UNINASSAU | VESTIBULAR 2019.2
Facebook
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 30/11/2018


    30.11.2018 14h30m
    Recomendar

    Sobe - Prefeitura por lançar app 156 e aproximar população da administração municipal.


    Desce - Luiz Fernando Pezão por ser o quarto governador do Rio de Janeiro a ser preso nos últimos anos.


    Vice assume


    O vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles (PTB), 83 anos, assumirá o poder diante da prisão do governador Luiz Fernando Pezão (MDB).


    Reunião


    O presidente eleito, Jair Bolsonaro, se reuniu na manhã de ontem (29), com o Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Bolton.


    Alba


    A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) vai suspender a realização do concurso, que estava previsto para o próximo dia 15 de dezembro. A decisão foi tomada após o Supremo Tribunal Federal (STF) negar, ontem (29), um recurso do Legislativo baiano e manter o edital do certame suspenso.


    Alba I


    O certame oferta 123 vagas com salário que chegam a quase R$ 5 mil. O pedido de suspensão foi realizado por candidatos do concurso anterior, realizado em 2014.


    Irritação


    A indicação de Osmar Terra para o Ministério da Cidadania irritou a bancada evangélica, que ameaça se rebelar caso não tenha cargos na Esplanada, informa a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo. De acordo com a publicação, um grupo de 180 deputados foi consultado por Jair Bolsonaro (PSL) sobre nomes para a nova pasta, mas acabou surpreendido com a escolha.

     

    Possibilidade


    Cada vez mais próxima de voltar à Prefeitura de Salvador, depois que não conseguiu se reeleger para deputada federal nas eleições de outubro, Tia Eron (PRB), pode assumir a Secretaria da Mulher.


    No Twitter


    O vereador Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, usou o Twitter, na noite da última quarta-feira (28), para dizer que morte de seu pai “não interessa somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto”.


    Defesa


    O presidente do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, defendeu, em entrevista à revista Veja, a privatização de estatais, a exemplo da Eletrobras.


    Presidência da Alba


    Enquanto a bancada governista briga pela presidência da Assembleia Legislativa da Bahia, com as candidaturas de Adolfo Menezes (PSD), Alex Lima (PSB), Nelson Leal (PP), e Rosemberg Pinto (PT), a oposição na Casa ainda não definiu quem vai apoiar no pleito. Em conversa com o site bahia.ba, na manhã de ontem (29), o líder da minoria, deputado Luciano Ribeiro (DEM), voltou a afirmar que sua bancada vai votar unida.


    Comemoração


    O ex-senador Eduardo Suplicy celebrou a aprovação do Senado, por meio da Comissão de Assuntos Sociais, do projeto de lei que permite o uso e cultivo da cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, para fins medicinais.



  • 29/11/2018


    30.11.2018 14h27m
    Recomendar

    Sobe - Câmara dos deputados por aprovar aumento de pena para feminicídio se autor tiver descumprido medida de proteção.


    Desce - O Estado por não reforçar segurança, sobretudo, na zona rural de Feira de Santana.


    Audiências canceladas


    O presidente da Comissão de Saúde e Desporto da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Cadmiel Pereira (PSC), solicitou o cancelamento das audiências públicas que discutiriam o Sistema Municipal de Assistência Social e o Sistema Municipal de Saúde, respectivamente agendadas para os dias 29 de novembro e 07 de dezembro de 2018.


    Audiência adiada


    Já o vereador e líder do Governo na Casa, Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM), solicitou o adiamento da audiência pública para tratar do fechamento das escolas públicas da rede estadual de ensino, programada para o dia 30 de novembro, às 9h, no plenário da Casa.


    Prazo


    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu à Procuradoria-Geral da República (PGR) um prazo de 45 dias para a realização de diligências no inquérito que apura se a família Vieira Lima praticou lavagem de dinheiro ao supostamente simular aluguel de equipamentos agrícolas e venda de cabeças de gado em suas fazendas.


    Reunião


    O presidente eleito, Jair Bolsonaro, recebeu ontem (28), na Granja do Torto, a visita do embaixador de Israel, Yossi Shelley. A assessoria de Bolsonaro não informou o assunto do encontro.


    Indicação


    O deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) foi indicado pela Frente Evangélica para o Ministério da Cidadania. A pasta englobaria Direitos Humanos, Cultura, Esportes e Desenvolvimento Social.


    Indulto


    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso votou, há pouco, para manter sua decisão que suspendeu parte do decreto de indulto natalino editado pelo presidente Michel Temer, no ano passado. Pelo voto de Barroso, o indulto só pode ser aplicado após o cumprimento de um terço da condenação. Condenados pelos crimes de peculato, corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa em penas superiores a oito anos de prisão também não poderão ser beneficiados.

     

    Proteção


    A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), ligada à Organização dos Estados Americanos (OEA), enviou ao deputado federal Jean Wyllys (PSol-RJ) documento no qual concede a ele medidas cautelares e informa que exigiu do Estado brasileiro providências para zelar pela vida e segurança do parlamentar. A informação foi divulgada pela colunista Mônica Bergamno, da Folha de S Paulo, e confirmada pelo Correio com a assessoria do deputado.


    Desistência


    O deputado estadual Alex Lima (PSB) voltou a dizer a reportagem do Bahia.Ba, que não vai abrir mão de sua candidatura à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia. Segundo ele, seu nome pode ser uma alternativa de consenso na base governista. Os deputados Adolfo Menezes (PSD), Nelson Leal (PP), e Rosemberg Pinto (PT), disputam a sucessão de Angelo Coronel (PSD), que foi eleito senador nas eleições de outubro.


    Inelegível


    O pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu o registro de candidatura do deputado federal reeleito Caetano (PT). Com isso ele não assumirá o novo mandato. Caetano foi reeleito, mas era considerado ficha suja por ter sido condenado por improbidade administrativa por desviar recursos públicos, enquanto ainda era prefeito de Camaçari. O Ministério Público Eleitoral (MPE) tinha entrado com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a impugnação da candidatura a deputado federal de Luiz Caetano (PT) por inelegibilidade. Com essa decisão, quem deverá assumir a vaga será o primeiro suplente, Charles (PSD).



  • 28/11/2018


    28.11.2018 14h38m
    Recomendar

    Sobe - Câmara de Feira de Santana que, depois de 10 anos, finalmente conseguiu aprovar artigo que garante orçamento impositivo.


    Desce - Estabelecimentos comerciais que vendem cigarro a adolescentes de forma indiscriminada.


    Em Brasília


    Pela quarta vez em Brasília, desde que foi eleito para a Presidência da República, Jair Bolsonaro recebeu ontem (27), pela manhã o embaixador do Peru, Vicente Rojas. Nas vindas a Brasília, Bolsonaro se reúne com ministros confirmados e técnicos da equipe de transição, e também com os diplomatas estrangeiros. Ele já conversou com os embaixadores dos Estados Unidos, China, Itália, entre outros.


    Convite


    A diretoria do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana convida este colunista a se fazer presente no lançamento da Revista de nº 15 e encerramento das atividades do ano de 2018. A programação, além do lançamento, fica por conta da palestra do Professor Alfredo José Moura de Assis, entrega de diplomas aos novos sócios e diversas homenagens. O evento acontecerá no dia 8 de dezembro, na Churrascaria Los Pampas, às 10h.


    PL aprovado


    A Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã de ontem (27), aprovou em primeira votação e por unanimidades dos presentes, o Projeto de Lei de nº 155/2018, de autoria do Poder Executivo, que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício financeiro de 2019. O vereador Zé Filé (PROS) se absteve da votação.


    PL aprovado I


    De acordo com a proposição, fica estimada a receita do município de Feira de Santana, para o exercício de 2019, e fixada a despesa em igual valor, nos termos dos artigos 112 e 115 da Lei Orgânica, compreendendo o Orçamento Fiscal e da Seguridade Social, referente aos Poderes Legislativo e Executivo do Município, seus fundos, órgãos e entidades da Administração Pública Municipal direta e indireta, inclusive fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público no valor de R$ 1.266.366.238,00.


    Discussão de gênero


    Ao falar sobre o motivo de discordar da discussão de gênero na escola, o futuro ministro da Educação do governo de Jair Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodríguez, afirmou que “quem define gênero é a natureza”. Ele falou com a imprensa pela primeira vez na noite da última segunda-feira (26), em Londrina, no Paraná.


    Diário Oficial


    O Diário Oficial da União publica ontem (27), a decisão do presidente Michel Temer de sancionar o reajuste dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e da procuradora-geral da República.


    Alba


    A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) quer suplementação de, mais ou menos, R$ 80 milhões. De acordo com informações obtidas pelo site Metro1, o valor é o necessário para fechar a conta no limite de gastos da Casa. A conta é simples: com a aprovação do Plano de Cargos e Salários, a casa gastará R$ 58 milhões por ano. Soma-se a isso uma fatia de R$ 13 milhões para aposentados. Além desse montante, que soma mais de R$ 70 milhões, tem ainda o incêndio, que engatilhou despesas não programadas.

     

    Delação


    A ex-presidente Dilma Rousseff deve ser a vítima preferencial da delação do ex-ministro Antônio Palocci, de acordo com a Folha de S.Paulo. Segundo a publicação, em trechos ainda inéditos, dados novos devem aumentar o cerco a Dilma, já tornada ré em uma ação que corre em Brasília.



  • 27/11/2018


    27.11.2018 12h58m
    Recomendar

    Sobe - O Sesc por, em parceria com o Programa Mesa Brasil, doar 205 toneladas de alimentos para famílias que vivem em situação de insegurança alimentar, creches comunitárias, comunidades terapêuticas e instituições que abrigam idosos.

     

    Desce - Condutores imprudentes que colocam em risco a sua e a vida de diversas pessoas nas rodovias que cortam o nosso país.


    Crítica


    No uso da tribuna, na sessão ordinária de ontem (26), na Casa da Cidadania, o edil Cadmiel Pereira (PSC) relatou a visita que fez ao Parque da Lagoa Grande e voltou a tecer críticas ao Governo do Estado.


    Pronunciamento


    Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM) elogiou o Projeto Empregue Mais Um, teceu críticas ao Governo do Estado e parabenizou ações do presidente eleito Jair Bolsonaro.


    Pronunciamento I


    Edvaldo Lima (PP) parabenizou o presidente eleito Jair Bolsonaro pelas nomeações convidadas para ocupar a Esplanada dos Ministérios. Aproveitando a oportunidade, o edil repercutiu a saída de médicos cubanos do Brasil.


    Agradecimentos


    O vereador Roberto Tourinho (PV) fez agradecimentos à Marinha do Brasil pela oportunidade de levar rádios amadores ao Arquipélago de Abrolhos.


    Moções


    A Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em votação única e por unanimidade dos presentes, duas Moções de Aplausos e Congratulações, de autoria do vereador Edvaldo Lima (PP). A Moção de nº 1662/18 será encaminhada em virtude da inauguração do Centro de Cultura da Assembleia de Deus, em Salvador, que acontecerá no dia 03 de dezembro de 2018, tendo como idealizador o pastor Valdomiro Pereira da Silva, presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus, no Estado da Bahia. Já a Moção de nº 1663/18 será encaminhada à Orquestra Louvar-te.


    Solicitação


    A Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã de ontem (26), aprovou, em votação única e por unanimidade dos presentes, o Requerimento de nº 202/2018, de autoria do vereador José Carneiro (PSDB), que solicita ao prefeito Colbert Martins da Silva Filho que se faça gestão junto à gestora de Atendimento Regional da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), Cleriane Rodrigues, no sentido de que seja feita a extensão de rede do Projeto Luz para Todos (180 metros), para a Fazenda Bandeira, nº 930, no distrito de Tiquaruçu.


    Solicitação I


    A Câmara aprovou, em votação única e por unanimidade dos presentes, o Requerimento de nº 201/2018, de autoria do vereador Gilmar Amorim (PSDC), que solicita ao prefeito Colbert Martins da Silva Filho “que se faça gestão junto à supervisora do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), Andrea Malena Coutinho e Silva, no sentido de que seja construída uma passarela na entrada principal do bairro Campo Limpo, acesso à rua Aeroporto e ao bairro Parque Ipê”.


    Solicitação II


    A Casa da Cidadania aprovou, em votação única e por unanimidade dos presentes, o Requerimento de nº 200/2018, de autoria do vereador Zé Curuca (DEM), que solicita ao diretor da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) a ampliação do sistema de abastecimento de água na rua Dery Andrade, na comunidade da Rocinha, no distrito de Humildes, em Feira de Santana, “onde se encontram mais de dez famílias necessitando da oferta do serviço supracitado, totalizando uma extensão de aproximadamente 300 metros”.



  • 23/11/2018


    27.11.2018 12h53m
    Recomendar

    Sobe - SESI de Feira de Santana por inaugurar dois novos centros na cidade: um esportivo e outro de fisioterapia.


    Desce - APLB em Feira por fazer manifestação contra o fechamento de entidade que nunca nem foi cogitado.


    PSL


    O partido convocou reunião com os deputados federais e senadores eleitos pelo PSL. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi convidado e passou pelo evento. Entrando, logo, lhe foi concedida a palavra. Ele falou rigorosamente por 10 minutos explicando como deveria ser a sua relação com o Congresso. Se despediu e foi cuidar de outro compromisso.


    PSL I


    A gritaria entre deputados e senadores eleitos foi a falta de atenção que eles dizem estar sofrendo. Argumentam que o grupo de transição e o grupo de construção do governo nunca lhes convidaram para nada e nem perguntam sobre nada. Se acham desprestigiados.


    PSL II


    A choradeira é uma só: “seremos tratados assim durante todo o governo?”, perguntaram alguns. Isso vale para os homens e mulheres. Quem pensa que ia ficar no entra e sai na casa do presidente, se enganou redondamente.


    Targino


    O deputado estadual Targino Machado cobrou esta semana, no plenário da Assembleia Legislativa, qual o destino dos tablets que foram adquiridos para uso dos deputados durante as sessões. Fez um requerimento verbal e aguarda a resposta, pois os tablets sumiram do plenário nos dias de reunião.


    Targino I


    Não é novidade que na Assembleia Legislativa o comentário é que o rombo orçamentário da entidade é grande e o presidente terá que dá muitas justificativas. Afinal, extrapolou o orçamento e não construiu nada que justifique o déficit. Senador... senador! O deputado vai pegar em seu pé.


    Premiação


    Aconteceu na última quarta-feira (21), a votação para o Troféu Arnold Ferreira da Silva 2018, na Câmara Municipal de Feira de Santana, que escolheu os veículos e profissionais de imprensa que tiveram mais destaque no ano. Vale salientar que a entrega do prêmio acontecerá no dia 13 de dezembro, em sessão solena na Casa da Cidadania, às 9h.

     

    Nomeação


    Em entrevista ao site O Antagonista, na última quarta-feira (21), o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que estuda nomear seu filho, Carlos Bolsonaro (PSL), vereador eleito pelo Rio de Janeiro, ao cargo de ministro. O capitão da reserva estuda extinguir a Secretaria de Governo, uma das atuais quatro pastas sob a guarda do Palácio do Planalto, para recriar a Comunicação Social, que deixou de ter status de ministério em 2016, após decisão do atual presidente, Michel Temer.


    Mais Médicos


    O Ministério da Saúde registrou, até a manhã de ontem (22), 6.394 inscrições na seleção emergencial para substituir profissionais cubanos no Mais Médicos. No total, são 8.517 vagas ofertadas. Mais de 2.209 profissionais já escolheram onde vão atuar. As inscrições para profissionais formados no Brasil ou com diploma revalidado vão até o próximo domingo (25).



  • 22/11/2018


    22.11.2018 21h07m
    Recomendar

    Sobe - Câmara Municipal por reconhecer a importância das empresas de comunicação e dos profissionais de imprensa que cobrem o legislativo.


    Desce - O Vitória de Salvador pela péssima campanha no Brasileirão e por ter 80% de chances de ser rebaixado.


    Confirmação


    O ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, confirmou ontem (21), o nome do advogado Gustavo Bebianno como ministro-chefe da Secretaria- Geral da Presidência. Segundo Onyx, ele é um “homem preparado e da absoluta confiança” do presidente eleito Jair Bolsonaro.


    Anúncio


    O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou ontem (21), o nome do advogado André Luiz de Almeida Mendonça para a Advocacia-Geral da União (AGU). Na conta do Twitter, Bolsonaro se referiu ao novo ministro como “Mendonção” e o descreveu como sendo “advogado com ampla vivência e experiência no setor”.


    Nomeação


    Bolsonaro (PSL) anunciou na manhã de quarta-feira (21), André Luiz de Almeida Mendonça como futuro advogado-geral da União em seu governo. Ele é o 11º nome confirmado na composição da futura gestão. Segundo informações da revista Veja, Mendonça é funcionário de carreira do órgão que irá comandar a partir de 2019 e, atualmente, ocupava o posto de assessor especial do ministro Wagner Rosário, da Controladoria-Geral da União - que também será mantido no governo.


    Culto ecumênico


    Jair Bolsonaro (PSL) planeja uma cerimônia mais curta e um ato ecumênico inédito na Catedral de Brasília para celebrar a posse no dia 1º de janeiro de 2019. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, assessores de Bolsonaro afirmam que o esquema de segurança e o tempo de duração do evento devem ser as principais preocupações da equipe.


    Escolha de Moro


    O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, escolheu o general Carlos Alberto dos Santos Cruz para comandar a Secretaria Nacional de Segurança Pública, pasta responsável por definir políticas de segurança e combate à violência no país, junto aos governos estaduais. O futuro comandante da Segurança Pública atuou no comando das missões de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti (2007 a 2009) e na República Democrática do Congo (2013 a 2015). Depois, foi chefe da Secretaria de Segurança Pública entre abril de 2017 e junho deste ano. Ao deixar o cargo, foi chamado para ser consultor da ONU.


    Aprovação no Senado


    O Senado aprovou na última terça-feira (20), o texto-base do projeto que permite a aplicação de uma multa maior para quem desiste da compra de um imóvel na planta, o chamado “distrato”. Em julho, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado rejeitou a proposta. O texto foi enviado ao plenário e recebeu emendas (sugestões de alteração) ao projeto. O texto-base aprovado pelos senadores na terça, 21, tem o mesmo conteúdo da versão aprovada pela Câmara em junho deste ano.


    Cogitação


    Após eleger três coordenadores para cargos no Legislativo - Fernando Holiday como vereador de São Paulo, em 2016, e Kim Kataguiri e Arthur do Val, como deputados federal e estadual nas eleições deste ano - e conseguir apoiadores na Câmara e no Senado, o Movimento Brasil Livre (MBL) considera a possibilidade de ter um partido próprio. De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, a cúpula do movimento se reuniu após o primeiro turno das eleições para discutir a ideia. Segundo Holiday, “as pessoas gostam de identificar seus ideais com um número”.


    Cotação


    O atual presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, está sendo cotado para assumir o comando do Banco do Brasil (BB), a partir do ano que vem. De acordo com integrantes da equipe de transição, Monteiro se mostrou disposto a assumir o comando do banco, apesar de se queixar de exaustão pelo trabalho intenso que vem desenvolvendo à frente da estatal do petróleo. Segundo a Agência Brasil, Monteiro é considerado um bom nome. Antes de assumir o comando da Petrobras, ele ocupava a Diretoria Financeira da estatal e também exerceu funções no Banco do Brasil. A equipe de transição avalia se a opção tem respaldo político.



  • 21/11/2018


    22.11.2018 20h43m
    Recomendar

    Sobe - Solidariedade do povo feirense que socorreu jovem abandonado que vivia em condição sub-humana.


    Desce - A Prefeitura de Feira que não toma providências com a invasão de logradouros públicos. O que murou uma rua próximo a Lagoa Grande já cercou outra.


    Sessão Solene


    Hoje, às 19h30, na Câmara Municipal de Feira de Santana, no Plenário da Casa, acontecerá a outorga do Título de Cidadão Feirense ao Senhor Antônio Ricardo Alvarez Alban, e da Comenda Maria Quitéria ao Senhor João Baptista Ferreira, conforme Decretos Legislativos de nºs 49/2018 e 70/2005, de autoria da vereadora Gerusa Sampaio e do ex-vereador Antônio Carlos Daltro Coelho.


    Comemoração


    No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária de ontem (20), o vereador Isaías de Diogo (PSC) destacou a passagem do Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro.


    Novas críticas


    Zé Filé (PROS) voltou a criticar as cooperativas que não pagam o décimo terceiro salário e férias aos cooperados. Na oportunidade, o vereador cobrou um posicionamento do líder do Governo, vereador Lulinha (DEM) em relação aos trabalhadores.


    Repúdio


    Edvaldo Lima (PP) criticou o posicionamento de alguns professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) que, segundo ele, disseminaram discurso de ódio contra o coordenador do colóquio de física com o tema ‘Oriente Médio: conflito árabe-israelense’, Antônio Delson de Jesus, nas redes sociais.


    Pronunciamento


    João Bililiu (PPS) repercutiu o déficit de R$ 4,08 bilhões da Previdência Estadual, conforme estimativa da Superintendência de Previdência, unidade vinculada à Secretaria da Administração do Estado (Saeb).


    STF pressionado


    Sob ameaça de perder o auxílio-moradia, presidentes de associações de magistrados e procuradores começam a pressionar para que o Supremo Tribunal Federal inclua na ação os benefícios pagos também aos Poderes Executivo e Legislativo. Segundo informações da Coluna do Estadão, do jornal o Estado de S. Paulo, eles tentam evitar relacionar subsídio ao reajuste de 16,38% para o Judiciário, que deve ser sancionado pelo presidente Michel Temer na quarta feira. “A regulamentação tem que ser feita de maneira uniforme para os três Poderes”, sustenta o presidente da Associação Nacional dos Juízes Federais, Fernando Mendes.


    Nomeação publicada


    A nomeação do juiz federal Sérgio Moro como coordenador do Grupo Técnico de Justiça, Segurança e Combate à Corrupção do Gabinete de Transição Governamental foi publicada no Diário Oficial da União de ontem (20).


    Alba


    O nome do deputado estadual Targino Machado (DEM) ganhou força nos últimos dias e deve mesmo ser confirmado como novo líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia em substituição a Luciano Ribeiro (DEM). Um parlamentar, que não quis se identificar, disse ao site bahia.ba, ontem (20), que a decisão em torno do nome de Machado já está praticamente tomada.



  • 20/11/2018


    20.11.2018 10h23m
    Recomendar

    Sobe - PRF por conseguir reduzir todos os índices de violência no trânsito durante o feriadão.


    Desce - Condutores que ainda insistem em dirigir sob efeito de álcool.


    Crítica


    Ao discursar na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária de ontem (19), o vereador Zé Filé (PROS) lamentou as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores da zona rural do município e criticou o Governo Municipal por não prestar assistência devida aos distritos.


    Defesa


    Carlito do Peixe (DEM) relatou que durante o feriado esteve em visita a bairros e distritos, onde observou a boa atuação do Município, o que contraria o discurso do colega Zé Filé (PROS).


    Defesa I


    Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM) defendeu as ações do prefeito Colbert Martins fazendo coro ao discurso do colega Carlito do Peixe (DEM), que também teceu elogios à administração municipal.


    Reforma


    O vereador Gilmar Amorim (PSDC) tratou sobre a reforma da passarela Conceição Lobo, que interliga os bairros Cidade Nova e Campo Limpo. O vereador contou que esteve na obra e constatou algumas falhas que oferecem sérios riscos à segurança dos transeuntes.


    Contenção de gastos


    O governador do Estado, Rui Costa (PT), planeja cortar gastos para voltar para dentro da margem da Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo com o petista, empresas públicas e cargos serão extintos. Algumas áreas devem entrar na mira de Rui, como Prodeb e a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). O governo deve se desfazer ainda de prédios públicos sem utilidade.


    Eleições 2018


    Um a cada seis candidatos da eleição de 2018 não teve movimentação de despesas durante a campanha, de acordo com um levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a pedido da Coluna do Estadão. De 3,8 mil aspirantes a cargos eletivos, 649 não registraram nem despesa nem receita. De acordo com especialistas, ausência de movimentação financeira é um dos indícios de candidatura laranja. No entanto, a fraude só é caracterizada se houver outros elementos, como inexistência de campanha. Os números levam em consideração os candidatos que apresentaram as contas até a última sexta (16), quando foi encerrado o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral. Após a data-limite, 6,4 mil candidatos ainda não haviam declarado as informações.


    Publicação


    A exoneração do juiz federal Sérgio Moro foi publicada em Diário Oficial ontem (19). Ele deixa o cargo que exerce na 13ª Vara Federal de Curitiba para compor o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, como ministro da Justiça. O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, recebeu e assinou o ato de exoneração do juiz federal na última sexta-feira (16). Com saída, Moro deixa também a operação Lava Jato.


    Na torcida


    A chefe do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Ediene Lousado, disse, na manhã de ontem (19), “que torce para que o próximo ministro da Justiça, o juiz federal Sérgio Moro, faça um bom trabalho”.



  • 17/11/2018


    19.11.2018 10h12m
    Recomendar

    Sobe - Caixa Econômica Federal por lançar projeto que facilita regularização de endividados com o banco.


    Desce - Brasil por ter concentrado 40% dos feminicídios da América Latina em 2017.


    No Congresso


    A chamada “bancada da bala”, grupo de parlamentares que defendem endurecimento do Código Penal e das políticas de segurança pública, deve passar de 36 para pelo menos 102 parlamentares na próxima legislatura. Integrarão o grupo os deputados baianos Arthur Maia (DEM) e Dayane Pimentel (PSL), informa um levantamento realizado pelo Congresso em Foco, com base em pautas defendidas pelos novos parlamentares e declarações das atuais lideranças do grupo. Segundo a publicação, grande parte do bloco será composta por parlamentares da sigla capitaneada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. A legenda, até então nanica, terá, a partir de 2019, a segunda maior composição do Congresso, com 52 deputados e 4 senadores.


    Reunião


    O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) se reuniu com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para tentar convencê-lo a trazer o PSDB para o bloco de oposição ao governo no Senado. Segundo a coluna Painel, do Jornal Folha de S.Paulo, uma das possibilidade seria lançar Tasso Jereissati (PSDB-CE) na disputa pela presidência do Senado em fevereiro, caso Renan Calheiros (MDB-AL) também se candidate.


    Neto não gosta


    ACM Neto, prefeito de Salvador e presidente do DEM, deu sinais de que não gostou de saber que Onyx Lorenzoni (DEM-RS) já está conversando com o presidente do PRB, Marcos Pereira, antes se reunir com o futuro ministro da Casa Civil. A informação é da Coluna do Estadão, do jornal o Estado de S.Paulo. Os correligionários têm agenda na próxima quarta (21). Ontem (16), a coluna Painel, da Folha, relatou que Neto assegurou a aliados não haver chance do partido declarar apoio oficial ao novo governo. Segundo a publicação, o chefe do Palácio Thomé de Souza manterá o discurso de que os futuros ministros filiados à sigla foram escolhas pessoais do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).


    Ex-prefeito vira réu


    O ex-prefeito de Ilhéus e secretário-geral do PP na Bahia, Jabes Ribeiro, virou réu na Justiça Federal em uma ação de improbidade administrativa, recebida pela juíza Daniele Bossonario, da 1ª Vara de Ilhéus. Segundo a coluna Satélite, do jornal Correio, Ribeiro é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de cometer irregularidades em um convênio firmado com a construtora que ficou responsável pelo Centro de Artes e Esportes Unificados do município.


    Segundo Vilas-Boas


    Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas disse, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) cumpre uma promessa com a saída dos cubanos do Mais Médicos. Ainda de acordo com o secretário, o Mais Médicos é um programa bem-sucedido e, com a ausência dos médicos estrangeiros, parte da população vai ficar sem assistência.


    Criação da esquerda


    Escolhido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro como novo Ministro de Relações Exteriores, o diplomata Ernesto Araújo acredita que a “causa ambiental” foi criada por conservadores, mas capturada pela esquerda, que a “perverteu” e transformou na “ideologia da mudança climática”. Em seu blog, batizado de Metapolítica 17, ele costuma se manifestar sobre o PT, imigração, feminismo e fake news.


    Mourão no Twitter


    Vice-presidente eleito, o general Hamilton Mourão (PRTB), usou o Twitter para falar sobre a saída dos cubanos do programa Mais Médicos, na última quinta-feira (15). Na publicação, ele diz que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), “libertou 8 mil cubanos da escravidão”.


    Crítica


    O presidente estadual do PSD, o senador Otto Alencar, voltou a criticar o posicionamento do PP, de João Leão, que lançou a candidatura do deputado Nelson Leal à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia e já angariou os apoios do PDT, PCdoB, e do deputado eleito Júnior Muniz (PHS). Para o senador, a articulação do PP é “antiética”.



  • 16/11/2018


    16.11.2018 13h37m
    Recomendar

    Sobe - Gincana Solidária da Escola Adenil Falcão por doar uma tonelada de alimentos e roupas às pessoas em situação de rua.


    Desce - A não garantia do pluralismo de ideias dentro da Universidade Estadual de Feira de Santana.


    Lula é repreendido


    Em interrogatório realizado na quarta-feira (14), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acusou o juiz Sérgio Moro de ser amigo do doleiro Alberto Youssef. Após a afirmação, a juíza Gabriela Hardt, substituta de Moro, na Lava Jato de Curitiba, repreendeu o petista. “Doutor, por favor. Ele não vai fazer acusações sobre meu colega aqui”, disse ela.


    Alba


    O PDT decidiu apoiar o deputado estadual Nelson Leal (PP) na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa (AL-BA). A primeira legenda a declarar apoio ao pepista foi o PCdoB, o que foi mal recebido pelo PT. informação é da coluna Satélite, do Correio.


    Alba I


    O Partido Democrático Trabalhista conta com três parlamentares na bancada, Euclides Fernandes, Samuel Júnior e Roberto Carlos. Samuel Júnior também pretendia entrar na disputa, mas desistiu.


    Alba II


    A direção estadual do partido também participou da reunião com o parlamentar. Rosemberg Pinto (PT) e Adolfo Menezes (PSD) também estão na corrida pela sucessão do comando da Casa, atualmente a cargo de Angelo Coronel (PSD), eleito senador.


    PCdoB


    O presidente estadual do PCdoB, deputado federal Davidson Magalhães, respondeu à crítica feita pelo PT após ter anunciado apoio ao candidato à presidência da Assembleia Legislativa, Nelson Leal. O dirigente petista Everaldo Anunciação sugeriu, em conversa com o bahia.ba que a sigla aliada tivesse esperado o retorno do governador reeleito Rui Costa (PT), que está em viagem.


    Rebateu


    Davidson disse ao mesmo site, que respeita a posição do presidente do PT na Bahia, mas pontuou que a legenda do governador não esperou que o gestor retornasse para lançar candidato próprio, o deputado Rosemberg Pinto.


    Habeas corpus


    A sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu, por unanimidade, o habeas corpus ao ex-prefeito da cidade de Santo Amaro, Ricardo Machado, nesta terça-feira (13). A decisão afirma que não havia indicação de fundamentos concretos para justificar a custódia cautelar.


    De novo


    A reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que apreciaria o parecer da vereadora Lorena Brandão (PSC) para o projeto que regulamenta transporte por aplicativo, como o Uber, foi adiada mais uma vez. A reunião deverá acontecer na segunda (19) ou terça (20), da próxima semana, a combinar com os vereadores. O motivo do adiamento foi um comum acordo entre os edis.


    Insistência


    Em busca de apoio para se reeleger, o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), tem incomodado aliados do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Fontes próximas ao capitão reformado reclamaram à Revista Época da insistência do democrata.


    Insistência I


    Maia quer o apoio de Bolsonaro para tentar se reeleger presidente da Casa em 2019. Bolsonaro, por sua vez, diz que não vai interferir na disputa. De acordo com a reportagem, na manhã de quarta-feira (14), o presidente da Câmara se encontrou com Bolsonaro, mas a conversa não foi reservada.



  • 15/11/2018


    16.11.2018 13h29m
    Recomendar

    Sobe - Secretaria de Saúde, por descentralizar a campanha Novembro azul, levando informações aos diversos ambientes de predominância masculina.


    Desce - Presidente eleito Bolsonaro, por tratar coisa séria como a escolha de um ministro, com desdém, ao responder sobre se novo ministro seria homem ou mulher, ele respondeu que poderia ser até gay.


    Sobrevivência


    Partidos de centro como PSDB, PSB, PV, PSD e setores do MDB e do DEM estudam a possibilidade de formar uma federação de agremiações que passariam a atuar em conjunto, no Congresso e nas eleições. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, lideranças do PSB, do PSDB e do DEM já conversaram. A federação teria o objetivo de vincular as legendas nas votações, com a vantagem de manter a estrutura e o fundo partidário de cada uma. De acordo com a proposta, todos os partidos seriam obrigados a lançar, juntos, um mesmo candidato nas eleições municipais. Segundo a colunista, pelos cálculos de uma das principais lideranças que participam dos diálogos, uma federação de centro somada a outra, de esquerda, poderia chegar a 300 parlamentares na Câmara e representaria a “sobrevivência da política”, no governo de Jair Bolsonaro (PSL).


    Críticas


    O ex-superintendente da Defesa Civil de Salvador (Codesal) Gustavo Ferraz tem intensificado, pelas redes sociais, as críticas à gestão da prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT). Recentemente, em seu Instagram, Ferraz afirmou que a Prefeitura de Lauro contratou uma empresa por R$ 3,2 milhões para “ensinar as secretarias da Fazenda e da Administração a economizarem”.


    Reunião


    O presidente do DEM, ACM Neto, se reunirá na próxima quarta-feira (21), com futuro ministro da Casa Civil, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), para acertar como será a relação do partido com o novo governo. O encontro será em Brasília. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de ontem (14), o partido do prefeito de Salvador vai condicionar a adesão ao governo de Jair Bolsonaro (PSL) ao apoio do Palácio do Planalto à recondução de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na presidência da Câmara. De acordo com a publicação, outra possibilidade é pedir que o PSL ao menos tenha neutralidade nessa disputa.


    Reivindicação


    No uso da tribuna da Casa da Cidadania, ontem (14), o vereador João Bililiu (PPS) reivindicou à diretoria do Fluminense de Feira Futebol Clube, popularmente conhecido como o “Touro do Sertão”, mais investimentos e organização para que o time tenha condições adequadas de disputar os campeonatos.


    Decreto


    O Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), determinou, através da Portaria nº 756/2018, que não haverá expediente no Legislativo, no dia 16 de novembro de 2018 (sexta-feira), e será cumprido por compensação, mediante acréscimo de 01 (uma) hora, na jornada normal de trabalho, no período de 6, 7, 8, 9 e 12 de novembro de 2018.


    Reunião


    A Comissão Especial para tratar do PDDU, LOUS, Código de Meio Ambiente e Código de Obras, realizou reunião na manhã de ontem (14), na Câmara Municipal de Feira de Santana, com o objetivo de receber emendas, dar prosseguimento aos processos e iniciar a conclusão do relatório.


    Lamentou


    O vereador Zé Curuca (DEM) lamentou o falecimento do pequeno Yan Lucas Almeida Nascimento, de apenas três anos. Yan tinha problemas cardíacos e aguardava a realização de uma cirurgia de urgência.


    Repúdio


    O edil Marcos Lima (PRP) repudiou a atitude agressiva por parte de fiscais da Secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico contra ambulantes durante operação no centro comercial de Feira de Santana.



  • 14/11/2018


    16.11.2018 13h24m
    Recomendar

    Sobe - Estádio Joia da Princesa por ser cartão postal de Feira de Santana há 52 anos.


    Desce - Homens que não cuidam da saúde e fazem com que número de câncer de próstata aumente em Feira de Santana.


    Blitz de IPVA


    No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária de ontem (13), o vereador João Bililiu (PPS) criticou as blitzen do IPVA realizadas na última segunda-feira (12), em diversos pontos da cidade.


    Repercussão


    O vereador Gilmar Amorim (PSDC) repercutiu o assassinato das feirenses Francirleide Assis Barbosa e sua filha Bruna Carla Assis, de apenas 5 anos, no município de Silvianópolis, interior de Minas Gerais. O crime foi cometido pelo produtor rural Luiz Carlos Martins, marido de Francirleide e padrasto da criança.


    Crítica


    Luiz Augusto de Jesus (DEM), o Lulinha, voltou a criticar o fechamento de escolas do ensino fundamental da rede estadual em Feira de Santana e afirmou que a medida é uma retaliação do governador reeleito Rui Costa em resposta a votação que obteve no município no último pleito.


    Sobre reunião


    Cadmiel Pereira (PSC) informou que esteve em reunião com o prefeito Colbert Martins Filho e expôs suas ideias sobre engenharia de tráfego e mobilidade urbana. Segundo ele, alguns locais de Feira de Santana podem ser interligados e melhores assistidos pelo transporte público urbano.


    Comemoração


    Zé Curuca (DEM) comemorou a transferência hospitalar do paciente Yan Lucas Almeida Nascimento, de três anos, que tem problemas cardíacos e precisa realizar uma cirurgia de urgência. O vereador explicou que o procedimento não pode ser feito no Hospital Estadual da Criança (HEC), por isso vereadores, familiares e profissionais da imprensa local se mobilizaram para conseguir uma vaga no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).


    Sobre ENEM


    Edvaldo Lima (PP) voltou a criticar a questão aplicada na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) sobre o “dialeto secreto” de gays e travestis. O edil cobrou mais respeito às famílias e aos princípios bíblicos.


    Reajuste do STF


    O vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, disse na última segunda-feira (12), que o atual presidente, Michel Temer, “terá de vetar” o reajuste de 16,38% aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovado pelo Congresso. Se Temer sancionar o reajuste, o salário dos ministros do STF passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil, o que causará o chamado “efeito cascata” nas contas públicas, porque o valor representa o teto do funcionalismo público. Segundo cálculos de consultorias da Câmara e do Senado, o reajuste poderá causar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas.


    Inconsistências


    Um relatório técnico da Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou “inconsistências” na prestação de contas da campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O parecer foi entregue ao ministro Luís Roberto Barroso na última segunda-feira (12). No relatório, os técnicos do TSE pediram a Barroso que notifique a campanha de Bolsonaro a apresentar, em até três dias, as notas, os contratos e o detalhamento de contas. Ao todo, foram apontadas 23 “inconsistências” que envolvem impropriedades (erros formais ou dados inexatos) ou suspeitas de irregularidades na prestação, além da falta de documentos.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia