Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 27/11/2013

    Sobe - A programação natalina do Maestro Miro Desce - O envolvimento de policial com a criminalidade


    Carta aberta
     
    O vereador petista Beldes Ramos foi o escolhido para ler uma carta aberta escrita pelos vendedores ambulantes do Feiraguai e Mercado de Arte, que fazem parte da associação. De acordo com o documento, os associados pede uma eleição transparente para a votação do presidente da Associação. “Os associados afirmam que a eleição é composta por privilégios. Acredito que esta questão tem que ser resolvida e isso pode acontecer de forma amigável, sem a interferência da Justiça, apenas do município”, avaliou Beldes.
     
    Viagem
     
    Em viagem à Barcelona, dentre os tantos assuntos tratados, um chamou a atenção do prefeito José Ronaldo. Indústrias que coletam e incineram o lixo foram apresentadas e despertou o interesse do chefe do executivo que agora pensa em conquistar uma destas para Feira de Santana. “Dentre as tecnologias apresentadas, estavam indústrias que dão o tratamento correto ao lixo. Como este é um problema vivenciado em nossa cidade e muito discutido, inclusive nesta Casa, o prefeito se interessou e irá trabalhar para trazer uma desta para nossa cidade”, anunciou o líder do governo, Carlito do Peixe (DEM).
     
    PT
     
    Fazendo uso da tribuna, o vereador Edvaldo Lima (PP), acusou o governo petista de não investir na educação do Brasil, arcando com as consequências como a importação de médicos estrangeiros para atuar no país. “O PT não investe em educação no nosso país, por isso não temos médicos brasileiros suficientes. O que o PT deveria fazer não fez, que era colocar nossos jovens nas universidades e fundar faculdade, porque assim teríamos muitos médicos brasileiros”, afirmou Edvaldo.
     
    PT I
     
    Fazendo a defesa do Partido dos Trabalhadores, os vereadores Pablo Roberto e Beldes Ramos fizeram um contraponto do discurso de Edvaldo. “O vereador tem que lembrar que é do PP, partido da base dos governos Estadual e Federal, que são autores do Programa Mais Médicos”, lembrou Pablo. Já Beldes pediu que o colega tivesse mais responsabilidade no uso da tribuna. “É preciso ter mais responsabilidade no uso da tribuna para não fazer discursos confusos e desnecessários. O programa tem sua importância e utilidade na nossa cidade e em todo o país”, aconselhou.
     


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia