Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 17/05/2019


    Sobe - Irmã Dulce, o anjo bom da Bahia, por ter mais um milagre reconhecido pelo Vaticano.


    Desce - Rui Costa por negar nomeação do reitor da Uefs.


    Ligações confirmadas


    O titular do Ministério da Educação (MEC), Abraham Weintraub, confirmou ontem (15), em audiência na Câmara dos Deputados, que recebeu uma ligação do presidente Jair Bolsonaro para que recuasse dos cortes nas instituições federais de ensino. O ministro afirma, no entanto, que conseguiu convencer o presidente de manter os bloqueios de verba.


    Aluguel milionário


    O governo federal vai empenhar R$ 2,5 milhões para a locação de carros nas regiões Norte e Centro-Oeste, para uso do presidente Jair Bolsonaro e do vice, Hamilton Mourão, em viagens e eventos oficiais. Segundo edital publicado no site da Secretaria da Presidência, a empresa que vencer a licitação deve fornecer 32 veículos ao governo. São exigidos dois carros blindados do tipo sedan com quatro portas e com película protetora nos vidros laterais e traseiro.


    Confusão em sessão


    Ao final de quase seis horas de audiência com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, na Câmara dos Deputados, na última quarta (15), deputados da base e da oposição se envolveram em uma série de confusões. As deputadas Carla Zambelli (PSL-SP) e Talíria Petrone (PSOL-RJ) foram contidas por seguranças, ao mesmo tempo em que os parlamentares Glauber Braga (PSOL-RJ) e Éder Mauro (PSD-PA), trocavam xingamentos. “Vamos ver se você é homem lá fora”, gritava o delegado bolsonarista. O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) foi chamado de “papai Noel” por um deputado da base. Em meio aos confrontos, o deputado Pastor Sargento Isidório (Avante-BA), conhecido por carregar sempre consigo uma Bíblia, levantava o livro sagrado cantando: “tá, tá, tá, o diabo tá repreendido”.


    Negação


    Jorge Baldor, representante do World Affair Council, de Dallas, nos Estado s Unidos, negou qualquer convite a Jair Bolsonaro e afirmou que o presidente da República não irá “receber” nenhum “prêmio”. Foi divulgado que o capitão receberia uma homenagem da Câmara de Comércio Brasil-EUA, logo depois de ter sua viagem a Nova York cancelada.


    Articulação


    Senadores articulam para a semana que vem a votação, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, dos projetos que anulam os efeitos do decreto sobre armamento assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, segundo informações do Estadão. O texto facilita porte de arma de fogo para 19 categorias, entre elas políticos, caminhoneiros e moradores de área rural, e enfrenta resistências no Congresso.


    Decreto


    Decreto publicado pelo governo no dia 14 de maio, determina que a nomeação de pró-reitores nas universidades federais de todo país passe pelo crivo do presidente. Além disso, o texto determina que os assessores imediatos dos reitores também devem passar pelo crivo da Presidência da República.


    Investigação


    Os promotores do Ministério Público do Rio de Janeiro miram os dez cheques que Fabrício Queiroz afirmou ter pagado à primeira-dama Michelle Bolsonaro, na devolução de um suposto empréstimo de R$ 40 mil que o presidente Jair Bolsonaro teria feito ao assessor do filho. Há a suspeita de que a versão apresentada pelo chefe do Executivo nacional seja falsa.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia