Blog Ponto e Vírgula - 08/02/2018
PMFS Tapa Buracos
Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 08/02/2018


    Sobe - O Governo do Estado, que confirmou mais de R$ 1 milhão em investimentos na área de saúde para o Carnaval.


    Desce - Câmara dos Deputados, que não conseguiu quórum nas duas primeiras sessões do ano para votar projetos de interesse público.


    Colbert vai à Boston


    Foi aprovado, mediante sessão extraordinária e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Decreto Legislativo de nº 01/2018, de autoria da Mesa Diretiva, que concede licença ao vice-prefeito municipal de Feira de Santana, Colbert Martins da Silva Filho, para viagem ao exterior. De acordo com o Decreto Legislativo, fica concedida, na forma da Lei Orgânica do Município, licença ao Excelentíssimo Senhor vice-prefeito municipal Colbert Martins da Silva Filho, no período de 07 a 18 fevereiro, para viagem ao exterior, à cidade de Boston, Estado de Maassachusetts - Estados Unidos na forma especificada no ofício nº 30/2018, datado de 07 de fevereiro de 2018.


    Não vai pedir desculpas


    Alberto Nery (PT) lamentou a declaração da presidente da Associação dos Agentes de Endemias, Isabel Cristina Fernandes, ao Jornal Folha do Estado, afirmando que o edil mentiu ao dizer que houve reunião entre os vereadores para decidir sobre o adiamento da votação do Projeto de Lei 02/2018 e afirmou que não vai pedir desculpas. “Afirmei ontem que a votação foi adiada após decisão dos vereadores em reunião interna. Lamentável a presidente do Sindicato da categoria afirmar que eu estava mentindo. Reitero a minha afirmação de que o grupo de vereadores apresentou as razões que justificavam o adiantamento da votação”, declarou.

     

    Reunião com comerciantes


    Luiz da Feira (PPL) informou que esteve reunido, na noite de terça-feira (06), com representantes da Associação dos Vendedores Ambulantes de Feira de Santana e do Banco do Nordeste para discutir a reformulação do estatuto dos ambulantes e a concessão de crédito. “Tratamos da troca do telhado do Feiraguai, que tem agradado aos comerciantes que atuam no local, e vamos conversar com o secretário Antônio Carlos Borges Junior sobre o início da segunda etapa desta obra”, pontuou. O edil afirmou que realizou visita à obra de construção do Shopping Popular e voltou a afirmar que irá discutir com o governo municipal sobre os valores que serão cobrados aos comerciantes para exploração do espaço e a necessidade de viabilização de carência para pagamento dos valores.


    Convocação


    João Bililiu (PPS) convocou às lactantes de Feira de Santana e região a fazerem doação de leite materno ao Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher. De acordo com o edil, a unidade encontra-se com baixo estoque para atender a grande demanda de recém nascidos que necessitam ser alimentados. “Doar leite é salvar vidas, é um ato de solidariedade. A diretora do Hospital da Mulher, Gilbert Lucas, está fazendo um apelo para que as mães lactantes possam doar o leite materno. Peço que essas mães entrem em contato com a unidade e façam esse ato de solidariedade”, concluiu.


    Críticas ao governo


    Zé Filé (PROS) teceu críticas ao trânsito e à limpeza de Feira de Santana. “Na manhã de hoje, vejo os colegas se preocupando com São Gonçalo como se Feira estivesse um ‘mar de rosas’. Ontem, às 17 horas, fiquei aqui no centro da cidade observando o trânsito e percebi o engarrafamento que se forma na Avenida Senhor dos Passos e adjacências. E ainda temos que ouvir o superintendente de Trânsito dizer que o trânsito está melhor, que agora é trânsito livre. Está é piorando”, disse Zé Filé.


    Cobrou investimentos


    Neinha Bastos (PTB) voltou a criticar a saúde de Feira de Santana e cobra do Governo do Estado mais investimentos. “O descaso do Governo do Estado em relação à saúde de Feira de Santana parece que está cada dia pior. Ontem presenciei o terror que vivem as policlínicas. Precisamos estar blindados por Deus para não dependermos desta Central de Regulação que não manda em nada. É preciso entender que paciente de AVC e trauma não é paciente de policlínica. Nosso povo está morrendo por falta de atendimento e procedimento médico adequado. Se vocês quiserem ter noção da gravidade do que estou falando basta visitarem as policlínicas”, desabafou Neinha.  



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia