Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 25/05/2017


    Sobe - O segmento industrial de Feira de Santana por ser responsável por 25% do PIB da cidade e gerar mais de 30 mil empregos


    Desce - A violência das manifestações em Brasília por depredar e incendiar parte de alguns ministérios


    Falta de regulação


    O vereador Marcos Lima afirmou que está indignado com os últimos acontecimentos envolvendo as Policlínicas e o Hospital Geral Clériston Andrade. Segundo o edil, durante o período de Micareta, o Clériston não estava aceitando a regulação, pois estavam “reservando” vagas para futuros acontecimentos na festa. “Pessoas certamente morreram nas policlínicas, que não são hospitais para internar ninguém, não se pode trocar uma vida por outra, é uma obrigação do hospital atender emergências”, disse.


    Moção de repúdio


    O líder do governo José Carneiro parabenizou o deputado estadual Ângelo Almeida, que apresentou moção de repúdio ao cantor Igor Kannário na Assembleia Legislativa. “Reconheço o que o cantor fez aqui é digno de repúdio mesmo. Em Feira ele não é autoridade, deveria ser mais educado com a polícia e com quem o contratou, ele não tem amnésia e nem vergonha na cara, pois assinou o contrato com o prefeito”, disparou.


    Poder público errou


    Tratando sobre o mesmo assunto, o vereador Roberto Tourinho disse que Kannário é um artista “desprezível”. “É extremamente desnecessário que uma Câmara como a de Feira de Santana perca tempo falando deste elemento, dublê de artista e marginal. Porque a prefeitura contratou? Este mesmo artista no carnaval deste ano fez a mesma agressão à polícia, em Irará foi da mesma forma. O poder público não deveria ter contratado este artista, o poder público errou, pois ele nem estava na grade”, falou.


    Culpa da bebida


    Edvaldo Lima parabenizou o evento “Vem Louvar”, realizado pela Igreja Católica, em nome do arcebispo Metropolitano Dom Zanoni. “Se esta multidão que foram às ruas da cidade atrás de um trio extravasar as suas ‘alegrias’, estivessem em eventos como este não teria morrido ninguém”, pontuou. Segundo o edil, nestes eventos religiosos não haveria nenhuma ocorrência policial, porque lá havia apenas adoração a Deus e culpou a bebida como um dos motivos que leva a violência durante Micareta.


    Escola modelo


    O vereador Roberto Tourinho (PV) parabenizou a inauguração, na última quinta-feira (18), da escola José Carvalho do SESI. Segundo o edil, a escola será modelo na cidade de Feira de Santana. Ela tem 12 salas de aula e conta com laboratório de robótica, física, química, biologia e informática, além de uma avançada biblioteca. “Sou daqueles que acredita que nós só conseguiremos o desenvolvimento investindo e apostando na educação. Por esse motivo, não podemos deixar de reconhecer e parabenizar a todas essas empresas por ter inaugurado uma das escolas mais modernas que essa cidade vai ter”, analisou.


    PSDB quer Tasso


    Atualmente na presidência nacional do PSDB, Tasso Jereissati (PSDB-CE) tem sido cotado por lideranças do partido não apenas para disputar a eleição indireta, mas também o pleito de 2018. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, em um eventual saída do presidente Michel Temer (PMDB), o senador seria a opção natural da sigla. Isso porque ele é um dos poucos tucanos ilesos com a Operação Lava Jato. Jereissati seria também uma opção viável daqueles que resistem a apoiar uma candidatura do governador Geraldo Alckmin (SP) ou do prefeito João Doria (SP) no próximo ano.


    Oposição quer respostas


    A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) cobrou ao governo estadual que responda questionamentos feitos pelo bloco em relação às finanças do Estado. Segundo Hildécio Meireles (PMDB), a administração segue pagando despesas que não foram contabilizadas em exercícios fiscais anteriores, o que infringe a lei orçamentária. De acordo com os oposicionistas, no ano passado, o governo pagou aproximadamente R$ 1,8 bilhão de Despesas de Exercícios Anteriores (DEA).



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia