Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 17/08/2017


    Sobe - Atleta mirim de Feira por ser campeão baiano de boxe aos 15 anos.


    Desce - A falta de equilíbrio de alguns vereadores que não controlaram os ânimos, na manhã de ontem, durante sessão na Câmara.


    Cobrou atuação


    O vereador Zé Filé fez apelo à Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP) para realização de reposição de lâmpadas queimadas nos bairros Feira X, Viveiros, Jussara, São João do Cazumbá e Parque Tamandari. “Vou manter o meu compromisso de discutir assuntos pertinentes às necessidades dos bairros de Feira de Santana. E, hoje, venho fazer um apelo à Secretaria de Serviços Públicos para realização de troca das lâmpadas queimadas em diversos bairros, em especial no Feira X, que se encontra praticamente às escuras, com a maioria das lâmpadas apagadas”, solicitou.


    Quer blindar o presidente


    Isaías de Diogo, que ocupa a 3º vice-presidente da Câmara, informou que não assinará documentos da Mesa Diretiva enquanto não houver a posse do novo presidente. “Que Tom não tome nenhuma decisão enquanto presidente interino desta Casa. Volto a afirmar que não assinarei nenhum documento”, afirmou. Rebatendo as declarações do vereador Isaias de Diogo, o presidente interino Tom, afirmou que age em consonância com o Regimento Interno, obedecendo aos princípios da ética e com verdadeiro respeito à coisa pública.


    Quadro está indefinido


    Roberto Tourinho voltou a se pronunciar sobre o clima de tensão em torno da eleição da Presidência da Casa da Cidadania. “Não é a primeira vez na Câmara de Feira de Santana que se tem uma disputa para eleição. Isso acontece, principalmente, quando não há um consenso, um entendimento. Existem, claro, as preferências, o que é normal, o que é democrático. Eu só peço que prevaleça, acima de tudo, o bom senso, o bom entendimento. As disputas existem, porém não podemos, de forma alguma, perder o limite da racionalidade, da ética, da conduta”, avaliou. Para Tourinho, nenhum vereador ainda pode se considerar eleito presidente da Câmara. “O quadro é indefinido, não tem nenhuma definição”, disse.


    Agradeceu apoio


    José Carneiro Rocha agradeceu aos colegas vereadores a manifestação de apoio à sua candidatura para presidente do Legislativo feirense. Para ele, a declaração de votos engrandece o projeto de manter a integridade da Casa da Cidadania e o compromisso com o desenvolvimento e o bem estar da população do Município. “Não estamos aqui com a eleição definida para Presidência desta Casa. Mas, essa manifestação de apoio dos nobres colegas ao meu nome só nos dá força e coragem para seguir em frente e manter sempre elevado o nome da Câmara de Feira de Santana”, disse.


    Pediu perdão


    O vereador João Bililiu ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana e pediu perdão e compreensão à sociedade e a imprensa que cobre as atividades legislativas, pelo clima tenso em torno da disputa para a Presidência da Casa. Para o edil, “as batalhas” ocorridas, esta semana, no Legislativo feirense, deveriam ser voltadas em prol da cidade, que, segundo ele, está precisando dos vereadores para a promoção de avanços sociais.


    Distritão


    Edvaldo Lima repercutiu uma matéria jornalística intitulada “Distritão, a maldição que une o PT e o DEM”. “A maldição que une dois grandes partidos neste país. Agora, une em torno de quê? Se juntaram para fazer o ‘Distritão’, que não vai trazer nenhum tipo de benefício para os parlamentares, para a política brasileira”, criticou o edil, informando que esse modelo de votação eleitoral só existe em quatro países com população pequena. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia