Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 30/09/2019


    30.09.2020 17h48m
    Recomendar

    Sobe - Estudante com Síndrome de Down, por representar Feira, no Festival Bahia Open de Parataekwondo.


    Desce - Mercados que realizaram aumento abusivo no preço de alimentos.


    Pegadinha


    Ontem, pela manhã, a imprensa, foi tomada de surpresa, com o novo número de candidatos registrados no TRE subindo de 652 de segunda-feira, para os 685 divulgados ontem. No Bom dia Feira, eu fiz avaliação dos 652 candidatos e, depois, fui cobrado por muitos amigos que não era o que avaliei, mas a quantidade era 685. Fui verificar e, aí, pela curiosidade, descobrir que eu estava certo.


    Curiosidade


    Ao olhar a lista no TRE, vi que os candidatos do Cidadania estavam registrados em duplicidade. O mesmo ocorreu com o candidato Jonatas do PSOL. Prevalece, então, o que noticiei no rádio. O número correto é 652 candidatos que disputarão a eleição para vereador em Feira de Santana. Isso se alguns deles não forem impugnados.


    Impugnado I


    A candidatura de Nelson Roberto de Oliveira Silva, o popular Nelsinho, está na mira do Ministério Público Eleitoral. O órgão entrou com uma ação, na Justiça Eleitoral, pedindo sua impugnação. O MP argumenta que Nelsinho foi candidato em 2018 (para deputado), mas não prestou conta à corte eleitoral. A prestação de contas é obrigatória e um dos pré-requisitos para candidatar a vaga eleitoral.


    Impugnado II


    Portanto, aquele que não a faz não está quite com a Justiça Eleitoral e não poderá disputar uma nova eleição por não reunir a plenitude dos direitos políticos. Nelsinho poderá recorrer. Já o candidato do PCO, até ontem, ainda não aparecia com candidatura registrada no TSE.


    Transtorno


    Somente neste mês de setembro, a APLB (Sindicato dos Professores) realizou cinco manifestações no centro da cidade, resultando principalmente em transtornos para quem precisa trafegar pelas principais ruas e avenidas da cidade. Reivindicam pagamentos de horas extras e auxílio de deslocamento, benefícios que a Justiça classificou como ilegais, em virtude da suspensão das aulas neste período de pandemia da Covid-19.


    Quanto ganha?


    Diante destes protestos, a Prefeitura afirmou que os salários pagos aos professores da Rede Municipal superam os valores determinados pelo piso nacional. No primeiro mês que passa a integrar o quadro do Município, o professor já começa com salário base de R$ 2.174,56, valor 66% maior que o piso nacional, que é de R$ 1.443,12 para 20 horas semanais. Ao longo da carreira, o professor vai agregando vantagens e atualmente os maiores salários base chegam a R$ 6.856,79.


    Recomendações


    O Ministério Público eleitoral recomendou aos pré-candidatos a cargos políticos nos municípios de Feira de Santana e Serra Preta que utilizem máscaras nas vias públicas e evitem aglomerações. Segundo a recomendação, os atos de propaganda eleitoral que geram aglomeração, como comícios, carretas, passeatas e reuniões, devem atender a todas as medidas sanitárias de combate à Covid-19 previstas na legislação.


    Fiscalização


    A recomendação também foi encaminhada às respectivas Prefeituras Municipais, para que disponibilizem equipes de fiscalização, inclusive da Vigilância Sanitária, para fiscalizar, orientar e notificar, diariamente, os candidatos que não estiverem cumprindo os termos dos Decretos Estadual e Municipais, quanto à utilização de máscaras de proteção e proibição de aglomerações. A desobediência pode resultar na condução dos pré-candidatos à Delegacia.


    Acordo


    Candidatos ao cargo de prefeito dos municípios de Cândido Sales, Encruzilhada e Ribeirão do Largo firmaram Termo de Ajustamento de Conduta junto ao Ministério Público eleitoral, comprometendo-se a evitar aglomerações durante o período de campanha eleitoral. O documento, de autoria da promotora de Justiça Daniela de Almeida, prevê regras para a realização de eventos político-eleitorais, como comícios carreatas e passeatas. 



  • 29/09/2020


    29.09.2020 11h50m
    Recomendar

    Sobe - Hospital Inácia Pinto dos Santos por ser referência em planejamento familiar.


    Desce - Governo e Câmara por não chegarem a acordo sobre reforma tributária.


    Problema técnico


    O PCO - Partido da Causa Operária - está com um problema técnico na justiça eleitoral. Sua inscrição não consta nos registros do TSE - Tribunal Superior Eleitoral e por isso, o candidato a prefeito Orlando Andrade corre o risco de ficar fora da disputa pela prefeitura de Feira. A assessoria garantiu que foi feito o pedido de inscrição e que o problema será resolvido nos próximos dias. Orlando, então, continua candidato, pelo menos, por enquanto.


    Foi dada a largada


    A campanha eleitoral começou pra valer no domingo passado e já foi visível uma movimentação diferente pelas ruas da cidade. Partidos já fizeram carreata, plotagem de carros e em alguns casos houve até o uso de carro de som. É bom ficarem ligados e não perderem de vista as limitações impostas pelas leis eleitorais. Caso fechem os olhos, correm o risco de serem punidos por elas.


    Retomada


    O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) retomará as atividades presenciais a partir de amanhã (30). No final de semana, as instalações do prédio da Corte de Contas passaram por processo de sanitização. Nessa primeira fase do retorno às atividades presenciais, três grupos de servidores trabalharão numa jornada semanal de atividade presencial de quatro horas diárias.


    Cotados


    Dois ministros do Executivo e um do Superior Tribunal de Justiça são cotados para a vaga a ser aberta no Supremo Tribunal Federal. A informação é do blog da jornalista Andrea Sadi, do G1. O primeiro é o ministro da Justiça, André Mendonça. Sucessor do ex-juiz Sérgio Moro, e o segundo, Luís Felipe Salomão que é do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e um dos representantes desta corte, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Bolsonaro ainda não decidiu nada.


    Zero a zero I


    O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), afirmou que os líderes partidários não chegaram a um acordo sobre o texto da reforma tributária. Ele fez um pronunciamento sobre o tema após uma reunião, na manhã de ontem (28). Segundo ele, os parlamentares estão buscando um “texto possível” com o governo e a equipe econômica.


    Zero a zero II


    A declaração foi dada horas depois de o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), confirmar a criação de um imposto sobre transações de 0,2%. No entanto, ainda não há consenso sobre o tema.



  • 26/09/2020


    28.09.2020 18h03m
    Recomendar

    Sobe - Projeto “Feira Quer Silêncio” por punir aqueles que provocam poluição sonora.


    Desce - Motorista preso na BR-116 com 22kg de pasta base de cocaína.


    Horário eleitoral


    Já está disponível para consulta a tabela com a representatividade dos partidos políticos na Câmara dos Deputados que serve de base de cálculo para a distribuição do tempo da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão das Eleições 2020.


    Zé Neto, Pimentel e Colbert


    Dos 5 partidos com maior tempo de televisão, 3 possuem candidatos que duelam pelo comando da Prefeitura de Feira. O PT, de Zé Neto, é o que tem maior tempo e ocupa o primeiro lugar no ranking. Em segundo vem o PSL, com Dayane Pimentel. Já o MDB, de Colbert Martins está em 5º lugar. Os outros dois com maior tempo são PP e PSD, terceiro e quarto lugares respectivamente.


    Tourinho, Arimatéia e Marcela Prest


    O Partido Socialista Brasileiro, que tem como candiato o vereador Roberto Tourinho é a 7ª sigla com maior tempo de propaganda eleitoral no rádio e na TV. Republicanos, que tem como representante, o deputado José de Arimatéia é o 8º. O próximo que tem interesse em administrar a Prefeitura de Feira é o Partido Socialismo e Liberdade, mais conhecido como PSOL, de Marcela Prest, que na tabela, ocupa o 14º lugar.


    Geilson e Carlos Medeiros


    O Cidadania do ex-deputado Carlos Geilson é a 17ª agremiação com o maior tempo de TV e rádio. Duas posições depois aparece o Partido Novo, de Carlos Medeiros. Aparece na tabela do TSE - Tribunal Superior Eleitoral - em 19º lugar.


    Ficarão de fora


    Conforme a Portaria TSE nº 722/2020, publicada ontem (25), no Diário da Justiça eletrônico, duas legendas em Feira de Santana, não terão direito à propaganda no rádio e na TV. O PRTB, de Nelsinho, e o PCO, de Orlando Andrade. Isto acontece porque de acordo com o disposto no inciso I do parágrafo único do art. 3º da Emenda Constitucional nº 97/2017, estes partidos não têm representatividade na Câmara dos Deputados. O “rei” não vai gostar nada disso.


    Humildes


    A população de Humildes, maior distrito de Feira de Santana, está apreensiva. Segundo o vereador Zé Curuca, de um total de 16 ruas, a empresa licitada só pavimentou duas, em quase um ano. E no povoado de Tanquinho, a igreja está com acesso prejudicado por uma obra inacabada. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano precisa esclarecer o que está acontecendo.


    De volta


    O ministro Celso de Mello, que estava de licença médica, antecipou para ontem (25), sua volta aos trabalhos do Supremo Tribunal Federal e reassumiu a relatoria do inquérito que apura a suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. O STF confirmou à CNN que a volta da investigação para as mãos de Mello é automática, e que já ocorreu. Aguardemos os próximos capítulos.


    Vai ter que usar


    O desembargador Celso Ferreira Filho, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, rejeitou o recursos impetrado pela defesa da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), que solicitou não ser obrigada a usar tornozeleira eletrônica. Na decisão, o magistrado argumentou que o fato dela não ter se apresentado para colocar o equipamento prova a necessidade da medida cautelar.



  • 25/09/2020


    25.09.2020 16h07m
    Recomendar

    Sobe - Presidente Bolsonaro por manter popularidade em escala crescente.


    Desce - Companheiros que agridem suas companheiras e, em muitos casos, acabam assassinando-as.


    Candidatura


    Termina, neste sábado (26), o prazo estipulado pelo TSE - Tribunal Superior Eleitoral - para candidatos e agremiações registrarem suas candidaturas junto ao órgão. Na majoritária, apenas o PCO - Partido da Causa Operária - ainda não registrou seu candidato. Todas as demais já constam no sistema de registro do TSE.


    Quebra-molas


    A avenida que sai da Nóide Cerqueira com destino a Artêmia Pires, pouco antes da Rios Delicatessen tem um quebra-molas que merece que os dirigentes da SMT e SMTT passem lá todos os dias, para gastarem o dinheiro do salário todo consertando o carro. É como se um bloco de pedra quadrado estivesse no meio da pista sem qualquer sinal. É um crime contra o cidadão e contra a economia popular.


    Crateras nas ruas


    Para além do quebra-molas instalado na avenida nova, a indignação é válida também para as crateras que tomam conta da cidade de ponta a ponta. Os prepostos dos dois órgãos que administram o trânsito na cidade deveriam seguir a rota da maioria da população que, obrigatoriamente, têm que trafegar fazendo malabarismo entre os buracos e crateras existentes em inúmeras vias. Não há suspensão de veículo que aguente uma rotina desgastante entre tantas crateras.


    Protesto


    Inconformados com a situação crítica que o segmento vem passando por conta da pandemia da covid-19, os profissionais que laboram no segmento de eventos, em Feira de Santana, organizaram um protesto para hoje. Batizado de “Grande Protesto”, o setor convida a sociedade para vestir-se de preto e lutar junto com os profissionais pela retomada gradual dos eventos de entretenimento na cidade. O ponto de concentração é a Praça do Nordestino e o horário provável é de 9h da manhã. O ato é pacífico em apoio às famílias dos profissionais de eventos.


    Cartilha


    Uma cartilha de brincadeiras para crianças com transtornos do espectro autista, a ser utilizada especialmente durante a pandemia de coronavírus, foi lançada recentemente em todo o país, inclusive em Feira de Santana, informa o vereador Cadmiel Pereira. Ele considera o material uma ferramenta importante na assistência desses cidadãos, sendo demonstração de “maior sensibilidade no tratamento do autismo no país, com ganho de visibilidade e a importância de inclusão social”.


    Regulamentação


    Aprovado em segunda e última discussão, esta semana pela Câmara, o projeto que autoriza a Prefeitura a inserir na grade curricular das escolas da rede pública municipal de ensino as noções básicas da Língua Brasileira de Sinais (Libras) necessita agora ser sancionado e também regulamentado pelo Poder Executivo, para virar lei.


    Zona rural


    A população da zona rural, em Feira de Santana, precisa de um local apropriado e mais próximo de sua moradia, para fazer reivindicações ao poder público. A sugestão feita há sete anos pelo vereador Edvaldo Lima (MDB) está sendo representada através de indicação ao Poder Executivo, conforme informou à Câmara, esta semana. A proposta é de implantação de subprefeituras na sede dos distritos.



  • 24/09/2020


    24.09.2020 09h59m
    Recomendar

    Sobe - Festival Literário de Feira de Santana – Flifs - que mesmo em formato virtual não perdeu o brilhantismo literário.


    Desce - Prefeitura de Coração de Maria por ter contas de 2017 rejeitadas pelo TCM.


    Pegou fogo


    A entrevista da sindicalista Marlede Oliveira ao radialista Dilton Coutinho foi um verdadeiro pinga fogo. De um lado a chefe da APLB, acusada de criticar o trabalho da imprensa, chegou afirmar que Dilton Coutinho parece ter pensamento burguês, o radialista retrucou afirmando ser trabalhador que acorda às 4h da manhã e a sindicalista vive patrulhamento ideológico e deveria pedir desculpas à sociedade feirense. Os ânimos estavam inflamados.


    Arcar com as cinzas I


    A Prefeitura de Feira de Santana deve notificar a professora Marlede Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Educação (APLB), para que ela arque com os custos do conserto de trecho da pavimentação da Avenida Senhor dos Passos, danificado ontem, por incêndio provocado, durante manifestação.


    Arcar com as cinzas II


    A cobrança está sendo feita pelo vereador Lulinha (DEM), que falou ontem (23), na Câmara, sobre o protesto, segundo ele organizado pela dirigente sindical. Ele reprova a forma como a ação foi realizada, sob queima de pneus e madeiras em uma das principais avenidas da cidade, bloqueando o trânsito e prejudicando a saúde das pessoas que trabalham na região, devido a densa fumaça originada pelo fogo.


    Fiquem de olho I


    Os vereadores devem estar presentes na “licitação milionária” da ordem de mais de R$ 77 milhões, que a Prefeitura de Feira de Santana vai realizar visando contratar empresa especializada em apoio administrativo e técnico operacional para atuar na Secretaria Municipal de Educação, prevista para o dia 13 de outubro. A recomendação é do vereador Alberto Nery (PT).


    Fiquem de olho II


    Em pronunciamento na Câmara, na quarta-feira (23), ele disse que licitação no município é “sinônimo de corrupção” e por isso, os vereadores precisam ficar “de orelha em pé”, principalmente quando diz respeito a esta pasta, “constantemente alvo de denúncias pela quantidade de afilhados políticos contratados”.


    Não convenceu I


    O vereador Roberto Tourinho (PSB) não se convenceu com a justificativa dada pela Secretaria Municipal de Educação para contratar, via licitação, no valor de R$ 77.411.980,80, uma empresa terceirizadora de mão de obra destinada a atuar na Rede
    Municipal de Ensino.


    Não convenceu II

     

    O oposicionista disse não aceitar o argumento de que a Secretaria “não dispõe de recursos e materiais humanos efetivos e detentores de conhecimento especializado” e em razão dessas supostas carências irá fazer “mais uma licitação milionária”.


    Obras I


    Obras da Prefeitura de Feira de Santana que estão sendo paralisadas, ou realizadas lentamente, em Humildes, causam prejuízos para a população, protesta o vereador Zé Curuca (DEM). Ele falou sobre o assunto em pronunciamento na Câmara, na sessão de quarta-feira (23).


    Obras II


    Apresentou situações que estão ocorrendo na sede do distrito e também no povoado de Tanquinho. Nesta comunidade, as pessoas se encontram com o acesso à igreja católica local interditado, mais especificamente na Rua Senhor do Bonfim, devido a obra inacabada. 



  • 23/09/2020


    24.09.2020 09h55m
    Recomendar

    Sobe - Câmara de Vereadores, por aprovar inserção de noções básicas de libras, no currículo das escolas municipais e fortalecer a inclusão.


    Desce - Elias Tergilene, ao afirmar no Acorda Cidade, que os camelôs choram pelo preço, mas que andam de carrões novos e postando selfies em casas de praia.


    Abertura de contas


    Candidatos a vereador já estão na correria para abrirem conta de campanha na rede bancária. Alguns desses bancos já criam dificuldades para não abrirem as contas obrigatórias por força de decisão do TSE. Cabe aos candidatos, sentindo esta dificuldade, pegar o nome do gerente e denunciá-lo à Justiça eleitoral local. Além de entrarem na justiça, contra gerentes e instituições, que se neguem a dar celeridade na abertura dessas contas.


    Mudou


    O líder político Damião de Rosa, que sempre seguiu o ex-prefeito Tarcísio Pimenta, nesta eleição ia apoiar para vereadora a esposa do ex-prefeito, a ex-deputada Graça Pimenta. Orientado, mudou e vai apoiar o ex-presidente da OAB Marcos Carvalhal, do MDB.


    Pesquisas


    Não se impressionem com as disparidades encontradas nos mais diversos institutos de pesquisa. O resultado delas vem dos locais onde elas são realizadas e entra aí também o gosto do freguês que, às vezes, como contratantes, indicam os locais onde as pesquisas serão realizadas.


    Pesquisas II


    Geralmente, eles já sabem esse resultado que lhes interessa. E, na outra ponta, um instituto que não tem responsabilidade por esta escolha, traz os dados que interessa mais ao contratante que, com o resultado, estimula as tropas que estão nas ruas.


    Liberado


    Recursos da ordem de R$ 600 mil, fruto de emenda ao Orçamento da União, destinada a Feira de Santana pelo senador Otto Alencar (PSD), já se encontram disponíveis na Caixa Econômica Federal, para serem utilizados na pavimentação asfáltica de ruas do Feira X. Responsável pela solicitação ao senador, o vereador Zé Filé (PSD) informa que aguarda apenas a autorização do Governo Municipal para realização de licitação e posterior execução da obra.


    Registro de candidatura


    Até as 16 horas, de ontem (22), mais três partidos tiveram os nomes de seus candidatos divulgados pela Justiça eleitoral. O Patriota que apareceu com 30 inscritos, 9 mulheres e 21 homens, o PDT com 12 e o Podemos, com 31. Agora, o número total de candidatos inscritos é 402. Além das siglas, outras 2 coligações também foram divulgadas, a do PSOL e a do Republicanos. Amanhã, tem mais.


    Agora vai


    Reivindicações de melhorias para diversos bairros da cidade, especialmente a Gabriela e adjacências, feitas junto à Secretaria de Desenvolvimento Urbano nos últimos 12 meses e que não foram atendidas, estão sendo reapresentadas pelo vereador Ron do Povo (MDB) ao novo titular da pasta, o ex-deputado federal Sérgio Carneiro.


    Mulheres em ação


    Depois de várias solicitações encaminhadas à Prefeitura de Feira de Santana, para a realização da limpeza da praça do Loteamento Nova América, no bairro Aviário, um grupo organizado, da própria comunidade, denominado Mulheres em Ação, cansou de esperar e tirou a sujeira do espaço público. O registro desta ação voluntária foi feito pelo vereador Eli Ribeiro (Republicanos), na Câmara Municipal.



  • 22/09/2020


    24.09.2020 09h53m
    Recomendar

    Sobe - TST por determinar o fim da greve dos Correios.


    Desce - Bahia de Feira por “pane” em jogo de estreia no Brasileirão e perder de virada para adversário Tupynambás.


    Cobrança


    A construção de uma creche na comunidade Campo Belo, localizada no bairro Campo do Gado Novo, compromisso do Governo Municipal, foi alvo na segunda-feira (21), de cobrança por parte do vereador Eli Ribeiro (Republicanos). Em discurso na Tribuna da Casa, ele disse que o equipamento, fruto de indicação de sua autoria, teve a garantia do então secretário de Educação, Marcelo Neves.


    Casarão


    Os estudantes de Feira de Santana vão ser os maiores beneficiados com a reinauguração, pela Prefeitura, do Casarão dos Olhos D’Água, localizado na Rua Doutor Araújo Pinho, 1331, bairro Olhos D’agua. A avaliação é do vereador Marcos Lima (DEM), que falou ontem (21), sobre a entrega da obra, pela administração municipal, na última sexta. A antiga edificação é considerada ponto de origem desta cidade.


    Calamar


    Principal artéria do bairro Conceição, a Rua Calamar está necessitando de recuperação de um trecho da sua pavimentação asfáltica, reivindica o vereador Lulinha (DEM). Em pronunciamento, disse que o trecho a partir do módulo da Polícia Militar até o acesso a Avenida Sérgio Carneiro, encontra-se com buracos e precisa de um recapeamento com asfalto a quente, tão logo cessem as chuvas na cidade.


    “Afundaram o Touro”


    Essa foi a afirmativa do vereador João Bililiiu (PSD), sobre a situação atual do Fluminense de Feira, que não obteve classificação este ano, no Campeonato Estadual, para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, muito menos para a Copa do Brasil. O tradicional clube, duas vezes campeão da Bahia, se encontra sem atividades e só deve voltar a disputa de competição em 2021. Bililiu lamentou a situação do Flu, que terminou o certame regional entre os últimos colocados.


    Deixou a desejar


    Um homem morreu de câncer, em Feira de Santana, recentemente, sem ter obtido o benefício a que tinha direito, junto ao INSS. O relato sobre o caso do senhor Arlindo Alves Miranda, residente no bairro Asa Branca, foi feito na segunda-feira (21), na Câmara pela vereadora Neinha (DEM). Além de ser vencido pela doença, ele também não conseguiu êxito em outra batalha, o BPC (Benefício de Prestação Continuada), concedido pelo órgão federal. “O INSS está deixando a desejar. O povo está morrendo sem ter acesso aos benefícios que lhes são de direito, como o BPC, que é previsto na LOAS”.

     

    Preço abusivo


    A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) através do seu titular, advogado Cleudson Almeida, deverá informar à Câmara se está sendo realizada fiscalização no comércio de gêneros alimentícios, em Feira de Santana, referente a alta dos preços de vários desses produtos, especialmente itens que compõem a cesta básica. A Casa aprovou requerimento ao órgão, na segunda-feira (21), com essa finalidade. 



  • 19/09/2020


    21.09.2020 11h48m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana, por transformar antigo casarão em casa da cultura.


    Desce - Rodrigo Maia, que mesmo estando com covid-19 recebeu o prefeito de Salvador em sua residência.


    Sem máscara


    Em uma foto publicada nas redes sociais, o ex-presidente Lula, de 74 anos, aparece abraçando o senador Renan Calheiros (MDB-AL), sem máscara, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.


    Flordelis de tornozeleira


    A Justiça do Rio de Janeiro determinou na sexta-feira (18), que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) seja monitorada por tornozeleira eletrônica e fique em recolhimento domiciliar das 23h às 6h. A decisão foi da juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói.


    Rachadinha


    O procurador-geral da República, Augusto Aras pediu na quinta-feira (17), ao Supremo Tribunal Federal (STF que rejeite uma ação que questiona o direito do senador Flávio Bolsonaro Republicanos -RJ) ao foro privilegiado o caso das “rachadinhas Alega ainda que Flávio Bolsonaro não é mais deputado estadual e, com isso, o caso das “rachadinhas” não deve ficar na segunda instância da Justiça, devendo retornar para a primeira.


    E$quema S


    A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou com uma representação no Supremo Tribunal Federal (STF) na última quarta-feira, 16, na tentativa de anular as diligências determinadas pelo juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio e responsável pelos processos da Lava Jato Rio, na Operação E$quema S. Os advogados são acusados de Tráfico de influência, estelionato, lavagem, peculato, corrupção e exploração de prestígio.


    Fracos


    O presidente participou, ontem (18), de uma cerimônia de entrega de títulos de propriedades rurais em Sorriso (MT). Desde março, nas primeiras semanas da pandemia, Bolsonaro critica o isolamento social de maneira irrestrita. Durante seu discurso, o presidente afirmou que o isolamento social e a frase que o incentiva “Fique em casa” era para os fracos.


    Atrito


    Questionado sobre mudanças no governo após a debandada do PDT e do PL para apoiar a candidatura de Bruno Reis (DEM), escolhido por ACM Neto (DEM) para disputar a sucessão em Salvador, o governador Rui Costa (PT), afirmou ao Bahia Notícias que vai trabalhar de forma a não criar atrito com as bases. A resposta foi dada pelo gestor durante vistoria de uma ponte, que está sendo construída pelo governo do Estado, no município de Barra. A ida à cidade marca a viagem 600 de Rui, no território baiano.


    A Covid-19 de conveniência


    Apesar de ter testado positivo para Covid-19, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia manteve a reunião que estava marcada com o prefeito ACM Neto, segundo informações da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo. Maia recebeu Neto, na quarta-feira (16), em sua casa, e manteve distanciamento ficando no quarto enquanto o prefeito da capital e Rodrigo Garcia, vice governador de São Paulo, ficavam na varanda que dá acesso ao quarto. As informações são do Bahia na Política.



  • 18/09/2020


    21.09.2020 11h46m
    Recomendar

    Sobe - As ações da Polícia Federal, em todo o Brasil, verificando os gastos com a educação e, especialmente, com a saúde nesse período de pandemia.


    Desce - O prefeito de Jequié, pelo desvio de finalidade ao emprestar contratados da educação para outras secretarias.


    Comissão


    No setor de publicidade, o comissionamento é de 20%, um absurdo. O Governo Federal está revendo esse caso para condicionamento de 5%. Garçons recebem de comissionamento transvertido de gorjeta de 10%. Produtos de alto volume de vendas como alimentos, a comissão gira em torno de 1 a 2%. Isto quer dizer que em um negócio de R$ 1 milhão, o comissionamento pode ir de R$ 10 a 200 mil.


    O vice


    Nessa coluna, há pouco mais de 30 dias, que eu antevi que o candidato a vice na chapa de Carlos Geilson seria Deibson Cavalcante. Lembram? Pois, bem. É ele mesmo. Apesar de durante todo esse tempo, lideranças da chapa da candidatura de Geilson quando não calaram, negaram. Com essa lembrança, essa coluna não tem a intenção de avocar o apadrinhamento do candidato a vice.


    Fora convites


    O pleito vindouro é o momento ideal para opositores discutirem as administrações municipais que terão candidatos à reeleição. É o momento mais apropriado para se buscar a transparência dos gestores e se dedicarem, especialmente, sobre convites e dispensas para compra ou contração de serviços ao invés de licitações. Com a decretação do estado de emergência por conta da pandemia, é possível que se encontre favorecimentos que são danosos ao erário. Sobre esse quesito deve-se discutir e cobrar até a exaustão. Porque convite bom é aquele para dançar. Fora isso, só Deus sabe o que está acontecendo nos bastidores do palco. E viva a democracia!


    Covid-19 e Aras


    O procurador-geral da República, Augusto Aras, está com Covid-19, informou na quinta-feira (17), a assessoria da PGR. O órgão também disse que o procurador-geral “passa bem e está em isolamento, despachando remotamente”. Aras é mais uma autoridade da República, que esteve na posse do novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, na semana passada, a contrair Covid-19.


    Novas medidas I


    O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) estabeleceu, ontem (17), novas medidas para as eleições, em meio à pandemia do coronavírus. Uma dessas ações é a extensão do horário de votação. Entre os pontos abordados, o presidente do TRE-BA informou também que os juízes das zonas eleitorais, com apoio do Ministério Público Eleitoral, vão orientar os candidatos para que normas sanitárias sejam respeitadas nos atos de campanha.


    Novas medidas II


    Suspensão da biometria; Extensão do horário da votação para mais uma hora. Com isso, horário de votação vai começar às 7h; As três primeiras horas, das 7h às 10h, serão preferencialmente para as pessoas do grupo de risco; Distribuição dos equipamentos de proteção individual (EPIs) para segurança dos mesários.



  • 17/09/2020


    21.09.2020 11h43m
    Recomendar

    Sobe - Diretório Municipal do Cidadania por vencer demanda judicial e reconquistar autonomia.


    Desce - O escritor Paulo Coelho por pedir, mas sem sucesso, boicote à economia brasileira.


    Ponto facultativo


    Amanhã, 18 de setembro, quando Feira de Santana comemora aniversário de sua Emancipação Política e Administrativa, será ponto facultativo na Câmara Municipal. A Prefeitura Municipal, por meio de decreto, também determina ponto facultativo nas repartições de sua alçada. Nesta data, o município completa 187 anos de sua fundação.


    Não é feriado


    O curiosos é que na data do aniversário da cidade, não é feriado municipal como é comum em milhares de municípios. O motivo é que Feira de Santana atingiu o limite máximo de feriados municipais determinado em lei. O ponto facultativo dispensa a obrigatoriedade do funcionamento dos órgãos públicos que não sejam considerados essenciais, em datas comemorativas, mas o comércio e demais serviços vão funcionar normalmente no dia 18.


    Edição especial


    Também amanhã, Folha do Estado vai publicar um caderno especial trazendo reportagens e artigos jornalísticos de feirenses que valorizam a diversidade e o encantamento do povo por sua terra. Com o tema quando o amor vira proteção, a edição vai tratar da Feira de Santana, no contexto da pandemia imposta pela covid-19 e resgatar as memórias afetivas de uma cidade altaneira, que se ver obrigada a se reinventar para cuidar do futuro da sua gente. Em nome do nosso Diretor de Redação Danilo Guerra e editor do especial, agradecemos todos os colaboradores que participaram desse presente que ficará nos anais da história da nossa cidade. O caderno é de leitura indispensável.


    Libras nas escolas I


    A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Educação, receberá autorização legislativa, para inserir na grade curricular das escolas da rede pública municipal de ensino, noções básicas da Língua Brasileira de Sinais - Libras.


    Libras nas escolas II


    Projeto da iniciativa do vereador Cadmiel Pereira (DEM), com objetivo de propiciar a inclusão dos alunos portadores de deficiência auditiva e a socialização destes no ambiente escolar, foi aprovado por unanimidade em primeira discussão na quarta-feira (16), na Câmara, devendo passar pacificamente pela segunda e última votação na próxima semana.


    Homossexualismo


    “Ninguém pode mais tocar no assunto homossexualismo, usar o termo gay ou lésbica, que sofre processo”, afirma o vereador Edvaldo Lima (DEM), em referência a dois irmãos pastores evangélicos mineiros, que respondem a processos por criticarem a prática homossexual. Por conta disto, explicou o vereador, os pastores Ana Paula e André Valadão vêm sofrendo ataques nas redes sociais e foram processados. O vereador ver perseguição aos evangélicos, “que amam e respeitam todas as pessoas, mas não aos seus pecados, independente da orientação sexual”, explicou.


    Shopping não é popular


    Enquanto os ambulantes irão ocupar 9 mil m², o grupo responsável pela gestão do shopping popular vai controlar e explorar os outros 21 mil m², estima o vereador Luiz da Feira (PROS), contrário a forma como foi firmada a PPP entre Prefeitura e os empreendedores. Ele diz que é indevido chamar o equipamento de “Shopping Popular”, com a diferença no tamanho das áreas destinadas aos camelôs em relação ao que se encontra à disposição dos parceiros privados.



  • 16/09/2020


    16.09.2020 11h34m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por alcançar meta do IDEB para o Ensino Fundamental I.


    Desce - Candidatos que promovem aglomeração em convenções partidárias.


    Fique ligado


    Este ano, as eleições acontecerão em novembro, por conta da pandemia de coronavírus, com o primeiro turno marcado para o dia 15 de novembro e, onde houver segundo turno, em 29 de novembro. Os cargos em disputa são de prefeito, vice-prefeito e vereadores.


    Candidaturas


    Candidatos a prefeito podem formar coligações (alianças) com outros partidos para disputar as eleições. Coligações para candidatos a vereador estão proibidas para as eleições proporcionais. A cota para candidaturas são: cada partido deverá reservar a cota mínima de 30% para mulheres filiadas concorrerem na eleição. Já a idade mínima para se eleger é de 21 anos para prefeito ou vice-prefeito e de 18 anos para vereador.


    Campanha I


    As despesas de campanha devem respeitar um limite, que varia conforme o cargo disputado, a cidade e o turno da eleição. O candidato que descumprir o teto estará sujeito à multa e poderá responder por abuso do poder econômico. Esses limites são iguais aos de 2016, corrigidos pela inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).


    Campanha II


    O candidato poderá usar recursos próprios para se autofinanciar em até 10% do limite de gasto para o cargo. Somente pessoas físicas podem fazer doações para campanhas eleitorais. As doações são limitadas a 10% da renda bruta do doador no ano de 2019. Os candidatos poderão fazer arrecadação de recursos pela internet, por meio de cartão de crédito ou de débito. O doador será identificado pelo nome e pelo CPF. Para cada doação realizada, será emitido um recibo eleitoral.

     

    Propaganda eleitoral

     

    A propaganda eleitoral, inclusive na internet, é permitida a partir de 27 de setembro. De 27 de setembro até as 22h de 14 de novembro, poderá haver distribuição de material gráfico, caminhada, carreata ou passeata, acompanhadas ou não por carro de som ou minitrio. É permitido fazer campanha na internet por meio de blogs, redes sociais e sites. Somente partidos, coligações ou candidatos podem fazer impulsionamento de conteúdo, que é o uso de ferramentas oferecidas por plataformas ou redes sociais para difundir o conteúdo a mais usuários e, assim, ter maior alcance.


    Não pode I


    É vedada a utilização de impulsionamento de conteúdos e ferramentas digitais não disponibilizadas pelo provedor da aplicação de internet, ainda que gratuitas. Não é permitido também contratar impulsionamento para propaganda negativa, como críticas e ataques a adversários. Empresas e eleitores não podem fazer impulsionamento de conteúdo. Tanto candidatos e partidos quanto eleitores estão proibidos de contratar serviço de disparo em massa de conteúdo.


    Não pode II


    É vedada também a realização de propaganda via telemarketing em qualquer horário, bem como por meio de disparo em massa de mensagens instantâneas sem anuência do destinatário. Durante a campanha eleitoral, é vedado ao candidato ou comitê confeccionar e distribuir aos eleitores camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou outros bens.


    Propaganda


    Propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão referente ao primeiro turno será veiculada de 9 de outubro a 12 de novembro. É proibido qualquer tipo de propaganda eleitoral paga, no rádio e na televisão. Na propaganda eleitoral de TV e rádio, não podem ser usados efeitos especiais, montagens, trucagens, computação gráfica e desenhos animados. São permitidas, de 27 de setembro até a antevéspera das eleições (dia 13 de novembro), a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução na internet do jornal impresso. É vedada a propaganda eleitoral em outdoors, inclusive eletrônicos.


    Crime I


    É crime a contratação direta ou indireta de grupo de pessoas para enviar mensagens ou fazer comentários na internet para ofender a honra ou a imagem de candidato, partido ou coligação. Também incorre em crime quem for contratado para fazer isso. É proibido fazer propaganda de qualquer natureza (incluindo pinturas, placas, faixas, cavaletes e bonecos) em locais como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios e estádios, ainda que de propriedade privada.


    Crime II


    A proibição se estende a postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes e paradas de ônibus, árvores, muros e cercas. É vedada a propaganda eleitoral em outdoors, inclusive eletrônicos. Durante a campanha eleitoral, é vedado ao candidato ou comitê confeccionar e distribuir aos eleitores camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou outros bens.


    Permitido I


    É permitido colocar bandeiras na rua, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos, no período entre 6h e 22h. Também é permitido colar adesivo (de 50 cm x 50 cm) em carros, motos, caminhões, bicicletas e janelas residenciais. “Envelopar” o carro (cobri-lo totalmente com adesivo) com propaganda eleitoral está proibido. No máximo, poderá ser adesivado o para-brisa traseiro, desde que o adesivo seja microperfurado, ou colocar em outras posições adesivos que não passem de meio metro quadrado.


    Permitido II


    O uso de alto-falantes ou amplificadores de som é permitido de 27 de setembro a 14 de novembro, entre 8h e 22h. Porém, os equipamentos não podem ser usados a menos de 200 metros de locais como as sedes dos Poderes Executivo e Legislativo, quartéis e hospitais, além de escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros (quando em funcionamento).



  • 15/09/2020


    16.09.2020 11h32m
    Recomendar

    Sobe - A Operação da Polícia Militar, em Feira de Santana, no fim de semana passado.


    Desce - Permissionário flagrado tentando vender ponto no shopping popular.


    Shopping popular I


    A possibilidade de parcelamento de dívida, ampliação do prazo de carência para o início do pagamento de aluguel para “no mínimo um ano” e o preço do metro quadrado de cada box a no máximo R$ 30,00. Essas são algumas das alterações sugeridas, em projeto de lei de autoria do vereador Luiz da Feira (PROS), no contrato entre camelôs e os responsáveis pela gestão do Centro Comercial Popular.


    Shopping popular II


    Ele defende urgência na tramitação da proposta já que encerra hoje (15), o prazo dado pela Prefeitura para que os vendedores ambulantes cadastrados que trabalham no centro da cidade desocupem os espaços e transfiram-se para o também chamado de Shopping Popular.


    Por que sair?


    A retirada das barracas do centro de Feira de Santana atende a uma determinação da Justiça, a partir de ação civil da iniciativa do Ministério Público, na qual a Prefeitura é ré, correndo risco de sofrer multa, e o gestor de responder por improbidade, caso não sejam cumpridas as medidas. O esclarecimento é do vereador Marcos Lima (DEM), líder da bancada governista na Câmara.


    Visitas


    Vereador Lulinha acompanhou o ex-prefeito José Ronaldo e o pré-candidato a vice, Fernando de Fabinho, em visitas a dois distritos de Feira, um deles foi Ipuaçu.


    Fogo


    O suposto uso de arma de fogo, por parte de indivíduos que estão participando da ação da Prefeitura pela retirada de camelôs das ruas, para que sejam transferidos ao Centro Comercial Popular, é alvo de questionamentos pelo vereador Roberto Tourinho (PSB). Ele quer saber do Governo se além da Guarda Municipal, “que possui legitimidade para o uso de arma de fogo”, existem contratados “com porte de arma” para atuar nessa operação.


    Autista


    O Centro de Referência de Tratamento do Espectro Autista de Feira de Santana estará pronto dentro de 25 dias. A informação é do vereador Cadmiel Pereira (DEM), que esteve reunido com o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Carneiro, e o engenheiro responsável pela obra. “Disseram-me que posso ficar em paz, porque dentro de 20 a 25 dias o Centro estará pronto”.


    Cascalho


    A necessidade de que seja utilizado cascalho na recuperação de estradas vicinais, nos distritos de Feira de Santana, está sendo reforçada junto à Prefeitura Municipal, pelo vereador Marcos Lima (DEM). “Tem que colocar cascalho, porque senão, não adianta. O período de chuva vai continuar, e vamos continuar cobrando ao secretário que realize esse trabalho”.


    Ovo da ema e outras


    Comunidades como Ovo da Ema, Garapa, Jurema e outras, no distrito Maria Quitéria, continuam a necessitar da intervenção da Prefeitura, para recuperação de suas estradas, com uso de cascalho, se possível. A cobrança está sendo feita pelo vereador Carlito do Peixe (DEM).


    Holofote político


    “Estão criando holofote político”, afirmou, ontem, a vereadora Neinha (DEM), na Câmara Municipal, sobre a fake news criada nas redes sociais, a partir de um vídeo, em que a mãe com sua filha recém-nascida, no Hospital da Mulher, nesse fim de semana. A vereadora explicou que depois de um parto com complicações, “a mãe colocou sua filha no colo e a consagrou a Deus”, mas a bebê não tinha morrido, nem tão pouco ressuscitado. Para a vereadora opositores políticos estão tentanto tirar proveito da situação. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia