Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 12/06/2013

    Sobe- A atividade industrial no Brasil, que este mês registrou o maior crescimento dos últimos três anos. Desce- A Prefeitura de Feira por continuar permitindo, igual ao governo anterior, carretas descarregando no G. Barbosa da Conselheiro Franco.


     
    7ª arte
     
    Líder político e empresarial devem disponibilizar um tempo para assistirem ao filme "Um estranho no ninho", 1975, de Milos Forman. Se forem muito ocupados ou não gostarem de assistir filme ou ler o livro que deu origem ao longa, e morar em Feira de Santana, é só procurar o crítico de cinema, Dimas Oliveira. Ele vai contar a sinopse do filme.
     
    Bois de piranha
     
    Para constituir uma CPI na Câmara de Feira, são necessárias 7 assinaturas. Pediram CPI do transporte nove vereadores, apenas três da oposição. Com a pressão natural de quem não se interessa por ela, três "bois de piranha" retiraram a assinatura do documento. Com seis assinaturas apenas, o campo ficou aberto para os governistas que assinaram fazessem o discurso de independência e honra à palavra.
     
    Diferença
     
    O deputado Targino Machado (PSC), foi a São Paulo tratar da saúde. Porém, antes da viagem, que o deixa em recesso, tratou de desempatar a situação dele com o colega Carlos Geilson (PTN). No apagar das luzes, na noite da última segunda-feira (10), conseguiu o apoio do suplente de vereador Zé Painha (PSL). Agora, o resultado se saberá na disputa de pênaltes, porque continua o empate em número de vereadores com mandato. Tem que contratar um. É assim que acontece no Brasileirão.  
     
    Pagou o pato
     
    E o vereador Edvaldo Lima (PP), que na sessão da última segunda-feira (10), nada teve a ver com a sessão encomendada do deputado Carlos Geilson (PTN), foi quem pagou o pato em alguns veículos de comunicação. O vereador foi taxado como o culpado pela discussão desnecessária que perdurou por quase toda a sessão. "Alguns meios de comunicação disseram que a Câmara está deixando de debater temas importantes para falar sobre apoio a deputados. E disseram que os vereadores Wellington e Edvaldo Lima levantaram o discurso. Sobrou para mim, que não interferir no debate", explicou. 


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia