Corrida Kids
Facebook
Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 19/08/2017


    Sobe - Bahia por reduzir o número de desempregado no último trimestre.


    Desce - A intolerância e agressividade do estado islâmico que ceifa vidas inocentes.


    Caso Valério


    Condenado a mais de 37 anos de prisão pelo escândalo do mensalão – e réu no processo do mensalão tucano -, o publicitário Marcos Valério presta depoimento na manhã da sexta-feira (18), à Polícia Federal, após um acordo de colaboração premiada firmado com a PF em julho. A delação premiada, todavia, não foi homologada pela Justiça. A PF não confirmou a razão para a oitiva, segundo a Folha. Na colaboração, Valério narraria detalhes sobre o episódio que ficou conhecido como mensalão durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e também sobre caixa dois para campanhas presidenciais. Preso em Sete Lagoas (MG), Valério é esperado na sede da polícia em Belo Horizonte.


    Transformou em partido político


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar a força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba (PR), na sexta-feira (18), por “essa sacanagem toda” contra ele. “Eu tô compreendendo hoje mais tranquilo, que aquela força-tarefa da Lava Jato, em Curitiba, está se transformando em partido político. São obrigados a alimentar a imprensa todo dia, porque a denúncia já faz parte da grade das emissoras. Hoje a Lava-Jato para a Globo é tão importante quanto a novela”, afirmou, em entrevista ao radialista Mário Kértesz, na Rádio Metrópole.


    Direito de resposta


    O juiz Paulo Henrique Garcia, da 1ª Vara Cível do Foro Regional de Pinheiros, em São Paulo, determinou que a revista Veja publique direito de resposta da jornalista Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB). De acordo com os autos, a revista publicou uma reportagem em abril, em que é dito que uma propina para Aécio foi depositada por meio de uma conta em Nova York, que seria operada por sua irmã. A declaração seria do executivo Benedito Junior, um dos delatores da Odebrecht na operação Lava Jato. Andrea nega a existência das acusações nos depoimentos de Benedito Junior.


    Alvo de mandado de prisão


    O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (PT) foi o alvo de um dos mandados de prisão nas fases 43ª e 44ª da Operação Lava Jato, deflagradas na manhã da sexta-feira (18). A informação é da Folha de S.Paulo. O ex-parlamentar é apontado como padrinho de um grupo criminoso que obtinha contratos com a Petrobras e uma empresa estrangeira. Os recursos indevidos eram direcionados a pagamentos de propina a executivos da estatal e agentes públicos e políticos.


    Não fez falta


    A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) afirmou ontem, sexta-feira (18), que a suspensão da concessão do título de doutor honoris causa para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou o ato político realizado próximo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cruz das Almas, “mais bonito”. “Ficou mais expressivo por causa da vibração popular muito intensa”, disse, em entrevista ao site Bahia Notícias.


    Avaliação positiva


    O secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner, avaliou de forma positiva os primeiros dias da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva (PT) pelo Nordeste, que começou na quinta-feira (17), em Salvador e agora chegou a Cruz das Almas, no Recôncavo. “Aqui, como era de se esperar, teve muito carinho, muita emoção, muita gratidão. O prefeito, a família do prefeito, todo povo na rua, aqui na Universidade Federal do Recôncavo [Baiano], que é uma criação do governo dele. E começar na Bahia é sempre começar bem”, apontou. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia