BAHIA AQUI É TRABALHO 0919
Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 02/03/2019


    Sobe - Artistas feirenses que vão representar a cidade tanto no Carnaval da Bahia quanto no do Rio de Janeiro.


    Desce - Pessoas que zombam da doença alheia e desrespeitam a dignidade humana.


    Audiência


    Na última quinta-feira (28), o vereador Zé Curuca (DEM) se reuniu com o prefeito Colbert Martins da Silva Filho, em audiência no gabinete do chefe do Executivo feirense. Acompanhado de professoras e de um líder de associação de Humildes, o vereador fez reivindicações por melhorias no distrito.


    Exonerações


    O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, exonerou 21 dos 27 superintendentes regionais do Ibama. As exonerações foram publicadas na edição da última quinta (28), do Diário Oficial da União. Entre os demitidos, está o engenheiro agrônomo José Alberto Santana, que assumiu a gestão do Ibama, na Bahia no ano passado. Até o momento, a razão das exonerações não foi informada pelo Ministério do Meio Ambiente.


    Irritação


    O aceno de Jair Bolsonaro a uma possível redução na idade mínima da aposentadoria das mulheres, de 62 para 60 anos, não agradou os aliados de Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara. Em conversa com jornalistas na última quinta-feira (28), o presidente da República afirmou que pode fazer essa e outras mudanças nas regras da reforma da Previdência. A decisão pegou a equipe de Paulo Guedes de surpresa, assim como a cúpula do Congresso. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, os deputados aliados de Maia agora questionam como vão bancar uma reforma tão impopular, visto que próprio Bolsonaro tem dificuldades de sustentá-la no molde atual.


    Apuração


    A Comissão Especial da Promoção da Igualdade, da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), entregou a representação para apurar o caso do empresário Crispim Terral, que foi agredido por policiais militares em uma agência da Caixa Econômica na semana passada, ao Ministério Público estadual. Proposto pela deputada Olívia Santana (PCdoB), o documento foi recebido pela promotora de Justiça, Lívia Vaz. Para a entrega, além de Olívia, estiveram presentes a vereadora Aladilce Souza (PCdoB), o ex-deputado Bira Corôa e a presidente da Comissão, deputada Fátima Nunes Lula (PT-BA).


    Opinião de Neto


    O prefeito de Salvador, ACM Neto, comentou sobre a orientação do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, de que as escolas façam com que os estudantes cantem o hino nacional todos os dias e que a cena seja gravada. Para ele, a decisão é absurda. Ele disse que vai ajudar o governo no que puder, mas admite não concordar com a medida, que não será cumprida, pois o ministro já voltou atrás na mesma semana e reconheceu equívoco no pedido de que fosse feita uma gravação do momento em que o hino fosse cantado.


    Lula em luto


    O neto do ex-presidente Lula, Arthur Araújo Lula da Silva, de apenas 7 anos, faleceu ontem (1°), vítima de uma meningite meningocócica, em um hospital em Santo André, São Paulo. Preso em Curitiba, Lula ainda não sabe se será liberado para comparecer ao sepultamento do neto. Em janeiro, ele foi impedido pela Justiça de ir ao enterro do seu irmão, Genival Inácio da Silva.


    Pedido ao STF


    A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou na última quinta-feira (28), ao STF (Supremo Tribunal Federal) um documento reforçando um pedido de alteração da competência do caso do sítio de Atibaia (SP). Segundo o jornal Folha de S. paulo, as advogados do petista argumentam que uma perícia contratada pela própria defesa concluiu que a juíza Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba, copiou termos e padrões estéticos da condenação aplicada pelo atual ministro da Justiça e da Segurança Pública no processo do tríplex do Guarujá (SP). As duas ações são da Operação Lava Jato.


    Campeão de faltas


    O deputado federal Jonga Bacelar (PR) é disparado o parlamentar baiano que mais faltou sessões em fevereiro sem nenhuma justificativa. Ele faltou a seis de 13 sessões no mês, conforme dados da transparência da Câmara dos Deputados. O deputado Claudio Cajado (PP) aparece em segundo, com quatro ausências em sessões não justificadas. O pepista participou de oito votações e marcou presença em nove sessões. Bacelar (Podemos) e Félix Mendonça Junior (PDT) faltaram a três sessões e não disseram o motivo das faltas.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia