Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 17/03/2018


    Sobe - Justiça por proibir prefeitura contratar estagiários para dar aulas sem acompanhamento.


    Desce - Rede de ensino que contrata estagiário para assumir regência de sala de aula.


    Calendário reajustado


    A Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em primeira discussão e por unanimidade dos presentes, na quarta-feira (14), o Projeto de Lei de nº 016/2018, que dispõe sobre a inclusão no Calendário Oficial de Festas e Eventos do Município de Feira de Santana, o Natal Encantado no distrito de Humildes. De acordo com a matéria, o evento deve acontecer na segunda quinzena no mês de dezembro, podendo ser realizado antes ou após o dia 24 do mês citado, sempre nos turnos vespertino e noturno em comum acordo com a gestão municipal em função da programação do Natal Encantado de Feira de Santana sede.


    Renuncia sai até final de semana


    Ainda avaliando uma eventual candidatura ao governo da Bahia, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), garantiu que a decisão sobre a renúncia no Palácio Thomé de Souza deve sair ao longo do final de semana. No entanto, não o anúncio. “Eu diria a vocês que todo o meu processo de conversas se conclui nesse final de semana, portanto conforme eu havia dito a vocês, teremos uma decisão. Agora o anúncio apenas no dia 7 de abril”, avaliou ACM Neto. Apesar da proximidade com o prazo limítrofe indicado por ele, o prefeito negou que haja conversas com PP e PR sobre questões políticas estaduais, conforme apontam informações de bastidores.


    Equipe investigativa reduzida


    Responsável por investigar o grupo político do presidente Michel Temer, a força-tarefa Greenfield atua desde o início de março com apenas dois procuradores de forma exclusiva - antes eram quatro, de acordo com a Coluna do Estadão. O pedido de que a equipe seja retomada está na Procuradoria-Geral da República e no Conselho Superior do MPF (CSMPF) desde 18 de fevereiro. A procuradora-geral, Raquel Dodge, disse que o problema não é com ela e, sim, com o colegiado.


    Vai defender ampliação de intervenção


    O deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), eleito na quarta-feira (14), para o Conselho da República, disse que, se o colegiado for consultado pelo presidente Temer sobre o prosseguimento da intervenção no Rio de Janeiro, defenderá a continuidade da ação e sua ampliação, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo. O assunto veio à tona após a execução da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) na última quarta. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), quer que a Câmara acompanhe as investigações do crime e seja rigorosa na cobrança de punições.

     

    Mudança no partido


    A direção do Partido da República decidiu mudar de nome, assim como o PMDB, que recentemente alterou para MDB. De acordo com a Coluna do Estadão, a sigla fará isso antes das eleições, pois quer se livrar do carimbo de legenda envolvida em escândalos. Deverá adotar o antigo nome Partido Liberal e não pretende fazer alterações no estatuto. O deputado Capitão Augusto (SP) deverá o novo presidente do partido. O cargo é ocupado interinamente pelo vice Tadeu Candelária, que substitui Antônio Carlos Rodrigues, licenciado após ser preso em dezembro pela Polícia Federal.


    Frustração total


    A ex-presidente Dilma Rousseff frustrou a expectativa dos seus aliados e seguidores políticos e não compareceu ao evento do Fórum Social Mundial realizado na noite da quinta-feira (15), no estádio de Pituaçu. Ela era esperada para realizar um discurso ao lado do também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do governador Rui Costa. Dilma apareceu durante a manhã em um espaço do Fórum montado no campus da Universidade Federal da Bahia (Ufba) em Ondina. Nesta quarta (14), havia a expectativa de que ela fosse participar do lançamento de um livro do jornalista Mino Carta, realizado no mesmo campus da Ufba. No entanto, ela também não compareceu.


    “Não baixe a cabeça”


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou sua passagem por Salvador para revelar o conselho que deu ao secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, após ele ser alvo de uma operação da Polícia Federal em fevereiro deste ano. “Galego, faça como eu: não baixe a cabeça, porque com caráter e a honra a gente nasce. Eu resolvi defender a minha”, afirmou durante discurso realizado em evento do Fórum Social Mundial, no estádio de Pituaçu. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia