Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 20/11/2018


    Sobe - PRF por conseguir reduzir todos os índices de violência no trânsito durante o feriadão.


    Desce - Condutores que ainda insistem em dirigir sob efeito de álcool.


    Crítica


    Ao discursar na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária de ontem (19), o vereador Zé Filé (PROS) lamentou as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores da zona rural do município e criticou o Governo Municipal por não prestar assistência devida aos distritos.


    Defesa


    Carlito do Peixe (DEM) relatou que durante o feriado esteve em visita a bairros e distritos, onde observou a boa atuação do Município, o que contraria o discurso do colega Zé Filé (PROS).


    Defesa I


    Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM) defendeu as ações do prefeito Colbert Martins fazendo coro ao discurso do colega Carlito do Peixe (DEM), que também teceu elogios à administração municipal.


    Reforma


    O vereador Gilmar Amorim (PSDC) tratou sobre a reforma da passarela Conceição Lobo, que interliga os bairros Cidade Nova e Campo Limpo. O vereador contou que esteve na obra e constatou algumas falhas que oferecem sérios riscos à segurança dos transeuntes.


    Contenção de gastos


    O governador do Estado, Rui Costa (PT), planeja cortar gastos para voltar para dentro da margem da Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo com o petista, empresas públicas e cargos serão extintos. Algumas áreas devem entrar na mira de Rui, como Prodeb e a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). O governo deve se desfazer ainda de prédios públicos sem utilidade.


    Eleições 2018


    Um a cada seis candidatos da eleição de 2018 não teve movimentação de despesas durante a campanha, de acordo com um levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a pedido da Coluna do Estadão. De 3,8 mil aspirantes a cargos eletivos, 649 não registraram nem despesa nem receita. De acordo com especialistas, ausência de movimentação financeira é um dos indícios de candidatura laranja. No entanto, a fraude só é caracterizada se houver outros elementos, como inexistência de campanha. Os números levam em consideração os candidatos que apresentaram as contas até a última sexta (16), quando foi encerrado o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral. Após a data-limite, 6,4 mil candidatos ainda não haviam declarado as informações.


    Publicação


    A exoneração do juiz federal Sérgio Moro foi publicada em Diário Oficial ontem (19). Ele deixa o cargo que exerce na 13ª Vara Federal de Curitiba para compor o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, como ministro da Justiça. O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, recebeu e assinou o ato de exoneração do juiz federal na última sexta-feira (16). Com saída, Moro deixa também a operação Lava Jato.


    Na torcida


    A chefe do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Ediene Lousado, disse, na manhã de ontem (19), “que torce para que o próximo ministro da Justiça, o juiz federal Sérgio Moro, faça um bom trabalho”.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia