Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 16/02/2018


    Sobe - A torcida do Flu de Feira ao aclamar com palmas os atletas, que apesar de dominarem o Náutico perderam o jogo.


    Desce - Os condutores de veículos flagrados durante a Operação de Carnaval pelos bafômetros.


    Moção de pesar


    Através de moção de pesar a ser apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Carlos Geilson lamentou a morte do ex-prefeito de São Gonçalo dos Campos, Clovis Borja. Médico por formação, ele faleceu na manhã da quarta-feira (14). “Perdemos um homem de conduta ilibada e grande competência nas atividades que desenvolvia. Peço a Deus que conforte os corações dos familiares e demais amigos do doutor Clovis Borja”, pontua o deputado. Nascido em 19 de abril de 1947, Clovis Borja foi prefeito de São Gonçalo dos Campos por 4 anos. Ele foi eleito pelo Partido Liberal (PL) em 1996 e cumpriu mandato de 1997 a 2000.


    Tse vai julgar


    Um recurso especial foi movido pela Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) para garantir as medidas de busca e apreensão executadas em uma operação que envolve o deputado estadual Marcelo Nilo, por crime eleitoral. A operação foi deflagrada em setembro do ano passado para investigar crime eleitoral de falsidade ideológica, através da prática de “caixa 2”. Os mandados de busca e apreensão foram autorizados pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Em dezembro, os atos foram anulados pelo mesmo tribunal. A Procuradoria afirma que, quando o TER autorizou as medidas, foi levado em consideração elementos colhidos em quase dois anos de investigações, que apuravam a prática do delito de falsidade ideológica eleitoral, caracterizado pelo uso do chamado “caixa 2”.


    Em busca de apoio


    O prefeito ACM Neto se reuniu na quarta-feira (14), em Salvador, com o líder do PP na Câmara dos Deputados, Arthur Lira (AL) para tratar sobre o apoio do partido a sua possível candidatura ao governo do Estado. Segundo informações da coluna Satélite, do jornal Correio, Lira informou que veio a Salvador para curtir o Carnaval, ciceroneado pelo deputado federal Paulo Azi (DEM-BA), e que teria aproveitado a coletiva promovida pela prefeitura para dar um abraço em Neto. O parlamentar encabeça a negociação da aliança entre os dois partidos e o objetivo é saber se a tendência de Neto é entrar na disputa ou declinar. Durante o encontro, Neto afirmou que ainda não sabe se entrará na disputa e que sua principal dúvida na caminhada eleitoral seria romper ou não com o PMDB.


    Negociações


    Após se aproximar do PSD, o prefeito João Doria (PSDB-SP) investe agora no apoio do DEM para uma eventual candidatura pelo PSDB ao governo de São Paulo. A negociação partidária, que envolve o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM-BA), ocorre à revelia do governador Geraldo Alckmin e no momento em que uma ala tucana tenta adiar as prévias paulistas da legenda para maio. Com o adiamento das prévias, o prefeito seria forçado a deixar o cargo para entrar na disputa interna. Pela legislação, os políticos que forem concorrer nas eleições deste ano devem renunciar até o dia 7 abril.


    Perícia aponta fraude


    Uma perícia contratada pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) atesta que a Odebrecht apresentou documentos fraudados como se fossem provas de repasses de propinas a políticos registrados no sistema de contabilidade paralela da empresa, o Drousys. O especialista, que também confirmou a validade dos recibos apresentados por Lula como prova de que ele pagou o aluguel do local, analisou papéis anexados pelo Ministério Público Federal (MPF) na acusação. Segundo informações do blog Painel, da Folha de S.Paulo, ele afirma que alguns extratos têm marcas de montagem ou enxerto.


    Prefeito é encontrado morto


    O prefeito de Itapitanga, no sul baiano, Dernival Dias Ferreira (PSB), foi encontrado morto, no fim da madrugada da quinta-feira (15). Segundo informações preliminares, Dernival foi encontrado, por volta das 5h, com marcas de tiro. A suspeita é que o gestor tenha atirado contra si mesmo. O fato ocorreu na residência do prefeito, situada na Rua da Embasa. Uma perícia deve apontar as causas da morte. O corpo do prefeito foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, na mesma região. Dernival Ferreira estava no terceiro mandato como prefeito. Não há ainda informações sobre sepultamento. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia