Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 14-11-2013

    Sobe - Estudantes da APAE de Feira por serem escolhidos para representar a Bahia em festival de arte no Maranhão Desce - Os dois ex-presidentes do TJ-BA por responderem por mais dois processos do CNJ.


    Sem noção

     
    O secretário de Habitação esteve ontem (13), pela manhã na Câmara de Vereadores e lá disparou o seguinte absurdo: “Isso não existe. É Humberto querendo fazer arruaça”. O secretário parece que não consegue distinguir uma porta de uma janela. Evidências e gravações dificilmente podem ser contestadas, o que ele deve é tomar conta do que é de responsabilidade dele e deveria ter sensibilidade para saber que, não estando no olho do furacão, distância dele deve preservar.  
     
     
    Edinho 

     
    O inscrito no Minha Casa, Minha Vida, que gravou as facilidades para furar a fila do programa, esteve ontem (13), pela manhã na Secretaria de Habitação para falar com o secretário. O secretário não se encontrava na repartição. Um acompanhante de Edson ligou para o secretário informando que ele gostaria de conversar com o secretário. Do outro lado da linha a resposta veio seca: “Não. Não vou falar com ele. Marque com o advogado da comissão de sindicância”. Ao que Edson respondeu pelo viva-voz: “Não vim prestar depoimento, isso farei na justiça. O que quero falar com o senhor é sobre o encaminhamento da minha inscrição”. Acabou a conversa. 

     
    Minha Casa
     
    Um ouvinte ligou na última terça-feira (12), à noite para o Programa Sem Nome, quando estava sendo repercutida a reportagem sobre fraudes no Minha Casa, Minha Vida e mandou o seguinte recado: “Dona Cleide, sua batata está assando no fogão da minha vida. A senhora não perde por esperar”. 
     
     
    Na defesa
     
    Diante das denúncias feitas por este Jornal, sobre as fraudes no Programa Minha Casa, Minha Vida, o líder do governo, vereador Carlito do Peixe (DEM) não se calou. O líder até agradeceu a reportagem porque servirá de prova para que o secretário da pasta, Sandro Ricardo, abra uma sindicância para exterminar as possíveis fraudes. “O prefeito já autorizou o secretário de Habitação a abrir sindicância e investigar se há funcionários da Secretaria envolvidos e que leve o caso ao MP e Polícia Federal”, defendeu Carlito.
     
     
     


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia