Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 22/05/2020


    Sobe - Prefeitura por tomar medidas duras e manter a ordem em Feira de Santana.


    Desce - Estabelecimentos comerciais que descumpriram o decreto de fechamento do comércio de Feira de Santana.


    Sem preparo


    Em vídeo veiculado nas redes sociais, Targino Machado (DEM) diz que Feira de Santana é uma cidade que está enfrentando uma guerra para qual não estava preparada, mesmo tendo tempo para tal. “O primeiro caso foi há dois meses e meio atrás, deveríamos ter informações sobre a doença, mas a Secretaria de Saúde de Feira age sem transparência, sem informar. Deveríamos ter um hospital municipal, hospital de campanha compátivel com uma cidade de 600 mil habitantes, sem blá, blá, blá e sem aluguel milionário de hospital particular, que por três meses custa uma fortuna de R$8.3 milhões de reais”.


    Vagalume


    Targino também teceu críticas ao prefeito Colbert Martins (MDB). “Temos um prefeito que não pode avistar um vagalume que logo vai correndo se apresentar, pensando ser uma luz de câmera de televisão, na esperança de aparecer”.


    Gastos municipais


    O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia vai fazer um levantamento de todos os gastos que estão sendo realizados pelos 417 municípios do estado relacionados ao controle da pandemia da Covid-19. O objetivo é acompanhar de perto e obter informações sobre os atos praticados pelos gestores municipais, com a brevidade possível, de modo a reforçar a missão orientadora da Corte de Contas e estimular o uso eficiente e regular dos recursos públicos.


    Saúde


    Profissionais que atuam na rede pública estadual de saúde no combate ao novo coronavírus terão direito a um auxílio excepcional temporário que pode chegar ao valor de R$ 30 mil. O projeto de lei que estabelece o auxílio foi enviado pelo governador Rui Costa, na quarta-feira (20), para aprovação na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (Alba) e posterior sanção do governador.


    Crédito suplementar


    A Câmara dos Deputados aprovou ontem (21), em sessão virtual do Congresso, a abertura de crédito suplementar de R$ 343,6 bilhões nos orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União. Os recursos serão utilizados para quitar despesas em favor de diversos órgãos do Poder Executivo, com encargos financeiros da União e também em transferências a estados, Distrito Federal e municípios.


    Impeachment


    A Câmara dos Deputados recebeu mais um pedido de impeachment contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Desta vez, partidos de oposição e 400 entidades da sociedade civil pedem a deposição do chefe do Executivo federal por apoiar manifestações antidemocráticas e tentativa de interferência política na Polícia Federal.


    Recordista


    A avaliação ruim ou péssima do governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), oscilou 1 ponto percentual para cima e atingiu a marca de 50%, um novo recorde registrado em levantamento do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) para a XP Investimentos, mostraram os números da pesquisa divulgados na quarta-feira.


    EBC


    O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o governo incluiu, depois de muita indefinição, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) no programa de privatização. Um decreto assinado por Bolsonaro qualificou a estatal que controla a TV Brasil, a Agência Brasil e um sistema de rádios públicas como “qualificada no âmbito do PPI para a avaliação de alternativas de parceria com a iniciativa privada (…) com vistas a garantir a sua sustentabilidade financeira”.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia