Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 17/01/2018


    Sobe - Secretaria de Saúde de Feira por ter reduzido em 95% os casos de Chikungunya na cidade


    Desce - Latam e Azul por serem as companhias aéreas com mais queixas de passageiros em 2017

     

    A pinguela caiu


    No último final de semana em Jacarta, na Indonésia, uma pinguela construída entre um prédio e outro da Bolsa de Valores, caiu ferindo 76 pessoas que passavam por ela. Não se registrou mortes, pois era no primeiro andar. E olha que lá, as obras foram autorizadas e vistoriadas pelos departamentos competentes do poder público. Imagina se não tivesse todo um cuidado na fiscalização. Poderia morrer gente. É bom lembrar que como qualquer edificação, pinguela também pode cair.


    E agora?


    No final da semana passada, a juíza da Justiça Federal, Luciana Corrêa Tôrres de Oliveira, penhorou o apartamento do Guarujá, que o juiz Sergio Moro, colega da citada, entendendo que havia fortes indícios de que pertencesse a Lula, o condenou a nove anos de prisão. No entendimento simples, a penhora só recai sobre patrimônio do devedor. Só uma pergunta? Dois juízes da mesma instância têm posições diferentes, por indícios um condena, pela documentação o outro praticamente absolve, já que o prédio tem dono: a OAS. E ai? Lula vira mártir.


    Placa roubada


    Alvo de diversas polêmicas, o viaduto "Dona Marisa Letícia", que homenageia a ex-primeira-dama, que foi esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, teve a placa roubada em menos de uma semana de sua inauguração. A entrega da via ocorreu no último dia 4, sem a presença do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), que argumentou que era "injusta a homenagem a alguém envolvido no maior escândalo de corrupção já registrado no país e que nunca morou na cidade, nem jamais lhe trouxe qualquer benefício". O projeto que batizou o viaduto com o nome de Marisa, que morreu no dia 3 de fevereiro de 2017 após um acidente vascular cerebral (AVC), foi sancionado pelo prefeito em exercício, Milton Leite (DEM).


    Pente fino


    O governo federal pretende fazer 1,2 milhão de perícias em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O prazo para cumprir esta meta é o final de 2018, de acordo com o ministro interino do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame. A verificação no pagamento dos auxílios-doença e das aposentadorias por invalidez foi anunciada em 2016. Até dezembro do ano passado, 249,8 mil benefícios foram vistoriados, resultando no cancelamento de 226,2 mil auxílios-doença. A economia gerada foi de R$ 5,7 bilhões. Ao G1, Beltrame disse que para atingir a meta deste ano, parte dos 3.864 peritos do INSS terá de aderir a uma nova forma de trabalho, levando em conta a produtividade: deverão fazer quatro perícias diárias e se colocar à disposição de mutirões para quando o ministério julgar necessário.


    Evitando o MDB


    Após ter o nome dos irmãos Lúcio e Geddel Vieira Lima envolvidos em escândalos de corrupção, o PMDB da Bahia, que até muito recentemente tinha a dupla como maiores lideranças, pode viver um processo de esvaziamento. De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, temerosos com suas situações político-eleitorais em 2018, pelo fato de estarem em um partido cuja imagem está bastante atrelada aos dois, deputados estaduais estão avaliando deixar a legenda em troca da renovação dos mandatos. E, segundo o apurado pela reportagem, nem mesmo o prefeito ACM Neto (DEM) quer o PMDB, até após a sigla ter trocado de nome para MDB, em seu palanque nas eleições para o governo do Estado.


    Números estão vindo


    Sem revelar os votos que o governo teria hoje pela aprovação da reforma da Previdência, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou na segunda-feira (15) que acredita que a situação está "mais favorável" agora do que no fim de dezembro antes do recesso, mesmo que haja a preocupação eleitoral dos parlamentares. "Os votos estão vindo sim, o que nós não estamos neste momento é contando. Quero contar isso no final de janeiro", disse.  



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia