Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 24/05/2019


    Sobe - Festival de Sanfoneiros em Feira de Santana por mostrar a força do forró tradicional.


    Desce - Gestor da Famfs por ter sido condenado pelo TCE/BA a devolver R$ 4,1 milhões.


    Posicionamento

     

    O ex-presidente Lula (PT) é contrário ao impeachment do presidente Jair Bolsonaro, que significaria a ascensão do vice Hamilton Mourão, informa a coluna Painel, da Folha. Segundo a publicação, a opinião do ex-presidente foi externada por um aliado durante videoconferência feita por dirigentes petistas na última terça-feira (21), para discutir os movimentos da sigla em meio à crise política. Ainda conforme a coluna, a tese do parlamentarismo também não é bem aceita no partido e a estratégia definida seria realizar uma “oposição propositiva”. O PT deverá sacramentar o posicionamento em reunião da executiva, na próxima terça-feira (28).


    Afirmação


    Relator da proposta de reforma tributária aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), o deputado federal João Roma (PRB) diz estar convicto de que a matéria avançará mais fácil que a da Previdência. A informação é da coluna Satélite, do Correio*. A proposta de reforma tributária foi aprovada na última quarta-feira (23).


    Inquérito instaurado


    O Ministério Público da Bahia (MP-BA) instaurou inquérito para investigar se o vereador Carlos Muniz (Podemos) é beneficiado politicamente por atendimentos realizados em uma clínica em Sussuarana, informa a coluna Satélite, do Correio. O MP havia instaurado um procedimento de investigação preliminar em agosto do ano passado para apurar o caso, por meio da 4ª Promotoria de Justiça da Cidadania da capital.


    Resposta


    O governador Rui Costa (PT) rebateu, na manhã de ontem (23), a declaração do líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO). Em resposta à afirmação feita pelo parlamentar de que “a Bahia é um lixo governado pelo PT”, o chefe do Executivo estadual pediu “mais respeito” e disse que o deputado precisa “cuidar de ajudar a melhorar a vida do povo”.


    Recurso negado


    Réu em ação penal por contratar servidores de forma ilegal quando era prefeito de Porto Seguro, o deputado estadual Jânio Natal (Podemos) teve recurso negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. A informação é da coluna Satélite, do jornal Correio*. No último dia 2 de abril, os advogados de Jânio deram entrada com um pedido para reverter o julgamento em que a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) indeferiu o habeas corpus impetrado com objetivo de anular o recebimento da denúncia pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA).


    Opinião de Heleno


    O Ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, falou sobre o decreto presidencial que flexibilizou as regras sobre o uso de armas de fogo e munição. Em entrevista à GloboNews, na noite da quarta-feira (22), ele disse que a posse de armas é um “direito de cada cidadão’. O decreto foi assinado pelo presidente no último dia 7 e, entre outros pontos, facilitou o porte de armas e aumentou o número de cartuchos que podem ser comprados anualmente.


    Homenagem


    O presidente Jair Bolsonaro foi homenageado na embaixada de Israel, em Brasília, na noite da última quarta-feira (22). Ele recebeu uma placa no evento de comemoração dos 71 anos da criação do Estado de Israel.


    Reclamação


    A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, falou na última quarta (22), sobre seu trabalho na Comissão de Anistia, que saiu do Ministério da Justiça para a sua pasta neste governo. “Uma comissão formada em 2002 deixou para mim 11 mil requerimentos para analisar”, disse a ministra. Ela disse que já foi autorizado o pagamento de mais de 10 bilhões em indenizações, com mais 14 bilhões para serem liberados, dependendo de decisões judiciais. Segundo Damares, a maior fatia desta quantia é relativa ao pleito de quase 3 mil ex-militares da Aeronáutica, demitidos em 1964, sob a justificativa de excesso de contingente.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia