Facebook
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 07/04/2018


    Sobe - O Governo Municipal por formatar convênio no valor de R$ 361.151,44 para serem investidos em projetos voltados para crianças e adolescentes.


    Desce - O alto número de menores envolvidos com a criminalidade.

     

    Coletiva


    O prefeito José Ronaldo de Carvalho convoncou a imprensa para comparecer à Câmara de Dirigentes Lojistas de Feira de Santana - CDL - onde concederá uma entrevista coletiva abordando assuntos relacionados à sua vida política e à administração do munícipio. Embora o convite tenha sido feito apenas aos profissionais de comunicação, é certo que uma multidão de curiosos para ouvir o que o prefeito dirá, sobretudo, que decisão ele tomará em relação às eleições de outubro próximo, comparerá no local.

     

    O início


    Na sentença condenatória de Moro no processo do tríplex do Guarujá contra o Lula, o juiz carregou nos termos (corrupto, chefe de quadrilha, lavagem de dinheiro, organização criminosa etc.) e o condenou. Não lembrou que ele é ex-presidente.


    O fim


    Na expedição do mandado de prisão (às 17h50 de quinta-feira passada) Dr. Moro mandou o ex-presidente se apresentar à sede da PF em Curitiba, às 17h de ontem, e foi cuidadoso com a dignidade de Lula, ao orientar que ele não poderia ser algemado para não ser constrangido em qualquer hipótese, levando em consideração o alto posto que ocupou. Lembrou que Lula é ex-presidente.


    O meio


    O juiz Moro que, sem antes tivesse emitido qualquer intimação para ouvir Lula, em 04 de março de 2016, mandou a polícia federal levá-lo coercitivamente para ser ouvido em Curitiba. Entretanto, com o levante popular, autorizou que fosse ouvido lá mesmo no aeroporto, em São Paulo. Já este ano, autorizou que Lula se dirigisse a Curitiba para cumprir prisão. Engraçado, o condenado ia se prender. Por que não mandou o avião, de novo, pegar Lula em São Paulo, para prendê-lo?

     

    É de se perguntar


    O rapaz ia gastar o salário da aposentadoria para comprar passagem aérea com preços cheios, R$ 673,00, só de ida, porque não tinha volta, para ser preso?!! E, chegando lá, ia bater na porta de blindex da Polícia Federal e perguntar ao porteiro: "onde é que eu me prendo aqui?" É a hipótese que posso levantar sobre como seria essa viagem e a recepção. E sem o mandado de prisão na mão, já que não tinha sido citado pelo oficial de justiça, como é que poderia ser preso?! O porteiro possivelmente não iria saber do que se tratava, porque nem o condenado tomou conhecimento disto, a não ser pela imprensa. Podem dizer, mas a citação foi eletrônica e chegou no email do advogado. E, se este tivesse viajando e estivesse sem rede, como poderia comunicar ao cliente? Você que está lendo, se estivesse nessa situação, ia gastar o seu dinheiro para prender a si mesmo??

     

    Exonerados para disputa


    A sequência de exonerações por causa das eleições deste ano começou a ser publicada no Diário Oficial do Município da sexta-feira (6). Deixam seus cargos o chefe de gabinete do prefeito ACM Neto, João Roma; a secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, Taíssa Gama; e a titular da Secretaria de Promoção Sociale Combate à Pobreza, Tia Eron. Também foram exonerados Roberta Nunes Caires, presidente da Fundação Cidade Mãe, e José Ribeiro Sampaio Neto, assessor do secretário Cláudio Tinoco, chefe da Cultura e Turismo (Secult).


    Preso por desvio milionário


    O ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, foi preso na manhã de sexta-feira (6), pela Polícia Federal. O mandado foi expedido pela 5ª Vara Federal de são Paulo, a pedido da Força Tarefa da Lava Jato. Além do mandado de prisão preventiva, foi cumprido também um mandado de busca e apreensão na casa do ex-diretor, considerado operador do PSDB em esquemas de desvios de recursos públicos. Paulo Preto foi denunciado no último dia 22 por desviar R$ 7,7 milhões de recursos destinados ao realojamento de famílias desalojadas pela Dersa para construção do trecho sul do Rodoanel, entre 2009 e 2011.


    PR ainda indeciso


    A reunião do PR com o governador Rui Costa (PT) na noite da quinta-feira (6), ainda não teve um veredito sobre o futuro do partido. Em entrevista ao Bahia Notícias, na manhã da sexta-feira (6), o presidente republicano na Bahia, José Carlos Araújo, afirmou que "algumas coisas foram atendidas", mas o chefe do Executivo baiano prometeu atender os pleitos no eventual segundo governo do PT. "A Bahiatursa e a Sudesb podem ser concedidas no próximo governo. Ele [Rui] não quer mexer", disse. Araújo disse que, apesar das tratativas com o grupo do petista, que conversou com ACM Neto (DEM) e com o próprio Rui, na sexta.


    Desistiu do Senado


    Após informar ao suplente Roberto Muniz que iria voltar ao Senado Federal, Walter Pinheiro desistiu e anunciou a permanência na Secretaria de Educação. Em seu texto, ele disse "creio que chegou a hora de concluir nosso ciclo parlamentar". "Decidimos por ficar na Secretaria da Educação até quando quiser o governador, a quem somos gratos pela confiança, apoio e pela oportunidade de trabalhar para contribuir no imenso desafio de Educar para Transformar", diz um trecho do comunicado. "Em 2018 teremos muitos desafios, novas caminhadas, novos projetos e o compromisso de renovar o brilhante trabalho desenvolvido pelo governador Rui Costa para baianos e baianas", completa.


    Pedido de prisão decretado


    O ex-prefeito de Santo Amaro Ricardo Machado (PT) teve um novo pedido de prisão decretado. Desta vez, a sentença foi proferida pela Primeira Turma da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que acatou na quinta-feira (5), ação do Ministério Público do Estado (MP-BA). Segundo a acusação, Machado teria desviado em torno de R$ 5,1 milhões em contratos com empresas do empresários Luís Cláudio, conhecido como Poi. Ainda segundo o MP-BA, Machado é acusado de integrar um esquema que teria desviado cerca de R$ 24 milhões entre 2013 e 2015.


    "Lula é inocente"


    A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou na noite da quinta-feira (5), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai saber enfrentar o momento. "Ele é uma pessoa íntegra, forte e corajosa", disse a petista, em discurso sobre um caminhão de som em frente à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), onde ocorre ato de apoio a Lula. "Ele vai enfrentar com a tranquilidade que têm os inocentes", ela acrescentou. "Nós resistimos, a resistência pacífica daqueles que têm voto", afirmou Dilma. A ex-presidente reiterou que considera Lula inocente e disse que não se pode prender ninguém antes que todos os recursos sejam esgotados.


    Moro X Lula


    A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou na noite da quinta-feira (5), que não há outro motivo para justificar a decisão do juiz Sérgio Moro de emitir um mandado de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que "não seja a sua obsessão, ódio e rancor" ao ex-presidente. "Chega a ser doentio por parte do juiz Moro não observar prazos recursais que ainda temos diante do TRF-4, sequer esperar a publicação da decisão do STF. Isso é um atentado à democracia, aos direitos do presidente Lula", afirmou a senadora.  



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia