Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 19/03/2013

    Sobe- Projeto que busca manter vivas as músicas antigas de Carnaval. Desce-Situação de alcoolismo que atinge quase 6 milhões de brasileiros.


    Patrocínio

    O vice- líder do governo, Carlito do Peixe (DEM), afirmou ontem (18) na tribuna que as atrações contratadas pela Prefeitura para a Micareta serão praticamente pagas pelos patrocinadores, pois o executivo entende que com a seca os recursos devem ser destinados à melhoria das condições de vida do homem do campo. “Bandas contratas sem o dinheiro público é uma meta de José Ronaldo para fazer da Micareta uma festa bonita e poder ter recursos suficientes para ajudar os distritos que estão sofrendo com a seca. O prefeito está preocupado com as pessoas que estão saindo do campo e se instalando em bairro periféricos da cidade”, disse Carlito

    Convênio

    O vereador Isaias de Diogo (PPS)sugeriu que os donos de bares de Feira de Santana façam parcerias com os taxistas da cidade para que as pessoas possam beber com tranquilidade sem correrem o risco de serem flagradas pela blitz da Lei Seca. No ponto de vista de Isaias, a Lei não proíbe que as pessoas bebam, impede que elas bebam e dirijam provocando acidentes e ceifando vidas. “Se houver um convênio ganha os donos de bares e os taxistas da cidade”, sugeriu.

    Crack

    O vereador evangélico Eli Ribeiro (PRB), em seu discurso ontem (18) na tribuna, falou sobre a Caminhada Força Jovem, realizada na manhã do último sábado (16), com o objetivo de conscientizar os jovens de que o melhor caminho não é aquele levado pelo crack. O parlamentar afirmou se sentir contente com o número expressivo de jovens que participaram da Caminhada. “Foi satisfatório ver que aqueles jovens não estão indo pelo caminho do crack”, disse.

     Virgindade

    Foi espantosa a notícia do vereador Roque Pereira (PTN) de que mulher virgem foi um critério adotado no edital do concurso do Governo do Estado para os cargos de delegado e escrivão. “No edital do concurso é exigido um laudo que comprove a virgindade da mulher. Eu acho isso um absurdo porque a mulher ser virgem ou não, não irá influenciar na competência e trabalho”, avaliou


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia