Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 07/08/2013

    Sobe- A Polícia Federal, que descobriu contratos de R$ 100 milhões supostamente fraudulentos na Secretaria de Educação de Salvador. Desce- O secretário da Fazenda de Salvador, que contratou o sistema de nota fiscal eletrônica sem concorrência por R$ 10 milhões.


    PTN
     
    Aguarda-se o pronunciamento do deputado Carlos Geilson (PTN) sobre as denúncias na Secretaria de Educação do Município de Salvador, que envolve recursos da ordem de R$ 100 milhões. Por que Geilson? É que ele é figura exponencial do partido na Bahia e foi sob a égide do secretário João Carlos Bacelar que os convênios foram celebrados. João Carlos é o presidente do PTN no Estado. É bom lembrar que os contratos assinados por João Carlos Bacelar foi durante a gestão do ex-prefeito João Henrique, em 2011 e 2012.
     
    Contrato
     
    Pois bem, o novo secretário da Fazenda de Salvador, Mauro Ricardo, importou de São Paulo, com dispensa de licitação, por R$ 10 milhões, uma empresa para implantação de nota fiscal eletrônica no município. Esta novidade é antiga em Feira de Santana. Desde o início do ano passado, o secretário da Fazenda de Feira, Wagner Gonçalves, implantou o serviço aqui por R$ 65 mil mensais e que este ano a Secretaria da Fazenda conseguiu redução para R$ 50 mil mensais. No contrato assinado por Wagner, depois de 2 anos, a empresa transferia o código fonte e a tecnologia para a Prefeitura, para que seus técnico possam operar o sistema, sem mais nenhum pagamento. O prefeito ACM Neto deve ficar de olho na Secretaria, pois de R$ 10 milhões para R$ 100 milhões é um pulo.
     
    Contrato e lambança
     
    O tipo de contrato firmado tanto pela Prefeitura de Feira como a de Salvador envolve, além de emissão, relatórios contábeis e de fiscalização. Se tiver alguma diferença, é quase nenhuma. Somados os dois anos do contrato de Feira, quando será liberado o programa, chegará a R$ 1.380 milhão, correspondente a apenas 13,8% do valor em Salvador. Só para lembrar, Salvador não é São Paulo. É bom lembrar das lambanças do metrô da capital paulista.  
     
    Aniversário
     
    Ontem (06), os secretários Valdomiro Silva, da Comunicação, e Denise Mascarenhas, da Saúde, completaram idade nova. Lembrando da data, o vereador Zé Carneiro (PSL) parabenizou os aniversariantes do dia em nome da Casa da Cidadania. 


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia