Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 18/12/2017


    Sobe - Banco de Leite do Hospital da Mulher por ser referência em Aleitamento Materno no Brasil atestada pelo Ministério da Saúde.

     

    Desce - Donos de animais domésticos que ignoram calendário de vacinação antirrábica.

     

    Apoio

     

    O líder político Zé Batista, que sempre esteve ligado à família Magalhães começando por ACM, Luis Eduardo Magalhães e, agora, depois de ficar de bem, ACM Neto, se empenha atualmente pela eleição do seu amigo Zé Chico a deputado federal. O empenho não está vindo só pelo pedido de votos e apoios, já inovou agora, com os joelhos em oração. Agora vai!

     

    Candidatura

     

    Quem pensa que a possibilidade da candidatura a deputada estadual da vereadora Gerusa foi apenas um “balão de ensaio”, se enganou. Ela está se articulando para participar da eleição em um partido que, coligado com outros menores, lhe possibilite uma eleição mais tranquila. PSDB, DEM e PMDB, nem pensar!

     

    Herança

     

    Com a desistência do deputado federal Fernando Torres de disputar a eleição no próximo ano, especulou-se em Feira que ele estaria propenso em dividir os seus votos com duas candidaturas. O seu compadre e aliado David Neto e a ex-deputada Eliana Boaventura. Os dois candidatos a estadual. De Torres ainda não se ouviu tal afirmativa. Certeza mesmo é Fernando Torres apoiar para deputado federal Otto Filho.

     

    Rui nega conflito

     

    Após o vice-governador, João Leão, negar tensão entre o governador Rui Costa e o PP, o petista também negou que haja estremecimento com o partido - nos bastidores, há rumores de que o deputado Cacá Leão estaria convencendo o pai a deixar a base do governador e migrar para o lado do prefeito ACM Neto. “Triste do time que não tem craque no banco querendo entrar para ser titular. Tem time que está assim, está caçando candidato porque não tem ninguém para jogar. Querendo contratar jogador do time adversário, porque não tem não jogador bom suficiente para ganhar a partida”, alfinetou, em menção ao grupo adversário, atribuindo os boatos a “fofoca”.

     

    Sem investimentos

     

    Ano novo, investimentos zero. O governo federal não prevê a realização de novos investimentos em 2018, apena a conclusão de obras que estão em andamento. A afirmação é do ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, que concedeu entrevista na sexta-feira (15), à rádio CBN. “Não se prevê evidentemente nenhuma nova obra, nenhuma nova iniciativa, mas procuraremos preservar recursos necessários para a continuidade e conclusão das obra que estão em andamento, dentro desse cenário de aperto orçamentário. Teremos que priorizar áreas de governo que têm impacto mais forte, mais presente, na vida das pessoas”, disse. Segundo Dyogo, os programas sociais, de atenção e assistência social serão priorizados dentro desse cenário.

     

    Lula na dianteira

     

    Mais uma pesquisa de intenções de voto foi divulgada e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua preferido dos eleitores. Levantamento do DataPoder360, lançado na sexta-feira (15), mostra que o petista seria vencedor no 1º e no 2º turnos. Em uma disputa no segundo turno com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), o tucano perderia com 28%, ante 41% de Lula. Já Bolsonaro (PSC), em um mesmo contexto de disputa com Lula, perderia com 30% das intenções de voto, contra 41% do ex-presidente petista. O levantamento também considerou cenários de primeiro turno. Lula mantém liderança com 30% dos votos, seguido por Bolsonaro (22%), Marina Silva (Rede, 10%), Alckmin (8%) e Ciro (PDT, 6%).

     

    Fica na Bahia

     

    A cidade de Novo Triunfo, no nordeste baiano, tem o menor Produto Interno Bruto (PIB) por pessoa do Brasil. A informação foi divulgada na quinta-feira (14), pelo IBGE. O PIB representa a soma de todos os bens e serviços produzidos durante um período. Segundo a pesquisa Produto Interno Bruto dos Municípios 2015, Novo Triunfo gerou apenas R$ 3.369,79 de riqueza por habitante. Para se ter ideia da renda irrisória registrada na cidade baiana, o PIB médio naquele ano foi de R$ 29,3 mil. Conforme o instituto, “Observa-se que nesse município a Administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social participava com 65,7% do valor adicionado bruto total”, destaca a pesquisa.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia