Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 30/08/2017


    Sobe - Campanha Liquida Feira por aquecer as vendas no comércio da cidade.


    Desce - As contas do governo federal que com déficit de R$ 20 bilhões teve pior julho nos últimos 21 anos.


    Têm que respeitar autoridades


    O vereador João Bililiu em resposta às explicações de Lulinha, reiterou que não foi bem tratado na Superintendência Municipal de Trânsito. “Eu tenho plena convicção de que é obrigação de qualquer assessor, de qualquer chefe de Gabinete, reconhecer uma autoridade do âmbito municipal na cidade. Eles não estão lá para brincar e passear ou olhar só mulheres bonitas e homens bem trajados não. Estão lá para trabalhar e respeitar as autoridades que chegam. Eu fui tratado de uma forma que não foi condigna de um vereador”, reclamou.


    Combate à violência


    Cadmiel Pereira tratou sobre o crescimento do índice de violência na Bahia e pediu mais ação do secretário Estadual de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa. “O secretário Estadual de Segurança Pública do Estado da Bahia, sem qualquer ordem judicial, mandou grampear o telefone de um desembargador. De onde veio esta ordem? Quem mandou grampear este telefone? A que situação chegamos. Lembro que há tempos o comandante geral do Estado da Bahia foi assaltado quando fazia caminhada. Se ele foi assaltado, imagine nós”, relatou e abordou a falta de segurança também em Feira de Santana.


    Atendimento prioritário


    A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) é autora do Projeto de Lei nº 115/2017, que dispõe sobre a prioridade das mulheres vítimas de violência no atendimento psicoterápico, realização de cirurgia plástica reparadora, consultas e exames médicos na rede pública de saúde no âmbito de Feira de Santana. A proposta foi aprovada por unanimidade e em segunda discussão, na sessão ordinária de ontem (29), na Câmara Municipal.


    Cobrou atenção do governo


    Marcos Lima voltou a tecer críticas a obra de construção do viaduto que liga a Avenida Nóide Cerqueira à BR-324, executada pelo Governo do Estado. Segundo ele, após resolução dos problemas referentes à pista de aceleração do equipamento, a população agora enfrenta outro transtorno com o fechamento do retorno nas proximidades do Parque de Exposições João Martins da Silva. Para Marcos Lima, existe falta de respeito e compromisso do Governo do Estado com as obras executadas em Feira de Santana.


    Comemorou pavimentação


    O vereador Edvaldo Lima, no uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão de ontem (29), agradeceu ao Governo Municipal pela pavimentação de ruas no bairro Tomba, em especial da rua Açucena, iniciada na manhã de hoje. O vereador lembrou que em 07 de outubro de 2014, protocolou indicação ao Executivo solicitando a pavimentação asfáltica da referida via e de diversas outras ruas do bairro e vizinhos, como Panorama, Parque Tamandari e Francisco Pinto.


    Cobrou execução de obras


    João Bililiu ainda reivindicou a instalação de redutores de velocidade em vias do bairro Campo Limpo, Conjunto Paulo Souto e Residencial Ponto Verde, localizado na Estrada do Alecrim. O edil também cobrou do Governo Municipal a implantação de boca de lobo, no bairro Campo Limpo. As solicitações, segundo Bililiu foram realizadas através de indicação ao Executivo há mais de três meses. “O povo cobra e nós levamos as reivindicações às secretarias responsáveis. Mas, até o momento nada foi feito. E, enquanto me cobrarem, eu continuarei cobrando atitudes em prol do bem estar da nossa população.”



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia