Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 10/12/2014


    10.12.2014 16h07m
    Recomendar

    Pergunta
    Porque os outros políticos, aliados do prefeito José Ronaldo que também foram apoiados de forma direta ou indireta, não levantaram a voz para defender o prefeito José Ronaldo da acusação do outro aliado Targino Machado? Político tem que ter posição, o que não ocorreu no episódio com os apadrinhados Carlos Geilson, Zé Chico e Colbert Martins. Ou o silêncio é sinal de apoio ao companheiro intrépido?

    Vinho do bom
    Definitivamente, os vereadores não estão com seus corações sensíveis ao bem. Mesmo sendo um período natalino, próprio para o congraçamento, nas últimas sessões os edis estão de forma violenta, sob o ponto de vista verbal, se agredindo durante as sessões. Só resta uma esperança: que no recesso estejam participando conjuntamente dos “churrasquinhos de gatos” em Cabuçu acompanhados de garrafões do famoso vinho Sangue de Boi, suave, variando com ponche. Haja maçã!

    Natal Encantado
    Não tem como não elogiar o Natal Encantado criado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, que tem à frente o demissionário Jailton Batista, que deve ficar na pasta até o final deste mês. A administração se humaniza nas edições do evento, dois até o momento. A programação é fantástica. A participação da população é significativa e as cidades circunvizinhas fazem de Feira um ponto turístico.

    Museu
    A Câmara criou ontem uma Comissão para a criação do Museu Maria Quitéria. O objetivo é que a cidade seja contemplada com um espaço que relate a vida de Maria Quitéria. A comissão foi formada pelos vereadores Justiniano França (DEM), Wellington Andrade(PTN), Beldes Ramos (PT) e Correia Zezito (PTB). “A cidade tem vários locais que receberam o nome de Maria Quitéria, mas não tem um lugar especifico que trata sobre a vida dela, então a intenção é criar um Museu para relatar sua vida”, disse o presidente da Casa.

    Bíblia
    O dia da Bíblia será celebrado na próxima quinta-feira (11), por meio de uma Sessão Especial idealizada pelo pastor e deputado estadual, José de Arimateia (PRB). Cerca de trezentas pessoas são esperadas na cerimônia entre elas fiéis, representantes de diversas denominações do segmento evangélico, autoridades e lideranças. A ocasião irá acontecer às 14 horas, no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia. O proponente da cerimônia disse que um dos objetivos da Sessão é levar a palavra de Deus e incentivar a propagação do evangelho a todos sem distinção.

    Sessão Especial 

    Em Sessão Especial realizada pela Câmara Municipal de Feira de Santana, na noite do último dia 04,quando foi comemorado o Dia Municipal da Consciência Evangélica, criado através Projeto de autoria do presidente do Legislativo, vereador Justiniano França, o radialista ,Pastor e Juiz de Paz, José Maria Santana( J. Maria ), foi homenageado com uma placa comemorativa, entregue pelo o autor da Indicação, vereador Tonhe Branco. Vários Pastores e Pastoras também foram agraciados durante a Sessão que contou com a presença de um grande número de evangélicos, parentes e convidados.

    Rede
    Candidata derrotada na disputa pela Presidência da República, a ex-ministra Marina Silva reiniciou a corrida para consegui formalizar o seu partido – a Rede Sustentabilidade. Segundo a Folha, no último sábado (6), a ex-senadora recebeu 13.800 fichas com assinaturas coletadas no estado de São Paulo em um evento na capital paulista e prometeu entregar um novo pedido de registro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até março do ano que vem. Em outubro de 2013, Marina viu naufragar o projeto de oficializar sua legenda após seis dos sete ministros do TSE votarem contra a criação da Rede.



  • 09/12/2014


    09.12.2014 16h36m
    Recomendar

    Sobe-A Prefeitura que incentiva a criação de medidas sustentáveis nos imóveis através da campanha “IPTU Verde”.

    Desce- A triste situação do futebol baiano que teve a dupla BaVi rebaixada para a 2ª divisão do Campeonato Brasileiro. 


     

    Panos quentes
    Vendo os colegas David Neto (PTN) e Zé Carneiro (PSL) se “degladiarem” em relação às acusações e defesas sobre o deputado Targino Machado (DEM), Wellington Andrade (PTN) usou uma estratégia para acalmar os ânimos dos colegas: pediu um a parte e começou a elogiar os edis, garantindo que eles serão reeleitos, que são vereadores de excelência, que o deputado e o prefeito são homens de bem e, quase sem respirar, falou, falou, falou até o tempo de David Neto terminar para que não houvesse mais ofensas. A estratégia surtiu efeito e arrancou risos dos presentes na sessão.

    Via Bahia
    Os constantes transtornos que a duplicação do Anel de Contorno vem causando no trânsito daquela região foi novamente alvo de críticas na Casa da Cidadania. Os edis se mostraram revoltados com os serviços da Via Bahia. A vereadora Neinha (PMN) que mora nas proximidades da obra, não se conforma com os transtornos. “Levo duas horas para chegar ao trabalho, um trajeto que fazia em 15 minutos. As carretas passam com tanta velocidade que temos a impressão que vão levar todos que estão na frente. A Via Bahia não respeita as pessoas e agora ninguém pode fazer mais nada: nem autoridade, nem população, nem imprensa Não sei onde vamos parar”, disse.

    Luz
    Não é a primeira vez que o líder do Governo na Casa, Carlito do Peixe (DEM), cria expectativas para a decoração de Natal da cidade. Ontem ele disse novamente que a população de Feira nunca viu o que verá a partir do dia 10. “As pessoas terão prazer de sair com suas famílias nas ruas da cidade. A cidade está sendo preparada e cuidada para o Natal. Viveremos em Feira de Santana um período que chamará a atenção de todos. Ninguém nunca viu a cidade como verá este ano”, garantiu.

    Comemorações
    Parece que apenas o vereador petista Pablo Roberto lembrou que ontem se comemorou o Dia da Família e, para os católicos, Nossa Senhora da Conceição da Praia, pois foi o único que uso os microfones da Casa para fazer o lembrete. “Apesar dos debates gostaria de lembrar que hoje é comemorado o Dia da Família e de Nossa Senhora da Conceição da Praia”, disse.

    De fora
    O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, informou ontem que pediu demissão à presidenta Dilma Rousseff em carta entregue ainda no mês passado. Após nove anos no cargo, o ministro disse que “chegou a hora de descansar”. Em abertura de seminário, pela manhã, ele defendeu novos mecanismos de controle da corrupção para as empresas estatais. “Apresentei à presidenta Dilma Rousseff minha carta pedindo que ela me dispense do próximo mandato. A minha pretensão é não ter minha nomeação renovada. Estou pedindo demissão. Já estou há 12 anos nesta tarefa, já cumpri com o meu dever, dei a minha contribuição. São 12 anos [na CGU], nove como ministro, está na hora de descansar”, argumentou Hage.

    Piada
    Em texto veiculado no seu blog, o ex-deputado Roberto Jefferson, mensaleiro condenado do PTB, reagiu com ironia à notícia do repórter Germano Oliveira sobre o novo imóvel de Lula, uma cobertura de três pavimentos à beira-mar. Sob o título ‘Lula, o barão das elites’, o delator do mensalão resumiu assim a novidade: “…A Bancoop, cooperativa que deixou milhares de pessoas na mão devido às fraudes de seu diretor, o tesoureiro do PT João Vaccari (investigado na Lava Jato por atuar na quadrilha do petrolão), está entregando o triplex de Lula. A obra, fiscalizada por Lulinha, fica em área nobre do Guarujá e foi tocada pela OAS (envolvida nos escândalos da Petrobras). Então quer dizer que Lula, paladino dos pobres, recebeu triplex da Bancoop de Vaccari, reformado pela OAS, onde as elites paulistanas passam férias? É a própria ‘piada pronta’”.

    UPB
    Com prioridade na gestão a ser iniciada em 2015, o governador eleito Rui Costa (PT) dá sinais de que, para manter a tranquilidade na relação com os partidos aliados, não vai entrar nas disputas que permeiam o cenário da política, como a eleição para o comando da União dos Municípios da Bahia (UPB). Entre os candidatos já declarados está a presidente atual da entidade, Maria Quitéria (PSB), que concorre à reeleição, o prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado (PT), a prefeita de Ibotirama, Terence Lessa também do PT, o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PV), e o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso (PSB), que tenta novamente a busca pelo posto.

    Debate
    A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, disse ontem que “quem tem medo da participação da sociedade não é democrático” e defendeu a retomada da discussão sobre a regulamentação da participação social nas decisões dos governos. Em outubro, logo depois das eleições, a Câmara dos Deputados derrubou uma tentativa do Palácio do Planalto nessa direção, ao arquivar o decreto presidencial que estabelecia a consulta a conselhos populares antes de decisões sobre a implementação de políticas públicas.



  • 08/12/2014


    08.12.2014 17h29m
    Recomendar

    Zezito ou Tom
    Se for concretizada, segundo Targino Machado (DEM), a promessa de que Tom assumira em fevereiro o mandato de vereador, e se o edil Zezito for homem que garanta a palavra, a base do governo terá um ou outro no apoio.

    Targino ou Geilson
    Na mesma linha do que pode ocorrer na Câmara, tudo indica que o prefeito José Ronaldo terá como aliado na Assembleia não os dois, mas apenas um dos deputados. Isso tomando como base o estado de espírito de Targino Machado.

    Agora não
    Pelo menos Targino Machado, durante a entrevista que concedeu à Rádio Subaé, disse não estar pensando, ainda, em se candidatar a prefeito de Feira em 2016. Mas, tratou o seu antigo desafeto figadal, o líder do Governo Zé Neto, carinhosamente de “meu amigo Zé Neto”. Novos tempos.

    Lembrando o passado
    No início das tratativas para a escolha do sucessor de Ronaldo em 2008, Tarcízio Pimenta era o último nome que poderia receber o apoio do prefeito na época. Tarcízio, aliado, fez zanga tanto na imprensa quanto nos bastidores. Na imprensa mostrando insatisfação e mantendo a candidatura; nos bastidores, ameaçando que se não fosse o escolhido lançaria sua esposa, na época de outro partido, como candidata a vice na chapa de Colbert. A ameaça deu certo. Mesmo a contra gosto, Ronaldo lançou e apoiou a candidatura do indigesto, na época, Tarcízio Pimenta.

     

    Alto escalão
    O governador eleito Rui Costa (PT) definiu sete ocupantes de cargos do alto escalão da administração. Quatro deles são petistas: Carlos Martins, para Casa Civil, Jerônimo Rodrigues, para Desenvolvimento Rural, e os deputados Josias Gomes, na pasta de Agricultura, e Nelson Pelegrino, Direitos Humanos e Casa Civil. O jornalista André Curvello passaria a comandar a pasta da Comunicação Social. Marcus Cavalcanti e Manoel Vitório continuariam nas secretarias de Infraestrutura e Fazenda, respectivamente. Rui já teria escolhido os futuros comandantes das pastas da Saúde e estaria prestes a escolher quem vai assumir Segurança Pública e Educação. Segundo fontes do Bahia Notícias, para Saúde está cotado um amigo pessoal do petista, o cardiologista Fábio Villas Boas, diretor médico do Hospital Espanhol.

    Lava Jato
    O juiz federal Sérgio Moro, que conduz as ações da Operação Lava Jato, considera que existem indícios de que os crimes de corrupção e propinas “transcenderam a Petrobras”. Ele demonstra perplexidade com a planilha de dados sobre cerca de 750 obras públicas, “nos mais diversos setores de infraestrutura, que foi apreendida com Alberto Youssef”. Doleiro e alvo central da Lava Jato, Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa fizeram delação premiada e relataram a ação do cartel das empreiteiras na estatal petrolífera. A planilha que incomoda o juiz da Lava Jato foi apreendida no dia 15 de março, quando a operação saiu à caça dos investigados.

    Posse
    O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, virá para a posse da presidente Dilma Rousseff em Brasília, no dia 1º de janeiro, como um gesto para o país norte-americano se reaproximar do Brasil após crise gerada pelas revelações da espionagem no ano passado. Ele é a autoridade mais graduada enviada dos EUA para uma posse presidencial brasileira desde 1990, quando o vice da época Dan Quayle veio para o de Fernando Collor de Melo por se tratar de uma transição para o regime democrático no Brasil. De acordo com informações da Folha de S. Paulo, Biden se transformou no principal interlocutor da presidente Dilma e já veio duas vezes ao país. Eles devem aproveitar a oportunidade para realizar em encontro.

    Encontro
    Joaquim Levy, indicado para o cargo de ministro da Fazenda, teve um encontro com o atual ministro, Guido Mantega. Na saída, fez um comentário rápido ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. Disse que a reunião foi "sobre procedimentos e um pouco de economia global". O encontro, originalmente programado para as 11 horas, acabou ocorrendo no fim da tarde e durou cerca de 40 minutos. A reunião de Levy e Mantega havia começado às 18 horas e o futuro ministro evitou sair pela portaria onde estava concentrada a maioria da imprensa.

    Ebal
    A perspectiva de privatização da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal) repercutiu na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA), com pelo menos três deputados propondo emendas ao projeto de lei que deve ser votado na próxima semana. Um deles, Euclides Fernandes (PDT), pretende que os funcionários da estatal sejam alocados de forma provisória na Secretaria de Administração do Estado até que sejam alocados para uma secretaria, de forma definitiva. “Há uma ideia de uma reforma de modernização do governo e de acabar com a Ebal. Temos que respeitar os direitos adquiridos, pois eles são funcionários de uma empresa criativa”, afirmou Fernandes. Segundo o deputado, dos 2.647 dos funcionários ativos da Ebal, boa parte é formada por cargos comissionados que não realizaram concurso e que por lei podem ser exonerados a qualquer tempo.



  • 05/12/2014


    05.12.2014 12h11m
    Recomendar

    Onde andam?

    Quem anda sumido para as discussões das situações que dizem respeito diretamente à Feira de Santana é o deputado Carlos Geilson. Na mesma situação o deputado federal Fernando Torres, este reservando energias para o início do ano vindouro. Zé Neto, preocupado apenas com as questões do atual e futuro governador, esquece das questões da cidade, salvaguardando Audiência Pública exitosa, para ele, sobre o BRT. Espalhou brasa e voltou ao dia-a-dia da Assembleia.

    Chumbo
    O deputado estadual Targino Machado (DEM) será o entrevistado de hoje no Programa Subaé Notícias. Sempre é bom ouvir Targino. Ele tem a vantagem de não ser um político previsível e nem ter freio na língua.

    VLT
    O antigo trem do Subúrbio dará lugar ao Veículo Leve sobre Trilhos, o VLT, projeto do Governo do Estado defendido, na última quarta-feira (03), em Brasília, pelo deputado federal e governador eleito da Bahia, Rui Costa (PT). Ele se reuniu com o secretário do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Maurício Muniz, no ministério do Planejamento e classificou a implantação do novo modal como parte das obras estruturantes de mobilidade para Salvador. Pelo projeto, o VLT sairá de São Luís, em Paripe, até a Calçada, substituindo o atual Trem do Subúrbio.

    Financiamento
    O governador eleito Rui Costa (PT) foi o que recebeu o maior montante de doações das empresas investigadas pela Operação Lava Jato da Polícia Federal (PF), segundo levantamento da Folha de S. Paulo. A publicação faz a estimativa um dia após veicular que o executivo Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, da Toyo Setal, afirmou em delação premiada que parte da propina paga para o ex-diretor de Engenharia e Serviços da Petrobras, Renato Duque, eram “doações oficiais ao PT”. Costa recebeu a doação de R$ 9,4 milhões, o que significou 29,2% de sua receita total. Somente o governador eleito e Renan Filho (PMDB-AL) constituem quase 30% do total obtido pelos candidatos.

    Empreiteiras
    O ministro de Estado chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, determinou a abertura de processos administrativos de responsabilização contra oito empresas envolvidas na Operação Lava Jato, que desmontou um esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas em sua relação com a Petrobras. Segundo as portarias de instauração dos processos publicadas na última quarta-feira (3) no Diário Oficial da União (DOU) as empresas são Camargo Correa, Engevix, Galvão Engenharia, Iesa, Mendes Junior, OAS, Queiroz Galvão e UTC-Constran.

    Respeitabilidade
    A ex-ministra Marina Silva (PSB) afirmou ontem que o governo corre o risco de perder a “o que lhe resta de respeitabilidade política” ao tentar aprovar o projeto de lei que altera a forma de calcular do superávit primário, permitindo mais abatimentos. Em artigo publicado em seu site, Marina, que ficou em terceiro lugar na disputa pela Presidência, disse que o governo gastou além do limite e agora tenta mudar as regras para não ser punido. “O que está acontecendo é grave: o governo está comprometendo não apenas os recursos orçamentários, mas também o que lhe resta de respeitabilidade política, tudo para aprovar um projeto que permite abater, no cálculo da meta de superávit primário, as desonerações tributárias e os investimentos no PAC.

    Petrolão
    Em discurso realizado no plenário da Câmara, o líder do PSDB na Casa, Antônio Imbassahy chamou atenção para denúncias de o dinheiro do petrolão, como vem sendo chamado o esquema de corrupção na Petrobras, ter sido usado na conta da campanha da Presidente Dilma Rousseff. Conforme noticiado na mídia, dois empresários revelaram, no regime da delação premiada, que pagaram pelo menos 20 milhões de reais em propina ao caixa do PT por contratos na estatal. Conforme Imbassahy, o esquema de pagamento de propina, revelado, e que beneficiou o PT, atinge frontalmente a legitimidade da ocupante do Palácio do Planalto.

    Proprina

    O empresário Augusto de Mendonça, diretor da empreiteira Toyo Setal, afirmou em delação premiada à Polícia Federal (PF) que parte da propina era repassada ao PT por meio de doações oficiais de campanha. Ele e Júlio Camargo, também executivo da empresa, deram detalhes sobre o esquema de corrupção e disse que houve, também, duas outras formas de repasse do dinheiro ilícito: “parcelas em dinheiro” e remessas em contas indicadas no exterior. O então diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, solicitou a Mendonça que ele fizesse doações ao PT, de acordo com o documento ao qual a revista Época teve acesso. Essa seria a primeira vez que os empreiteiros admitam ter pagado propina ao PT por contratos na Petrobras.

    Título
    O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), vai receber o título de cidadão baiano, concedido pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). A concessão do título de cidadão baiano foi sugerida pelos deputados Elmar Nascimento (DEM) e por Zé Neto (PT). De acordo com Zé Neto, a concessão do título ao ministro é “um ato do mais alto reconhecimento da magnitude de suas ações e sua postura como homem público e comprometido com a Justiça”. A outorga será realizada no Plenário do Palácio Deputado Luís Eduardo Magalhães, a partir das 16h, no próximo dia 12 de dezembro. Marco Aurélio Mello nasceu em 1946 e é natural do Rio de Janeiro.
     



  • 04/12/2014


    04.12.2014 17h39m
    Recomendar

    Mui amigo

    Depois de ouvir o vereador Edvaldo Lima (PP) anunciar apoio a Ronny (PSDB) para presidência, fechando apoio de 19 dos 21 parlamentares, Zé Carneiro (PSL) logo se pronunciou: “Ronny, quero morrer seu amigo. Acompanhei de perto como fez toda essa articulação e hoje é o mais cotado para ser o presidente desta Casa. Não quero nunca ser seu inimigo, pois mostrou que é forte e capaz”, disparou.

    Máscara
    A suspensão do processo licitatório para a construção do BRT, anunciada pelo prefeito, foi munição das mãos do líder do PT na Casa, vereador Alberto Nery. “O prefeito anunciou a suspensão da licitação como se fosse uma decisão dele. Na verdade, a suspensão foi uma determinação do Ministério Público pela falta de cumprimento de critérios, inclusive a realização de audiências públicas. Caiu a máscara do prefeito José Ronaldo”, avaliou.

    Inauguração
    Dando continuidade as inaugurações na cidade. O líder do Governo na Casa, vereador Carlito do Peixe (DEM) informou aos presentes nas galerias que na manhã de ontem estava sendo inaugurada a biblioteca do distrito de Maria Quitéria e que às 19 horas foi inaugurada o calçamento da Rua Pitombeira. “Essa rua foi indicação deste vereador”, alertou Edvaldo. “Vossa Excelência fez indicação para a cidade toda, mas esta rua foi mais um projeto do prefeito”, retrucou Carlito.

    Mineirinho
    Aos poucos, o vereador Marcos Lima (PRP) vem ganhando destaque na Casa da Cidadania por seus discursos contundentes. Ontem não foi diferente e o comportamento foi ressaltado pelo colega Wellington Andrade (PTN). Marcos criticou o Governo do Estado pelo abandono do Centro de Cultura Amélio Amorim, em especial a abóbora. “Há´oito anos a cultura de Feira foi abandonada pelo Governo do Estado e não foi diferente com o Amélio Amorim. A abóbora está coberta por tapumes para que ninguém veja o abandono e faça críticas”, disse. Em seguida, Wellington comentou: “o senhor chegou de mansinho, mas está um expert. Realmente, aquele equipamento é muito importante e está sendo deixado de lado”, ressaltou.

    Mineirinho I
    Atento às críticas ao Governo do Estado, o vereador petista Beldes Ramos de pronto se dispôs a fazer a defesa do Estado. “O Governo já tem projetos para a recuperação da abóbora do Amélio Amorim. Sei que isso não justifica, mas quero dizer que a recuperação acontecerá”, explicou.

    Congresso
    O reconhecimento do desempenho do PT/ Bahia levou o Diretório Nacional a aprovar a realização da segunda etapa do 5º Congresso do partido em Salvador, do dia 11 a 14 de junho de 2015. A data foi aprovada durante reunião em Fortaleza nos dias 28 e 29. O presidente do Diretório Estadual, Everaldo Anunciação, destaca que o PT venceu pela terceira vez consecutiva as eleições para governador na Bahia no primeiro turno, está organizado em todos os municípios, elegeu as maiores bancadas estadual e federal, e junto com os aliados conquistou 70% dos votos para a reeleição da presidenta Dilma Rousseff.

    Agricultura
    O ministro da Agricultura, Neri Geller, afirmou ontem que não está brigando pela sua permanência na pasta. O ministério deve ser assumido pela senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), convidada pela presidente Dilma Rousseff para comandar Agricultura a partir de 2015. “Não estou brigando para ficar no ministério. Não falo uma palavra contra a senadora Kátia Abreu. Sou colega dela. Não vou atacá-la porque sei que ela é uma liderança e pode ser ministra”, disse. O ministro participa de audiência pública na Comissão de Agricultura da Câmara, onde se defendeu do suposto envolvimento em grilagem de terras investigada pela Polícia Federal.

     

    Liberdade 

    Beneficiado por um habeas corpus expedido pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque deixou ontem a carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, onde estava preso desde o dia 14 de novembro, na sétima fase da Operação Lava Jato. Duque é acusado de participar do esquema criminoso de superfaturamento de contratos da Petrobras, da formação de cartel por empreiteiras e do pagamento de propina a partidos e agentes políticos. Ele foi citado pelo doleiro Alberto Youssef e pelo ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa, réus no processo, como um dos beneficiários do esquema que, de acordo com a PF, pode ter movimentado mais de R$ 10 bilhões.
     



  • 03/12/2014


    03.12.2014 18h14m
    Recomendar

    Aniversário
    O vereador Correia Zezito (PTB) completou idade nova ontem. O edil foi parabenizado pelos colegas. Parabéns Correia.

    LOA
    A Lei Orçamentária Anual-LOA , foi aprovado ontem em segunda e última discussão. A LOA estima a receita e fixa a despesa do Município de Feira de Santana para o exercício financeiro de 2015. O Município terá uma receita total estimada em R$ 1.113.631.517,00 (um bilhão,cento e treze milhões, seiscentos e trinta e um mil, quinhentos e dezessete reais). A 2ª discussão teve a mesma votação da 1ª : voto de abstenção do vereador Edvaldo Lima (PP), o presidente não vota, as vereadoras Cintia Machado (PSC) e Neinha (PMN) não estavam presentes na sessão e os demais votaram a favor, inclusive os parlamentares de oposição.

    Rolo compressor
    A emenda do vereador Edvaldo Lima (PP), que prevê o remanejamento de R$ 4 milhões dos recursos da Secretaria de Comunicação para a Secretaria de Agricultura, foi derrubada sem comunicação ao autor e justificativa. Segundo o autor, a emenda foi dada entrada no local e data corretos. “Foi o rolo compressor que passou mais uma vez nesta Casa. O homem do campo será mal atendido em 2015. Não há nada para contemplar eles, no máximo mandarão um trator ou um carro pipa. Temos que nos submeter a este rolo compressor e digo as categorias que estão nesta Casa hoje que continuem lutando porque senão não haverá vitória”, disparou Edvaldo.

    Rolo compressor I
    Em resposta ao vereador Edvaldo Lima (PP), o líder do Governo na Casa, vereador Carlito do Peixe (DEM) reconhece que os recursos da Secretaria de Agricultura são pequenos, mas defende que a pasta trabalha com apoio das demais. “A Secretaria de Agricultura tem o apoio de toda a administração. Se a estrada está ruim a Secretaria de Desenvolvimento leva a máquina; se a saúde precisa de ajuda, a Secretaria de Saúde ajuda com médicos, medicamento e o que mais precisar. Então, a Secretaria de Agricultura ela não está sozinha”, defendeu Carlito.

    Justificativa
    Termina amanhã o prazo para que os eleitores que não compareceram às urnas no primeiro turno apresentem a justificativa de ausência ao juiz eleitoral. O requerimento pode ser entregue pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviado por via postal ao juiz da zona eleitoral em que o eleitor está inscrito. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a justificativa de ausência deve ser acompanhada de documentos que comprovem a impossibilidade de comparecimento no dia da eleição, nesse caso, 5 de outubro. O prazo de quinta-feira vale para os eleitores que não compareceram à seção eleitoral, nem justificaram a ausência no primeiro turno.

    Doações
    O ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu à Receita Federal dados contábeis de empresas que fizeram doações à campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com despacho do ministro relator, da última segunda-feira, 1º, os dados foram solicitados pela Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa) da Corte na análise da prestação de contas da campanha de 2014 entregue pelo PT. Mendes quer verificar a compatibilidade das informações de capital social e faturamento das empresas com os valores destinados por elas à campanha da petista e apurar se o limite de doação foi extrapolado.

    Tem que devolver
    O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, negou o pedido do ex-deputado João Paulo Cunha para cumprir em casa o restante da pena do processo do mensalão. Para conseguir a progressão de regime, Cunha deverá comprovar o ressarcimento de R$ 536.440,55 para a administração pública – valor do dano causado com o crime de peculato praticado pelo ex-deputado no esquema. Barroso é o ministro relator das execuções penais de condenados no mensalão no STF e já liberou para cumprirem pena em casa o ex-ministro José Dirceu, o ex-deputado José Genoino (PT), o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, entre outros.

    Orçamento Impositivo
    Com a sessão atrasada, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN), tentará convencer os deputados a aprovarem a proposta de emenda à Constituição (PEC) do Orçamento Impositivo como foi enviado pelo Senado. Isto porque, com o tempo apertado, o Congresso corre o risco de não aprovar o texto a tempo de promulgar a emenda antes do recesso parlamentar, que começa em 23 de dezembro. “Vamos priorizar para votar o texto do Senado. Participei do acordo e estou comprometido com a proposta. Farei apelo à Câmara para que ela resgate o texto”, afirmou Alves. Caso seja alterada, a PEC precisa voltar para o Senado e depois retornar à Câmara.



  • 02/12/2014


    02.12.2014 16h54m
    Recomendar

    Rotativo News
    Hoje, Joilton Freitas no seu Rotativo News, especialmente hoje das 15 às 17 horas, na Rádio Sociedade, fará entrevista exclusiva com o prefeito José Ronaldo falando sobre a administrativa 2014 e perspectivas para 2015.

    O cão atenta
    Não é que tem empresários que estão insistindo, e até bancando, para que seja lançada uma nova chapa da eleição da Câmara para criar tumulto no grupo do prefeito José Ronaldo. Os 17 vereadores do governo já declararam apoio irrevogável a Ronny. Carlito do Peixe, líder, e o presidente da Casa, Justiniano França, já foram a tribuna, pelo menos três vezes, para declararem o voto e também afirmar que Ronny é o candidato do prefeito. Se acontecer algo diferente é coisa ruim se metendo em coisa séria. E, para arrematar, político que não tem palavra não tem honra.

    Rádio pirata
    O Ministério Público Federal tem que voltar a fiscalizar para inibir o funcionamento de rádios piratas. O pastor Jeremias Gomes denunciou ao Ministério Público Estadual que em Humildes está funcionando uma rádio pirata se denominando comunitária com o prefixo Rádio Humildes FM 88.1. O pastor diz que tem político apadrinhando a pirataria. A quem o pastor deve se dirigir para a denúncia é o Ministério Público Federal.

    Inauguração
    O líder do governo na Casa, vereador Carlito do Peixe (DEM), informou aos presentes nas galerias as inaugurações que o prefeito José Ronaldo fez neste final de semana. O destaque foi para escolas nos distritos. “O prefeito inaugurou uma escola na Matinha. Uma reforma bem feita, que atenderá aos estudantes e professores. Outra escola inaugurada foi em Jaíba, obra também bem feita que assistirá à educação no interior”, informou. O líder levou ainda a notícia de que, nos próximos dias, os feirenses ficarão encantados com a decoração de Natal feita na cidade. “Vai valer a pena sair de casa e ver a cidade respirando o clima de Natal”, apostou.

    Restaurante popular
    Outra boa notícia levada à Casa pelo líder foi a reabertura do Restaurante Popular do Centro de Abastecimento, que segundo Carlito, acontecerá no próximo dia 04 e mandou um recado para o neo oposicionista Edvaldo Lima (PP). “O Restaurante Popular será reaberto com preço acessível e o prefeito não está atendendo ao requerimento de Vossa Excelência (falou com olhar direcionado para Edvaldo), está fazendo isso porque já estava em seu planejamento”, avisou.

    Melhor idade
    No uso da tribuna durante a sessão de ontem, o vereador Eli Ribeiro (PRB) vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos, Meio Ambiente e Direitos do Consumidor na Câmara Municipal, discursou sobre os benefícios que a Igreja Universal do Reino de Deus tem assegurado para a população da terceira idade. No último sábado, assegura o vereador, a IURD realizou uma ação beneficente que colocou à disposição da turma da melhor idade diversos serviços na área de saúde como aferição da pressão arterial, teste de glicemia entre outros serviços.

    CPMF
    Os governadores eleitos pelo PT na Bahia, Rui Costa, no Ceará, Camilo Santana, e no Piauí, Welington Dias, começam a articular o retorno da Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira (CPMF), de acordo com reportagem da Folha. O extinto tributo era cobrado automaticamente a cada transmissão de valores em bancos. A proposta dos petistas já tem o consentimento da presidente Dilma Rousseff e será apresentada em um encontrado regional de governadores nordestinos no dia 9, na Paraíba. "A presidente disse que é preciso avaliar a conjuntura política", diz Rui sobre a ressalva feita por Dilma. O coro para a volta da CPMF retorna com a perda de receita para governos dos estados e prefeituras.

    Reforma administrativa
    Saúde, Educação e Segurança serão os principais alvos do projeto de reforma administrativa, que tem como objetivo priorizar o interior do estado. O projeto será apresentado na manhã de ontem à base governista da Assembleia Legislativa da Bahia (Al-Ba). Na pasta de Saúde, haverá ampliação da rede de atendimento e redefinição das regionais. Já na educação, uma coordenação executiva será criada para gerir a infraestrutura da rede física. O governador pretende implementar, na área da segurança pública, uma maior integração com a cultura, educação, esporte, lazer, cidadania e prevenção social. O foco do governo será a modernização e eficiência nestas três áreas.

    Ministério
    O Palácio do Planalto confirmou ontem, por meio de nota, o nome do senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) como titular do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). A nota do Planalto, no entanto, apresenta uma informação equivocada ao apresentar o nome do novo ministro, chamando-o de Armando Monteiro Filho. Segundo a nota, o atual ministro Mauro Borges está deixando a pasta, mas permanecerá no cargo até que esteja concluída a transição e a formação da nova equipe. O senador Armando Monteiro deve dar uma entrevista a qualquer momento no Palácio do Planalto.

    Inelegível
    O deputado federal Luiz de Deus (DEM), apresentou na Câmara dos Deputados, um projeto de lei que torna inelegível parentes de conselheiros dos Tribunais de Contas do Estado (TCE) e de Município (TCM). A proposição seria válida para cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins de primeiro grau ou por adoção, dos conselheiros do TCE ou TCM. O objetivo é evitar o favorecimento de candidatos com vínculos familiares com conselheiros, mediante a aprovação de contas de parentes dos candidatos ou deles próprios, assegurando-lhes passaporte eleitoral nem sempre legítimo.
     



  • 01/12/2014


    01.12.2014 16h33m
    Recomendar

    Sobe- A diversidade musical presente no Natal Encantado.
    Desce- Entulho por deixar cruzamento de avenidas imundo.


    Fim de mandato
    A deputada estadual Graça Pimenta (PMDB), que não disputou a reeleição, termina o ano com um saldo positivo pelas ações que desenvolveu em diversas cidades da Bahia. O mandato da parlamentar se encerrará no dia 31 de janeiro próximo.

     

    Liberdade
    As advogadas que representam Adarico Negromonte Filho apresentaram ontem pedido de soltura dele ao juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na Justiça Federal. Irmão do ex-ministro das Cidades, Mário Negromonte, Adarico é apontado como responsável por levar dinheiro de propina recolhido pelo doleiro Alberto Youssef aos representantes de partidos políticos e agentes públicos. Ele foi preso temporariamente na última segunda-feira (22) e o prazo da prisão venceu ontem. O Ministério Público solicitou a conversão da temporária em preventiva, mas as advogadas de Negromonte alegam que ele já colaborou com as investigações e não corre risco de atrapalhar a coleta de provas, devendo, portanto, ser solto.

    Lei do Calote
    No momento em que o governo Dilma tenta mudar a lei para escapar da acusação de cometimento de crime de responsabilidade, o PSDB chama a atenção para a necessidade de uma mobilização social para impedir tamanho acinte contra a sociedade brasileira. O líder do partido na Câmara, Antonio Imbassahy, e outros parlamentares da legenda, têm chamado a atenção do tema, inclusive nas redes sociais, e estão conclamando os cidadãos a se mobilizarem contra a votação do PLN 36/14, que Imbassahy apelidou de Lei do Calote de Dilma. Para o líder, a pressão popular precisa se mostrar presente para que o governo entenda que o país está atento aos desmandos.

    Agricultura
    Ao defender a provável confirmação da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) como nova ministra da Agricultura, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, reconheceu que, desde o primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), “nenhum progressista” chefiou até agora a pasta. Apesar de afirmar que não tem “nenhuma informação” sobre quem ocupará a pasta no próximo mandato da presidente Dilma Rousseff (PT) ou quando será o anúncio oficial, Carvalho disse não enxergar a confirmação do nome da presidente da Confederação Nacional da Agricultura como uma contradição à história do PT e à militância, apontada por setores do partido como a responsável pela vitória da petista no segundo turno da eleição presidencial.

    Velocidade
    O futuro ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou que a velocidade de crescimento dos programas sociais do governo será adequada ao novo cenário macroeconômico, em entrevista ao Blog do Planalto, da Presidência da República. “É perfeitamente possível manter programa de inclusão social, não só via renda, mas também com investimento em educação e saúde. Agora, a velocidade de crescimento desses programa sociais, isso que está em discussão, será adequada ao novo cenário macroeconômico, mas vai continuar avançando, vai continuar com processo de inclusão social”, disse.

    Lista
    Uma lista apreendida pela Polícia Federal (PF) na casa de Alberto Youssef mostra que os negócios do doleiro não se limitavam à Petrobras. A lista, revelada pela revista Carta Capital, mostra que Youssef, por meio de empresas de fachada, intermediou negociações entre construtoras e empresas públicas e privadas. Nem todas as 747 obras que aparecem na lista de Youssef foram executadas pelas empreiteiras representadas pelo doleiro e 59% delas tinham a Petrobras como contratante. Nas 41% restantes aparecem o Metrô de São Paulo e as estatais de saneamento Sabesp, Copasa (MG), Caema (MA), Casal (AL), Cagece (CE), Cedae (RJ), Saneago (GO) e a Saned, de Diadema.

    Pensão
    O governador Jaques Wagner (PT) afirmou que achou “extremamente justo” o benefício de pensão vitalícia para ex-governadores, aprovado por unanimidade, esta semana, na Assembleia Legislativa da Bahia. “Acho que é extremamente justo, da forma que foi feita, colocar o governador com o mesmo tratamento que tem qualquer funcionário público. Diferentemente de outros tipos de aposentadoria”, disse. Wagner explicou seu caso para justificar por que defende o benefício a que terá direito de reivindicar a partir de 2015 caso não esteja ocupando cargo público. ”Eu, por exemplo, tenho 35 anos de contribuição ao INSS e oito de contribuição como governador. Qualquer pessoa que vai para o serviço público carrega seu tempo da vida privada e, se tiver cinco, seis, sete anos no serviço público ela vai se aposentar”, disse.

    Conversa
    A possibilidade de o governo Dilma Rousseff (PT) anunciar um nome do PCdoB para compor o alto escalão, no segundo mandato, deve ser conversada pela petista com o presidente nacional da sigla, de acordo com o deputado federal Daniel Almeida. O parlamentar é cogitado para substituir seu correligionário, Aldo Rebelo, no Ministério do. Em entrevista, ele negou qualquer definição nesse sentido. “É só especulação. Não teve nenhuma conversa com a presidente Dilma sobre o espaço do PCdoB no governo federal e acho que isso pode acontecer nos próximos dias, o presidente nacional do PCdoB que [Renato Rabelo] irá fazer”, avaliou.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia