Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 16/03/2018


    Sobe - Vereador Edvaldo Lima, por obter vitória com a não contratação de Igor Kannário e Pablo Vittar, para Micareta de Feira.


    Desce - A violência urbana que ceifou a vida de uma vereadora, no Rio de Janeiro.


    Desconhece candidatura


    A secretária Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Jusmari Oliveira, afirmou que desconhece decisão sobre pré-candidatura à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) neste ano, conforme revelado pelo senador Otto Alencar (PSD) ao Bahia Notícias. “O senador Otto disse para imprensa antes de dizer pra mim. Mas, se ele disse, essa é a decisão que o partido tomou”, comentou.


    Lanchas escondidas


    Os ex-prefeitos de Abaré, no norte do estado, Delísio Oliveira da Silva e Benedito Pedro da Cruz, são processados por mau uso de uma lancha destinado ao transporte escolar. Abaré tem ilhas situadas às margens do Rio São Francisco. Segundo o Ministério Público Federal (MPF) em Paulo Afonso, foi constatada que a embarcação, adquirida com recursos federais, permanecia sem uso, primeiro, na casa de Delísio, e depois, na garagem da prefeitura, sujeita à deterioração. Com a lancha à disposição, o transporte escolar continuava sendo feito em embarcações alugadas, em estado precário e sem coletes salva-vidas.


    Rui pede manifestação dura


    O governador Rui Costa convocou parlamentos do Brasil e de fora do país a se mobilizarem numa “manifestação dura e firme” contra a intimação do reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles, e do professor que criou a disciplina sobre o “golpe de 2016”, Carlos Zacarias. Durante discurso no Encontro Internacional Parlamentar, na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Rui disse que isso é uma “invasão”. “Pode não ser física, mas é invasão de debate de ideia. Inconcebível a intimação. Nem na ditadura se restringia. Nem naquela época se constrangeu tanto um debate de ideia no ambiente universitário”, criticou o governador.


    Pré-candidato ao Senado


    O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Ângelo Coronel (PSD), prometeu lutar “até onde puder” para conseguir disputar a vaga ao Senado na chapa do governador Rui Costa (PT). Em entrevista na quinta-feira (15), durante Encontro Internacional Parlamentar na Casa, pelo Fórum Mundial Social, Coronel ponderou que, caso o cargo vá pra outro partido, será preciso reunir o grupo político para realocá-lo na chapa. “A priori sou pré-candidato a senador. Não sou político do ‘o que sobre tá bom’. Tenho foco”, afirmou.


    Laxante em merenda escolar


    Acusado de puxar uma arma para dois vereadores, o prefeito de Itatim, no Piemonte do Paraguaçu, Gilmar Pereira Nogueira, o “Tingão” (PSD), declarou que dois vereadores tramavam colocar laxantes na merenda de uma escola. Em nota enviada ao Bahia Notícias, na quinta-feira (15), o gestor disse que a atitude dos vereadores Nadson Andrade (PTB) e José Machado (PMDB) foi “covarde e criminosa”. O fato teria ocorrido na Escola Municipal Geraldo Pereira Nogueira, onde os edis tinham ido para apurar uma denúncia feita por estudantes. Conforme Tingão, que é ex-delegado, os edis iriam colocar 20 comprimidos de Lactopurga na refeição da escola.


    Orgulho do PT


    Um dia após o governador Rui Costa sinalizar a necessidade do PT debater uma alternativa para o eventual impedimento da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República em 2018, o próprio Lula afastou qualquer tensionamento na relação entre eles. “Eu queria aproveitar para parabenizar o companheiro Rui Costa. O Rui é um cara que veio mais ou menos da mesma origem que eu vim, que o [Jaques] Wagner veio. Sofreu muito pra estudar, chegou ao governo e está sendo uma surpresa agradabilíssima”, afirmou Lula.


    Impeachment de Barroso


    O ministro Carlos Marun, responsável pela articulação política do presidente Michel Temer, já redigiu o esboço do pedido de impeachment do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. O texto foi apresentado na quarta-feira (14), a parlamentares curiosos. De acordo com o Estadão, o embasamento será o artigo 39 da Lei 1.079/50, que inclui entre crimes de responsabilidade de ministros do STF exercer atividade político-partidária e agir de maneira incompatível com o decoro. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia