Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 22/03/2013

    Sobe - A Prefeitura de Salvador, que imediatamente os problemas que se apresentam, como a proibição do ADES. Desce - O aumento dos pontos de crack em Feira de Santana, sem que qualquer autoridade tome providências.


    O atento 
     
    O ex-vereador Lulinha continua inquieto, mas fazendo ações políticas para que a sua comunidade não lhe esqueça. conhecido como o carma do Hospital Geral Clériston Andrade, ontem, ele telefonou para o Programa Acorda Cidade fazendo reclamações contra a unidade hospitalar. Lulinha tem o apoio do seu assessor na eleição passada, o ex-prefeito Clailton Mascarenhas
     
    CADE
     
    O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aplicou uma multa milionária, que chega a R$ 38 milhões, ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), o órgão responsável por arrecadar e distribuir os direitos autorais das músicas. Seis associações que representam artistas também foram condenadas por prática de cartel. Segundo o conselheiro do Cade, Marcos Veríssimo, falta transparência no sistema de arrecadação e distribuição de direitos autorais
     
    Conluio?
     
    A crítica feita pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, ao “conluio” de juízes e advogados ocorre dias depois de uma troca de e-mails ter provocado constrangimento entre juízes federais e ter levantado desconfiança sobre uma decisão no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A suspeita era de favorecimento à filha do conselheiro Tourinho Neto, que ocupa a vaga no órgão dos juízes federais, a partir de uma decisão tomada pelo conselheiro Jorge Hélio, indicado pela advocacia
     
    Custo alto 
     
    Eleita no ano passado a “empreguete” mais charmosa do Brasil pelo programa Fantástico, da Rede Globo, a doméstica Marilene Jesus,  34 anos, está ainda mais sorridente. Isso porque a categoria das domésticas, da qual virou símbolo, passará a ter novos direitos. A chamada PEC das Domésticas foi aprovada no Senado em primeiro turno esta semana por unanimidade.A lei, que equipara o trabalhador doméstico ao funcionário de uma empresa contratado com carteira assinada em regime celetista, ainda passará por nova votação na casa legislativa, prevista para a semana que vem, antes de começar a valer
     


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia