Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 18/08/2014


    Sobe- Fórum Comunitário por discutir futuro das crianças e dos adolescentes em Feira de Santana.
    Desce- Abusadores que se aproveitam da superlotação dos ônibus para assediar mulheres em Feira.

    Horário eleitoral
    O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), José Antonio Dias Toffoli, rejeitou na noite da última quinta-feira (14) um pedido do PV e do candidato do partido ao Palácio do Planalto, Eduardo Jorge, para que fosse adiado por três dias o início do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. Os programas começarão a ser transmitidos no dia 19. O PV e Jorge protocolaram o pedido após o acidente aéreo que matou o presidenciável do PSB, Eduardo Campos. Conforme o requerimento, o objetivo seria garantir à coligação que apoiava Eduardo Campos mais tempo e tranquilidade para organizar e adaptar os programas. Em sua decisão, Toffoli disse que "não há como postergar o início da propaganda gratuita, pois a matéria é estabelecida em legislação eleitoral e não por ato de vontade da Justiça Eleitoral".

    Tira voto
    O coordenador da campanha do tucano Aécio Neves no Nordeste, Jose Thomaz Nonô (DEM), afirmou ontem, 15, em entrevista ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, que a eventual candidatura de Marina Silva à Presidência pelo PSB vai tirar votos da candidata à reeleição, a presidente Dilma Rousseff. “Se a Marina vier a ser a cabeça de chapa, ela vai buscar votos que eram de Dilma”, disse. Para Nonô, a política no Nordeste é conservadora e alguns dos segmentos tendem a migrar para Aécio Neves porque as bandeiras de Marina “não são facilmente palatáveis”. “O agronegócio não está satisfeito com a Dilma nem se sensibiliza para votar em Marina”, afirmou.

    Disputa
    O presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, não demonstra preocupação com os rumores de que a senadora Lídice da Mata, candidata ao governo, teve o nome cogitado para ser a vice de Marina Silva, o que seria ruim para candidatura de Rui Costa (PT). Fontes previram dias difíceis para o candidato ao Palácio de Ondina pelo PT com a saída de Lídice da disputa. Avaliaram que Paulo Souto (DEM) teria chances, desta forma, de levar a disputa ainda no primeiro turno.
    Homenagem
    Com a morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB) na última quarta-feira (15), o núcleo estadual do partido começa a remodelar o material de campanha que será veiculado na TV. Segundo informações do jornal A Tarde, as novas peças de publicidade eleitoral farão homenagens ao ex-governador de Pernambuco e imagens dele serão usadas nas ruas, com a candidata ao governo do Estado da sigla, Lídice da Mata, e ao Senado, Eliana Calmon. Como o horário eleitoral começa na próxima terça (19), o PSB ainda não deve exibir conteúdo com o novo candidato, que ainda não foi definido.

    Pesquisa
    Pesquisa mostra empatados Geddel Vieira Lima (PMDB) e Otto Alencar (PSD). Eles não receberiam os votos de 15% dos entrevistados pela pesquisa Ipespe/ Bahia Notícias. Em terceiro lugar, aparece o candidato do PEN, Adson Gomes, com 14% de rejeição dos 1.800 entrevistados. A ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon (PSB), não seria votada por 12% dos eleitores pesquisados e o candidato do PSOL, Hamilton Assis, apresenta 11% na medição.

    Transporte
    O município de Quixabeira, no centro norte baiano, teve que providenciar até ontem (15) transporte escolar para crianças que moram na zona rural da cidade. Na última terça-feira (12), a prefeitura municipal foi intimada a destinar o transporte através da decisão do juiz de Capim Grosso, Abraão Barreto Cordeiro, que estipulou prazo de 48 horas para a efetivação da medida. O transporte deverá buscar e deixar os meninos em casa, sob a pena de multa diária de R$ 5 mil. A decisão judicial acatou liminar do Ministério Público estadual, por meio do promotor Luciano Valadares, depois de ouvir o pai das quatro crianças, todos moradores da localidade Fazenda Barriguda.

    Viagem cancelada
    O candidato a governador pelo DEM, Paulo Souto, cancelou a programação de viagens ao interior deste final de semana, em razão do falecimento de Eduardo Campos, candidato a presidente da República pelo PSB. "O trágico acontecimento abalou a todos no Brasil. Neste momento, não há clima para comícios nem atividades de rua. A política brasileira ainda se encontra de luto pela perda prematura do jovem e talentoso homem público Eduardo Campos”, disse o candidato. Dessa forma, Souto, Joaci Góes (candidato a vice-governador) e o candidato ao Senado Geddel Vieira Lima (PMDB) ficam em Salvador para gravar programas para o horário eleitoral e se reunir com a equipe de campanha.
     



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia