especialmente a do ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa. O parlamentar, que espera impetrar o mandado de segurança na Corte ainda nesta terça-feira, 14, questiona a decisão da semana passada do ministro Teori Zavascki, do STF, que rejeitou acesso ao colegiado das declarações prestadas por Costa.

    Auxílio-moradia
    O pagamento de R$ 4.300 mensais em auxílio-moradia a juízes federais continua gerando polêmica. Na última segunda (13), o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, enviou um requerimento ao Supremo Tribunal Federal (STF) no qual solicita a análise de um recurso para barrar o pagamento, aprovado pelo ministro Luiz Fux. Adams quer que o plenário do STF avalie a questão. Ele avalia que a decisão de autorizar o pagamento não poderia ser feita em caráter “individual” e “provisória”, pois já há decisão dentro da corte que proíbe a concessão de liminares que resultem em impacto sobre a Fazenda Pública.

    Propaganda
    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou pedido de liminar para suspender programa do candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, dos dias 9 e 10 de outubro por suposta propaganda irregular. A coligação da presidente Dilma Rousseff (PT) havia questionado o uso do interior do museu Memorial JK. Pela legislação eleitoral, o uso de espaços públicos para se fazer campanha eleitoral é ilegal. O espaço foi usado na quarta-feira da semana passada para um encontro em que partidos fecharam o apoio à candidatura de Aécio Neves.



  • 14/10/2014


    14.10.2014 16h20m
    Recomendar


    Lazer
    O vereador Isaias de Diogo (PPS) solicitou do prefeito José Ronaldo a permanência da quadra de esportes da comunidade do bairro Areal. O edil, disse ter certeza que o prefeito irá ouvir o clamor dos moradores daquela localidade. “As pessoas estão clamando a permanência da quadra. Todos precisam de lazer. Se a quadra foi retirada por causa da Igreja, que fica bem próximo,m peço que permaneça porque a quadra e a Igreja funcionam em horários diferentes. Tenho certeza que o prefeito irá ouvir os pedidos da comunidade”, disse Isaias.

    Lazer I
    Ouvindo o pedido do colega Isaias de Diogo, o parlamentar Edvaldo Lima (PP) garantiu que se a quadra atrapalhar as atividades da Igreja ele se posicionará contra a localização da quadra. “A quadra funciona até quando tem iluminação, até quando há energia dos jovens. Se essa quadra atrapalhar as atividades da Igreja eu vou ser contra. Até onde sei quadra se constrói no fundo das escolas e não na frente de igrejas”, avaliou Edvaldo.

    Indicações
    Durante visitas a bairros da cidade no Dia das Crianças, o vereador Marcos Lima (PRP) falou na tribuna sobre as indicações que fará ao prefeito, após ouvir reivindicações da população. “Estive visitando algumas localidades e vou fazer ao Executivo a indicação de uma iluminação central para a Avenida Andaraí, porque a que está lá só ilumina um lado na Avenida. Vou indicar também a construção de um PSF, com sede própria, para o Loteamento Tropical. O trabalho no Legislativo é esse: ouvir as mazelas da população e levar ao Executivo”, avaliou.

    Ética
    Depois de ter ajudado a eleger o sucessor Rui Costa (PT), o governador Jaques Wagner (PT) fez duras críticas ao adversário de Dilma Rousseff (PT) no segundo turno, Aécio Neves (PSDB). Questionado pela Folha de S. Paulo sobre o uso do escândalo da Petrobras na campanha antipetista, ele diz que a oposição tenta fazer palanque com o tema da corrupção. “Não reconheço em Aécio Neves alguém que possa dar aula de ética. O povo sabe que tem santo e diabo em todos os partidos. No meu e nos outros. Ninguém ganha eleição dizendo 'sou honesto'. Até porque ninguém acredita”, diz. Wagner reconhece que o grande erro do PT no poder foi não ter tido “mais pulso para fazer a reforma política”.

    Compreensível
    A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou, no último domingo (12), que a decisão da ex-candidata à presidência Marina Silva (PSB) de apoiar o candidato Aécio Neves (PSDB) no segundo turno é "compreensível" devido à similaridade nos programas econômicos dos dois. “A opção [de Marina] é compreensível. A proximidade que ela tem é com o programa econômico do Aécio e tem menos proximidade com o meu e do presidente Lula", disse a candidata à reeleição durante um evento na capital paulista. Na votação do primeiro turno, Marina ficou em terceiro lugar, com 21,3% dos votos válidos, enquanto Aécio obteve 33,6% e Dilma, 41,6%. "Não acredito que exista transferência automática de votos, porque acredito na democracia. O voto é de cada pessoa que vai na urna e registra o voto”, declarou a petista

    Multa
    O recém-eleito ao cargo do Palácio de Ondina, Rui Costa (PT), pagará multa por realizar propaganda eleitoral antecipada. De acordo com a Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA), em três momentos Rui teria destinado o tempo da propaganda partidária para articular a sua campanha. O governador eleito terá que pagar duas multas de R$ 50,758 mil e duas de R$ 42,794 mil, totalizando 187 mil reais. No dia 14 de maio, Rui teria transmitido ao eleitor, em propaganda veiculada na TV Bahia, a ideia de que, como pré-candidato, seria o mais apto para exercer o cargo de governador da Bahia por contar com o apoio federal, além de outras informações.

    Pesquisas
    Ibope e Datafolha registraram novas pesquisas sobre a corrida presidencial no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A data prevista para a divulgação pelos dois institutos é amanhã (15). O Ibope já está nas ruas para novo levantamento encomendado pela TV Globo. Além de avaliar as intenções de voto para a Presidência da República no segundo turno, a pesquisa também trará informações sobre a rejeição dos candidatos e a avaliação do atual governo. Serão entrevistados 3.010 eleitores. O protocolo do levantamento é BR-01097/2014. O Ibope também registrou pesquisas de intenção de voto para governador nos Estados do Rio Grande do Norte e de Goiás.

    Reajuste MCMV
    O governo federal fará em 2015 um reajuste no valor limite dos imóveis que podem ser enquadrados no programa Minha Casa, Minha Vida, segundo afirmou a secretária nacional da habitação, Inês Magalhães. “Para a meta de contratação de 2015 os valores serão revistos, como fazemos periodicamente”, disse, após participar de seminário sobre o programa habitacional realizado ontem, em São Paulo. A secretária explicou que o ajuste ainda não tem um porcentual definido nem uma data para entrar em vigor.
     



  • 10/10/2014


    10.10.2014 17h09m
    Recomendar

    541 X 1
    Em Paripiranga, terra do prefeito José Ronaldo e onde, antes da eleição o secretário de Ação Social, Ildes Ferreira proferiu palestras para o estudantado, o candidato feirense Colbert Martins perdeu para seu conterrâneo Zé Chico de goleada: 541 a 1. Na cidade vizinha, Adustina, Colbert reagiu e perdeu apenas de 51 a 2.

    Pesquisa ?
    A Revista Época, pertencente à Rede Globo, contratou o Instituto de Pesquisa Paraná, que tem origem no estado do mesmo nome, para fazer pesquisa presidencial no segundo turno. Foi a primeira pesquisa nacional que o instituto realizou. O resultado Aécio 54% contra 46% de Dilma. Ah! O dono do instituto, Murilo Hidalgo, já foi anunciado para presidir o instituto mais importante no estado do Paraná, que será governador por Beto Richa do PSDB.

    Ministros
    Se deputados federais e estaduais pensam que podem ser convocados para um possível ministério de Aécio Neves para assumir suplentes se enganam. Os dois nomes comprometidos para os cargos são os de Paulo Souto e Geddel Vieira Lima, pela ordem. ACM Neto pode até chamar um. Já a possível eleição de Dilma, Wagner é o nome garantido e mais um será escolhido entre os federais.

    Mesários
    No próximo dia 26 de outubro ocorrerá o segundo turno para eleger o Presidente da República. Dilma Rousseff (PT) teve 41,59% dos votos válidos, enquanto que Aécio Neves (PSDB) obteve 33,55%. Neste dia, os mesários deverão comparecer a sua respectiva seção eleitoral. Na ausência de algum dos componentes da mesa, o presidente da seção eleitoral poderá convocar qualquer outro cidadão para substituí-lo, desde que este seja maior de idade, alfabetizado e não esteja com trajes partidários. Ao todo, na Bahia, foram convocados mais de 135 mil mesários. Os mesários que não compareceram no dia 5 de outubro, na seção instituída pela Justiça Eleitoral, devem justificar sua ausência no prazo de 30 dias.

    Dilma e FHC

    Sobre as recentes declarações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de que “o PT está fincado nos menos informados, que coincide de ser os mais pobres”, a presidente Dilma Rousseff disse que os adversários estão ‘destilando o ódio’. “Essa história de falar que os nossos votos são de pessoas ignorantes só mostra o preconceito e desconhecimento. As pessoas não são ignorantes. As pessoas têm ideias próprias, não precisam de ninguém para explicar. Tem que ter respeito”, disse. Dilma comentou ainda a sua votação nos estados do sudeste e no norte.

    Desempenho
    Já em solo baiano, a presidente Dilma Rousseff (PT) e candidata a reeleição, que hoje realiza caminhada até a Colina Sagrada, comentou durante entrevista a rádio Metrópole, o desempenho do partido na Bahia tanto para a sua eleição, quanto para a vitória de Rui Costa e Otto Alencar. “Eu fiquei muito feliz com a eleição de Rui governador e Otto senador. Hoje eu vim agradecer a votação e o desempenho do PT na Bahia”. A presidente aproveitou para criticar o governo tucano e o número de escolas técnicas construídas antes do governo PT, além de dizer que o ensino universitário foi sucateado.

    No palanque
    Entre os presentes no palanque da presidente e candidata Dilma Rousseff, ontem (9), em Salvador, diversos nomes de campanhas anteriores, mas também aliados recentes. Entre estes, os religiosos Pastor Sargento Iisidório (PSC), segundo mais votado no estado, com mais de 123 mil votos, como também o bispo Márcio Marinho, eleito mais uma vez para a Câmara Federal, além de Sildevan Nóbrega, vitorioso nas urnas para a Assembleia Legislativa. Os últimos do PRB participaram da campanha do candidato derrotado ao governo do estado Paulo Souto (DEM).

    No palanque I
    A candidata derrotada na disputa presidencial Marina Silva (PSB), Eliana Calmon, esteve em São Paulo com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso à véspera da data marcada para o anúncio de seu apoio à candidatura do tucano Aécio Neves no 2.º turno da eleição. O encontro ocorreu pela manhã, no apartamento do tucano, horas antes de o PSB, partido ao qual Marina está filiada, anunciar a adesão a Aécio. A expectativa é de que a ex-ministra, que ficou em terceiro na disputa, faça o mesmo hoje. Mas o anúncio poderá ser adiado, já que ela decidiu que não irá a Brasília participar da reunião da coligação dos partidos que a apoiou na campanha.
     



  • 09/10/2014


    09.10.2014 11h23m
    Recomendar

    Sobe- Feira de Santana por ser a única cidade a sediar o festival de cavalos no interior baiano.
    Desce- Sulistas que emitiram comentários preconceituosos contra nordestinos após o primeiro turno das eleições.
     

    Magoado
    No programa de Juarez Fernandes, na Rádio Povo, o deputado Targino Machado, que foi o entrevistado, feliz pela sua vitória pessoal, mas no fundo com um sentimento de mágoa com o resultado em Feira de Santana dos votos que obteve, disparou a ermo: “Campanha de Aécio e Paulo Souto só mesmo em Salvador, aqui em Feira mesmo não vi”. A verdade é que campanha de Aécio Neves aqui só nos últimos dois dias antes da eleição, antes do debate.

    Descarado
    Targino foi perguntado pelo radialista Juarez Fernandes se ele se aliaria ao novo governador do Estado. Ao seu estilo “trator” passou por cima. “Quem disputa eleição pela oposição e adere ao novo governo é descarado. Me manterei no lugar que estou”.

    PTB
    Com a votação, juntamente com outras lideranças incluindo o pastor Elias, que o deputado eleito Benito Gama obteve em Feira de Santana (cerca de 1500), a nova presidente do partido no município deve ser a vereadora Neinha (PMN).

    Esperança
    “A conta ainda não fechou”. Firmado nesta convicção, o vereador Pablo Roberto alimenta a esperança do seu candidato a deputado estadual, Ângelo Almeida (PT), conseguir uma cadeira na Assembleia Legislativa. Ângelo agora está posicionado como o 3º suplente na coligação, mas o 1º do Partido dos Trabalhadores.

    Na tora
    Ouvindo o belo discurso de Pablo, o vereador Correia Zezito (PTB) tentou encurralar Pablo fazendo um importante questionamento: “Zé Neto tirou na tora os votos de Ângelo e vem com tudo na eleição para prefeito. Quando Zé Neto se candidatar, como o senhor vai se posicionar? Garanto que Zé Ronaldo tem espaço para acolher você e Ângelo”. Pablo, fugindo pela tangente, disse que este debate ainda não se iniciou e que sua preocupação no momento é fazer bons debates sobre as problemáticas da cidade.

    Entra e sai
    Diante das especulações de que Pablo Roberto pode pular o muro e cair nos braços de Ronaldo nas eleições de 2016, caso o deputado Zé Neto dispute o pleito, o líder do governo na Casa, vereador Carlito do Peixe (DEM), garantiu que Pablo pode entrar, porque um parlamentar sairá. Será que ele se referiu a Edvaldo Lima (PP), que vem dando demonstrações que não é fiel a bancada do governo? Na última terça-feira (07) a bancada do governo foi convocada a uma reunião com o presidente da Casa; Edvaldo não participou.

    Visita
    O deputado estadual reeleito, José de Arimatéia (PRB), esteve visitando na manhã de ontem (08) a Casa da Cidadania. O parlamentar foi recepcionado pelo vereador e parceiro de campanha e partido Eli Ribeiro (PRB) e bem recebido pelos vereadores presentes na sessão. Como a sessão tinha findado quando o deputado chegou, ele não precisou passar pelo constrangimento de saber se podia ou não adentrar o plenário e ser cumprimentado pelos edi fazendo parar a sessão.

    Auxílio-moradia
    Pressionados por juízes, promotores e procuradores que reivindicam aumento nos contracheques, os conselhos Nacional de Justiça (CNJ) e do Ministério Público (CNMP) aprovaram resoluções regulamentando o pagamento de auxílio-moradia mensal de R$ 4.377,73 para os integrantes das carreiras. Cálculos do governo estimam que o impacto anual decorrente do benefício será de R$ 1 bilhão.As decisões foram tomadas um mês após o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), ter determinado o pagamento do benefício a magistrados, contrariando interesses do Executivo, que quer evitar reajustes no serviço público. Pela resolução do CNJ, todos os integrantes da magistratural têm o direito de receber auxílio-moradia.

    Mulher no Congresso
    O aumento de 13% na participação das mulheres na Câmara dos Deputados – eram 45 e passarão a ser 51 – manterá o Brasil em 2015 no posto de país mais desigual da América do Sul em representação feminina no Legislativo. Nem mesmo a predisposição para votar nas três candidatas à Presidência, que conseguiram 67 milhões de votos (64,5% dos válidos), beneficiou mulheres que disputavam vaga no Congresso. No ranking mundial de 189 países feito pela União Interparlamentar, com sede na Suíça, o Brasil, com 10% de mulheres na Câmara, agora aparece atrás de 152 nações e na frente de 36.

    Sem complemento
    Na semana em que os partidos fora do segundo turno das eleições decidem eventuais apoios na disputa entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), a quarta colocada no pleito, Luciana Genro, comemora o resultado e o considera “extraordinário”. Luciana Genro avalia que “nenhuma candidatura tem a ousadia de colocar nas campanhas” posições tão claras como a defesa do casamento civil igualitário para pessoas do mesmo sexo e a criminalização da homofobia.

    Na defesa
    Após Aécio Neves (PSDB) terminar o 1º turno com mais votos do que esperado até por seus aliados, parte dos deputados reeleitos pelo PMDB tenta convencer a bancada do partido na Câmara, em reunião marcada para ontem, 8 em Brasília, a declarar apoio ao tucano. Esse grupo vai apresentar dois argumentos. O primeiro é de que ficou longe da unanimidade a entrada do PMDB na coligação da candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff. O outro é que, em seu primeiro mandato, a petista deu pouco espaço para os deputados do PMDB participarem do governo. “A gente vai operar pesado pela mudança”, afirmou Darcísio Perondi (PMDB-RS), que apoiou Marina Silva (PSB) no 1.º turno e já embarcou na candidatura tucana.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia