Bahia Aqui é Trabalho 1019
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 01/02/2019


    Sobe - As empresas feirenses que aumentaram a contribuição ao Fundo Muncipal da Criança e Adolescente.


    Desce - As distribuidoras e postos de combustíveis, que sem fiscalização da ANP e órgãos correlatos cobram preços abusivos ao consumidor.


    Tom renuncia e Neinha assume


    O vereador Ewerton Carneiro (Patriota), conhecido por Tom, eleito deputado estadual para o exercício 2019/2023, entregou na manhã de ontem (31), o seu pedido de renuncia ao mandato à Câmara Municipal de Feira de Santana. Assume em seu lugar, em definitivo, a vereadora Neinha (PTB), que atualmente está no mandato como suplente. Tom assume o mandato de deputado estadual hoje pela manhã, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).


    Exoneração


    O ministro-chefe da Casa Civil e deputado federal eleito, Onyx Lorenzoni, foi exonerado temporariamente para votar na eleição para a presidência da Câmara, hoje (1º), de acordo com a colunaPainel, do jornal Folha de S. Paulo. Uma ala do dividido PSL articula a expulsão do deputado General Peternelli (SP), que se lançou candidato à presidência da Câmara apesar de o partido ter declarado apoio à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ).


    Agradecimento


    O presidente Jair Bolsonaro agradeceu, no seu Twitter, o encerramento da atuação das tropas israelenses no resgate de vítimas após o desastre causado pelo rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte.


    Secretariado de Rui


    O presidente estadual do PCdoB e futuro secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, afirmou que o partido terá mais uma secretaria no governo Rui Costa (PT). Ele não confirma, mas a sigla articula para que o ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho ocupe outra pasta na gestão do petista.


    Afirmação de Coronel


    Do total de nove candidatos à presidência do Senado, o recém- eleito Angelo Coronel (PSD) afirma ser o único a apresentar propostas. Entre as ideias de Coronel, a publicação menciona que ele propõe criar uma espécie de “ministério paralelo” para fiscalizar os ministros do governo Bolsonaro.


    Liberdade de Geddel


    Com o fim do recesso do Poder Judiciário hoje (1º), os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) retomarão os trabalhos e deverão analisar pedidos que aguardavam o primeiro dia útil da Corte para serem julgados. Entre os casos que vão ser analisados está o pedido de liberdade de Geddel Vieira Lima. A defesa dele alega que o ex-ministro deve ser solto porque a fase de instrução de seu processo, em que são coletadas provas e ouvidas testemunhas, já se encerrou.


    Temer como testemunha


    O ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) terá como testemunhas o ex-presidente da República, Michel Temer, o ex-ministro Eliseu Padilha e o advogado Gustavo do Vale Rocha, no caso envolvendo o edifício La Vue. De acordo com a coluna Satélite, do jornal Correio, a Justiça Federal marcou para o dia 15 de março a audiência de instrução de Geddel, que é réu por improbidade administrativa.


    Manifestação à ONU


    A defesa do ex-presidente Lula (PT) vai registrar em manifestação que apresentará à ONU, em fevereiro, as diversas negativas que o petista recebeu do pedido para deixar temporariamente a prisão para velar seu irmão, Vavá, em São Bernardo do Campo.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia