PMFS Arraia
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 03/02/2018


    Sobe - A Seprev por promover mutirão que ajudou pessoas de baixa renda a solucionarem demandas jurídicas.


    Desce - O comportamento de algumas pessoas que vão aos estádios de futebol apenas para brigar.


    Sem certeza de votos


    O presidente Michel Temer cogita a possibilidade de colocar a reforma da Previdência em votação no próximo dia 19, mesmo sem a certeza de alcançar os votos mínimos para aprovação da matéria. “Nós temos duas, três semanas para fazer a avaliação se temos votos ou não e depois decidimos se vamos votar de qualquer maneira ou não”, disse, em entrevista ao Estado de S. Paulo na sexta-feira (2). Essa avaliação será feita por ele e pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Temer viajou na sexta para Cabrobró (PE), onde inaugurará parte da transposição do Rio São Francisco. Antes de embarcar, no entanto, o presidente também concedeu entrevista para a rádio Jornal, onde disse que os próximos governos não vão aguentar, caso não haja a reforma.


    Neto critica governo


    O prefeito ACM Neto fez sua primeira crítica ao governo do estado após 40 minutos de discurso na abertura do ano legislativo na Câmara Municipal de Salvador. Quando falava sobre ações na área de saúde, o demista comparou sua gestão ao trabalho realizado pelo governador Rui Costa, que segundo ele, fechou quatro Unidades de Pronto Atendimento. “Não é possível que a cidade, que de um lado viu a prefeitura quase triplicar o atendimento de urgência e emergência das UPAs, e do outro lado a fotografia de quatro unidades fechadas pela gestão estadual. Está na hora de o governo rever sua posição”, alfinetou Neto.


    Auxílio de Moro


    O juiz Sérgio Moro recebe auxílio-moradia mesmo possuindo uma residência em Curitiba, mesma cidade onde fica o seu local de trabalho, a sede da Justiça Federal de 1º Grau do Paraná. Segundo informações divulgadas pela Folha de S.Paulo na sexta-feira (2), o benefício recebido por Moro é de R$ 4.378. A distância entre a casa do juiz e a sede da Justiça Federal, onde ele trabalha desde 2003, é de três quilômetros. Em 2002, Moro comprou um imóvel de 256 m² em um bairro de classe média da capital paranaense. Para receber o auxílio-moradia, o juiz federal se aproveita de uma liminar de setembro de 2014 concedida pelo ministro Luiz Fux, ndo Supremo Tribunal Federal (STF), que permite que todos os magistrados do país recebam o auxílio.


    Deputados pressionam Jefferson


    Deputados do PTB resolveram pressionar o presidente do partido, Roberto Jefferson, para que ele retire a indicação da filha, a deputada Cristiane Brasil (RJ), para o Ministério do Trabalho. A sigla insiste na nomeação que foi barrada, inclusive, pelo Supremo Tribunal Federal (STF). “Pedro Fernandes foi rejeitado por Sarney e o PTB não moveu um dedo. Agora toda essa ‘fiasqueira’... Desculpa, Roberto, a corda está esticando para todos nós”, escreveu o deputado Sérgio Moraes (RS) em um grupo de WhatsApp da sigla. Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, a bancada já levou o pedido de substituição para o Palácio do Planalto, ressaltando que o ministro interino Helton Yomura está vetado.


    Comendadores


    O governador Rui Costa, a primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto, e o cantor Bell Marques receberam na noite da quinta-feira (1º), a condecoração da Ordem do Mérito da Liga Bahiana Contra o Câncer. A comenda é entregue como forma de reconhecimento da entidade àqueles que contribuem com o trabalho da Liga, especialmente com o Hospital Aristides Maltez, e que atuam na luta contra o câncer no Brasil. A cerimônia de entrega da condecoração aconteceu no auditório do HAM. Rui recebeu a comenda de grau Grã-Cruz, enquanto a primeira-dama ganhou o título de comendadora da Ordem e Bell ganhou a comenda de Cavaleiro.


    Ficou devendo emendas


    O governador Rui Costa pediu na quarta-feira (1º), ao entregarambulâncias e assinar convênios para obras em municípios, que os deputados estaduais façam logo o empenho das emendas impositivas para este ano. Porém, de acordo com levantamento realizado pelo Bahia Notícias, em 2017, Rui pagou apenas 17,1% dos recursos empenhados pelos parlamentares. No ano passado, os deputados pediram a liberação de R$ 87,9 milhões em emendas. Entretanto, ao fim do ano, apenas R$ 15,4 milhões tinham sido desembolsados pelo governo. No saldo a liquidar, Rui ficou devendo aos políticos R$ 74,3 milhões. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia