Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 14/04/2018


    Sobe - A União de Jovens da Assembleia de Deus, na região do Tomba, por desenvolver ações que promovem a cultura de paz e a boa convivência social.


    Desce - Jovens que seguem “cegos” pelo caminhos tortuosos das drogas e da criminalidade.


    Continua líder


    Lulinha agradeceu ao prefeito Colbert Martins Filho, pela confiança em mantê-lo na posição de líder do Governo Municipal na Casa. O edil desejou boa sorte ao gestor, assegurando apoio e parceria do Poder Legislativo. “Quero agradecer ao prefeito Colbert Filho, que me manteve líder do governo na Câmara e Carlito do Peixe como vice-líder. Vamos continuar o trabalho com harmonia entre os poderes Legislativo e Executivo, discutindo com os colegas os projetos e votando nesta Casa a favor daquilo que é constitucional e represente o melhor para o desenvolvimento de Feira de Santana. Hoje me sinto lisonjeado e agradecido ao prefeito Colbert, a quem desejo sucesso”, declarou.


    “Cara de pau”


    De olho em uma vaga na chapa majoritária do governador Rui Costa (PT), o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD), defendeu na sexta-feira (13), sua decisão de convocar uma sessão especial em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba após ter sido condenado a 12 anos e 1 mês de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Além da comoção social, empurra para o país para uma perigosa insegurança jurídica. Essa postura representa retrocesso”, criticou. O presidente da AL-BA ainda criticou o presidente Michel Temer (PMDB). “Temer tem revelado uma cara de pau ao lançar a sua pré-candidatura a presidente da República”, atacou.


    Não deixará Senado


    O senador Otto Alencar (PSD) afirmou na sexta-feira (13), que não vai se afastar do Senado para coordenar a campanha política do governador Rui Costa à reeleição. “Devo ser indicado líder do meu bloco, do PSD com PP. Vou ter que aceitar, porque não aceitei de outra vez que convidaram. Eles estão me pressionando”, contou, em entrevista coletiva durante a sessão especial convocada pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em homenagem ao ex-presidente Lula. O social-democrata negou ter decidido continuar na Casa, porque a eleição ficou mais fácil com a desistência de ACM Neto (DEM). “Nunca tive receio de eleição difícil”, respondeu Otto.

     

    Candidatura de Maia


    Para o prefeito ACM Neto (DEM), “não há nenhuma hipótese” do presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM) não se candidatar à Presidência da República. O gestor municipal disse que já até fechou uma estrutura de comunicação digital para a campanha. “Estamos organizando uma agenda de eventos para o pré-candidato Rodrigo. Pelo menos seis grandes eventos nesses próximos três meses”, ressalta Neto, em coletiva de imprensa na sede da prefeitura, na manhã de sexta-feira (13). De acordo com o democrata baiano, já existe uma data para a passagem do deputado federal pela Bahia. “Me parece dia 27 de abril, um evento em Camaçari”.


    Não vai se esconder


    Ainda aventado dentro do PT como plano B, mesmo negando publicamente, o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, disse nesta sexta-feira (13) que não vai ficar se escondendo de uma eventual prisão. Ele deu esta declaração ao ser perguntado se não tem medo de ser preso, já que candidatos aventados à Presidência da República costumam ficar expostos a possíveis investigações da Justiça, caso do próprio Wagner, alvo da operação Cartão Vermelho. “Eu já estou sem foro há muito tempo, desde que saí da presidência da República. Ninguém gosta de ser preso, mas eu também não vou ficar me escondendo”, afirmou.


    Ministros trabalham a favor de Lúcio


    O ministro da Secretaria de Governo,Carlos Marun, trabalha na Câmara dos Deputados para que o processo contra o deputado Lucio Vieira Lima (PMDB) ande a passos de quelônio no Conselho de Ética, de acordo com o site Relatório Reservado. Ainda conforme a publicação, a ideia é jogar a votação para o segundo semestre, a tempo de esvaziar as denúncias contra o parlamentar e, consequentemente, o pedido de cassação. O objetivo do Planalto é manter seu irmão, Geddel Vieira Lima, em silêncio.

     

    Novo candidato à presidência


    O ex-ministro Aldo Rebelo será candidato à Presidência da República pelo Solidariedade. Ele anunciou a saída do PSB por discordar da entrada no partido do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, possível candidato ao Planalto da sigla. “Aceitei o convite para ser candidato a presidente pelo Solidariedade”, disse Rebelo na madrugada desta sexta-feira (13). Militante histórico do PCdoB, Rebelo deixou a sigla no ano passado. Como aliado dos governos petistas, foi presidente da Câmara (2005 a 2007) e ministro de Relações Institucionais (2004 a 2005), dos Esportes (2011 a 2015) e da Ciência e Tecnologia (2015). 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia