Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 30/04/2014


    Sobe - Feira de Santana por ser um dos municipios mais beneficiados com o Minha Casa, Minha Vida.
     
    Desce - A deficiência no atendimento a parturientes nas maternidades de Feira de Santana.
     
    Trânsito
     
    Inconformado com o grande fluxo de veículos na cidade e os constantes engarrafamentos, o vereador Marcos Lima (PRP) afirmou ontem (29) na tribuna, que o trânsito de Feira está afogado e que até o momento o secretário da pasta no município ainda não mostrou para que veio. "Quero que este governo deixe história, mas história boa. Até o momento o secretário de Trânsito não mostrou para que veio. Ainda não vi nenhuma intervenção que permita o bom fluxo do trânsito na cidade", disse. 
     
    Mais que obrigação 
     
    No uso da tribuna ontem (29), o vereador "Super Sincero", David Neto (PTN), disse em alto e bom tom que não iria ao encontro da presidente Dilma por não concordar com algumas atitudes que ela está tendo em relação ao povo brasileiro, em especial da região Nordeste. "As cisternas da nossa região estão rachadas porque estão secas. O Minha Casa Minha Vida não é mais que a obrigação dela. A presidente está deixando muito a desejar em nosso país, principalmente em nosso Estado", disparou. 
     
    DEAM 
     
    Este ano a Delegacia Especializada de Apoio à Mulher- DEAM não ficou aberta durante a Micareta, mesmo a vereadora Gerusa Sampaio (PROS) fazendo diversos apelos na tribuna da Casa. "Mesmo com todo nosso esforço, o Governo do Estado não aceitou nosso apelo e deixou a DEAM fechada durante toda a festa. O ano passado eles foram sensíveis ao nosso pedido e abriram a delegacia durante a Micareta, mas este ano não. É uma pena,pois nossas mulheres ficaram sem nenhum apoio durante a festa", lamentou.
     
    Visita 
     
    A presidente Dilma Rousseff esteve em Feira de Santana ontem (29) para inaugurar empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida, entregar máquinas para a construção de cisternas e participar da formatura de 1,4 mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, também participou da formatura. À tarde Dilma entregou 1.224 casas no conjunto Residencial Ecoparque 2, no bairro Parque da Cidade. Dilma dormiu na Bahia e, hoje (30), seguiu para Camaçari, onde entrega as chaves para moradores do Minha Casa, Minha Vida. São 1,5 mil famílias beneficiadas na cidade metropolitana e 1.224 em Feira. 
     
    Críticas rebatidas
     
    Os petistas rebateram os posicionamentos do pré-candidato ao governo baiano, nas eleições de outubro, pelo grupo de oposição, Paulo Souto (DEM). Eles tentaram desconstruir a tese do novo, apresentada pelo democrata. Souto declarou que há um clima de insatisfação da população do estado com o PT, o que "impulsiona para o sentimento de mudança". O líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa, deputado Rosemberg Pinto, atacou a estratégia oposicionista e fez um comparativo entre a gestão passada, administrada por Souto, e o atual governo. "Primeiro que Paulo Souto não é a pessoa adequada para falar de mudança porque governou a Bahia, durante oito anos, e se formos comparar o nosso governo, nós construímos seis hospitais novos e ele nenhum", alfinetou.
     
    CPI 
     
    O Planalto e os dois maiores partidos do bloco governista racharam. O PMDB pediu ao presidente do Senado, Renan Calheiros, que recue da decisão de recorrer contra o despacho da ministra Rosa Weber, do STF, que ordenou na semana passada a instalação de uma CPI exclusiva para investigar a Petrobras. O PT e o ministro Ricardo Berzoini, coordenador político de Dilma Rousseff, defendem o oposto. Querem que Renan recorra, para forçar o plenário do Supremo a se pronunciar sobre a liminar expedida por Rosa. A divisão foi exposta numa reunião de Berzoini com os comandantes das bancadas governistas no Senado. Líder do PMDB, Eunício Oliveira reclamou do vaivém do líder do PT, Humberto Costa. 
     
    Bahiatursa 
     
    Complicou o processo de indicação do novo presidente da Bahiatursa pelo deputado federal Marcos Medrado, presidente estadual do Solidariedade. Depois de idas e vindas, a articulação política do governo decidiu prorrogar para 7 de maio o prazo para a nomeação do filho de Marcos, Diogo. É o prazo, segundo se calcula no PT e no governo, para que o parlamentar consiga provar que tem o controle do partido e poderá promover sua adesão completa à chapa governista encabeçada pelo petista Rui Costa.
     
    Segundo turno 
     
    Empolgado com os números da pesquisa do Ibope divulgada no último dia 17, que apresentou a terceira queda consecutiva na aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves, pré-candidato do PSDB ao Palácio do Planalto, já fala em uma disputa de 2º turno entre ele e o ex-governador Eduardo Campos (PSB). O número de pessoas que considera a gestão petista ótima ou boa passou de 43% em dezembro para 39% em fevereiro, 36% em março e 34% em abril. "Não acho fora de propósito que podemos chegar, nós dois, ao 2.º turno. O PT terá que trabalhar muito para não ficar fora", disse o senador na última segunda-feira (28), depois de participar de uma palestra na Associação Comercial de São Paulo.


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia