Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 17/11

    Sobe - A realização do 2º Festival de Filarmônicas em Feira no próximo final de semana. Desce - Os comerciantes que lesam direitos de trabalhadores no comércio.


     

    União
     
    O prefeito eleito de Salvador, ACM Neto (DEM), achou “naturais e positivas” as preocupações do governo do Estado em relação aos projetos que o prefeito João Henrique Carneiro (PP) encaminhou àmara Municipal. “Há uma série de investimentos previstos para a cidade, em conjunto com a prefeitura e o Estado, as decisões que têm que ser tomadas com cautela”, assinalou Neto. O secretário da Casa Civil do governo, Rui Costa, disse que o governo estadual está analisando as propostas e que o governador Jaques Wagner (PT) pedirá aos vereadores da sua base, caso seja necessário, que não votem os projetos
     
    Cadeia
     
    O ministro José Antonio Dias Toffoli revelou-se um magistrado de dois gumes, ao declarar que penas de prisão como as impostas aos réus do mensalão combinam “com o período medieval”. Em voto elaborado dois anos, Toffoli não parecia tão incomodado com a precariedade dos cárceres brasileiros ao condenar o deputado Natan Donadon (PMDB-RO) a 13 anos, quatro meses e dez dias de prisão. Um suplício maior do que os dez anos e dez meses impostos a José Dirceu, amigo e ex-chefe de Toffoli na Casa Civil do governo Lula.
     
    Devolução
     
    Duas empresas atribuídas à família do deputado federal Paulo Maluf (PP) terão que devolver à prefeitura de São Paulo US$ 22 milhões. A determinação partiu da Justiça da Ilha de Jersey, paraíso fiscal britânico. Segundo a administração paulistana, esse valor foi desviado pelo ex-prefeito em seu último mandato - 1993 a 1996. As audiências do caso, iniciado pela prefeitura, se encerraram em julho deste ano. Desde então as empresas ligadas à família de Maluf moveram sem êxito diversos recursos para anular o processo, discutir custos judiciais, apresentar novas provas e até reformar a defesa
     
    Dilma
     
    A presidente Dilma Rousseff viajou na última quinta-feira (15) à Espanha. Ela participará da 22ª Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e Governo, em Cádiz, no sul do país e, depois, seguirá para Madri. A presidente incluiu em sua agenda uma série de reuniões políticas com o rei espanhol, Juan Carlos, e o primeiro-ministro, Mariano Rajoy, para discutir situação dos brasileiros na Espanha e a crise econômica internacional. Até pouco tempo, brasileiros que tentaram entrar na Espanha sofriam restrições. Houve uma série de reuniões entre diplomatas e técnicos dos dois países na tentativa de estabelecer melhor tratamento aos viajantes, que reclamavam de preconceito e agressão


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia