Classivendas
Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 30/11/2016


    30.11.2016 10h36m
    Recomendar

    Sobe - A solidariedade do povo brasileiro que se uniu no momento de profunda dor com familiares das vítimas da tragédia que deixou mais de 75 mortos


    Desce - A pequena quantidade de professores que marcaram presença na audiência pública sobre o plano da educação


    Doação de órgãos


    Eli Ribeiro (PRB) parabenizou a matéria principal do jornal Folha do Estado, que relatou a baixa taxa de doação de órgãos. O vereador defendeu que são necessárias mais campanhas e divulgações da importância do ato. "É muito difícil encontrar pessoas para doar, a morte desta moça citada pelo jornal foi um alerta. As famílias precisam ter consciência de que os órgãos dos seus entes podem ajudar a salvar vidas" afirmou.


    Tardou, mas chegou


    O vereador Marcos Lima (PRP) parabenizou o governo municipal pelo anúncio do senso que vai identificar as pessoas acometidas de autismo em Feira de Santana. Marcos afirmou que a medida já deveria ter sido tomada há algum tempo, que acredita que um número assustador será revelado, porém acredita que o governo trará inúmeras melhorias para estas pessoas.


    Gratuidade para autistas


    Gerusa Sampaio (DEM) afirmou que irá retornar no ano de 2017 com o projeto de lei para garantir a gratuidade dos autistas no transporte público de Feira de Santana. Gerusa frisou que a medida será de extrema necessidade, pois os pacientes acometidos de autismo precisam de transporte para realizar os seus tratamentos.


    Cidade desordenada


    O vereador de oposição Alberto Nery (PT) criticou o governo municipal. "O prefeito, no início da sua gestão anunciou o "Pacto Pela Feira", que nunca saiu do papel, nada foi colocado em prática. Feira está cada vez mais desordenada, quero chamar a atenção do povo para a falta de gestão pública do município", disse Alberto.


    Oposição causa desordem


    O líder do governo José Carneiro (PSDB) afirmou que Nery não foi feliz em suas palavras. "O projeto realmente não andou como a gente esperava, porém isso foi em decorrência daqueles que apostam no quanto pior, melhor. Assim também aconteceu com as obras do túnel da Maria Quitéria e com o Shopping Popular. A oposição contribuiu muito com o atraso destas obras", concluiu.


    Prazo adiado


    O Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos adiou para o final de janeiro o prazo dado ao Estado brasileiro para que responda ao caso apresentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos organismos da entidade por violações de direitos humanos. A nova data estabelecida é 27 de janeiro de 2017.


    Contra PEC


    Manifestantes contrários à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 - que limita os gastos do governo pelos próximos 20 anos - promoveram um ato na tarde de ontem (29) em frente ao Congresso Nacional. O protesto reuniu estudantes, professores, sindicalistas e ativistas políticos. O ato ocorre no mesmo dia em que o Senado deve analisar a PEC em primeiro turno e a Câmara, as medidas anticorrupção.


    Leilão


    O secretário do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco, afirmou ontem (29) que o governo lançará hoje (30) os editais para leilão dos aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre.


    Leilão I


    O leilão desses quatro terminais, hoje administrados pela estatal Infraero, começou a ser planejado durante o governo de Dilma Rousseff. Em setembro, eles foram incluídos no programa de concessões e privatizações anunciado pelo governo do presidente Michel Temer. O leilão está previsto para ocorrer no primeiro trimestre de 2017. 



  • 29/11/2016


    29.11.2016 20h54m
    Recomendar

    Sobe - A solidariedade de diversas pessoas que voluntariamente doam seus orgãos para aqueles que necessitam


    Desce - Notícias sobre “tráfico” de órgãos que termina prejudicando necessitados que estão na fila de espera


    Seminário


    Encerrou, na última quinta-feira, o seminário para os novos vereadores da Câmara de Feira de Santana, que foi dividido em três datas diferentes versando sobre Administração de Gabinete, Ações Legislativas, que de forma ampla tratou de projetos e sua legalidade, além de outros assuntos do interesse do mandato parlamentar. A coordenação geral foi do procurador da Câmara, Magno Felzemburg, com participações no primeiro dia, da ouvidoria e da gerência parlamentar, essa última acompanhou os outros dois módulos. O seminário se configurou como um evento produtivo para novos e até atuais vereadores que estiveram presentes. O acontecimento foi uma determinação do presidente Reinaldo Miranda.


    Sessão simulada


    O coroamento do seminário foi a simulação de uma sessão completa da Câmara com abertura, pequeno e grande expediente, discursos, propostas e apartes. A turma estava afiada. Um momento marcante dessa “sessão” foi quando o vereador Zé Filé cobrava ações do governo municipal em alguns bairros da cidade, especialmente no Feira X, onde é morador e foi o mais votado. O vereador Isaias de Diogo, concorrente direto de Filé, no bairro, pediu aparte. Zé Filé anunciou: “oportunamente, nobre colega”. Faltando um minuto, Isaias, agoniado, lembrou “um aparte colega” e filé repetiu “oportunamente”. Aumentando a voz, olhando para o painel, Diogo gritou: “Já esgotou o tempo” e Zé Filé arrematou: “Pois é”. A campainha tocou.


    Audiência pública


    A Câmara Municipal de Feira de Santana fará uma audiência pública para debater o Projeto de Lei nº 84/2017, de autoria do Poder Executivo, que estima a receita e fixa a despesa do Município de Feira de Santana para o exercício de 2017, na próxima quinta-feira (01), às 9 horas, no plenário da Casa da Cidadania. Para o evento será convidado o secretário Municipal de Planejamento, Carlos Brito. “Sabemos que a destinação orçamentária é de suma importância para o crescimento da nossa cidade. Então, decidimos fazer esta audiência para que a população possa participar e colaborar para a melhor destinação dos recursos. Gostaria de contar com a presença de todos neste dia”, convidou o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Reinaldo Miranda, Ronny (PHS).


    Fraudes


    O vereador David Neto (DEM) comentou a matéria em que o Jornal Folha do Estado denunciou que empresários de Feira de Santana recebiam o benefício social Bolsa Família. Neto sugeriu que a Polícia Federal investigasse o caso e afirmou que fica indignado, pois segundo ele algumas pessoas que realmente precisam, não recebem, já quem não precisa tem fácil acesso ao benefício.


    Defesa


    José Carneiro (PSDB) afirmou que os casos de fraudes no Bolsa Família acontecem em todo o país, mas que no caso de Feira, pode ocorrer um equívoco, pois existem os (MEI) Microempresários Individuais, que são pessoas que estão começando a empreender, são aptos a receber e podem ter CNPJ. “Acredito na seriedade do secretário Ildes Ferreira, da Sra. Vitória e no comprometimento do governo municipal”, concluiu.


    Crimes


    David Neto (DEM) ainda fez denúncias de candidatos que supostamente cometeram crimes eleitorais. “Dentro do meu partido tem uns cinco... Teve gente que deu 500 cestas básicas. Quem bancou minha eleição foi eu mesmo. Se alguém errou, vai pagar pelo erro, mas eu não vou fechar os olhos”, afirmou ele.


    “Aquartelados”


    Foi com esse termo que o vereador Isaias de Diogo (PSC) classificou os alunos que ocupam as escolas Luiz Viana e Helena Assis. Ele afirmou que o governo do estado está sendo omisso em relação ao caso, e que precisa tomar uma atitude urgente. “Está na hora de Zé Neto sair das quatro paredes e nos trazer uma solução”, disse.


    Crítica


    Isaias ainda afirmou que o sindicato dos professores de Feira de Santana peca em misturar causas da educação com briga partidária. “Apesar disso, é um sindicato honrado, de nome, e que precisa entrar nessa luta, interceder pelos alunos que estão reivindicando e atrapalhando o ano letivo e o futuro de muita gente”, afirmou.



  • 26/11/2016


    26.11.2016 15h35m
    Recomendar

    Sobe - A força da imprensa nacional que conseguiu derrubar o forte Geddel


    Desce - O governo Temer que em 6 meses perdeu 6 ministros

     

    A queda


    Ao adquirir um dos mais altos apartamentos da Bahia, parecia que Geddel queria ficar bem próximo do céu. Mas, um castigo para o pecador Geddel está fazendo com que ele experimente a dureza do seu inferno astral. É tempo ainda de rever o que fez nos seus últimos anos. Mais uma peça cai do baralho do PMDB.


    Torcida


    O PMDB se caracterizou como um partido que mais emprestou nomes ao noticiário político nacional envolvidos em atos de corrupção. A grande torcida é para que se investigue mais, utilizando-se uma lupa e gente com coragem de puni-los, se há erros. E mais, Eliseu Padilha e Moreira Franco, que junto com Geddel, formavam o trio de ferro do governo Temer. Renan Calheiros, Romero Jucá, Valdir Raupp e o olímpico Eduardo Paes.


    Festa no interior


    A queda do ex-ministro Geddel Vieira Lima abre perspectiva para a eleição de 2018. O quadro desenhado até agora para a oposição ao governo do estado era uma chapa composta por ACM Neto (DEM) a governador; Jutahy Magalhães (PSDB) e Geddel (PMDB) para o Senado, restando a vaga de vice para cooptar um partido da base governista para compô-la. Com Geddel fragilizado, depois da queda, é provável que ele não consiga sustentar a sua vaga nem indicar o irmão, Lúcio, para sucedê-lo e aí vem o desejo de muitos no interior da Bahia, especialmente, Feira de Santana. Ronaldo, o prefeito da cidade, para ocupar a vaga do peemedebista. Como prêmio de consolação já se pensa em oferecer ao partido de Geddel a assunção de Colbert, vice de Ronaldo, para sucedê-lo.


    Desvio de verbas


    O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal realizam, ontem (25), a Operação Vigilante, que visa desarticular esquema de desvios de recursos destinados ao transporte escolar no município baiano de Malhada de Pedras. O prejuízo estimado ao erário é de, pelo menos, R$ 3 milhões.


    Prioridade aos deputados


    O ex-presidente Lula quer que o PT mude a estratégia e priorize eleição de deputados federais no pleito de 2018. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a ideia do petista é que os principais quadros do partido, ex-ministros, ex-governadores, ex-prefeitos, deixem seus projetos individuais de lado e se candidatem à Câmara dos Deputados com o objetivo de puxar votos para os demais nomes do PT. Na lista estaria o ex-governador da Bahia e ex-ministro de Dilma, Jaques Wagner.


    Corte de gastos


    O candidato que prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mais de três vezes com isenção de taxa perderá o direito à gratuidade a partir da quarta tentativa. A medida faz parte de um pacote de medidas elaborado pelo Ministério da Educação (MEC) para diminuir os custos da aplicação da prova, que neste ano superou os R$ 650 milhões.


    Vaquejada é proibida


    O Município de Santa Brígida assumiu o compromisso de não permitir a realização de vaquejadas e puxadas de boi em áreas públicas, em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). Além de proibir vaquejadas, a municipalidade se comprometeu a colaborar com as polícias para coibir tais atividades; não expedir autorizações para realização desses eventos e quaisquer outras práticas que provoquem maus-tratos a animais; cancelar eventuais autorizações já concedidas para realização de futuras vaquejadas; e permitir a fiscalização de órgãos no Município, inclusive ONG´s que atuem na proteção animal.


    Caixa cheio


    A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o desbloqueio de R$ 960 milhões da empreiteira Queiroz Galvão que havia sido retido pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A empresa é acusada de participar de um esquema que desviava recursos da Petrobrás. Rosa Weber argumentou que o bloqueio dos bens da empreiteira foi feito de forma "irrestrita, sem adotar precauções", o que colocou em risco a preservação das atividades empresariais e das obrigações trabalhistas, comerciais e tributárias da empresa.


    Sem prefeito


    A decisão sobre quem vai comandar a prefeitura de Itabuna, no Sul da Bahia, segue indefinida. Na tarde desta quinta-feira (24), o Tribunal Regional Eleitoral iniciou o julgamento sobre o processo que envolve o candidato eleito no município, o ex-prefeito Fernando Gomes (DEM), que teve 34 mil votos. Apesar da soma dos votos, Gomes teve a candidatura indeferida. A candidatura dele encontra-se impugnada após o Tribunal de Contas da União (TCU) reprovar as contas do democrata por não conclusão de obras de saneamento no município.


    Crise


    Em meio à maior crise dos seus seis meses no governo, que propiciou a queda do ministro Geddel Vieira Lima, Michel Temer (PMDB) recebeu ontem (25) o apoio do presidente do PSDB, o senador Aécio Neves (MG), e do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes.  



  • 25/11/2016


    25.11.2016 18h47m
    Recomendar

    Sobe - A Prefeitura de Feira de Santana por implantar o Plano Municipal de Cultura


    Desce - Ex-deputado baiano e atual ministro Geddel Vieira Lima por semana conturbada


    Sem garantia


    O ministro chefe da Secretária de Governo da Presidência da República, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) admitiu que já quitou cerca de R$ 1,9 milhão referente ao pagamento do apartamento que comprou no edifício La Vue, em Salvador, no valor total de R$ 2,5 milhões. A informação é do site ‘O Antagonista’, que disse ter recebido a promessa do ministro de apresentar documentos, como declaração de imposto de renda e os cheques usados, para comprovar a transação.


    Fazendo as pazes


    Depois de muito tempo sem se falar, dois velhos amigos têm um encontro marcado no dia 30, às 17h30, em São Bernardo do Campo (SP): Lula e o pecuarista José Carlos Bumlai. Conforme o colunista Lauro Jardim, de O Globo, quem, involuntariamente, promoveu o encontro é o juiz Sérgio Moro. Mas não será uma acareação. Lula e Bumlai serão ouvidos por video-conferência no Fórum de São Bernardo como testemunhas de defesa de Eduardo Cunha.


    Caindo das pernas


    A tentativa de reeleiçao do deputado estadual Marcelo Nilo (PSL) para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) estaria fragilizada entre os parlamentares da base governista. Com o desgaste que o presidente enfrenta com as sucessivas reeleições no cargo, sua candidatura ao sexto mandato estaria sendo sustentada nos bastidores pelo governador Rui Costa (PT). O petista estaria ligando pessoalmente para deputados próximos para pedir apoio na construção do nome de Nilo.


    Falta de informação


    Os casos de chikungunya no Brasil sofreram um aumento de 850% em 2016, com relação ao ano anterior. O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (24) que os números chegaram a 251.051, com 138 mortes. Em 2015, foram registrados 26.435 casos, seis fatais. O ministro Ricardo Barros isentou a pasta de responsabilidades e afirmou que o aumento de casos está relacionado ao desconhecimento da população com relação à doença.


    Pela soltura de Garotinho


    A maioria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já votou a favor da revogação da prisão preventiva do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, acompanhando o voto da relatora, ministra Luciana Lóssio. Até a publicação deste texto, seguiram o voto da relatora os ministros Luiz Fux, Rosa Weber, Admar Gonzaga Neto e Napoleão Nunes Maia Filho, enquanto o único voto divergente até aqui foi o do ministro Herman Benjamin. Falta votar o ministro Gilmar Mendes.


    Problema antigo


    O Ministério da Saúde lançou nesta quarta-feira (23) um programa voltado para a saúde da criança indígena, com a meta de reduzir em 20% a mortalidade nessa parcela da população até 2019. Dados da pasta mostram que a mortalidade infantil indígena, de 31,28 por mil nascidos vivos, é mais que o dobro da média geral nacional, de 13,8.



  • 24/11/2016


    24.11.2016 19h13m
    Recomendar

    Sobe - WhatsApp por permitir assistir vídeos sem baixá-los


    Desce - A guerra estabelecida por facções criminosas em Feira de Santana


    Defesa


    Em defesa do governo, o vereador Welligton Andrade (PSDB) disse que a afirmação de Edvaldo Lima (PP) é um exagero, pois ninguém com cargo comissionado será demitido. Welligton disse que a perda em arrecadação é fruto da política econômica nacional. “Este governo é sério, não vai demitir ninguém e vai pagar os seus funcionários em dias”, afirmou.


    Audiência Pública


    O vereador Isaias de Diogo (PSC) convidou a imprensa e público presente na galeria da Câmara, para a audiência Pública que discutirá a legalização e regulamentação das motos cinquentinhas em Feira de Santana. Correia afirmou que as constantes apreensões têm sido irregulares e disse que o problema também é de responsabilidade do estado. Os deputados Irmão Lázaro e Fernando Torres também foram convidados para a audiência.


    Parabéns


    Isaias ainda parabenizou o deputado Irmão Lázaro pela indicação de asfaltamento da rua do México, no bairro Tomba. Segundo ele, Lázaro já colocou no orçamento de 2017, através do Ministério das Cidades. Edvaldo Lima (PP) também parabenizou, afirmando que já havia solicitado o asfaltamento e que fica feliz, principalmente por ser morador da rua e do bairro.


    Candidato


    Ausente da Câmara Municipal na próxima legislatura, o vereador Correia Zezito afirmou que será candidato a deputado, porém ainda não decidiu se estadual ou federal. “Mais uma vez vou fazer uma campanha limpa, não vou comprar votos, apenas vou disponibilizar o meu nome”, afirmou.


    Disparou


    Correia aproveitou a oportunidade e disparou contra o PSC, afirmando que o partido e o deputado Irmão Lázaro não têm palavra, por terem o excluído da coligação “indevidamente”. Ele ainda chamou a assessoria do vereador Isaias de Diogo de incompetente e afirmou que Cadimiel, eleito recentemente, é um vereador de “meia tijela”.


    Abuso


    Ao abrir debate temático no plenário do Senado sobre o projeto que modifica o texto da lei de Abuso de Autoridade (Lei 4.898/1965), o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que a legislação atual está desatualizada e que alterações são necessárias para resguardar direitos dos cidadãos contra o eventual autoritarismo do Estado.


    R$ 100 bilhões


    O plenário do Tribunal de Contas da União aprovou, ontem (23), a legalidade do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) antecipar a devolução de R$ 100 bilhões ao Tesouro Nacional. O governo federal planeja usar a quantia para reduzir a dívida pública e amortizar despesas com diferenças nas taxas de juros públicos e privados.


    R$ 100 bilhões I


    O pagamento antecipado dos empréstimos concedidos ao BNDES nos últimos anos dever ser feito em duas parcelas: R$ 40 bilhões ainda este ano e R$ 30 bilhões até 2018. “O governo federal deve ter muita prudência no uso desses recursos”, disse o ministro Augusto Nardes.


    Salvar


    O presidente Michel Temer disse ontem (23) que o papel de Roberto Freire em seu governo irá além das atribuições dele à frente do Ministério da Cultura. “Você não vai cuidar somente da cultura, Roberto. Quero que você esteja do meu lado para governar”, disse o presidente durante a cerimônia de posse de Freire na pasta.


    Força-tarefa


    Executivos da empreiteira Odebrecht, investigada na Operação Lava Jato, começaram a assinar ontem (23) acordos de delação premiada com a força-tarefa de procuradores que investiga desvios na Petrobras. Os termos dos acordos estão sob sigilo e os detalhes não serão divulgados. 



  • 23/11/2016


    23.11.2016 10h52m
    Recomendar

    Sobe - O governo da Bahia que vai conceder incentivo a permanência de professores em sala de aula


    Desce - Advogados presos por estarem ligados à facção criminosa


    Facção


    Seis advogados foram presos na manhã desta terça-feira (22), em Presidente Prudente (SP) durante a operação deflagrada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de São Paulo para prender 41 pessoas ligadas a uma facção criminosa que atua dentro e fora de presídios paulistas. São cumpridos mandados em 20 municípios simultaneamente. Segundo informações do portal G1 SP, além dos oito advogados, também foi preso o vice-presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe), Luiz Carlos dos Santos, suspeito de receber R$ 4,5 mil por mês da organização criminosa.


    Pornografia


    A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (22), uma operação contra a pornografia infantil na Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Pará e Amazonas. A Operação Darknet II cumpre 70 mandados de busca e apreensão, e de prisão para combater a rede de distribuição de pornografia infantil na chamada Deep Web.


    Ladainha


    O presidente Michel Temer quer a ajuda dos integrantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o chamado Conselhão, para divulgar "de forma positiva" as ações que estão sendo planejadas e implementadas pelo governo federal. "É preciso até uma certa ladainha; repetir várias vezes. Isso vai entrando no espírito e na alma, deixando as pessoas animadas", pediu o presidente em uma das intervenções, segundo a Agência Brasil.


    Ajuste


    Durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, defendeu e justificou nesta segunda-feira (21), as medidas de ajuste fiscal que estão sendo tomadas pelo governo Michel Temer, em especial a PEC do Teto dos Gastos e a reforma da Previdência. Para ele, a saída para equilibrar as contas do governo é a contenção permanente de despesas e o aumento temporário das receitas. O conselho voltou a se reunir nesta segunda no Palácio do Planalto.


    Barreiras fiscais


    O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), disse nesta segunda-feira (21) que defende a criação de barreiras físicas para evitar a entrada de drogas e armas de fogo na cidade. "Deveria ser murada como Jerusalém", disse ele no encontro com líderes judaicos e evangélicos, segundo a coluna Radar On-Line. Recentemente, Crivella viajou até Israel. Nas eleições municipais deste ano, ele derrotou Marcelo Freixo (PCdoB) em segundo turno na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro.


    Protesto


    O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil informou que a categoria vai entrar em greve geral nesta terça (22), quarta (23) e quinta-feira (24) e nos dias 29 e 30 de novembro e 1º de dezembro. O grupo protesta contra a possibilidade de perda de autonomia dos auditores caso haja a aprovação do Projeto de Lei 5864/2016. O movimento é nacional e envolve a participação de mais de 18 mil auditores em todo o país.


    Pauta conjunta


    Após mais de duas horas reunidos com o presidente Michel Temer, os governadores decidiram firmar uma pauta conjunta de medidas de ajuste nos estados para promover um "pacto federativo" com o governo federal. De acordo com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, os estados e o Distrito Federal devem se comprometer a encaminhar propostas únicas de reforma da previdência nas unidades da federação, a fim de que sejam enviadas junto com a Reforma da Previdência que será fechada pelo Palácio do Planalto até o fim do ano.


    Cabral


    O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral declarou em depoimento à Polícia Federal que o atual governador, Luiz Fernando Pezão, foi o responsável pela licitação de reforma do Maracanã. Cabral foi preso na semana passada pela Operação Calicute, sob suspeita de chefiar um esquema de corrupção que movimentou R$ 224 milhões em propina e envolveu, entre outras, a obra no estádio. Ele prestou depoimento no último dia 17.


    Cabral I


    Cabral disse à PF que sempre foi acompanhado dos secretários de Obras a reuniões com as construtoras responsáveis pela reforma. A pasta foi ocupada por Pezão e depois por Hudson Braga, sob cuja gestão a obra foi finalizada. Braga também foi preso pela Operação Calicute, na semana passada. 



  • 22/11/2016


    23.11.2016 10h50m
    Recomendar

    Sobe - Congresso realizado por jovens cristãos no Tomba por espalhar mensagem de paz e esperança para Feira e região


    Desce - Fechamento de agências bancárias na cidade por reduzir número de atendimento a clientes


    Consciência


    O vereador Welligton Andrade (PSDB) em seu discurso na sessão desta segunda (21) falou sobre respeito às religiões, fez uma breve reflexão sobre o dia da consciência negra, comemorado no domingo (20) e aproveitou para pedir mais respeito ao vereador Edvaldo Lima (PP), afirmando que não está na Câmara para discutir religião. “Denunciemos na barra da justiça aqueles que são preconceituosos. Fiquei feliz em ver Feira comemorando este dia importante, abaixo qualquer tipo de preconceito e intolerância”, concluiu.


    Crítica


    Em parte, durante o discurso do vereador Welligton Andrade (PSDB), o vereador Edvaldo Lima (PP) mais uma vez criticou a classe homossexual. Ele afirmou que temas referentes a sexualidade, como Parada Gay e ideologia de gênero não podem ser ligados a religião. “Não venham me dizer que Parada Gay é religião, pois não é, ideologia também não. E não me digam que uma criança nasce sem sexo, pois é mentira do diabo”, esbravejou.


    Centrão


    Os partidos contrários à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara dos Deputados discutem nesta terça-feira (22) quais nomes serão lançados para o pleito de fevereiro. Membros do chamado centrão devem se reunir na casa de Jovair Arantes (PTB-GO), um dos postulantes ao cargo. Já o PT e o PCdoB também devem se reunir para definir um candidato. De acordo com a coluna Painel, da Folha, há uma ala do PSDB disposta a retirar o apoio a Maia e também lançar um candidato próprio. O PMDB, por sua vez, mantém o apoio à candidatura do democrata.


    Omissão


    O governador Rui Costa preferiu não se posicionar sobre as denúncias contra o ministro baiano Geddel Vieira Lima, acusado de interferir no andamento de licenciamento da construção do empreendimento La Vue, na Ladeira da Barra. “Eu prefiro não entrar nessa polêmica. Isso aí é debate entre dois ministros e os órgãos competentes vão atuar. Eu prefiro continuar trabalhando.


    Aprendiz


    Após ter seu nome cogitado para a corrida presidencial em 2018, o empresário Roberto Justus admitiu ontem (21) que pode sim vir a se candidatar. “Depois do Donald Trump e do João Doria todo mundo que fez o reality show Aprendiz virou candidato. Eu não admitia nem a possibilidade, porque eu não sou político. Mas já não descarto. Se for bom para o País, eu posso sim ser candidato”, afirmou, em entrevista à Coluna do Estadão, do jornal O Estado de São Paulo.


    Adiamento


    A Comissão de Ética Pública da Presidência da República adiou a decisão sobre se irá abrir processo para investigar a conduta do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), no episódio que culminou na demissão de Marcelo Calero do comando do Ministério da Cultura. O adiamento ocorreu em razão de um pedido de vista (mais tempo para analisar o caso) de um dos integrantes da comissão.


    Geddel


    O presidente Michel Temer decidiu manter no cargo o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, informou ontem (21) o porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola. Nesta segunda-feira, a Comissão de Ética Pública da Presidência adiou a decisão sobre a abertura de processo para apurar se Geddel violou o código de conduta federal ou a Lei de Conflito de Interesses (Lei nº 12813) ao procurar o então ministro da Cultura, Marcelo Calero, para tratar de um assunto de seu interesse pessoal. A maioria dos membros da comissão já havia votado a favor da abertura do processo.


    Casa Branca


    O presidente eleito americano, Donald Trump, assumirá o cargo no dia 20 janeiro, mas sua esposa Melania Trump e seu filho Barron, de 10 anos, se mudarão para a Casa Branca apenas no fim do primeiro semestre, quando se encerra o ano escolar nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pela equipe de transição de Trump no domingo (20), no clube de golfe do presidente eleito, durante um dia de reuniões com potenciais membros do novo governo.



  • 19/11/2016


    19.11.2016 11h27m
    Recomendar

    Sobe - O alto nível das atrações contratadas pela Prefeitura para o Natal Encantado 2016


    Desce - Ex-chefes de estado presos no Rio de Janeiro por corrupção


    Audiência adiada


    A Câmara Municipal de Feira de Santana informou através de nota, que a audiência pública que seria realizada ontem (18), às 9 da manhã, que seria realizada pela Comissão de Reparação, Direitos Humanos, Defesa do Consumidor e Proteção à Mulher, foi cancelada por pedido do seu presidente e que será agendada uma nova data.


    Pec 55


    A primeira sessão de discussão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55/2016, que limita os gastos públicos por 20 anos, foi realizada quinta-feira (17). A PEC terá de passar por mais quatro sessões de discussão antes de ser votada em primeiro turno. Depois, serão mais três sessões de discussão para que tenha votação final.


    Novas provas


    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgará na próxima semana os locais de prova dos candidatos que tiveram a avaliação adiada por conta das ocupações. Segundo informações da Agência Brasil, a previsão é de que a informação seja divulgada na próxima terça-feira (22). São 271.033 candidatos que tiveram a prova adiada para os dias 3 e 4 de dezembro - a data oficial era 5 e 6 de novembro, mantida para a maior parte dos inscritos.


    Estadia sem luxo


    O ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), preso quinta-feira passada (17), pela Polícia Federal, passou a noite em uma cela de nove metros quadrados no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio. Acostumado a refeições de luxo, na manhã de ontem (18), ele teve para o café da manhã um pão na manteiga e café com leite, o mesmo cardápio dos outros detentos.


    Mais segurança


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende reforçar a segurança da Casa para evitar novas invasões como a que ocorreu na quarta-feira (16) no plenário onde ficam os deputados. A publicação detalha que uma das possibilidades é restringir ainda mais o acesso ao Salão Verde, onde ficam as entradas do plenário. A outra é estabelecer um sistema em que as pessoas de fora do Congresso só tenham acesso ao local que informarem na entrada.


    Mandatos restringidos


    O deputado Arthur Maia (PPS-BA) apresentou na última quarta-feira (16), uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que restringe o mandato dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) a oito anos. A determinação valerá também para os ministros dos Tribunais Superiores (STJ, STM e TST) e do Tribunal de Contas da União. A proposição determina que, após os oito anos, os ministros não poderão ser reconduzidos ao cargo. Atualmente, o mandato dos ministros não é fixo.


    Criminal


    A Justiça Federal de Ponte Nova (MG) abriu ação criminal contra 22 denunciados pela Procuradoria da República pelo desastre ambiental após o rompimento da Barragem do Fundão, em Mariana, que matou 19 pessoas em novembro de 2015 e provocou destruição na Bacia do Rio Doce. Quatro empresas também são acusadas na ação penal: Samarco Mineração S.A., BHP Billiton Brasil, Vale e VogBR Recursos Hídricos e Geotécnica. A informação foi divulgada pelo jornal “O Estado de Minas”, ontem (18).


    Trump


    O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, indicou ontem (18), três nomes para importantes pastas de seu futuro governo. As escolhas geraram críticas de ONGs e de especialistas em segurança internacional. As informações são da Agência Ansa.



  • 18/11/2016


    18.11.2016 11h43m
    Recomendar

    Sobe - Secretaria Estadual de Educação por doar mais viaturas para garantir ronda escolar em Feira


    Desce - Grupeio de extremistas de direita por invadirem plenário do Congresso Nacional


    Sigilo bancário


    Além das delações dos executivos da Carioca Engenharia e da Andrade Gutierrez, a investigação do esquema de corrupção liderado pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), a força-tarefa da Lava Jato conseguiu a quebra dos sigilos bancário, telefônico e fiscal dos envolvidos. Segundo o procurador Athayde Ribeiro Costa, do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná, isso permitiu a coleta de provas que subsidiassem o pedido das prisões preventivas (um dos mandados, cumpridos nesta quinta, tinha como alvo o ex-governador) e temporárias.


    Entrevista


    Preso na quarta-feira (16), o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) pediu autorização para conceder entrevista durante o trajeto da carceragem da Polícia Federal, na capital fluminense, e um hospital – momentos antes, a defesa de Garotinho solicitou a transferência após um pico de pressão alta. O ex-governador é acusado de comandar um esquema de compra de votos na prefeitura de Campos dos Goytacazes. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a PF indeferiu o pedido de entrevista na hora.


    Casos suspeitos


    Uma operação da Polícia Federal (PF) em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, cumpriu seis mandados de busca e apreensão na manhã de ontem (17). Intitulada de Operação Donum, a ação apura crimes de corrupção eleitoral. Os alvos são um vereador eleito, acusado de pagar R$ 100 por eleitor, estabelecimentos comerciais e cabos eleitorais com atuação na cidade. Segundo a PF, caso a suspeita venha a ser confirmada, os envolvidos podem pegar quatros anos de reclusão, além da cassação do mandato, no caso do vereador.


    Nomeação


    A nomeação do ex-governador Jaques Wagner em uma secretaria do governo estadual deve ser publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (19). A informação foi dada pelo governador Rui Costa (PT), na manhã de quinta-feira (17), durante visita às obras da Via Metropolitana. No entanto, o chefe do Executivo baiano fez mistério e não disse para onde o ex-governador irá.


    Líder


    Mensagem presidencial publicada no Diário Oficial da União de ontem (17) indica o senador Romero Jucá (PMDB-RR) para exercer a função de líder do governo no Congresso Nacional. Ele irá substituir a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES). No novo cargo, Jucá articulará as votações do Orçamento, as mudanças na Meta fiscal e manutenção de vetos em sessões do Congresso.


    Defesa


    Os advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmam dar como certa a condenação do petista nos processos relacionados à Operação Lava Jato. Em entrevista a jornalistas na Suíça, os defensores chamaram a Justiça brasileira de “primitiva”, atacaram a imprensa e sugeriram que, por causa das investigações. A declaração à imprensa em Genebra foi convocada para anunciar a inclusão de novas evidências na reclamação protocolada em julho no órgão internacional.


    Mais um


    A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal, deflagrou nesta quinta-feira, 17, a Operação Calicute com o objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do Estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões. O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), foi preso preventivamente. O peemedebista estava em sua casa, no Leblon, zona sul da capital, e foi levado pela PF sob gritos de “ladrão” por cidadãos.


    Indenização


    O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (17), que o governo federal deve pagar imediatamente indenizações a pessoas que ganharam reparações financeiras por terem sido reconhecidas como anistiadas políticas. Por unanimidade, seguindo voto do relator, Dias Toffoli, a Corte entendeu que a União não pode deixar de incluir o valor da reparação na previsão orçamentária do ano seguinte ao reconhecimento do benefício. O entendimento foi seguido pelos ministros Edson Fachin, Teori Zavascki, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio, Celso de Mello e pela presidente do STF, Cármen Lúcia.


    Indenização I


    A reparação financeira a anistiados políticos está prevista na Lei 10.559/2002, norma que prevê o pagamento do benefício em 60 dias. No entanto, vários anistiados recorreram à Justiça por não terem conseguido receber os valores. A União alega que os benefícios precisam estar previstos no Orçamento para serem pagos. O Supremo julgou o caso de um ex-cabo da Aeronáutica, que recebeu anistia do governo federal em 2004, mas não conseguiu receber o valor total da indenização, estimada em R$ 187 mil, porque o montante não foi previsto no Orçamento federal.



  • 17/11/2016


    17.11.2016 10h52m
    Recomendar

    Sobe - Os recursos da repatriação por ajudar prefeituras a honrar compromissos


    Desce - Número de empresários suspeitos de receberem benefícios do Bolsa Família indevidamente


    Jamais critiquei


    Durante discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta quarta-feira (16), o vereador Tonhe Branco (PHS), sem revelar nomes, disse que ao contrário do que alguns afirmam, ele nunca criticou nem criticará o prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM). Na sequência, o edil revelou que continuará trabalhando intensamente para retornar ao Legislativo feirense nas próximas eleições. Tonhe informou que pretende apoiar candidatos a deputado estadual e federal de outros municípios, uma vez que nenhum parlamentar de Feira de Santana lhe apoiou no pleito deste ano. Ele acredita que lograria êxito nas urnas, caso algum deputado abraçasse sua campanha política.


    Representação


    Durante discurso proferido na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, ontem (14), o vereador Isaías de Diogo (PSC) comentou a regulamentação dos veículos ciclomotores de 50 cilindradas, as chamadas "cinquentinhas", pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Segundo o edil, uma reunião promovida pelo deputado federal Irmão Lázaro (PSC) foi realizada para discutir a questão. De acordo com Isaías, o grupo de condutores que possuem motos de até 50 cilindradas necessita de representação.


    Dois anos


    Foi aprovado o projeto de resolução de nº 694/16, que modifica e acrescenta dispositivo à Resolução N° 386/2001 que trata sobre o Código de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal, findando com o mandato de quatro anos para o cargo de Corregedor da Casa. O projeto foi aprovado por unanimidade dos edis presentes, na manhã de ontem (16), na Casa da Cidadania.

     

    Abstenção


    É de autoria do vereador Pablo Roberto Gonçalves da Silva (PHS) o projeto de lei de nº 108/15, que dispõe sobre regras para a comercialização de alimentos _ comidas de rua _ food trucks, em logradouros, vias e áreas públicas no município de Feira de Santana. A votação da proposta aconteceu na sessão desta segunda-feira (16), na Câmara Municipal de Feira de Santana e foi aprovado por unanimidade dos edis presentes. A proposta teve as abstenções dos vereadores Edvaldo Lima (PP) e Gerusa Sampaio (DEM).


    Livre


    O doleiro Alberto Youssef, preso por dois anos e quatro meses na sede da Polícia Federal, em Curitiba, será liberado nesta quinta-feira (17). Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o acordo de delação premiada - ele foi o terceiro réu a fechar colaboração, em 2014 - previa três anos de prisão. Em 2015, porém, a pena foi reduzida para dois anos e oito meses, com a vantagem de cumprir os últimos quatro meses em prisão domiciliar, usando tornozeleira eletrônica. O benefício foi concedido por conta da "efetividade" da delação.


    Estratégico


    O presidente Michel Temer reuniu, ontem (16), senadores da base aliada em um jantar, no Palácio da Alvorada, para pedir apoio à votação do teto dos gastos públicos, no próximo dia 29. A medida é considerada fundamental para o ajuste das contas e o governo tenta acelerar a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) no Senado. O Palácio do Planalto precisa do aval de no mínimo 49 dos 81 senadores para aprovar a PEC.


    Quebra tudo


    A Polícia Federal pediu a quebra dos sigilos bancário e fiscal do presidente do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedraz, e do ministro Raimundo Carreiro. Eles são investigados por conta de suspeitas de corrupção envolvendo o filho de Aroldo, o advogado Tiago Cedraz. De acordo com a revista Época, o dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa, disse em delação premiada que Tiago seria o intermediário no repasse de propina para o ministro Raimundo Carreiro.


    Aumento de salário


    O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) recomendou que sejam revogadas as leis que permitirão o aumento de salário para os cargos de prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores do município de Guanambi, no sudoeste do Estado. A Câmara de Vereadores aprovou reajustes que vão de 18% a 25% para os políticos, o que faria que os edis aumentassem a própria remuneração em cerca de R$ 8 mil para R$ 10 mil. O salário do prefeito, pela proposta, passa de R$ 20 mil para R$ 25 mil a partir de 2017.


    Cerveró


    O ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, vai depor dois dias seguidos sobre casos investigações pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato. Os depoimentos estão marcados para a próxima semana. Porém, em cada dia, ele estará de um lado diferente dos investigados. O executivo será ouvido na quarta-feira (23) como testemunha de acusação no processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na quinta (24), ele atuará como testemunha de defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputados, o parlamentar cassado Eduardo Cunha (PMDB).


    Anulação


    O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) entrou com recurso pedindo a anulação da decisão judicial que manteve a prova do Enem deste ano. O procurador da República Oscar Costa Filho, autor do recurso que pedia a anulação do exame, argumenta que a 4ª Vara da Justiça Federal no Ceará não tinha competência para julgar o caso. O pedido de anulação do Enem deste ano sustenta que houve vazamento do tema da redação, violando o princípio da isonomia.


    Presidente


    O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) planeja ser candidato a presidente na eleição de 2018, mas não pelo PSC. De acordo com o site Congresso em Foco, o parlamentar já não conversa com a direção da sua atual legenda e negocia uma mudança com DEM, PR e PRB. Ele já teria inclusive um slogan para sua campanha presidencial: "Vamos endireitar o Brasil", em clara referência ao seu posicionamento político.


    A última


    Barack Obama chegou ontem (16), à Alemanha, na última viagem internacional dele como chefe de estado. Mais cedo, o presidente americano estava na Grécia, onde garantiu que a democracia dos Estados Unidos é maior do que qualquer pessoa eleita. 



  • 16/11/2016


    16.11.2016 09h33m
    Recomendar

    Sobe - Os debates que discutem o PL que institui a Escola Sem Partido


    Desce - Mulher de Cunha por ter se beneficiado com esquema de corrupção liderado pelo ex-deputado


    “Romarias” em Ondina


    Ao anunciar a mudança em setores do governo estadual, Rui Costa (PT), passou a receber uma verdadeira ‘romaria’ de dirigentes partidários e deputados federais e estaduais que buscam, isoladamente ou bloco, mais espaços na administração pública.


    “Romarias” em Ondina I


    O caso mais recente foi o dos parlamentares estaduais do PSL que se reuniram com Rui e Josias Gomes na última semana. O partido dirigido pelo presidente da Assembleia Legislativa teria pedido a secretaria da Saúde da Bahia, no entanto, fontes deste site negam que esta tenha sido a conversa.


    Supersalários


    Presidentes de 25 tribunais de justiça de todo o país se reuniram no início desta semana, com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia. Após o encontro, alguns deles falaram com a imprensa, e disseram que, entre os temas debatidos, estavam os chamados “supersalários”.


    Supersalários I


    Na semana passada, o Senado criou uma comissão, por decisão do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), para apurar os casos em que servidores públicos estejam recebendo salários acima do teto constitucional (atualmente de R$ 33,7 mil, o mesmo de um ministro do STF).


    Só pra ele


    O ex-ministro-chefe do Gabinete Pessoal da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Jaques Wagner, assume nos próximos 8 dias a secretaria extraordinária criada para abrigá-lo no governo Rui Costa. Ontem (15) encerrou a quarentena dada ao ex-governador da Bahia pela participação em função estratégia no Palácio do Planalto.


    Só pra ele I


    A chegada do ‘timoneiro’ petista que será designado para cuidar, entre outras, do ‘conselhão’ político desidrata a Secretaria de Relações Institucionais no quesito macropolítico. Esta é a janela para a saída de Josias Gomes (PT) da pasta. Contestado e sem clima para permanecer à frente da secretária, o deputado federal licenciado deve ser substituído.


    UPB e 13º


    A União dos Municípios da Bahia (UPB) prevê menor dificuldade dos municípios no pagamento de 13º. A tranquilidade financeira veio a partir da repatriação de recursos. Soma-se a isto o 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é liberado no final do ano. Apesar da estimativa otimista, a UPB não fez nenhum acompanhamento das prefeituras que devem atrasar os pagamentos. Dado anterior à repatriação dava conta de que 30% das prefeituras baianas, pelo menos, não teriam dinheiro para quitar o 13º salário dentro do prazo legal.


    Escola sem partido


    Projeto de lei (PLS 193/2016) do senador Magno Malta (PR-ES) que inclui na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional o programa Escola sem Partido foi tema, ontem (16) de audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). A audiência foi solicitada pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN), vice-presidente do colegiado.


    Escola sem partido I


    O projeto defende a neutralidade política, ideológica e religiosa do Estado; o pluralismo de ideias no ambiente acadêmico; a liberdade de aprender e de ensinar; a liberdade de consciência e de crença; o reconhecimento da vulnerabilidade do educando como parte mais fraca na relação de aprendizado; a educação e informação do estudante quanto aos direitos compreendidos em sua liberdade de consciência e de crença; e o direito dos pais a que seus filhos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com as suas próprias convicções.


    Escola sem partido II


    O projeto estabelece que o poder público não se imiscuirá na opção sexual dos alunos nem permitirá qualquer prática capaz de comprometer, precipitar ou direcionar o natural amadurecimento e desenvolvimento de sua personalidade, em harmonia com a respectiva identidade biológica de sexo, sendo vedada, especialmente, a aplicação da teoria ou ideologia de gênero.



  • 15/11/2016


    15.11.2016 11h21m
    Recomendar

    Sobe - Escolas municipais por conquistarem premiação na área de meio ambiente


    Desce - O grupo Odebrecht por ter participado do desvio de pelo menos R$ 7 bilhões da Petrobras


    Visita


    O presidente da Casa da Cidadania, Ronny (PHS) recebeu ontem (14) a visita de Fernando Bispo, prefeito eleito de Anguera. Na oportunidade junto com o subprocurador da Casa, Guga Leal, foram discutidas novas perspectivas para 2017. Os vereadores presentes na Câmara aproveitaram a pausa de 10 minutos na sessão para também parabenizar o prefeito.


    Tirar do buraco


    O vereador Justiniano França (DEM) falou sobre a atual gestão do Rio de Janeiro, ele afirmou que aposta no prefeito eleito Marcelo Crivella, e que espera que ele monte uma equipe competente, capaz de tirar a cidade do “buraco”. “O Rio está quebrado, não entendo como um estado tão importante fica desse jeito em tão pouco tempo. Isso com certeza prejudica o Nordeste, pois os recursos não chegarão aqui”, disse.


    Chapa do coração


    Ronny Miranda (PHS) parabenizou a chapa vencedora da eleição da Associação de Moradores do bairro João Paulo, ele disse estar feliz por sua chapa “do coração” ter vencido. “Se o João Paulo precisar de mim e do meu mandato, o nosso gabinete estará sempre disponível para fazer a diferença no bairro. Buscarei honrar a confiança que vocês depositaram no meu nome”, afirmou.


    Eli Ribeiro


    O Câncer de Próstata foi tema do discurso do vereador Eli Ribeiro (PRB), ele afirmou que o problema tem crescido devido ao grande “tabu” de não ir ao médico, criado pelos homens. “Não tenho problema com isso, faço todos os anos, porém o aumento dos casos é um fato triste e alarmante”, lamentou. O edil ainda parabenizou a matéria do jornal Folha do Estado, que tratou do tema na edição desta segunda.

     

    Aeroporto


    O vereador Marcos Lima (PRP) chamou a atenção do governo do estado para a atual situação do Aeroporto de Feira de Santana, segundo ele, as pessoas estão se queixando, pois as demandas não estão sendo atendidas. “O aeroporto de Feira de Santana não tem estrutura para atender a população”, afirmou Marcos.


    Mortes


    Marcos ainda lamentou os assassinatos registrados em Feira no último final de semana, segundo o vereador, não existe uma ação efetiva da polícia nos bairros mais cruciais, em que acontecem os crimes. “7 vidas foram embora. É triste subir na tribuna para falar isso, mas não podemos cruzar os braços, queremos que o governo tome uma posição”, disse.


    Satisfeito


    Sobre as manifestações do último dia 11, o vereador Alberto Nery afirmou estar feliz com o povo que foi às ruas, reivindicar os seus direitos. “Feira deu exemplo, se fez presente e disse ao governo que não aceita essa proposta, que com certeza vai prejudicar as pessoas mais carentes que precisam de educação e saúde”, afirmou Nery.


    Amargosa


    Com o objetivo de concluir as obras do Hospital Municipal de Amargosa (HMA), a Justiça determinou o bloqueio de R$ 1 milhão da conta da Prefeitura. O valor é referente ao repasse federal do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e foi bloqueado por decisão do juiz Alberto Fernando Sales de Jesus a pedido do Ministério Público estadual. A ação, ajuizada pelo promotor de Justiça Marcelo Moreira Miranda, visou garantir a conclusão das obras de reforma e ampliação do HMA, que estão “paralisadas e sem perspectiva de término”.


    Correios


    Os Correios não receberam nenhuma proposta de instituição financeira para prestar os serviços de correspondente do Banco Postal. Segundo aviso da empresa publicado na internet, não foi recebida nenhuma proposta técnica dos bancos, até o final do prazo na última sexta-feira (11). A reunião de seleção pública, marcada para hoje (14), foi cancelada devido à falta de propostas.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia