Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 29/01/2020


    Sobe - A ação rápida do governo municipal para oferecer ajuda às famílias prejudicadas pelas chuvas em Feira de Santana.


    Desce - Conduta racista de um segurança do Metrô de Salvador que foi rapidamente denunciada.


    Cacique do MDB


    O ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima, cacique do MDB baiano, vive dizendo que já deixou a vida pública e que “não apita mais nada no partido”, contudo representou o presidente estadual da legenda, Alexsandro Futuca, em uma viagem à Brasília nesta terça-feira (28). Em seu perfil no Instagram, o ex-parlamentar disse que Futuca teria uma reunião com o secretário de Ordem Pública de Salvador, Felipe Lucas, por isso pediu que ele o representasse na capital federal.


    Rui e Isidoro


    Depois de muita reclamação, o governador Rui Costa (PT) passou a se movimentar para coordenar o processo eleitoral de partidos de sua base política, em Salvador. Após conversar com o senador Angelo Coronel (PSD) um dia após ele lançar a pré-candidatura à prefeitura da capital baiana, na semana passada, Rui chamou Sargento Isidório (Avante) para uma reunião. A reunião com Isidório já era esperada, mas havia a expectativa de ser a primeira, uma vez que o deputado federal é líder de pesquisa de intenção de voto.


    Moro e Bretas


    O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, se encontrou na manhã de ontem, 28, com o juiz Marcelo Bretas, que julga os processos da Lava Jato no Rio de Janeiro. Segundo o portal G1, ele estava acompanhado do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.


    Moro e Bretas I


    À tarde, após o encontro, os dois fizeram posts em redes sociais. Moro publicou uma foto e disse que fez uma “visita institucional” para “apoio dos trabalhos” na Lava Jato. Bretas fez um agradecimento “em nome da 7ª Vara Federal Criminal no RJ” ao “inestimável apoio” do ministro.


    Advertência


    A Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu ontem, 28, por unanimidade, aplicar uma advertência ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, por ter faltado com o decoro do cargo. A decisão é referente ao episódio em que o ministro comparou os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff à cocaína encontrada em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que integrava a comitiva do presidente Jair Bolsonaro durante viagem a Osaka, no Japão, no ano passado.


    Extinção


    Um projeto de lei em análise na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) obriga os diretores de penitenciárias federais, estaduais e do Distrito Federal a publicar na internet suas prestações de contas - incluindo licitações, contratos e despesas com cartões de pagamento. A proposta (PL 3.238/2019) é do senador Marcos do Val (Podemos-ES).


    Negou


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) negou ontem, 28, que tenha feito o convite para o governador do Maranhão, Flávio Dino disputar a presidência em 2022 pelo Partido dos Trabalhadores. Pelo Twitter, Lula disse que jamais convidaria um membro do PCdoB. “Pelo profundo respeito que eu tenho pelo PCdoB, pelo PT, pelo Flavio Adino e pelo Fernando Haddad, jamais convidaria um membro do PCdoB para se filiar ao PT”, escreveu.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia