SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 01/11/2019


    Sobe - Estudantes por fazerem manifestação em defesa de direitos adquiridos e que estão sob ameaça na UEFS.


    Desce - Reitoria da UEFS por reduzir cota no restaurante universitário cedido aos novos residentes, assim como cortes na alimentação e mudanças no processo de jubilamento.


    Bloqueio


    No início da noite da última quarta-feira (30), 24 integrantes do PSL, entre eles o presidente Jair Bolsonaro, entraram com uma representação contra o partido e seu presidente, Luciano Bivar, para garantir o bloqueio dos recursos do fundo partidário e o afastamento dos dirigentes do partido. Segundo o documento, o PSL receberá cerca de R$ 110 milhões do fundo referente ao ano de 2019.


    Contradição


    O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro se contradisse sobre onde estava na tarde de 14 de março do ano passado, data em que Marielle Franco foi assassinada, de acordo com a coluna de Guilherme Amado, na revista Época. Na quarta-feira, ele afirmou que estava em casa às 17h58, quando teria autorizado um Uber a entrar no condomínio. Mas, um dia antes, ele havia dito, também via Twitter, que não estava em casa naquela tarde.


    Aliança


    Partidos de esquerda como PV, PDT, PSB e Rede pretendem se aliar em cerca de 120 cidades nas eleições municipais de 2020. A negociação, de acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, dá conta que a cabeça de chapa ficaria com o candidato que se mostrasse mais competitivo na disputa, com as demais siglas se comprometendo a apoiá-lo. Outras siglas tradicionais de espectro mais progressista, como PT, PSOL e PCdoB, à princípio, não devem integrar a aliança.


    Defesa


    O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou, durante entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle no Youtube, que um “novo AI-5” pode ser uma resposta a ser adotada em caso de radicalização pela esquerda. O Ato Constitucional nº5, conhecido como AI-5, foi baixado em 13 de dezembro de 1968, durante o governo do general Costa e Silva, e é a expressão mais acabada da ditadura militar brasileira (1964-1985).


    Avaliação


    Deputados do Rio de Janeiro, de esquerda e de direita, desconfiam da possibilidade de o depoimento do porteiro ter sido forjado por grupos que buscam atrapalhar a apuração do assassinato de Marielle, de acordo com a coluna Painel, da Folha, publicada ontem (31).


    Aprovação


    A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que torna os crimes de estupro e de feminicídio imprescritíveis. O texto ainda precisa ser votado no plenário da Casa. Caso seja aprovado, será remetido para análise da Câmara.


    Menor culpado


    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, em postagem nas redes sociais, na última quarta (30), que o porteiro do condomínio onde tem casa no Rio de Janeiro é “aquele que tem menos culpa” quanto à citação de seu nome no caso Marielle Franco (PSOL).


    Prisão domiciliar


    O ex-presidente da empreiteira OAS Léo Pinheiro fechou um acordo de colaboração com a Procuradoria-Geral da República (PGR) e ficará cinco anos preso em regime domiciliar. O ex-dirigente da empresa terá que pagar R$ 45 milhões de compensação aos cofres públicos. Pinheiro foi a principal peça da acusação contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex de Guarujá (SP).



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia