Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 22/12/2014


    Sobe- Projeto desenvolvido pelos Correios que todos os anos presenteia crianças carente de Feira de Santana.
    Desce- A forma como muitas pessoas têm se comportado nas Audiências Públicas sobre o BRT.

     

    Maratona
    O prefeito José Ronaldo, cumprindo o tradicional roteiro de final de ano, já participou de cinco programas de rádio de emissoras variadas. Espera-se que até o final do ano ele participe de mais três ou quatro programas. Os temas tratados são de retrospectiva de 2014 e perspectiva para 2015. Fica alegra quando fala do Natal Encantado e triste quando trata do BRT. No fim, o que sempre ocorre é o grande elenco de obras que o prefeito executou durante o ano e pretende para o ano seguinte.

    Ministro
    O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, confirmou na noite da última quinta-feira, 18, que vai comandar a Secretaria-Geral da Presidência da República, atualmente ocupada por Gilberto Carvalho, a partir de 2015. Na manhã de ontem, Carvalho já havia informado a mudança. "Nós já iniciamos a transição, estou muito feliz", afirmou Rossetto, que foi um dos responsáveis pela campanha de Dilma à reeleição. À frente da pasta, ele terá de enfrentar críticas de que a presidente é pouco acessível. Rossetto lembrou que no dia do resultado das eleições, Dilma se comprometeu a dialogar.

    Reformulação
    O governador Jaques Wagner sancionou a lei que reformula a estrutura administrativa do Tribunal de Contas dos Municípios e que possibilitará a aceleração do processo de modernização da corte, implantado no início do ano. A lei, sancionada pelo governador, publicada na edição de ontem do Diário Oficial do Estado da Bahia, foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa da Bahia no mês passado. Além de racionalizar custos, a lei, que será implantada no início do próximo ano, vai possibilitar a ampliação do processo de informatização para agilizar o processo de exame de contas das prefeituras, câmaras e autarquias municipais.

     

    Ministro negro
    A cadeira ocupada por Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal (STF) está vaga desde julho e pode ser ocupada por outro ministro negro. É o que defende a organização não governamental Educação e Cidadania de Afrodescendentes (Educafro), em carta enviada à presidente Dilma Rousseff. No documento, a entidade “conclama” que a questão racial seja um dos critérios na escolha do próximo ministro da mais alta Corte do país. A Educafro é uma das principais organizações que atua na inclusão e políticas sociais para os negros no país. “Analisamos como muito positivo o critério estabelecido pela presidenta Dilma quando da aposentadoria da ministra do STF, Ellen Grace, mantendo na vaga outra mulher.

    Presidência
    O deputado estadual Sargento Isidório (PSC) segue firme na briga pela presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). O deputado Alan Sanches (PSD) colocou seu nome, mas retirou sua candidatura para apoiar o atual presidente Marcelo Nilo (PDT) que tenta sua reeleição. O outro nome na disputa é Rosemberg Pinto, candidato oficial do PT. Na última quinta-feira (18), Isidório voltou a criticar as consecutivas reeleições de Nilo e deixou a condição para retirar sua candidatura. “Eu não volto atrás a não ser que seja por uma necessidade e pedido do governador que tem todo o direito que para ter uma Mesa Diretora, para melhorar a qualidade de projetos, acelerar as coisas da Bahia”.

    Julgamentos 

    O ex-ministro das Cidades Mário Negromonte (PP-BA) disse que o vazamento dos nomes vai acabar prejudicando a delação premiada de Costa. Ele questionou se algum membro da imprensa tinha alguma prova de que teria recebido propina. “Prefiro ser julgado pela mídia do que pela Justiça. A mídia julga e mata, mas depois ninguém lembra de nada.”. Ele negou que tenha recebido propina. “Jamais, zero, nunca Costa pode afirmar que fez negócios comigo. Durmo tranquilo.” Único governador em exercício entre os políticos citados, o petista Tião Viana, disse “estranhar” a informação de que seu nome foi mencionado. Viana, reeleito governador, disse por meio de sua assessoria de imprensa que “não conhece e nunca teve qualquer tipo de relação” com o ex-diretor.

    Salário
    O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Marcelo Nilo (PDT), voltou atrás e defendeu o aumento dos salários dos parlamentares em 2015. Nilo chegou a dizer que não achava necessário o reajuste, mas em conversa disse que o vencimento, com descontos, é de ‘apenas’ R$ 12 mil. O aumento dos parlamentares ainda será votado na próxima segunda-feira (22), quando também inicia a apreciação da Lei Orçamentária Anual, em dois turnos. “Há quatro anos, o salário está congelado. Acho R$ 20 mil um salário bom, mas com os descontos ficam R$ 12 mil. Como presidente do colegiado sou obrigado a conceder”, justificou.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia