Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 28/11/2013

    Sobe - O aumento em 100% do efetivo policial no centro da cidade. Desce - Desastre ocorrido durante obras do estádio do Corinthians que matou duas pessoas.


    Lista tríplice 
     
    Antes mesmo de acontecer a eleição para o cargo de Procurador Geral do Município, vereadores já se mobilizavam para a votação. Antes de tudo, o presidente suspendeu a sessão para passar algumas orientações em relação a contagem dos votos para os pares. A ausência dos vereadores Cíntia Machado (PSC) e Alberto Nery (PT) causou discórdia entre os que queriam e os que não queriam que a eleição acontecesse ontem (27). Mas, por conta do regimento interno a votação aconteceu, com o voto secreto através de cédulas. Nery conseguiu chegar à Casa no momento da votação. 
     
    Esperança 
     
    Após a vitória de Cleudson Santos Almeida como o novo Procurador Geral do Município, o vereador David Neto (PTN) disse que agora tem certeza que haverá mudanças na Procuradoria do Município. “Agora sim os processos vão andar e a coisa vai funcionar naquela Procuradoria. Essa mudança será muito importante para Feira de Santana”, avaliou. 
     
    Câncer 
     
    No Dia Nacional do Câncer (27 de novembro), alguns vereadores fizeram discursos referentes à data. Eli Ribeiro (PRB) e Marcos Lima (PRP) mostraram preocupação com as pessoas que sofrem com a doença. “Um dia como este é importante para ações de combate à doença. O Novembro Azul ajudou na descoberta de muitos casos de câncer na cidade”, disse Marcos. O edil Eli Ribeiro fez um discurso na mesma linha. 
     
    Povo sem vez 
     
    O deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB) se mostrou insatisfeito com a aprovação, no Senado, da PEC 43/2013, que instituiu o fim do voto secreto, no Congresso, nas apreciações, em plenário, dos casos de cassações de mandato e análise de vetos da presidência da República. A proposta segue agora para promulgação. Para o parlamentar, embora a medida signifique um duro golpe para os deputados condenados por participação no esquema do mensalão, que terão que se submeter a uma votação aberta, deixou a desejar em relação às expectativas da população. 
     


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia