Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 21/05/2014


    Sobe - Ministro Teori Zavascki por rever sua decisão de soltar os presos da Operação Lava-Jato

    Desce - Decisão inicial do ministro Zavascki que autorizou, liminarmente, a liberdade dos presos da Operação Lava-Jato 
     
    Menos um
     
    O PSL (Partido Social Liberal) está abandonando a candidatura do candidato ao governo pelo PT Rui Costa, e vai embarcar na candidatura ao mesmo cargo de Lídice da Mata (PSB). A informação é do presidente da legenda na Bahia, Antônio Olívio, que justificou a mudança argumentando que neste momento o grande interesse é pela eleição de deputados estaduais do partido e a coligação mais adequada é com o partido de Eduardo Campos.
     
    Federal
     
    O policial militar e uma das lideranças da Associação de Policiais, Bombeiros e seus Familiares (Aspra), Josafá Ramos, deve disputar a eleição para deputado federal pelo Partido Ecológico Nacional (PEN). Josafá fará dobradinha para deputado estadual com o policial Marco Prisco.
     
    Apoio 
     
    O pré-candidato a deputado federal Zé Chico recebeu no final de semana o apoio da vereadora Gerusa Sampaio, a terceira mais votada no município. No mesmo evento reafirmou o seu apoio ao estadual Targino Machado.
     
    Paralisação
     
    O vereador e policial militar, Correia Zezito (PTB), pediu que Polícia Militar de Feira vá para as ruas apoiar a Polícia Civil na paralisação da polícia que pode acontecer hoje (21). "Vejam que o movimento agora já é nacional. Os servidores estão em busca de melhores condições salariais e eu apoio um movimento ordeiro. Espero também que soltem Prisco. Se acontecer alguma coisa com ele vou culpar o governador", disse.
     
    Esconde-esconde
     
    Preocupado com a liberdade dos presos na Operação 13 de Maio, da Polícia Federal, o vereador Roque Pereira (PTN), disse que a polícia do nosso país brinca de esconde-esconde. "A Polícia Federal passa 2 anos investigando autoridades, vêem à Feira e outras cidades para prender os culpados e dias depois eles são soltos. Não dá para entender. Agora, Prisco porque liderou uma grave, está preso até hoje. Qual o risco que ele representa?. Quem desviou recursos, que deveriam ser utilizados para oferecer melhores condições de vida para a população, já está nas ruas", afirma.
     
    Exibição de cargos
     
    A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que disciplina a exibição dos painéis na urna eletrônica para as eleições. O texto especifica a ordem exata dos cargos eletivos no equipamento, diferentemente da norma anterior, que determinava apenas que "a urna eletrônica exibirá para o eleitor, primeiramente, os painéis referentes às eleições proporcionais e, em seguida, os referentes às eleições majoritárias". Segundo a nova lei, a urna eletrônica exibirá para o eleitor os painéis na seguinte ordem: deputado federal; deputado estadual ou distrital; senador; governador e vice-governador de Estado ou do Distrito Federal; presidente e vice-presidente da República.
     
    Risco de fuga
     
    O juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba, enviou ontem ofício ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, em que informa sobre o risco de fuga do doleiro Alberto Youssef, alvo maior da Operação Lava Jato. O juiz alerta que há indícios de que Youssef e a doleira Nelma Kodama "mantêm contas no exterior com valores milionários, facilitando eventual fuga ao exterior e com a possibilidade de manterem posse de eventual produto do crime". Zavascki mandou soltar todos os investigados presos pela Lava Jato, acolhendo reclamação da defesa do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa. 
     
    Abre alas
     
    A presidente Dilma Rousseff iniciou na  última segunda-feira (19) uma reaproximação com partidos da sua base aliada após a queda nas recentes pesquisas de intenção de voto. Dilma conversou com os presidentes do PR, senador Alfredo Nascimento (AM), e do PRB, Marcos Pereira. Nos próximos dias, a presidente terá encontros com integrantes do PTB e do PP. A ideia é assegurar a presença dos partidos na campanha à reeleição e garantir o tempo de TV das siglas na propaganda eleitoral.
     
    Estratégia do PP
     
    Após reunião da executiva estadual do PP, realizada na noite da última segunda-feira (19), a legenda fez algumas mudanças em relação às candidaturas de deputados federais e estaduais nas eleições deste ano. Ficou definido que o deputado estadual Cacá Leão não tentará mais a reeleição, como anteriormente previsto, e disputará uma cadeira na Câmara Federal. A estratégia dos pepistas é transferir para Cacá os votos do seu pai, o deputado federal João Leão, candidato a vice-governador na chapa do petista Rui Costa. Já o suplente do senador Walter Pinheiro, Roberto Muniz, não disputará mais uma cadeira na Câmara.


Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia