Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 22/07/2020


    Sobe - Jornalista Hamurabi Dias por, após sua sugestão, prefeito ter solicitado, ao Instituto Butantan, que feirenses também fossem voluntários em testes de vacina contra a covid-19.


    Desce - Bancos por terem retomado filas com aglomerações sem disponibilizar orientadores sobre afastamento social.


    Ping Pong


    Mais uma vez, Pablo Roberto (DEM) deixa a legislativo feirense e volta ao cargo no executivo. O prefeito Colbert Martins (MDB), voltou a nomeá-lo para chefiar a secretaria de Desenvolvimento Social. O vereador já abandonou a pasta e voltou ao cargo na Câmara Municipal de Feira de Santana três vezes, na intenção de disputar as eleições deste ano.


    Ping Pong II


    A volta de Pablo Roberto à SEDESO simboliza também sua desistência na disputa pela vice liderança na chapa de Colbert. De acordo com assessoria, Pablo voltou à Câmara na tentativa de que o Congresso, por conta da pandemia, adiasse o prazo para que pudesse concorrer à reeleição de vereador. Como o prazo não foi estendido, em comum acordo com Colbert, ele decidiu que pode contribuir mais com o grupo e com a reeleição de Colbert reassumindo a Sedeso.


    Ping Pong III


    A terceira volta de Pablo Roberto a SEDESO, merecia uma terceira nota nesta coluna, em comemoração. A volta do secretário, merece até música no Fantástico, e com ela, quem fica feliz é o sargento Josafá Ramos, que volta a Câmara como suplente.


    Pedido negado


    O ex-presidente do PSDB de Feira de Santana, Sandro Ricardo, teve o pedido de estabilidade econômica negado pelo juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Roque Rui Barbosa. Sandro Ricardo é servidor de carreira da Prefeitura Municipal de Feira de Santana. Ele ingressou com um mandado de segurança na Justiça, na tentativa de conseguir a estabilidade econômica.


    Bolso Bek


    Fotos do presidente Jair Bolsonaro têm sido utilizadas por traficantes em pinos de cocaína, que são embalagens usadas para a venda pelo tráfico. O objetivo, de acordo com a polícia, seria indicar aos clientes a droga que teria melhor qualidade. Entre outros casos semelhantes, embalagens de maconha com a imagem do presidente levam a inscrição “Bolso Bek”.


    Fake News


    Após circular nas redes sociais que o governador Rui Costa recolheu das farmácias mais de 40 mil comprimidos de hidroxicloroquina, ele se pronunciou no Twitter. “Além de governar um estado em plena pandemia, todos os dias tenho que lidar com uma enxurrada de fake news correndo pelo zap e pelas redes sociais... não é fácil. Mas, sigo meu trabalho”, e adicionou as hashtags “Político não é médico pra passar remédio” e “Não compartilhe fake news. Verifique”.


    Carteirada


    A prática de “carteirada” pode ser considerada abuso de autoridade, se a Câmara dos Deputados aprovar o Projeto de Lei 3871/2020. A matéria estabelece punição com suspensão de 1 a 4 anos do agente público que se utilizar de mandato, cargo, emprego ou função para não seguir regras e legislações em vigor.


    Reforma tributária


    O ministro da Economia, Paulo Guedes, entregou ontem (21), ao Congresso, a primeira parte do projeto da reforma tributária do governo. Nesta primeira etapa, o governo pretende unificar os dois tributos federais sobre o consumo, PIS e Cofins, criando um Imposto de Valor Agregado (IVA) federal, com alíquota entre 11% e 12%.


    Negou


    O senador José Serra (PSDB-SP) negou as acusações de que comandaria um esquema de caixa dois para sua campanha em 2014 e criticou a “espetacularização” da Polícia Federal. Ontem (21), os agentes cumpriram mandados de prisão e busca e apreensão no âmbito da investigação que envolve doações em torno de R$ 5 milhões a R$ 7 milhões.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia