PMFS Natal 2
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 30/09/2017


    Sobe - As olimpiadas estudantis em Feira de Santana por despertar novos talentos nas escolas do município.

     

    Desce - Taxa extra na conta de luz que deve atingir neste mês valor mais alto já registrado.

     

    FNDE promove parcerias

     

    A fim de melhorar os níveis educacionais no interior da Bahia, o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, afirma que a estratégia da entidade é se aproximar dos municípios baianos. Em entrevista ao Bahia Notícias, ele afirma que, no geral, essas cidades estavam muito mal assistidas antes das parcerias com o FNDE. "Semana passada, há pouco mais de 10 dias, nós liberamos a construção de três creches em Feira de Santana, que importam investimento de aproximadamente R$ 7 milhões. Em abril, nós fizemos um evento em Vitória da Conquista, somando as aquisições de ônibus, a liberação de creches e escolas pra algo em torno de R$ 100 milhões", exemplifica o presidente do fundo.

     

    Leilão dos bens de Cabral

     

    O advogado do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), Rodrigo Roca, obteve na noite desta quinta-feira (28), a suspensão do leilão de bens de Cabral que estava previsto para acontecer na próxima terça-feira (3). A decisão foi proferida no Tribunal Regional Federal da Segunda Região (TRF-2). Na lista de bens que iriam a leilão estão uma casa no Condomínio Porto Belo, em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, uma lancha, três veículos, uma moto aquática e um jetboat. Roca argumentou que o leiloeiro designado para o pregão, Renato Guedes, estaria impedido de atuar no Estado do Rio de Janeiro por não ter registro na Junta Comercial e nem contar com experiência profissional de pelo menos três anos, como determina resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

     

    PP à margem

     

    Partido comandado na Bahia pelo vice-governador João Leão, o PP está ensaiando uma rebelião contra o governador Rui Costa. De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, os deputados estaduais da sigla têm demonstrado "grande insatisfação" com o tratamento dispensado a eles pela administração petista. E as retaliações provenientes deste motim já começaram. Na sessão da última terça-feira (26), na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), a bancada da sigla, composta por cinco parlamentares, se negou a votar um projeto de lei do Executivo e não compareceu à sessão, contribuindo para que ela fosse derrubada por falta de quórum.

     

    Reajuste de servidores

     

    O líder do governo, deputado estadual Zé Neto (PT), deu uma notícia que pode criar esperanças para os servidores estaduais. Sem aumento salarial há dois anos, os funcionários podem receber reajuste no fim deste ano. Em entrevista ao Bahia Notícias, o petista ponderou que ainda não é possível cravar o aumento por conta da delicada situação econômica do estado, mas disse que o caminho para isso está sendo seguido. "Isso depende de muito malabarismo, muito esforço administrativo. Tem um caminho já seguido? Tem. Ter saído do limite prudencial foi um deles. Mas, vamos aguardar as perspectivas do mercado, da economia para o ano que vem, contudo estou muito otimista que, ao fim do ano, a gente possa ter o que anunciar com relação aos servidores", declarou o parlamentar.

     

    Tudo especulação

     

    Presidente estadual do PMDB, deputado estadual Pedro Tavares, afirma que as informações que posicionam na legenda o ministro chefe da Presidência da República, Antônio Imbassahy (PSDB), não passam de especulação da imprensa. Segundo o deputado, o tucano representa um grande quadro, mas garante que não houve nenhum diálogo político neste sentido. "O ministro Imbassahy é um grande quadro, um quadro qualificado, mas eu nunca tive uma conversa política em relação ao ministro Imbassahy. Tudo é especulação", disse.


    Desejo de concorrer

     

    Deputado federal Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) reafirmou, na manhã de ontem (29), seu desejo em sair candidato ao Senado em 2018, na chapa do prefeito ACM Neto (DEM), que deve disputar o governo do estado. Outro que se articula para concorrer ao Senado é o prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (DEM), mas o tucano acredita que não terá problemas em garantir seu espaço. "Acredito que se o PSDB me indicar, meu nome será logo aceito", disse, em entrevista ao apresentador José Eduardo, na rádio Metrópole.

     

    Envolveu PT

     

    Carta do ex-ministro Antonio Palocci a Gleisi Hoffmann traz os detalhes de uma longa relação entre ele e membros da cúpula petista. Palocci sugere que o partido colabore com a Lava Jato, por meio de um processo de leniência, que equivale a um acordo de delação. Acusado de movimentar propina da Odebrecht, o petista diz que agiu a mando de Lula. E avalia que o PT errou ao eleger duas vezes a ex-presidente Dilma Rousseff, que cometeu erros na área econômica e social. Também envolve vários membros do partido em esquemas de propina. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia