Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 24/05/2017


    Sobe - Rápida ação dos vereadores de Feira levando colega para prestar depoimento na delegacia


    Desce - Vereador Ron do Lanche ao denunciar drogas na Câmara, sem provas

     

    Macumba


    A macumba que o vereador Ron do Lanche diz ter sido colocada em sua porta atingiu os nervos do edil, além de ter desmaiado no dia seguinte ao bozó na porta de sua casa, o vereador ontem fez denúncias graves, sem provas, atingindo a imagem da Câmara. Um entendido sugeriu ontem, durante o burburinho: "É bom o vereador tomar um banho de quarana, para espantar o mau olhado, ou ir numa sessão de descarrego em um templo da cidade, vixe!".


    Desafinado


    Definitivamente Igor Kannário não tem jeito. O cantor depois de acusar a polícia em plena festa de Micareta perguntou: "Quem é o prefeito aqui da cidade?" Alguém, lá no fundo do trio, respondeu: "É Zé Ronaldo!". Ele disse: "é esse mesmo. Zé Ronaldo, tome providência com a Polícia, que está espancando o povo". O interessante é que o contrato de Kannário foi assinado por ele mesmo e pelo prefeito, e ele não sabe o nome. Kannário esqueceu de Adelmário Xavier e pensou que o comandante da polícia era o prefeito. Esqueceu também que ele é autoridade apenas em Salvador e achou que podia dar ordem por aqui. O Kannário desafinou literalmente no trato das coisas. Só gaiola.


    "Cultura"


    A lei antibaixaria não funcionou na Micareta. Botaram o Kannário pra tocar às 18h, para ver se o espírito da santa incorporava nele, não adiantou, brigou com a polícia. Robyssão continuou no estilo dele, e mesmo sem luz ele achou que tendo a iluminação do seu trio, seria o suficiente para continuar cantando no que seria o corredor da morte, da avenida sem luz. Já Lá Fúria só cantou putaria e assim é a nossa cultura.

     

    Mulher na Micareta


    Na manhã de terça-feira (23), a vereadora Gerusa Sampaio falou sobre a Micareta de Feira de Santana registrando os pontos positivos da festa, como a atuação da Delegacia de Atendimento à Mulher e do Ministério Público, na pessoa do promotor Audo Rodrigues. "Nós, mulheres, recebemos suporte e um bom atendimento", elogiou. Gerusa destacou a cantora Márcia Porto, que se pronunciou em defesa da mulher incentivando a campanha "Sou Mulher, quero respeito". "Sabemos de todos os percalços e que a festa nem sempre agrada a todos", completou.

     

    Limpeza no Feira X


    O vereador Zé Filé parabenizou o secretário Municipal de Serviços Públicos, Justiniano França, que levou uma equipe para fazer a limpeza na feirinha do bairro Feira X. O discurso do vereador aconteceu na manhã de ontem (23), na Câmara Municipal de Feira de Santana. Mesmo assim, ele disse ficar abismado com os representantes do bairro, que esperam a realização das benfeitorias para tomarem para si a autoria dos feitos. "Quando o menino nasce, aparece gente tirando fotos dizendo que é o pai da criança", afirmou.

     

    Crítica à saúde


    O vereador Lulinha teceu críticas ao Governo do Estado, enfatizando a burocracia para regulação de pacientes de policlínicas e UPAs para o HGCA e outras unidades especializadas. "Várias pessoas estão morrendo sem conseguir a regulação", lamentou. Na oportunidade, Lulinha lembrou que o governador Rui Costa (PT) ainda não cumpriu a promessa de campanha política de que construiria um novo hospital geral em Feira de Santana. Em sua opinião, está havendo "discriminação" do Governo do Estado para com Feira de Santana, uma vez que em outras cidades estão sendo contempladas com implantação de hospitais estaduais, a exemplo de Salvador, Lauro de Freitas e Ilhéus.

     

    Falta de quórun


    A sessão plenária de ontem (23), na Assembleia Legislativa foi encerrada por falta de quórum. De acordo com o presidente da Casa, Angelo Coronel (PSD), havia menos de 21 deputados no plenário, o que impossibilitou o prosseguimento dos trabalhos. A sessão caiu após um pedido de verificação de quórum feito pela bancada de oposição. Para esta terça, estava prevista a votação de dois projetos de lei, enviados à Casa pelo governo estadual.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia