Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 31/01/2017


    31.01.2017 15h22m
    Recomendar

    Sobe - SEDESO por fazer campanha visando incentivar adesão a Tarifa Social da COELBA.


    Desce - Cidadãos que ignoram o risco iminente da tríplice epidemia e deixam água parada em suas casas.


    Decisão acertada


    O Presidente Michel Temer (PMDB) elogiou a postura da Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, em homologar as delações premiadas do 77 executivos da Odebrecht, nesta segunda-feira (30). “A ministra já tinha pré-anunciado que muito possivelmente hoje ou amanhã faria a homologação. Fez o que deveria fazer e, nesse sentido, fez corretamente”, disse Temer, em visita a Pernambuco.


    O quanto antes, melhor


    O Senador Roberto Requião (PMDB-PR) afirmou na segunda-feira (30), ao Broadcast Político, que o ideal seria que o conteúdo das homologações das delações da Odebrecht fosse divulgado antes da eleição para as Mesas Diretoras da Câmara e do Senado. Para ele, o Legislativo está numa situação “constrangedora”- já que, poderá eleger parlamentares para cargos do comando das duas Casas Legislativas, que futuramente poderão ser alvo de questionamentos no Supremo Tribunal Federal (STF).


    Corte de gastos


    O Governo Federal deve iniciar em fevereiro a substituição dos carros oficiais pelo serviço de rádio táxi para funcionários de cargos de confiança - exceto aqueles de alto escalão. De acordo com o colunista Lauro Jardim, de O Globo, os funcionários pedirão os carros por um aplicativo de celular. Cada viagem e percurso ficarão registrados no sistema. A conta das corridas ficará sob responsabilidade dos cofres públicos. A estimativa é de economia de carros, gasolina e motoristas, além de coibir abusos com veículos públicos, como levar e buscar filhos na escola e fazer compras no supermercado.


    Do vôlei para a política


    O ex-técnico da Seleção de Vôlei do Brasil, Bernardinho, pode concorrer às eleições para governador do Estado do Rio de Janeiro pelo PSDB, em 2018. A informação foi publicada neste domingo (29) pela “Coluna do Estadão”, do jornal O Estado de São Paulo. Segundo jornalistas, os dirigentes da legenda cogitam a possível, tendo em vista o atual cenário político fluminense, que anda movimentado desde a queda do grupo liderado pelo ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).


    Desesperado


    O ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), teria entrado em desespero ao saber que o doleiro Lúcio Funaro vinha se preparando para firmar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF). De acordo com informações publicadas pelo colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim no domingo (29), o peemedebista passou a telefonar insistentemente para a mulher de Funaro, para prestar solidariedade e sondar se ele já havia iniciado a delação.


    Estado se agravou


    A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva apresentou piora no quadro clínico neste fim de semana. Segundo os médicos do Hospital Sírio Libanês, ela chegou a ter uma parada cardíaca, que foi revertida. De acordo com a equipe médica que a acompanha, a situação da esposa do ex-presidente Lula é muito grave. Marisa teve um AVC hemorrágico na semana passada.


    Rombo fiscal


    Com a queda na arrecadação consequente do quadro de recessão da economia do País, as contas do governo registraram um rombo de R$ 154,25 bilhões - equivalente a 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB), em 2016, como informado pela Secretaria do Tesouro Nacional na segunda-feira (30). Além de ser o terceiro ano consecutivo com as contas no vermelho, esse foi também o maior rombo fiscal em 20 anos, considerando que os dados começaram a ser contabilizados em 1977.


    Defesa entregue


    O Governo brasileiro apresentou no sábado (27) ao Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas (ONU), a defesa do País contra a petição apresentada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em julho do ano passado, em que ele alega ser vítima de violação de direitos humanos em razão das ações da Operação Lava Jato. Entretanto, o teor da defesa, entregue em Genebra, sede da ONU, não foi divulgado oficialmente. 



  • 28/01/2017


    28.01.2017 10h49m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por reduzir em quase 50% o número de novos casos de Hanseníase na cidade.


    Desce - Indivíduos que ainda alimentam ideias preconceituosas para com os portadores de Hanseníase em Feira.


    Mais Médicos


    Profissionais brasileiros irão preencher, a partir de fevereiro, 900 vagas que antes estavam ocupadas por médicos cubanos no programa Mais Médicos. Lançado em novembro, o mais recente edital ofertou 1.390 vagas, das quais 1.378 serão ocupadas por médicos com registro profissional no Brasil. As 12 vagas remanescentes serão ofertadas novamente a médicos com registro no País em segunda chamada, prevista para o começo de fevereiro.


    Farra milionária


    O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, gastou mais de R$ 6,5 milhões em joias entre 2000 e 2016. Elas foram pagas em dinheiro vivo e sem emissão de nota fiscal, segundo documentos elaborados pelo MPF (Ministério Público Federal) na investigação da operação Eficiência, deflagrada na quinta (26) e que teve o empresário Eike Batista como um dos alvos. Lulistas preocupados Líderes da oposição estariam preocupados com os possíveis efeitos negativos da prisão de Eike Batista sobre a futura candidatura de Lula à presidência da República. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o raciocínio dos petistas é que se o empresário for preso e fizer delação premiada, a relação dele com o ex-presidente será alvo de interesse pelos investigadores.


    Reforma trabalhista


    Pressionado, o governo já demonstra flexibilidade em relação à reforma trabalhista, que não deve mais ser discutida em regime de urgência constitucional. O Presidente Michel Temer telefonou na quinta-feira (26) para o Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, para consultá-lo e recebeu a resposta de que o melhor seria não acelerar a proposta devido a pedidos das centrais sindicais.


    “Ninguém deseja ser relator”


    O Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, afirmou na quinta-feira (26), que “ninguém deseja ser relator da Lava Jato” porque isso “tumultua a vida de todos”. “Evidentemente, qualquer um que for designado relator terá que assumir. Não se pode dizer que lá não está. Apenas isso. [Mas] Acho que ninguém deseja ser relator da Lava Jato”, afirmou após uma palestra em São Paulo.


    Odebrecht


    O executivo Marcelo Odebrecht foi ouvido na manhã de sexta-feira (27), em Curitiba, numa audiência sigilosa, como parte do processo de homologação do seu acordo de delação premiada. Um juiz auxiliar do ex-ministro Teori Zavascki, Márcio Schiefler Fontes, viajou até Curitiba para ouvir o executivo. A audiência começou por volta das 10h e durou cerca de duas horas. Esse é um procedimento padrão na delação premiada: antes da homologação, a Justiça ouve o candidato a delator para saber se o acordo foi feito espontaneamente, se o colaborador confirma os fatos narrados na delação e se o processo atendeu às regras da lei.



  • 27/01/2017


    27.01.2017 10h53m
    Recomendar

    Sobe - Famílias que realizam encontro só para resgatar a cultura do abraço e do olhar fraterno.


    Desce - A mortandade que assola policiais militares na Bahia.


    Paulo Coelho


    O pagador de promessas e escritor Batista está fazendo uma nova promessa. Ele afirmar que se José Ronaldo for candidato a senador e ganhar a eleição, ele fará a caminhada de Santiago de Compostela. Trecho entre Sul da França e a cidade espanhola. Com esse novo roteiro, Batista internacionaliza o seu périplo de caminheiro. ACM e ACM Neto sempre foram seus preferidos. Decepcionado com Neto, seus olhos se voltam para José Ronaldo.


    Praguejando


    Os invejosos já praguejam essa nova tentativa do futuro internacional Batista e especulam: “O azar de Batista é se Ronaldo não ganhar a eleição, portanto, dando inversão da promessa, Ronaldo pode deportá-lo para uma caminhada na Sibéria”. Aí é uma gelada!


    Miss


    Sem o comando da Prefeitura de Cardeal da Silva e com o final da gestão na UPB, especula-se que Quitéria ocupará um cargo no governo. Os secretários que ainda não foram remanejados ficam de orelha em pé, pois, o governador a convidou para uma conversa. Outros, mais tranquilos avaliam que o único cargo que Quitéria poderá ocupar é o de miss beleza governamental.


    Lava Jato


    Na verdade, só depois da divulgação dos nomes dos citados na delação dos executivos da Odebrecht é que podemos especular com alguma consistência quem serão candidatos a governador e a senador na Bahia. Alguns afoitos para os cargos já deram um freio a partir do pedido da companhia. Vamos ter muitas novidades, até entre os federais.


    Pós UPB


    Incerta, a eleição para presidência da Assembleia Legislativa criou mal-estar para base do governo, que tem três nomes na disputa - Marcelo Nilo (PSL), Ângela Coronel (PSD) e Luiz Augusto (PP) - pode ser decidia com os votos da oposição, que conta com 21 deputados. E com o “passe” valorizado, os oposicionistas estão se reunindo com o Prefeito ACM Neto (DEM). “O meu papel nesse processo é tentar extrair uma posição coletiva. Mas a minha opinião é o que menos conta nesse processo. O que mais conta é a posição dos deputados estaduais da nossa bancada e o que a maioria sinalizar será respeitado”, reafirmou Neto.


    Tamanho G


    O Governador da Bahia, Rui Costa (PT), usou as redes sociais para cutucar o Prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB). O tucano tem pintado paredes da capital de cinza. “Quem curtiu o trabalho das artistas Sista Kátia e Nila Carneiro no Hospital da Mulher? O Governo do Estado valoriza a arte urbana e usa as cores para cobrir o cinza. Aqui até o grafite é tamanho G”, disse Rui, ao mostrar um grafite feito no Hospital da Mulher.


    Ficou incomodado


    Após ser alvo de piadas e memes na internet por conta da foto oficial, o Presidente Michel Temer (PMDB) ligou para o publicitário que já faz parte do PMDB há 15 anos, Elsinho Mouco, que teria considerado normal a repercussão. “O conceito é de ordem política e progresso da economia”, teria dito o publicitário, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.



  • 26/01/2017


    26.01.2017 11h43m
    Recomendar

    Sobe - Governador Rui Costa por mostrar força ao eleger seu candidato para presidir UPB.


    Desce - A guerra envolvendo o transporte clandestino em Feira de Santana.

     

    Não quer desagradar


    Diante do momento delicado na relação entre o Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF), o Presidente Michel Temer tenta evitar ao máximo que a escolha do nome que substituirá Teori Zavascki desagrade a presidente da Corte, Cármen Lúcia. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, a ministra não será consultada, mas Temer pretende usar todos os espaços de interlocução, de modo que ela não fique insatisfeita com a indicação. Um palaciano próximo ao presidente sinaliza que como há coincidência no mandato de Temer e Cármen Lúcia, eles precisam manter uma boa relação.


    Segue na UTI


    Internada na terça-feira (24), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico, a esposa do ex-presidente Lula, Marisa Letícia, 66 anos, passou por um procedimento para monitoramento da pressão intracraniana. Segundo o boletim médico do hospital, foi realizada a passagem de um cateter ventricular, após uma tomografia de crânio para controle de sangramento cerebral. Ela permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


    Futuro incerto


    Aliada do Governo Estadual e de saída da presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria (PSB) ainda não tem futuro definido, mas revela intenção do Governador Rui Costa em conversar sobre o assunto. "O governador quer conversar comigo. Vou ouvir a proposta, se tem a ver com o que eu gosto, que é trabalhar pelos municípios", disse Quitéria ao chegar à sede da UPB ontem (25), quando ocorreu a eleição para a nova diretoria da entidade.


    IR


    A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) enviou ao Presidente Michel Temer ofício em que pede a correção integral da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), de acordo com a inflação. A entidade quer a revisão dos valores do IR para evitar que contribuintes isentos passem a pagar o tributo, já que, o reajuste salarial não acompanha a atualização da tabela. O presidente afirmou que debateria o assunto com o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.


    Veto a aumento salarial


    O Ministério Público da Bahia (MP-BA) ajuizou uma ação civil pública contra a Lei 1354/2017, que aumenta o salário do prefeito e dos vereadores de Paulo Afonso. A promotora de Justiça Milane Caldeira Tavares, autora da ação, pede que a Justiça anule a norma que eleva o salário do prefeito de R$ 20 mil para R$ 33 mil, maior até do que o do Presidente da República. A lei ainda reajusta o salário do vice-prefeito para quase R$ 15 mil e dos vereadores para R$ 12 mil. Caso a Justiça acate os pedidos formulados pela promotora de Justiça no último dia 19, será suspenso, liminarmente, o pagamento do prefeito, do seu vice, dos secretários, do corregedor e do procurador do Município.  



  • 25/01/2017


    25.01.2017 09h25m
    Recomendar

    Sobe - A corrente do bem que a comunidade está fazendo para encontrar a criança desaparecida no último sábado.


    Desce - Os boatos mentirosos e as informações falsas que surgem em torno da questão do desaparecimento da criança no sábado passado.


    Preocupado


    Preocupado com notícias divulgadas no fim de semana, com inúmeras ilações sobre sabotagem envolvendo a queda do avião do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, na última quinta-feira (19), em Paraty, o Presidente Michel Temer convocou o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Nivaldo Rossato, para se informar sobre a investigação que está sendo realizada pela Força Aérea e sobre os prazos de conclusão dos trabalhos. As primeiras informações repassadas ao presidente foram de que quando as condições climáticas são ruins, aumentam os riscos da operação naquela região, onde há registros de inúmeros acidentes.


    Novo ministro


    O PMDB e o Presidente Michel Temer (PMDB) devem escolher ainda essa semana o substituto do Ministro do STF, Teori Zavascki. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Temer quer passar a mensagem de que o Planalto não age para interferir na Operação Lava Jato ou para obter benefícios no Supremo. Os nomes dos ministros Alexandre de Moraes (Justiça), que tem apoio do PSDB e do DEM, e de Grace Mendonça (Advogada-Geral da União), teriam perdido força para o de Ives Gandra Filho, Presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST).


    Internada às pressas


    A ex-primeira dama Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deu entrada na sala de emergência do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na tarde de ontem (24). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da unidade. De acordo com a GloboNews, a suspeita é de que Marisa tenha sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC).


    Imbassahy manterá equipe


    Caso assuma a Secretaria de Governo do Presidente Michel Temer (PMDB), o que tudo indica que acontecerá, o Deputado Federal Antônio Imbassahy (PSDB) deve manter a equipe de assessores deixados pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB). A questão faz parte do acordo dos tucanos com Temer. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, uma fonte com bom trânsito pelo Planalto disse que Imbassahy não “vai fazer briga de Dom Quixote, vai consolidar a maioria para votar na Câmara e Senado”.


    Contraditório


    A Prefeitura de Itabuna publicou, em seu Diário Oficial, uma licitação para a compra de um automóvel avaliado em R$ 96 mil, que será utilizado pelo gabinete do Prefeito Fernando Gomes (DEM). O fato gerou controvérsias no município, já que, no primeiro dia de governo, o demista decretou emergência financeira, reduziu cargos e planejou uma reforma administrativa com o objetivo de cortar custos.


    Novo delator


    Apontado pela Polícia Federal como responsável por entregar propina de empreiteiras ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), morto em um acidente de avião, em agosto de 2014, o empresário João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho, conhecido como João Lyra, assinou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF), no âmbito da Operação Turbulência. Lyra se apresentou formalmente como o único comprador do avião que caiu em Santos (SP). O acordo ainda precisa ser homologado pela Justiça e João Lyra deve prestar depoimento nas próximas semanas.


    Nepotismo


    O Prefeito de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, Pitágoras (PP), foi recomendado a demitir parentes dele mesmo e de servidores de comando. O caso vale para quem tem ligação com o próprio Pitágoras, ou com a vice-prefeita, Marcia Gomes, vereadores, secretários municipais e outros servidores. A recomendação partiu do 3º Promotor de Justiça de Candeias, Millen Castro Medeiros de Moura, do Ministério Público da Bahia (MP-BA). Entre os argumentos elencados pelo promotor, figura a possibilidade de nepotismo [contratação favorecida de parentes] à revelia do interesse público.



  • 24/01/2017


    24.01.2017 08h51m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por ganhar mais representação no Governo do Estado.


    Desce - O transporte clandestino que insiste em burlar a lei em Feira de Santana.


    Herança do novo ministro


    Com a morte do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, vários temas que estavam em discussão na Corte devem demorar para retomar à pauta de julgamento. Ao todo, o acervo de gabinete do ministro é de aproximadamente 7,5 mil processos. Deste total, 5,6 mil ainda estão pendentes de uma decisão final. O restante encontra-se na fase de recursos. Cerca de 120 processos são referentes à Lava Jato. Nas mãos de Teori também estavam casos penais envolvendo o Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o Senador Ivo Cassol (PP-RO). Nos dois casos houve pedido de vista pelo ministro.


    Otto quer baiano no STF


    O Senador Otto Alencar (PSD) acredita que um dos revisores do processo relacionado à Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso ou Celso de Mello, deveria assumir o caso após a morte do Ministro Teori Zavascki na última quinta-feira (19). Para Otto, o Presidente Michel Temer acertou ao esperar a definição de quem vai relatar o processo para depois indicar o nome membro do tribunal. O senador baiano lamentou a morte de Teori Zavascki e declarou que o momento é de serenidade e responsabilidade para se investigar o acidente aéreo.


    Wagner citado novamente


    A Lava Jato abriu nova frente de investigação e agora mira o antecessor de Paulo Roberto Costa na Petrobras, Rogério Manso. Apontado por delatores como um nome do PSDB na estatal, Manso também teria atuado, segundo a Polícia Federal, na captação de dinheiro para a campanha do então candidato a governador e atual Secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner (PT). Manso é acusado de participar de um esquema de pagamento de propinas na área de compra e venda (trading) de combustíveis e derivados de petróleo da estatal petrolífera.


    Planos de saúde na mira


    Projeto que tramita na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) limita a 20%, no máximo, os descontos que podem ser ofertados às empresas operadoras de planos privados de saúde sobre as multas decorrentes de infrações cometidas contra os consumidores. A proposta (PLS 160/2016) é de autoria do Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP). O relatório do Senador Dário Berger (PMDB-SC) é favorável ao projeto, que deverá seguir diretamente para análise na Câmara dos Deputados caso seja aprovado, pois, a decisão no colegiado é terminativa. A palavra final no Senado só caberá ao Plenário se houver recurso com essa finalidade, assinado por pelo menos nove senadores.

     

    Reforma administrativa


    A conta gotas, a reforma administrativa do Governo do Estado terá mais mudanças. Um dos postos em que o comando deve mudar é a Secretaria de Cultura, atualmente sob a batuta do professor Jorge Portugal, da cota pessoal do Governador Rui Costa. Informações confirmadas por várias fontes do governo dão conta de que Portugal sofreu há alguns dias um Acidente Vascular Cerebral (AVC), mas já está de novo na ativa.


    De volta à disputa


    O Desembargador Federal Hilton Queiroz, presidente do Tribunal Regional Federal (TRF), da 1ª Região (TRF-1), em Brasília, derrubou uma decisão liminar tomada na última sexta-feira (20), que impedia a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara dos Deputados. Com isso, Maia passa a ser candidato à reeleição e pode assumir o cargo por mais dois anos. Queiroz escreveu, na decisão tomada neste domingo, (22) que o artigo 57 da Constituição Federal deixa clara a permissão para que Maia concorra à reeleição. Ele atendeu a um recurso feito pela Advocacia-Geral da União (AGU).


    Governo nega canibalismo


    Vídeos feitos de dentro da penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, mostram presos que dizem estar queimando partes de corpos humanos em fogueiras. Apesar de reconhecer a veracidade das imagens e mesmo com denúncias de familiares de detentos, o governo afirma que não há registro de canibalismo no local. Alcaçuz é palco de uma “guerra” entre duas facções rivais desde o dia 14 de janeiro, quando pelo menos 26 presos foram brutalmente assassinados. Por enquanto, as forças policiais controlam apenas a área externa da penitenciária.



  • 21/01/2017


    21.01.2017 12h40m
    Recomendar

    Sobe - O Ministro do STF, Teori Zavascki, pelo legado profissional que deixou.


    Desce - As redes sociais pela insistência na tese da conspiração envolvendo o acidente do ministro.


    Luto


    O Presidente da República, Michel Temer (PMDB), declarou seu sentimento de pesar pela morte do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki - que aconteceu nesta quinta-feira (19). O presidente decretou luto oficial de três dias. “Neste momento de dor manifesto, eu e minha equipe, o sentimento de pesar e associo-me a todos os brasileiros a lamentar a morte de um homem público, cujo a trajetória sempre o distinguiu”, disse.


    Início das investigações


    O Ministério Público Federal (MPF) em Angra dos Reis solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e ao Comando da Aeronáutica as gravações das conversas entre a torre de controle e o piloto do avião que caiu na quinta-feira (19), à tarde, no litoral Sul do Rio de Janeiro, matando o Ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), e mais quatro pessoas. A Polícia Federal (PF) e a Força Aérea Brasileira (FAB) também informaram ter aberto investigações para esclarecer os motivos da queda do avião.


    Sem caixa preta


    Conforme a Força Aérea Brasileira (FAB), o avião que transportava o Ministro Teori Zavascki e caiu no mar, na região de Paraty, no Rio de Janeiro, resultando na morte de todos os passageiros e não tinha caixa preta, que é onde ficam armazenadas todas as informações técnicas de uma aeronave, incluindo áudios.


    Férias abortadas


    Responsável pelos processos na Operação Lava Jato, o juiz Sérgio Moro antecipou o retorno da viagem de férias após a morte do Ministro do STF, Teori Zavascki, e está a caminho do Brasil. Moro estava no exterior há quase um mês. Ao saber da morte do magistrado, lamentou o fato em nota, dizendo que “sem Teori, não teria havido Lava Jato”. O juiz sinalizou que quer comparecer ao velório de Teori, que acontecerá em Porto Alegre. A informação é da Folha de S. Paulo.


    Eleições já!


    Nesta quinta-feira (19), o ex-presidente Lula defendeu que o PT faça campanha pela antecipação das eleições presidenciais de 2018. “Não podemos esperar 2018. Precisamos saber se temos forças para antecipar. A gente pode suportar. Mas o brasileiro não aguenta esperar”, declarou. Em discurso para 400 petistas, Lula disse que os membros do partido precisam superar divergências entre si e assinalou que o PT precisa apresentar propostas para reconquistar o eleitor e não se apresentar apenas como uma sigla de oposição.


    Homologação deve atrasar


    Uma das principais delações da Operação Lava Jato, a da Odebrecht, deve atrasar após a morte do Ministro Teori Zavascki, relator da operação, que morreu na quinta-feira (19), em um acidente de avião. Conforme o colunista Lauro Jardim, do O Globo, os advogados da Odebrecht estão preocupados com o impacto da morte ministro. São mais de 77 executivos da empreiteira que assinaram acordo de delação premiada, considerada “megadelação”, envolvendo mais de 200 políticos. Teori iria homologar as delações no próximo mês de fevereiro, quando será retomado as atividades no Supremo Tribunal Federal.


    Contra Exército em presídios


    O Governador Rui Costa se posicionou contra o uso de militares do Exército em presídios. A medida foi anunciada esta semana pelo Presidente Michel Temer (PMDB). “Eu acho que precisamos pautar e o Governo Federal tem que entrar definitivamente no caso da segurança pública. O lugar do Exército não é nos presídios, mas sim nas fronteiras”, defendeu. Ainda de acordo com o governador, “uma ajuda financeira para custeio dos presídios seria muito bem vinda”.



  • 20/01/2017


    20.01.2017 11h12m
    Recomendar

    Sobe - Operação da PRF por conseguir reduzir em mais de 20% o número de acidentes nas rodovias federais na Bahia.


    Desce - Justiça e Poder Executivo que estão criando novo instrumento de penitenciárias para uso exclusivo de facções.


    Primeira inauguração


    O site Bahia na Política, de Jair Onofre, registrou na quarta-feira passada (18), a inauguração de uma transferência de sede da Previdência Municipal de um imóvel para outro, os dois alugados. Primeiro fato desse nível registrado no município. Parecendo até ironia, Jair Onofre registrou: "para prestigiar esse grande evento, estiveram presentes os deputados Carlos Geilson (PSDB), Targino Machado (PPS) e suplentes de deputado federal Zé Chico e Colbert Filho". Lá estiveram também grande número de secretários. Segundo o site, o prefeito justificou o grande fato como uma diminuição no preço do aluguel. Ehhh!!!foi legal!


    Entregue por um bilhete


    O Deputado baiano Antônio Imbassahy (PSDB) é citado em um bilhete encontrado pela Polícia Federal em posse de um ex-diretor da Camargo Corrêa - empresa investigada na Operação Lava Jato. De acordo com o Jota, o bilhete indica participação em um cartel para construção do Metrô de Salvador, enquanto Imbassahy era prefeito da capital baiana. Apesar disto, o tucano não é investigado pela citação.


    Ainda sob investigação


    O Ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu convocar mais cinco testemunhas para depor no processo que investiga irregularidades da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer à eleição de 2014. A decisão foi tomada por Benjamin após receber o relatório com o resultado das diligências feitas em três gráficas que prestaram serviços à campanha presidencial dos candidatos. Os nomes das testemunhas estão sob segredo de Justiça, bem como o conteúdo do relatório, elaborado por uma força-tarefa composta por procuradores eleitorais e auditores-fiscais.


    Fila de delações


    Pelo menos 20 envolvidos no esquema da Petrobras investigado pela Lava Jato estão na fila de negociação de delações premiadas. A força-tarefa em Curitiba retoma as tratativas dos acordos de colaboração sob efeito da delação da Odebrecht, que teve 77 executivos no acordo. Segundo a reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de ontem (19), entre os candidatos a delatores da Lava Jato estão o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, o ex-marqueteiro do PT João Santana, sua esposa Mônica Moura, o lobista Adir Assad, executivos das empreiteiras Mendes Júnior, Galvão Engenharia, Delta e EIT.


    Crises de choro


    Preso desde novembro de 2016, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral tem violentas crises de choro na prisão, segundo a revista Veja. O político é investigado pela Polícia Federal, suspeito de receber milhões em propina para fechar contratos públicos. O prejuízo é estimado em mais de R$ 220 milhões. Cabral está detido no presídio em Bangu e conforme a revista, os "soluços podem ser ouvidos por carcereiros que ficam a até 50 metros de distância".


    Reforma do ensino médio


    A reforma no ensino médio será a primeira matéria a ser analisada pelo Plenário do Senado no retorno das atividades legislativas, em 2 de fevereiro. A MP (Medida Provisória) 746/2016, que trata do tema, tranca a pauta e precisa ser votada antes de todas as que se encontram na agenda. A medida provisória é considerada como a maior alteração na estrutura do ensino médio desde a implantação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

     

    Farmácia Popular


    O Ministério da Saúde definiu que o Programa Farmácia Popular terá limite mínimo de idade para compra de medicamentos. De acordo com as novas regras, o medicamento para colesterol alto só poderá ser vendido pelo programa para quem tem 35 anos ou mais. Já o remédio que trata de osteoporose só será vendido para maiores de 40 anos. Para comprar o medicamento que trata a Doença de Parkinson, o paciente precisa ter mais de 50 anos, e para hipertensão, pelo menos 20 anos. Os contraceptivos serão vendidos a pessoas entre 10 e 60 anos de idade. Segundo a pasta, as restrições no sistema foram implantadas para maior controle dos medicamentos, levando em conta os parâmetros definidos por protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas do Ministério da Saúde. 



  • 19/01/2017


    19.01.2017 10h18m
    Recomendar

    Sobe - Projeto de urbanização da Lagoa Salgada.

     

    Desce - A diminuição no número de alunos que conseguiram tirar a nota máxima na redação do ENEM e o aumento na quantidade daqueles que tiraram zero.

     

    Nova Policlínica


    O Governador Rui Costa assina nesta quinta-feira (19) a ordem de serviço autorizando à Secretaria de Desenvolvimento Urbano, por meio da Conder, a iniciar a licitação para construção de uma policlínica de saúde em Feira de Santana. A assinatura do documento ocorrerá durante encontro com prefeitos de 28 municípios da região de Feira de Santana, na sala de reuniões da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia.

     

    Visando popularidade


    Em uma nova estratégia para melhorar a imagem do Presidente Michel Temer (PMDB), o Governo decidiu mudar a agenda de eventos, programando mais visitas ao Norte, Nordeste e municípios menores. Também haverá mais compromissos em ministérios. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo. Nesta quinta-feira (19), o peemedebista vai anunciar, em Ribeirão Preto (SP), a liberação de R$ 12 bilhões para o pré-custeio da safra agrícola de 2017 e 2018, com o único objetivo de ganhar popularidade.

     

    Crise carcerária


    Após reunião com órgãos de inteligência, no objetivo de montar uma força-tarefa para combater a crise do sistema carcerário, o Presidente Michel Temer recebeu na quarta-feira (18), em Brasília, oito governadores de estados das regiões Norte e Centro-Oeste para discutir a situação das penitenciárias. Segundo informações do portal G1, Temer se reunirá no Palácio do Planalto com os governadores Tião Viana (AC), José Melo (AM), Pedro Taques (MT), Reinaldo Azambuja (MS), Simão Jatene (PA), Confúcio Moura (RO), Suely Campos (RR) e Marcelo Miranda (TO). As presenças foram confirmadas pela Secretaria de Comunicação da Presidência. Os governadores representam os estados que pediram ajuda ao Governo Federal para controlar a situação nas unidades prisionais. Nesta terça-feira (17), Temer decidiu colocar as Forças Armadas à disposição dos governadores de todo país para a realização de operações específicas em presídios.


    Mandados em aberto


    Mais de 560 mil mandados de prisão estão sem cumprimentos no Brasil, País que ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de encarceramento, com aproximadamente 620 mil presos, ficando atrás apenas do Estados Unidos e da China. O Brasil ainda contabiliza 99,9 mil mandados de prisão expirados. No total, são 563.530 mandados de prisão em aberto. A Bahia ocupa o sexto lugar no ranking de estados com maior número de mandados de prisão que ainda não foram cumpridos. De acordo com os dados do Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Bahia tem 23.256 mil mandados de prisão em aberto, 13.404 cumpridos e 5.199 expirados.

     

    Corte de gastos


    O decreto de programação orçamentária, publicado na terça-feira (17), no Diário Oficial da União, prevê o corte de um terço das despesas discricionárias (não obrigatórias) do Governo Federal no primeiro trimestre. A limitação de gastos vigorará até o fim de março, quando a equipe econômica anunciará o contingenciamento (bloqueio) definitivo do Orçamento Geral da União de 2017. Em nota, o Ministério do Planejamento informou que o contingenciamento provisório foi tomado por motivos de "prudência". De acordo com a pasta, a medida é necessária para fazer frente às incertezas econômicas e para respeitar as variações da execução orçamentária ao longo do ano.

     

    Despreocupado


    O Presidente Michel Temer não parece muito preocupado com o processo que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em relação a supostas irregularidades na sua campanha ao lado de Dilma Rousseff, em 2014. De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, o atual presidente tem defendido, a pessoas próximas, que a Corte não deve julgar o caso em 2017. A avaliação do peemedebista é de que há uma infinidade de recursos possíveis à defesa, o que deve jogar a conclusão do caso para 2018. O problema é que os ministros Gilmar Mendes, responsável pela pauta do tribunal, e Herman Benjamin, relator do processo de cassação, já sinalizaram que a decisão deve sair ainda neste ano.

     

    Omissão


    O Ministério Público Federal (MPF), em Irecê, ajuizou quatro ações civis públicas por atos de improbidade administrativa contra Edicley Souza Barreto, Gean Ângela Rocha e Natã Garcia Hora, por omissão de informações durante as gestões encerradas em 2016, nos municípios baianos de Ibititá, São Gabriel e Wagner, respectivamente. Nas ações ajuizadas pelo Procurador da República Márcio Albuquerque de Castro, o MPF requer, liminarmente, que os três acusados forneçam as informações previamente solicitadas.  



  • 18/01/2017


    18.01.2017 09h37m
    Recomendar

    Sobe - DEAM por começar a funcionar também aos finais de semana.


    Desce - Os órgãos de segurança do País por estarem acuados pelo crime organizado.


    Vítima


    A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) diz que o ex-vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal está sendo vítima de "perversas conjecturas" e que o peemedebista baiano não cometeu crimes. Geddel é investigado pela Polícia Federal por ter supostamente integrado um esquema na Caixa, durante sua passagem entre 2011 e 2013 pelo posto de vice-presidente de PJ. A operação Cui Bono, deflagrada na última sexta (13), cumpriu mandados de busca e apreensão em suas residências na Bahia.


    Carnaval milionário


    O Prefeito ACM Neto (DEM) realizou coletiva de imprensa no Teatro Gregório de Mattos, em Salvador, onde apresentou novidades para o Carnaval na manhã da terça-feira (17). Apesar de não ter divulgado a grade de atrações completa, ele adiantou algumas informações. Com relação ao investimento da prefeitura, Neto revelou que deverá ser 10% menor que no ano passado. No total, o investimento este ano será de R$ 50 milhões. Mais da metade da festa será bancada, informou, pela iniciativa privada.


    De dentro da cadeia


    O deputado cassado, Eduardo Cunha, preso desde outubro de 2016, por conta da Operação Lava Jato, criticou os ex-aliados políticos que disputam presidência da Câmara dos Deputados. Conforme a coluna Painel, da Folha de São Paulo, de dentro do Complexo Médico Penal, no Paraná, Cunha acompanha atentamente a disputa, ainda não perdoou Rodrigo Maia (DEM-RJ), a quem atribui sua cassação e criticou Rogério Rosso (PSD-DF). Ele teria dito, segunda coluna, que quando Rosso teve a sua chance, em julho, perdeu por causa de uma "campanha errática".


    Segurança é prioridade


    Depois das sucessivas rebeliões em presídios de vários estados que resultaram em mais de 130 mortes, o assunto segurança pública é tema de reunião convocada pelo Presidente Michel Temer. Representantes da Polícia Federal, da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), do Gabinete de Segurança Institucional e das Forças Armadas participaram de encontro ontem (17), no Palácio do Planalto. A ideia é integrar esforços no combate ao crime organizado. O Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, discutiu o assunto também em reunião com secretários de Segurança de todo o país, onde ouviu o relato de cada um sobre a situação carcerária.


    Vetado


    O Governador Rui Costa (PT) decidiu vetar integralmente o Projeto de Lei do Deputado Euclides Fernandes (PSL), que previa a proibição da chamada consumação mínima em bares, boates e similares em todo o Estado da Bahia. O projeto foi considerado constitucional pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da AL-BA, onde foi relatado pelo Deputado Mário Negromonte Júnior (PP). De acordo com o projeto, a cobrança da chamada "consumação mínima", uma espécie de preço pago pelo consumidor para ingressar em boate, discoteca ou similar, faz com que o consumidor se sinta estimulado a consumir bebida alcoólica em excesso para atingir o valor cobrado, que geralmente ultrapassa a casa dos R$ 30,00 por pessoa.


    Expulso


    A executiva nacional do PDT decidiu expulsar do partido o Senador Telmário Mota (RR), que votou a favor da Proposta de Emenda à Constituição que limita os gastos públicos por 20 anos, a chamada PEC do Teto. A decisão foi tomada "ad referendum", ou seja, ainda precisa ser referendada, o que acontecerá na convenção do diretório nacional do partido, em março. Mota pode recorrer.


    Em campanha


    Em campanha pela sexta reeleição, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PSL), fez uma retrospectiva no seu site pessoal sobre os dez anos à frente da Casa. Em texto publicado no site, Nilo afirma ter transformado a "Casa em um espaço democrático, de portas abertas para os movimentos sociais, minorias e todos os cidadãos baianos". A publicação traz fotos com membros da oposição - que podem decidir o pleito atual - e o atual presidente argumenta ter "estabelecido uma relação de equilíbrio e respeito entre os 62 deputados". 



  • 17/01/2017


    17.01.2017 16h57m
    Recomendar

    Sobe - Painel solar residencial por associar vantagens econômicas à sustentabilidade.


    Desce - A superlotação e a guerra das facções em diversos presídios brasileiros.


    Esbanjando


    Mesmo com o país enfrentando uma recessão econômica, os parlamentares brasileiros no Senado dobraram seus gastos com combustível, viagens, alimentação e Correios entre 2014 e 2016. Os dados foram levantados pelo jornal Folha de S. Paulo e divulgados na segunda-feira (16). Em 2014, o gasto foi de R$ 2,4 milhões, saltando para R$ 4,8 em 2016. O piauiense Ciro Nogueira (PP) é o campeão dos gastos com verbas de gabinete. Ele gastou R$ 560 mil em 2016, além do seu salário de R$ 34 mil.


    Campeão de pedidos


    Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é alvo de 12 processos de impeachment no Senado. De acordo com o Estadão, o número é recorde. Metade das representações contra Janot são de autoria do Senador Fernando Collor (PTC-AL), que é investigado na Operação Lava Jato e foi denunciado por 30 crimes de corrupção pelo próprio Procurador-geral, em 2015. Ao contrário das representações contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), os pedidos contra o procurador estão, em sua maioria, ainda em tramitação.


    Eures Ribeiro


    Candidato a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), Prefeito de Bom Jesus da Lapa, recebeu no domingo (15) a declaração de apoio do Deputado Estadual Alex da Piatã (PSD). O parlamentar do partido do Senador Otto Alencar tem se empenhado na campanha em prol do candidato lapense, que tem como adversário Luciano Pinheiro (PDT), gestor de Euclides da Cunha.


    Apoio


    Seguindo os passos de ACM Neto (DEM), o Prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), deve votar em Luciano Pinheiro (PDT) para a presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB). A informação foi confirmada pelo peemedebista ao Blog do Anderson. Além de Pinheiro, concorrem ao comando da entidade o Prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), que conta com o apoio da atual presidente da entidade, Maria Quitéria (PSB). As eleições acontecem no próximo dia 25 de janeiro.

     

    Planos arriscados


    A Odebrecht que passa pela mais grave crise em 72 anos, tem dois ou três planos para tentar superar essa fase, que inclui a troca do nome do grupo, a redução dos negócios em até 60% e a disseminação da ideia de que errou ao subornar políticos, mas mantém a excelência técnica. De acordo com a Folha, de todos os planos, a troca de nome é o mais polêmico pelos riscos embutidos.


    Suplentes


    O Senado Federal é composto atualmente de quase 20% de suplentes. De acordo com levantamento feito pelo G1, dos atuais 81 parlamentares, 16 estão na condição de suplentes, o equivalente a 19,75% da composição da Casa Legislativa. Dos três senadores baianos, um é suplente. É o caso de Roberto Muniz, que assumiu a vaga de Walter Pinheiro (sem partido), licenciado do cargo porque é o atual Secretário de Educação da Bahia. Caso o Senado permitisse uma bancada de suplentes, esta seria a segunda maior da Casa em número de representantes, perdendo apenas para o PMDB, que possui 19 senadores. Entre os motivos que levam os substitutos ao Senado, estão falecimento, cassação e licença do titular. 



  • 14/01/2017


    16.01.2017 17h59m
    Recomendar

    Sobe - O HEC por implantar Terapia Assistida por Animais (TAA).


    Desce - Geddel por mais uma vez ser pego com indícios de corrupção.


    Companhia


    “Dize-me com quem andas que direi que és”. Partindo desse pressuposto, Geddel continuará no seu calvário. Através de um telefone em desuso encontrado no apartamento do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, a Polícia Federal encontrou provas da interferência do ex-ministro baiano na liberação de empréstimos da Caixa, onde ele ocupava o cargo de vice-presidente.


    Eleição 2018


    Com mais um indício de ilicitude na carreira de Geddel Vieira Lima (PMDB) acreditam alguns que ele se enfraquecerá ainda mais até a eleição de Senador em 2018. O interessante é que aqui em Feira, estarão alegres membros do DEM e até do próprio PMDB, partido de Geddel. A vida é cruel e aí vai o adágio: “Miséria de uns, alegria de outros”.


    Atualizando


    Ontem (13), escrevi a vantagem de Rui sobre ACM Neto na corrida para a eleição 2018, mostrando a vantagem para Rui ao está vencendo as disputas dos consórcios territoriais. Aproveito, agora, para atualizar os números. Dos 20 existentes, 11 realizaram eleição até ontem (13). O placar? Rui 11 x 0 ACM Neto. A única recuperação é diminuir a diferença. A vantagem de Neto está em outra questão que é empírica. Vislumbrando apenas a eleição escolhida pelo eleitor no dia, na situação de hoje, levando-se em consideração Salvador, Neto está na frente.


    Férias


    Delator e ex-executivo da Odebrecht, o baiano Cláudio Melo Filho foi visto no início do mês em Orlando, na Flórida, aparentemente em viagem de férias. Segundo informações do site Poder 360, editado pelo jornalista Fernando Rodrigues, ele estava no parque Islands of Adventure, da Universal Studios, em Orlando, na Flórida (EUA), na última segunda-feira (9). Antes disso, ele passou a virada de 2016 para 2017 em Nova York - uma foto registra ele em frente a uma loja da Armani, no dia 31 de dezembro de 2016.


    Nomeações


    O Presidente Michel Temer nomeou Antônio Fernandes Toninho Costa presidente da Fundação Nacional do Índio (FUNAI). A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (13). Também foi nomeado o novo Secretário Nacional de Juventude, cargo ligado à Presidência da República. Francisco de Assis Costa Filho substitui Bruno Moreira Santos, conhecido como Bruno Júlio, exonerado no início da semana após declarar à imprensa que “tinha que ter uma chacina por semana” nos presídios brasileiros, ao se referir às chacinas ocorridas em instituições prisionais da Região Norte do País.


    Banda Larga limitada


    Sabe aquela história de limite de dados na banda larga fixa? Pois é, a novela voltou e a cobrança de planos baseados em franquias deve mesmo acontecer em 2017. E, mesmo que a Anatel tenha dito o contrário no final do ano passado, a confirmação agora veio do próprio Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Em entrevista ao Poder 360, Gilberto Kassab garantiu a regulamentação da venda de pacote de dados e o fim da internet ilimitada na banda larga fixa para o segundo semestre de 2017. Ele argumentou que a prática será benéfica para o setor. “O nosso objetivo é beneficiar o usuário. O Ministério trabalha para que o usuário seja cada vez melhor beneficiado com melhores serviços”, explica.


    Busca e apreensão


    O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, negou o pedido da Polícia Federal para realizar buscas no apartamento funcional de Lúcio Vieira Lima (PMDB). Agentes da PF estiveram na manhã da sexta-feira (13), na residência do irmão do deputado, Geddel Vieira Lima. “Defiro o pedido de busca e apreensão formulado pela autoridade policial, referente aos endereços indicados (com exceção do endereço apontado como residência funcional do Deputado Lúcio Quadros Vieira Lima, em razão de sua prerrogativa de foro), considerando ainda que Geddel não ocupa mais cargo público Federal em Brasília”, escreveu o magistrado.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia