Facebook
Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 02/02/2019


    Sobe - O prefeito Colbert Filho pelo discurso objetivo na abertura dos trabalhos da Câmara esse ano.


    Desce - O Inema e os órgãos encarregados de fiscalização de barragens na Bahia, que até o momento não se manifestaram sobre o que vão fazer para evitarem danos em caso de rompimentos.


    Cobrança


    Durante as saudações às autoridades na Câmara Municipal de Feira de Santana, o prefeito Colbert Martins nominou Ildes Ferreira, representando o secretariado. E nominando o presidente da Casa, José Carneiro Rocha (PSDB), saudou os vereadores. Parou por ai? Não! Ao terminar a sessão, o vereador Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM), ex e possível futuro líder do governo, interpelou o prefeito no final: “Colbert, é assim que você me trata depois que lhe ajudei tanto aqui, como líder do seu governo!? Eu esperava a lembrança do meu nome”. Colbert apertou a mão do correligionário e, sem dizer uma única palavra, saiu.


    Discurso


    No ano passado, foi o vereador Lulinha (DEM) que saudou o prefeito Colbert Martins na abertura dos trabalhos da Câmara em um discurso longo, de autopromoção e de elogios ao ex-prefeito José Ronaldo citando todas as obras que iriam ser realizadas durante o ano, esvaziando a leitura do relatório pelo novo prefeito. Neste ano, foi Cadmiel Pereira (PSC) que fez um discurso tão longo, quanto o de Lulinha, mas sem auto-promoção, que foi trocado pelos elogios.


    Discurso de posse


    Após tomar posse como presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado Nelson Leal (PP) afirmou, em discurso no plenário, que vai defender a independência do Legislativo baiano e que não dará decisões monocráticas. Nelson inaugura um período diferente dos antecessores autoritários, Marcelo Nilo e Coronel.


    Preço fixado


    A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), vai estrear na Câmara apresentando três projetos de apelo social, informa a coluna Painel, da Folha. Um deles, bandeira do presidenciável derrotado Fernando Haddad, estabelece o valor máximo de R$ 49 para o gás de cozinha. O outro prega a obrigatoriedade do reajuste real do salário mínimo. O terceiro isenta de IR quem ganha até cinco salários mínimos.


    Investigação mantida


    Como previsto, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou ontem (1º), o pedido do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para que as investigações sobre o caso Coaf fossem realizadas pela Corte. Com isso, o inquérito continua no Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ).


    Nomeação


    Ex-secretário do Desenvolvimento Rural do Estado, Jerônimo Rodrigues foi nomeado hoje (1°), titular da Secretaria de Educação do Estado (SEC). Rodrigues ocupa a vaga de Walter Pinheiro (Sem Partido), que já foi anunciado para a Secretaria de Planejamento (Seplan). A SDR será assumida interinamente por Jeandro Laytynher Ribeiro, enquanto o governador Rui Costa (PT) não divulga o titular definitivo.


    Novo partido


    O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL) tem estudado a ideia de fundar um novo partido. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, será “uma espécie de PSL do B”. A publicação afirma que, em conversas com Olavo de Carvalho, o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem cogitado que, na nova legenda, ficasse apenas a turma “raiz”, que odeia a China e a imprensa.


    Reação


    Governadores e prefeitos avaliam que apoio deles à reforma da Previdência deve ajudar o governo a suprir a falta de articulação com o Congresso, e, em consequência, a aprovar o principal projeto da equipe econômica, mas a boa vontade para por aí. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, propostas aventadas pela equipe de Paulo Guedes, ministro da Economia, já enfrentam resistências. A publicação afirma que a ideia de privatizar bancos públicos do Norte e do Nordeste, por exemplo, será combatida. O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), por exemplo, prepara nota pública contra.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia