Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 23/02/2018


    Sobe - A Fundação Egberto Costa, que oferece cursos interessantes na área cultural a comunidade feirense, através do Porgrama Arte de Viver.


    Desce - O número de negativados do Serasa, em Feira, que corresponde a metade da população economicamente ativia.

     

    Temer nega viés eleitoral


    Em uma resposta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente Michel Temer convocou o porta-voz, Alexandre Parola, para reforçar que a decisão da intervenção na área de segurança do Rio não teve viés eleitoral. "A agenda eleitoral não é, nem nunca será, causa das ações do presidente. Assim comprovam as reformas propostas na Ponte, para o Futuro e que têm sido implementadas desde o primeiro dia da administração", disse Parola. Em entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, Lula afirmou que a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro é uma "pirotecnia" criada pelo governo do presidente Michel Temer para tentar reelegê-lo.


    Lula não é única opção


    O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), avisou na terça-feira (20), a Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, que o PT terá candidato ao Planalto nas eleições deste ano, mesmo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja impedido de concorrer. Haddad, inclusive, é um dos cotados para representar o partido nas urnas, assim como o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner. De acordo com a coluna Expresso, da revista Época, Ciro não gostou das palavras de Haddad, já que espera contar com o apoio dos petistas, caso Lula esteja de fora da corrida eleitoral.


    Ampeb pede nomeação


    O presidente em exercício da Associação dos Membros do Ministério Público da Bahia (Ampeb), Millen Castro, pediu ao governador Rui Costa, em um ofício, que nomeie o candidato mais votado da lista tríplice para o cargo de procurador-geral de Justiça do estado. O mais votado foi o procurador da Justiça Pedro Maia. Segundo informações de bastidores, Maia conta com apoio de ex-procuradores gerais de Justiça da Bahia. A atual procuradora-geral de Justiça, licenciada para a eleição, Ediene Lousado, foi o segundo nome mais votado para o cargo.


    Governo ainda não desistiu


    O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que o governo não desistiu da necessidade de solicitar à Justiça mandados coletivos durante operações a serem realizadas no Rio de Janeiro. "Não é o problema se o governo recuou, ou não recuou. Não é nada disso. A necessidade é que vai dizer (se precisa do mandado para uma área), e o juiz é soberano para conceder ou não conceder", declarou Jungmann, após a cerimônia de lançamento do Sistema Integrado de Alerta de Desmatamento, nta quarta-feira (21). Mas, para o ministro, "estamos vivendo aqui uma falsa polêmica". Jungmann afirmou ainda que "a jurisprudência não está consolidada" para esse tipo de pedido. "A última palavra não é nossa, é sempre do juiz, que dá ou não (o mandado coletivo)", afirmou.


    Negociando mudança


    Atualmente presidente do PV na Bahia, o deputado federal Uldurico Jr. aproveitou a aproximação da janela partidária para negociar uma possível mudança de sigla. O Bahia Notícias apurou que o parlamentar buscou seu colega na Câmara dos Deputados, Ronaldo Carletto (PP), para saber em que pé estão suas articulações com objetivo de ingressar no PR. Os dois conversaram sobre a possibilidade de Uldurico migrar para a legenda, assim engrossando o grupo político que deve acompanhar Carletto na troca partidária. No entanto, segundo as informações obtidas pela reportagem, o verde não fechou nenhum tipo de acordo com o ainda progressista, tendo ficado apenas nas sondagens, pelo menos por enquanto.


    Vai trabalhar candidato próprio


    Reconduzido à presidência do MDB, o senador Romero Jucá (RR) disse que o partido vai trabalhar para ter candidato próprio à Presidência da República e que o presidente Michel Temer é sempre um nome, como outros, para a função. "O presidente Michel Temer é uma opção do MDB para ser candidato a presidente da República, se ele assim o entender. O partido defende candidatura própria, nós temos várias opções e vamos trabalhar no sentido de termos candidatura própria", declarou Jucá após reunião da Executiva da sigla. Jucá disse que o tempo vai dizer se Temer será candidato. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia