Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 16/04/2019


    Sobe - Entidades patronais por entrarem em acordo e decidirem que no sábado de Micareta, dia 27, o comércio de Feira de Santana não irá abrir.


    Desce - Ex-presidente da CBF, José Maria Marin, por ser banido do futebol permanentemente e condenado a pagar R$ 3,8 milhões após ser considerado culpado por suborno.


    Crítica


    O ouvidor-geral do Estado Carlos Geilson criticou, em entrevista à Rádio Metrópole, ontem (15), o lançamento da pré-candidatura do deputado federal Zé Neto (PT) à prefeitura de Feira de Santana. A definição do nome do parlamentar foi feita em reunião da executiva da legenda, no sábado (13). Para Carlos Geilson, o lançamento da pré-candidatura foi antecipada.


    Pronunciamento


    No uso da tribuna, na sessão ordinária de ontem (15), na Casa da Cidadania, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) apresentou uma lista de creches, pré-escolas e centros municipais de educação infantil, construídos com o saldo da redução salarial do ex-prefeito José Ronaldo, quando prefeito de Feira de Santana à época, durante o período de janeiro de 2013 a maio de 2018. Segundo o vereador, José Ronaldo pediu uma relação à Secretaria Municipal de Educação. Foram eles: centros municipais de Educação Infantil Eduardo da Silva Pessoa Miranda, Eduarda Oliveira França, Honorina Oliveira Amorim, Irmá Rosa de Lima Caribé Amorim, Carlos Marinho Falcão, Paulino Martins dos Santos, Antônio Carlos Machado, Manoel Anchieta Nery de Souza, Neusa dos Santos Brasileiro, Vanilda Barros Boaventura, Paulo Almeida Cordeiro, Agnaldo Ferreira Marques, Luzia Almeida Souza (Dona Iaiá), Hugo Navarro Silva, José da Costa Falcão, Professora Janete Gomes Medeiros e Anízio Pereira Bernardes.


    Comemoração


    Isaías de Diogo (PSC) usou o seu tempo na tribuna para comemorar a inauguração da sede da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev). De acordo com o edil, o equipamento passa a contar com instalações, mais amplas e de fácil acesso, no Centro da cidade.


    Repercussão


    O vereador Luiz Augusto de Jesus - Lulinha (DEM) repercutiu as festividades da Paroquia de Nossa Senhora Imaculada Conceição, no bairro Conceição, em comemoração ao domingo de ramos e parabenizou o padre Francisco, responsável pela paróquia e suas comunidades, e a todos os envolvidos.


    Sancionamento


    O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), sancionou o projeto de Lei 9.444/2019, que havia sido enviado pelo Executivo e foi aprovado na Câmara Municipal. A matéria permite autoriza uma minirreforma na estrutura da prefeitura e foi criticada até mesmo pelo vereador Cezar Leite (PSDB), aliado de Neto, por conta da criação de cargos comissionados. A sanção foi publicada no Diário Oficial do Município de ontem (15). Entre as alterações, estão a mudança na finalidade da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) para contemplar a gestão do saneamento ambiental como área de atuação do órgão e a inclusão na finalidades da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) da coordenação do Programa Municipal de Parcerias Público-privadas e concessões.


    Elogiou


    O presidente Jair Bolsonaro elogiou, no último domingo (14), o ato assinado por ele na última quinta (11), que pode levar à extinção de dezenas de colegiados da administração federal com a participação da sociedade civil. O texto foi assinado durante evento de balanço dos cem dias de governo, e pode extinguir ao menos 34 conselhos que discutem temas como relações de trabalho, Previdência, políticas indigenistas, transportes e drogas, além de direitos do idoso e da população LGBT. A medida abrange apenas os colegiados criados por decretos, ato normativo ou de outro colegiado, excluindo os instituídos por lei.


    Afirmação


    O titular da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), Manoel Vitório, declarou, em entrevista à Rádio Metrópole, ontem (15), que a reforma da Previdência e a política de venda de estatais do governo federal não deve resolver a crise financeira do País. Para ele, enquanto o país tiver uma taxa de juros maior do que a taxa de crescimento da economia, você vai ter endividamento.


    Determinação


    O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, determinou a remoção da reportagem divulgada pela Revista Crusoé e replicada no site O Antagonista entitulada “o Amigo do amigo do meu pai”, que faz referência ao presidente da Corte, Dias Toffoli. A decisão do ministro ocorreu dentro do inquérito que apura supostos ataques ao STF e a ministros da Corte. A multa diária em caso de descumprimento da pena é de R$ 100 mil. Moraes também determinou que os responsáveis pelo site e revista prestem depoimento em 72 horas. De acordo com o portal jurídico JOTA, o ministro argumenta que a nota divulgada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) tornam falsas as afirmações da matéria.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia