Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 04/10/2017


    Sobe - Feira de Santana por reduzir número de homicídios no mês de setembro.


    Desce - Telefonia móvel por bater recorde de reclamações no Procon de Feira de Santana.


    Cobrou emenda


    Segundo o vereador Isaías de Diogo, a obra da construção do novo CMDI, que foi anunciada pelo prefeito na tarde de ontem, em Feira, é fruto de uma emenda do deputado federal Irmão Lázaro, ele ainda cobrou de Lulinha recursos por parte do deputado Zé Nunes. “Quero fazer um questionamento ao líder do Governo, vereador Lulinha: Vossa Excelência fala tanto que o deputado Zé Nunes manda recursos para Feira de Santana, mas não vemos ele destinando emendas para o Hospital Geral Clériston Andrade. Até onde eu sei ele é mais para o lado do Governo do Estado e Vossa Excelência poderia cobrar dele mais investimentos na saúde e menos em campos de futebol. Saúde deve ser prioridade. Quanto de emenda Zé Nunes destinou para a saúde de Feira?”, questionou.


    Em prol das pessoas com deficiência


    Gerusa Sampaio informou que protocolou duas importantes indicações ao Poder Executivo visando assegurar a garantia de direitos às pessoas portadoras de deficiência. “Dei entrada na Indicação de nº 1585/2017 para que seja analisada a possibilidade de contratação de intérprete de libras para atuar no Conselho Municipal do Deficiente a fim de entender as demandas dos deficientes auditivos que buscam atendimento na unidade. Se existe esse profissional na Secretaria Municipal de Saúde, porque não disponibilizar para atuar no Conselho?”, disse. A segunda indicação visa assegurar espaço para exposição e comercialização de produtos confeccionados por artesãos e profissionais diversos que possuam algum tipo de deficiência. “Fiz indicação solicitando que o prefeito José Ronaldo e o secretário municipal de Desenvolvimento”.


    Dificuldades em agendar exames


    O vereador Zé Filé denunciou que pacientes do SUS têm enfrentado dificuldades para conseguir o agendamento de exames, como Raio X e ultrassonografia, nas unidades de saúde do Município. O edil voltou a criticar a transferência dos Postos de Saúde da Família do Conjunto Feira X para o Parque Tamandari. “O povo não está conseguido marcar seus exames. Uma paciente, que reside no Feira X, está há dias tentando marcar um Raio X e não consegue. Convido o presidente da Comissão de Saúde desta Casa a averiguar essa situação. Além dos transtornos com agendamento, o povo ainda enfrenta sérios problemas para conseguir atendimento tendo que se deslocar por quilômetros, sem condições de pagar o transporte, para ser atendido pelo médico”, disse.


    Ponte milionária


    Ainda no uso da tribuna, Zé Filé cobrou mais atenção do Governo Municipal com o distrito de Jaguara. Segundo ele, além dos transtornos enfrentados pelos trabalhadores em virtude da seca na zona rural, a população do distrito sofre com a falta de investimentos em saúde, educação e infraestrutura. Ele parabenizou a comunidade pela realização da Festa do Vaqueiro realizada no último final de semana. “O Governo disse que R$ 9 milhões é muito dinheiro para a construção do viaduto do Viveiros, mas afirmou que vai gastar R$ 10 milhões para recuperar uma ponte em Jaguara. Mas, a estrada que dá acesso ao distrito está com seus 13 km sem pavimentação. A população não tem assistência na saúde. Isso é um descaso”, criticou.


    Ponte milionária II


    Lulinha (DEM), negou que o Governo Municipal esteja investindo recursos da ordem de R$ 10 milhões para recuperação de uma ponte no distrito de Jaguara, como afirmou o colega Zé Filé (PROS). “Essa informação do colega Zé Filé não procede. O prefeito apenas informou que gastaria em torno de R$ 10 milhões para reformar a ponte. Não há autorização e nem licitação para a obra, como o vereador afirma. O Município não dispõe desse recurso para realização da recuperação da ponte e nem da pavimentação da estrada do distrito, o que custaria em torno de R$ 20 milhões para a Prefeitura realizar as intervenções”, esclareceu.


    Problemáticas do Centro de Abastecimento


    Os transtornos enfrentados por comerciantes e consumidores do Centro de Abastecimento de Feira de Santana serão abordados pelo vereador Roberto Tourinho no programa Diário da Feira, da Rádio Povo AM, nesta quinta-feira (05), quando o edil estreia sua participação ao lado do radialista Juarez Fernandes. “Fui convidado para participar todas as quintas-feiras do programa de Juarez Fernandes na Rádio Povo de Feira de Santana. Iniciarei falando do Centro de Abastecimento que não vem recebendo atenção devida do Governo Municipal. Essa semana, mataram mais uma pessoa dentro do entreposto. O Centro virou palco de seresta. Precisamos discutir a atual situação daquele local, que é de tamanha importância para a economia do nosso município”, afirmou. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia