Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 14/12/2013

    Sobe - A Sociedade Euterpe Feirense, que completa 92 anos com atividades a todo vapor. Desce - A péssima situação em que se encontram alguns imóveis do Minha Casa, Minha Vida.


    Sem pontaria
     
    Políticos ligados ao Governo do Estado deram uma grande mancada, ao tentarem responsabilizar a Prefeitura pela perda da emenda para uma quadra poliesportiva no valor de R$ 240 mil, utilizando o argumento que o município não enviou a escritura do terreno. Foram desatentos em dois momentos: a área pertence ao próprio Governo do Estado e o prazo para celebranção do convênio com o Governo Federal esgota-se ainda em março de 2014. Agora, fica claro que, se perderem a emenda para a construção, a culpa é exclusiva do Governo Estadual. Toma conta do teu povo, Zé Neto.    
     
    Junto e misturado 
     
    O advogado do deputado Pedro Henry, José Antônio Duarte Álvares, disse ontem (13) que seu cliente deverá ser companheiro de cela dos petistas presos pelo processo do mensalão, José Dirceu e Delúbio Soares. O advogado disse, ao deixar a Superintendência da Polícia Federal em Brasília, que Henry se entregou à PF pouco antes de meio-dia, antes mesmo que o Supremo Tribunal Federal (STF) formalizasse o mandado de sua prisão. “Já estávamos aqui quando o documento chegou por e-mail, mas estava inelegível e o original nem sequer foi entregue ainda. O STF ainda está aprendendo a fazer execuções”, disse. 
     
    Renúncia 
     
    Pouco depois que a Polícia Federal confirmou ter recebido a ordem de prisão de Pedro Henry (PP-MT), foi apresentada a carta de renúncia do deputado à mesa diretora da Câmara dos Deputados. No texto dirigido a Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Casa, o parlamentar argumenta sua inocência e diz não querer expor a instituição mais do que já está exposta com o caso do mensalão. Henry foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 7 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
     
    Paulo Souto 
     
    Em pesquisa encomendada pelo Democratas de Camaçari, e realizada pelo Instituto Perfil, aponta o ex-governador Paulo Souto (DEM) à frente na disputa para a sucessão estadual, com 20,9% dos votos. O secretário Rui Costa, que vai disputar a eleição pelo PT, aparece com 0,2% das intenções de voto, atrás até mesmo de Rogério da Luz (PRTB), que tem 1,1%. Apesar do resultado da pesquisa em Camaçari e em outras cidades, Souto ainda não confirmou sua intenção de disputar o governo.


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia