SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 06/11/2019


    Sobe - Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre) por investir R$ 518 mil no fortalecimento da capoeira.


    Desce - Rede atacadista que comercializa produtos vencidos em Feira de Santana.


    Entregou


    O presidente da República, Jair Bolsonaro, entregou pessoalmente ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) ontem (5), um pacote com três propostas de emenda à Constituição (PEC) que tratam de reformas econômicas. Além da PEC do Novo Pacto Federativo, foram entregues a PEC da emergência fiscal, ou PEC dos gatilhos - que define gatilhos automáticos de contenção dos gastos públicos em caso de crise financeira na União, estados e municípios - e a PEC dos fundos, que revê a vinculação de receitas com 281 fundos públicos em vigor atualmente.


    Alvos


    A Polícia Federal cumpriu na manhã de ontem (05), mandados de busca e apreensão em uma operação deflagrada com a autorização do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a Veja, os senadores Renan Calheiros (MDB) e Eduardo Braga (MDB), além do ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU), foram intimados a depor.


    Crítica


    Insatisfeito com os últimos acontecimentos políticos em Brasília, o deputado federal e pré-candidato a prefeito de Salvador, Pastor Sargento Isidório (Avante), criticou o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). Para o parlamentar, o chefe do Executivo Federal perdeu o “rumo”, está “desnorteado” e “não sustenta em pé o que fala sentado”.


    Risco


    A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL), autora do pedido que resultou no impeachment de Dilma Rousseff (PT), falou que enxerga o risco do presidente Jair Bolsonaro (PSL) não concluir o mandato até 2022. Em entrevista ao programa Roda Viva, na última segunda-feira (04), Janaina destacou que Bolsonaro pode cair por causa de seus principais assessores.


    Notícia-crime


    Os partidos de oposição, bloco composto por PT, PCdoB, PDT e PSOL, entraram em conjunto com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro, o ministro Sérgio Moro (Justiça) e o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). A notícia-crime pede busca e apreensão do material da gravação das ligações da portaria do condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, onde ambos têm casa. De acordo com o presidente, a ação foi feita para “evitar adulteração do conteúdo”. O pedido foi encaminhado ao presidente do STF, Dias Toffoli.


    Nova filiação


    O senador Antônio Anastasia (MG) aceitou o convite para se filiar ao PSD e acertou sua saída do PSDB. A informação fou publicada pelo portal Congresso em Foco. A filiação de Anastasia está prevista para o início do próximo ano legislativo. O PSD tem como líder o senador baiano Otto Alencar.


    Semiaberto


    A juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), informou ao ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), que é a Corte quem deverá decidir sobre a progressão de regime do ex-presidente. Lula já cumpriu um sexto da pena de 8 anos e dez meses de prisão, tendo direito a deixar a prisão na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba e ir para o semiaberto.


    Quebra de sigilo


    Integrantes do PSL passaram a defender a quebra do sigilo do cartão corporativo de Jair Bolsonaro, segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo. Nos bastidores, deputados dizem que falta isonomia ao presidente, que critica a sigla e exige a devassa nas contas do partido, mas mantém em segredo o detalhamento de gastos com alimentação e transporte.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia