Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 23/03/2021


    Sobe - Medidas de restrição adotadas na Bahia, que já surtem efeito na melhora no cenário da pandemia no estado.


    Desce - O Flu de Feira, por ficar á deriva com a renúncia do presidente.


    Esfinge


    Yankee, feijão, desprezo, óleo, extrato, revolta, fubá, macarrão, associação. Espaço, clarão, agenciador, COVID, chantagem, preço, conluio, máquinas. Medellin, leite, arroz, seleção, café, biscoito, sócio, soja, ABC, home office, T.I, livros, cana de açúcar, escola, os cambaus. Nero, pressão, CPI, banana, secretário, vulneráveis.TNT!


    Enigma


    Um leitor nos mandou esta semana esse enigma, e ainda provocou: "Decifra-me, ou te devoro". Fiquei sem entender nada, e peço ajuda aos oráculos, universitários, aos políticos e quem mais possa decifrar. Socorro!!


    Mortes


    Os cinco homicídios ocorridos apenas no último domingo (21) em Feira de Santana foram tema de pronunciamento do vereador Pastor Valdemir (PV) que frisou que "não é só a covid-19 que está matando".


    Blitz


    O vereador também criticou a forma como as blitzes estão sendo realizadas pela Polícia Militar em Feira, e disse que não condizem com a necessidade do município. "Sabe o que mais me chama a atenção? As blitzes são apenas para arrecadar dinheiro e verificar documentos. Outro dia passei por uma e se eu estivesse com drogas e armas no carro, não seria pego".


    SUAS


    O vereador Pedro Américo (DEM) defendeu na Câmara que os funcionários públicos que atuam em unidades do Serviço Único de Assistência Social (Suas) deveriam ser incluídos na relação dos grupos de trabalhadores considerados prioritários para a vacinação contra o coronavírus. Ele disse que, as equipes do Suas "nunca deixaram a linha de frente" no atendimento à comunidade, em exposição direta e elevado risco de contrair o vírus.


    Meio cultural


    Atuando profissionalmente como produtor musical, o vereador Petrônio Lima (Republicanos) afirmou, que não somente os protagonistas do meio cultural (cantores, compositores, atores, dançarinos, entre outros artistas) estão sofrendo as consequências da suspensão de atividades em virtude da pandemia de coronavírus. Trabalhadores da informalidade em eventos, a exemplo dos vendedores de bebidas e lanches, catadores de material reciclável, assim como os seguranças, estão sem renda há mais de um ano, com a suspensão de toda a agenda festiva.


    Toque de recolher


    Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já formaram maioria para negar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) na qual o presidente Jair Bolsonaro pede suspensão dos decretos de toque de recolher feitos pelos governos da Bahia, do Distrito Federal e do Rio Grande do Sul para combater o crescimento de casos e mortes pela Covid-19. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia