PMFS Natal 2
Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 05/10/2017


    Sobe - José Carneiro Rocha pela indicação e o prefeito José Ronaldo por incluir temporizadores no novo plano de modernização de semáforos de Feira.


    Desce - Proposta do Governo Federal que pretende cortar verbas do SUAS em Feira de Santana o que pode ocasionar perda de R$ 4 milhões por ano.


    Congresso do PSB


    O deputado estadual Angelo Almeida (PSB) foi confirmado como delegado no XIV Congresso Nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) que será realizado, em Brasília, de 1º a 3 de março de 2018. O parlamentar é presidente do partido em Feira de Santana e membro da Executiva Estadual da legenda que é comandada, na Bahia, pela senadora Lídice da Mata. O Congresso elegerá os novos membros do Diretório Nacional do partido.


    Negou assédio


    Isaias de Diogo negou a acusação de assédio sexual feita pela diretora da APLB, Marlede Oliveira. Segundo o edil, ao tentar cumprimentar a sindicalista nas galerias da Casa com um cordial abraço, na sessão de segunda-feira (02), foi acusado de estar praticando ato desrespeitoso contra a moral da professora. “Nunca cometeria um ato bárbaro desse. As câmeras instaladas neste plenário podem confirmar que apenas dei um abraço na professora Marlede, que tem idade para ser minha avó. Não cometeria nenhum dano e nem desrespeito a um idoso e nem a qualquer outro tipo de indivíduo”, declarou.


    Nova denúncia


    Ewerton Carneiro, apresentou mais uma grave denúncia de cobrança indevida de taxa para realização de serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/BA) em Feira de Santana. O edil informou que irá dar entrada em mais uma ação pública contra o órgão. Tom alega ter sido procurado por proprietários de autoescolas da cidade para informar que os candidatos à primeira habilitação estão sendo obrigados a pagar uma taxa no valor de R$ 11,92 para digitalização de documentos nas clínicas médicas de trânsito. “O Detran perdeu a noção do tempo. O cidadão que está tirando sua habilitação, além de todos os custos que já tem, ao chegar na clínica precisa pagar mais uma taxa no valor de R$ 11,92 para uma empresa digitalizar seus documentos pessoais. Isso é caso de cadeia”, denunciou.


    Violência no Centro


    Marcos Lima pontuou os índices crescentes de violência no Centro de Abastecimento de Feira de Santana, e sugeriu a construção de uma base permanente para prepostos da Guarda Municipal reforçarem a segurança no local, uma vez que o posto disponibilizado pela Prefeitura para uso da Polícia Militar encontra-se desativado. “A violência no Centro de Abastecimento é diária e constante. São assassinatos, assaltos, brigas, dentre outros. Precisamos de uma posição da Polícia Militar, já que lá existe um módulo policial que está sem uso. Precisamos que o Governo Municipal, através do secretário de Prevenção à Violência, Pablo Roberto, providencie a construção de uma base fixa para a Guarda Municipal atuar no entreposto”, reivindicou.


    Cobrou respostas


    Neinha Bastos cobrou esclarecimentos da comissão formada pelos vereadores Cadmiel Pereira (PSC), Marcos Lima (PRP) e Alberto Nery (PT) designada pelo presidente do Legislativo feirense, José Carneiro (PSDB), para visitarem as instalações do Hospital Geral Clériston Andrade e averiguarem a denúncia de fechamento do setor de obstetrícia da unidade. “A comissão esteve no Hospital Clériston Andrade para verificar a denúncia de fechamento da maternidade, do berçário e da UTI neonatal. Gostaria que fosse relatado o que foi constatado. A sociedade precisa saber a realidade. Precisamos dar satisfação ao povo sobre o fluxo de atendimento, fechamento da UTI e do centro de obstetrícia daquela unidade”, cobrou.


    Resposta à moção


    Edvaldo Lima fez a leitura de uma carta encaminhada pelo Santander Cultural em resposta à Moção de Repúdio nº 957/2017, de sua autoria, aprovada pela Casa, contra o Banco Santander e o Governo Federal, que através do Ministério da Cultura financiou a exposição “Queermuseu_Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”, que deveria ficar em cartaz de 15 de agosto a 08 de outubro, sediada no Santander Cultural, no Centro de Porto Alegre (RS). “Subo a esta tribuna com muita alegria por esta Casa ter aprovado a Moção de Repúdio contra o desrespeito praticado por essa instituição expondo todo tipo de violência contra as crianças, contra as famílias e contra as religiões. O Banco Santander recebeu a Moção e nos remeteu carta com esclarecimentos e alegações de que prestam serviços culturais e artísticos para a sociedade brasileira”, informou. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia